Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Você quer ser um boxeador?

De Fernando, publicado dia 23/01/2018 Blog > Esporte > Boxe > Os diferentes tipos de boxe

Boxe é um esporte só de valentões? Certamente não! Existem os que afirmam que a aula boxe é apenas um jeito de descarregar o estresse batendo em um saco de pancadas ou para dar nocaute nos adversários, mas essa é a minoria.

Na realidade, esse esporte de combate é tão sutil e refinado que admite uma série de variações, dependendo dos países e regiões considerados.

Se os filmes e livros, bem como a cultura popular simples, dão uma luz especial para como as lutas são algo que serve apenas como arma, não deve ser esquecido que existem muitas técnicas específicas, além dos estilos que variam em todo o planeta.

Aulda de kickboxing, karatê, aula de muay thai, taekwondo, lethwei, MMA, boxe vietnamita, MMA, boxe, kung fu, aikido, boxe laos, judô, boxe chinês, aikido, boxe francês, boxe tailandês e boxe inglês… A lista não para!

Por enquanto, é nesses últimos três que vamos nos concentrar, além de adicionar boxe sombra, uma maneira de entrar no ringue sem problemas e que pode ser válido e importante para o aprendizado de diversos estilos e modalidade de luta!

Aprenda defesas, mas use os equipamentos certos tambémm Luvas, protetores bucais e capacetes de espuma são parte de alguns esportes

O que é o boxe francês?

O boxe francês é comumente conhecido e chamado de “savate”. Como seu nome pode sugerir, é na França que as aulas de boxe francês possui mais adeptos (pelo nome, já era de se esperar). Apesar da sua juventude em relação aos outros tipos e uma história bastante caótica (com seu possível desaparecimento no período entre guerras), esse patriotismo francês não é novo.

Já no século XIX, na literatura francesa é possível observar várias citações ao esporte. Estes relatos incluem Theophile Gauthier : “O boxe francês é uma ciência profunda que exige muita compostura, cálculo, agilidade, força” ou também com “o boxe francês é uma luta ousada, efervescente, cheio de iluminação romântica. ”  – Clemenceau tinha razão, fazendo famosos os seus ” Brigadas do Tigre “!

Você não vai se surpreender com o louvor quase espiritual dirigida a este desporto de combate por Alexandre Dumas, famoso por enaltecer as sagas dos mosqueteiros: “Savate é exatamente a mesma coisa que o boxe exceto que é justamente o oposto ” enquanto aprendia com Charles Lecour – um dos grandes criadores do boxe francês contemporâneo – para o escritor, um “gênio ”

Os boxeadores franceses usam diversas proteções, como protetores bucais, luvas e sapatos de boxe.

As rodadas são chamados aqui “tempos” e eles são geralmente entre 3 e 5, que pode durar 1 minuto e 30 segundos ou 2 minutos, dependendo do gênero, classe de peso, idade e competição.

A aula de boxe francês geralmente é surpreendente por sua delicadeza, o fair play e as boas maneiras exigidas, fazem parte da rotina de mais de 50 mil na França! O que faz com que seja uma aula de boxe feminino com muitas adeptas!

Saiba bem as regras do seu esporte favorito Alguns estilos de luta podem ser realizados com o adversário no chão, outros não

O que é o boxe clássico?

É realmente necessário apresentar  boxe em inglês que, sem surpresa, aproveitou a predominância do mundo anglo-saxônico para se espalhar por todo o globo?

Esse sucesso e sua – relativa – facilidade das regras lhe renderam o apelido de “arte nobre”: qual lutador não deseja se tornar campeão do mundo de boxe? Este boxe tem a honra de estar entre as disciplinas olímpicas.

Ele é originalmente uma união de lutas mais ou menos clandestinas e bárbaras organizadas em todo o Reino Unido por casas de apostas – a propensão dos britânicos para apostar em tudo ou qualquer coisa é famosa e histórica.

Dos primeiros boxeadores de rua improvisados ​chegamos a uma primeira forma regulamentada de boxe, que pôs fim ao pugilista das ruas. E até muitas mortes: alguns homicídios involuntários no ringue incentivaram o campeão de Jack Broughton a determinar as primeiras regras para o novo esporte no século XVIII.

Ele contou também com a ajuda do famoso marquês escocês de Queensberry, cujas 16 regras ainda influenciam o espírito do boxe inglês hoje.

Luvas de proteção, final de luta quando o adversário está no chão, proibição de alguns tipo de ataques, proibição de atingir um adversário em algumas áreas do corpo… Tudo o que parece óbvio para nós hoje, mas dificilmente antes da intervenção desses pioneiros!

O equipamento é básico: luvas de boxe, sapatilhas e capacete – quando você é amador.

E esse é o boxe profissional mais popular com o público em geral: todas as peessoas acabam conhecendo alguns de seus grandes nomes, como Mike Tyson, Muhammad Ali, Tyson Fury, os irmãos Esquiva e Yamaguchi Falcão, entre tantos outros.

O que é o boxe tailandês?

Como o próprio nome atesta, esse estilo tem seu berço no sudeste da Ásia, onde as artes marciais são particularmente populares, especialmente na Tailândia. Lá, essa é uma instituição real, uma disciplina esportiva em grande parte profissional que atua como esporte nacional e um componente essencial da economia local.

O que chamamos aqui de “boxe tailandês” e que colocamos entre os estilos de boxe serão mais voluntariamente designados no Sudeste Asiático pela expressão muay thai – literalmente “a arte marcial tailandesa”, lembrando o caráter básicodesta antiga técnica de luta.

Possivelmente, o boxe na sua versão tailandesa é muito mais violenta do que as anteriores que acabamos de citar. É um esporte com muito contato, mas que também possui um grande número de regras, não podemos falar que ele permite todos os movimentos!

Os tailandeses estão agora muito longe desta época em que os lutadores regularmente morriam no calor do momento do cambate (alguns duelos eram feitos com a adição de vidro triturado nos punhos, apenas para lutar mais rapidamente e mais efetivamente…).

Esta era terminou com a proibição total de Muay Thai na Tailândia há quase um século, em 1921, permitindo que ele voltasse a se reinventar e reaparecer alguns anos depois com suas regras já contemporâneas, em grande parte herdadas do boxe. As luvas, o ringue e os rounds apareceram, bem como o fim da luta com a finalização ou alguns golpes baixos, ou altos (na cabeça, por exemplo). Desde então, o boxe tailandês vem conquistando o mundo!

Comparado com suas duas modalidades irmãs da França e da Grã-Bretanha, o boxe tailandês multiplica armas (usando punhos, pés, braços, pernas, joelhos, cotovelos) e, logicamente, os pontos de possível ataque e defesa dos alvos.

O que é boxe sombra ?

O boxe sombra é um boxe ao mesmo tempo solitário e indolor, com quase nenhum perigo de se machucar (a menos que execute algum movimento de maneira muito equivocada  ou acerte uma parede ao tentar combater uma sombra real!) .

Como é possível, você vai me dizer? É porque você está enfrentando um adversário imaginário – um fantasma, uma sombra. Em outras palavras, você está no boxe contra o nada, o vazio!

Este exercício é muito mais emocionante, agradável e eficaz do que você pensa à primeira vista e foi inicialmente concebido para compor o treinamento de boxeadores, amadores e profissionais.

Com ou sem luvas, saiba bem a técnica Aprenda bem os movimentos trabalhando o shadow boxing

Há um lado de cardio e um lado de alta tecnologia. Portanto, as nuances podem ser encontradas, seja entre boxeadores ingleses ou asiáticos. Será suficiente para eles adaptarem a guarda, a técnica, os traços e o jogo de seus movimentos aprendidos às regras em vigor nas respectivas federações.

Também será útil, em termos de ritmo: tantas vezes de tantos segundos ou minutos por tipo de trabalho, por exemplo.

Se você tem um treinador para monitorá-lo, é muito relevante nessa etapa: ele irá dar dicas e fará você compreender melhor suas ações não tão bem executadas. Caso contrário, você sempre pode filmar-se no boxe de sombra ou realizar os movimentos cercado por um ou mais espelhos, para observá-lo em ação.

Os amantes da música podem aprimorar seus esforços com um pouco de música, trazendo um pouco mais do boxe fitness para sua atividade.

O que é o Savate?

savate, boxe frânces que ganhou esse nome pelos sapatos utilizados pelos seus praticantes (sapatos velhos), aparece em no fim do século XVIII. É um esporte de combate usando pés e mãos, combinando regras próprias e assimilando algumas já tradicionamente conhecidas do boxe clássico inglês.

O savate francês não era um esporte reconhecido, mas muito praticado nas ruas, até a codificação do esporte criada em 1877 graças a Joseph Charlemont, que, mais tarde, também criou a academia francesa de boxe.

Desde 1903 e a criação da Federação Francesa de Empresas de Boxe, muitos de seus praticantes já entraram no ringue. Hoje, são mais de 50 mil pessoas na França praticando a técnica, que chegou ao Brasil no início do século XX e que também foi introduzido na formação de alguns atletas de MMA por todo o mundo.

O savateur (o homem praticante) ou savateuse (a atleta praticante) será graduado nas seguintes cores de luvas, de acordo com seu treinamento e nível no esporte:

  • azul,
  • verde,
  • vermelho,
  • branco
  • amarelo
  • Prata,
  • Bronze.

As últimas duas categorias permitem o acesso a certas competições determinadas em relação à outra.

A Federação Internacional de Savate reconhece 11 chutes diferentes e 4 categorias de socos. Os joelhos, canelas e cotovelos são estritamente proibidos.

As artes marciais envolvem postura e técnica diferenciada É preciso ter muita consciência corporal para praticar uma luta

O que é o boxe chinês?

Em primeiro lugar, falar sobre o boxe chinês como um todo é praticamente impossível. O que chamamos de boxe chinês é realmente um conjunto de 360 ​​estilos de artes marciais chinesas. As artes marciais surgiram como uma necessidade de autodefesa e treinamento intensivo dos militares chineses na China antiga do século 27 a.C.

Mais recentemente, no século 5, um monge budista do Mosteiro Shaolin inventou exercícios esportivos para melhorar a condição física dos monges e proteger o mosteiro, criando uma verdadeira filosofia da vida.

Mas não foi até o século 16 que a prática de artes marciais pelos monges Shaolin foi atestada. Entre o boxe chinês e a arte marcial sem confronto físico, o kungfu Shaolin e o kungfu Wushu gradualmente se tornaram os esportes oficiais do povo e do estado em 1949. A reabilitação de artes marciais em escolas de boxe é feita no final da era maoísta, em 1975.

E, claro, o boxe chinês se difere das modalidades inglesa, francesa ou tailandesa. A cultura chinesa é tão marcada pela espiritualidade e controle do corpo humano que não se trata apenas de bater o oponente para derrubá-lo: é uma verdadeira arte de autodefesa, uma filosofia de vida e um desenvolvimento do potencial físico e mental dos participantes.

Construção muscular e atenção ao corpo para evitar lesões são essenciais na prática de qualquer arte marcial chinesa como o sanda, kungfu, boxe Tao lu, e não é diferente para o boxe chinês.

O que é o boxe americano?

O boxe americano destaca a aproximação entre os dois adversários, daí o outro nome: contato completo.

KO é permitido, os adversários podem bater uns contra os outros, mas também usar o solo, aumentando o risco de lesões em relação aos outros tipos de boxe. O boxe americano também deu à luz ao MMA (Mixed Martial Arts – artes marciais mistas), embora seja muito mais livre em termos de regras.

Foi na década de 1960 que o boxe apareceu em solo americano. Mas ainda estamos longe do contato total (full contact ou vale tudo). Se os Estados Unidos são o berço de muitas estrelas de boxe inglês tradicional (Mike Tyson, Muhammad Ali, Joe Frazier, Floyd Mayweather …), o contato completo aparece na década de 1970.

O kickboxing  americano foi crescendo gradualmente a caminho da cena internacional. Repetindo os códigos de boxe  (socos permitidos) e as artes marciais clássicas (chutes permitidos), como krav maga (autodefesa israelense), o boxe americano admite como a cabeça como alvo,o uso do torso e dos pés.

É proibido agarrar o oponente, atacar o adversário no chão, continuar a lutar após a parada do árbitro, virar as costas para o adversário, levantar ou jogar o adversário ou atacar o oponente enquanto ele está preso nas cordas do ringue.

Os pugilistas de boxe clássico têm uma vantagem se eles querem usar o boxe americano. Muitas técnicas se sobrepõem, tanto entre as técnicas de socos, pontapés ou chutes.

Resta trabalhar sua defesa para evitar golpes e evitar se machucar!

Vá agora, faça a sua escolha e comece, lembrando-se sempre de utilizar essas técnicas sempre para o bem e não para a violência gratuita!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar