A prática do boxe tem se tornado bastante popular no Brasil nos últimos anos, e a procura por instrutores e academias que ensinam a luta tem crescido. E a busca não é só entre aqueles que tem interesse profissional como pugilista. Algumas pessoas querem fazer aula de boxe como uma forma de exercício ou atividade física.

Mas, ainda há dúvidas sobre qual a formação necessária para tornar-se Professor de Boxe, quais os lugares em que se pode ensinar a luta, as habilidades de um bom treinador e os salários e os deveres envolvidos na profissão.

Assim como em outros esportes, muitos ex-atletas tem interesse em seguir carreira como treinador quando se aposentam dos ringues. Os Conselhos Regionais e Federais de Educação Física não têm poder de fiscalizar o ensino da técnica, cultura e filosofia das artes marciais, como capoeira, muay thai, jiu jitsu ou mesmo o boxe. Porém, se a atividade possui como finalidade a melhora ou manutenção do condicionamento físico, esta deve ser supervisionada por um Profissional de Educação Física.

Há dúvidas também sobre onde dar aulas do esporte, quais as habilidades de um bom treinador e a média salarial e os deveres de um instrutor. Quer saber mais sobre esses detalhes, continue com a gente.

Os melhores professores de Boxe disponíveis
Jeff personal fight
5
5 (23 avaliações)
Jeff personal fight
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Fabricio
5
5 (76 avaliações)
Fabricio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Evelyn vieira
5
5 (68 avaliações)
Evelyn vieira
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (64 avaliações)
Fernando
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Bernardo
5
5 (59 avaliações)
Bernardo
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (11 avaliações)
Gabriel
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Wendson
5
5 (18 avaliações)
Wendson
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caio yudi
5
5 (8 avaliações)
Caio yudi
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jeff personal fight
5
5 (23 avaliações)
Jeff personal fight
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Fabricio
5
5 (76 avaliações)
Fabricio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Evelyn vieira
5
5 (68 avaliações)
Evelyn vieira
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (64 avaliações)
Fernando
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Bernardo
5
5 (59 avaliações)
Bernardo
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (11 avaliações)
Gabriel
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Wendson
5
5 (18 avaliações)
Wendson
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caio yudi
5
5 (8 avaliações)
Caio yudi
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Formações necessárias para ensinar boxe

No Brasil, não há um consenso sobre quem pode ou não ensinar boxe. Esse é um assunto bastante polêmico. Os Conselhos Federais e Regionais de Educação Física não tem poder de fiscalização sobre o ensino da arte do boxe, mas alegam que qualquer atividade física que envolva mais que apenas o repasse das técnicas de combate, cultura e filosofia, precisam de formação específica para ser oferecida.

Por outro lado, há ex-pugilistas com anos de experiência no ringue que ao se aposentarem, desejam repassar os ensinamentos que aprenderam durante a carreira.

Como nosso país tem uma grande extensão territorial, ainda há diferenças de regras em cada Estado. Por isso, é importante que, caso você tenha interesse em tornar-se um treinador de boxe, entre em contato com a Federação do seu Estado e esclareça quais são os procedimentos e cursos necessários para ser um instrutor credenciado.

Punho fechado dando soco em um saco de treino
O boxe é também chamado de pugilismo, por ser uma luta em que se usa os punhos para golpear e defender.

Apesar da formação superior não ser uma exigência no Brasil para ser instrutor de boxe, há uma enorme diferença entre ser um atleta e ser um instrutor de boxe. Um atleta não será necessariamente um bom treinador. Um professor tem que saber ensinar, além das técnicas de luta, como um atleta pode se tornar um lutador de sucesso.

Infelizmente, há uma lacuna não preenchida para que um ex-pugilista torne-se um treinador. E por isso, as Federações Estaduais oferecem cursos de formação para que antigos lutadores possam capacitar-se para dar aulas e tornar-se instrutores. Não custa ressaltar, mas as aulas que envolvam melhora do condicionamento físico e muscular só podem ser realizadas por um Profissional de Educação Física. Os antigos lutadores podem ensinar as técnicas de luta, mas não podem dar treinamentos completos de musculação de melhora do condicionamento físico.

No entanto, sabemos que conhecimento nunca é demais para se tornar um bom professor. Além da experiência com o esporte, é importante aprender conteúdos sobre didática, pedagogia, filosofia, gerenciamento, marketing e muitos conteúdos não aprendidos na rotina de treinos como lutador. Uma formação superior em Educação Física é importante para aprender essas competências.

Para se inscrever em cursos de formação de treinadores de boxe, o que prevalece é a segurança de que você quer ensinar. E para ensinar, é preciso ter aprendido, não é mesmo? Esse tipo de treinamento para instrutores de boxe no Brasil, surgiu para especializar os profissionais formados em Educação Física.  Há algumas disciplinas específicas da modalidade que não são ministradas nas faculdades. Os cursos também servem para capacitar ex-atletas no exercício da profissão de Treinador.

Lugares onde o boxe pode ser ensinado

De academias especializadas à aulas online, o que não faltam são opções para ensinar boxe. Se você decidiu tornar-se um treinador, veja quais são as opções para dar o seu curso de boxe:

Homem treinando boxe
Você pode incluir técnicas do boxe nos treinos dos seus alunos de treinamento funcional.

1 - Academias de artes marciais: uma primeira opção quando você torna-se treinador são as academias. Elas permitem que você adquira experiência e ainda usufrua da estrutura e equipamentos oferecidos por eles.

2 - Clubes de Boxe: há também clubes especializados na modalidade, que são boas opções para adquirir experiência e fazer contatos.

3 - Ensinar boxe em casa: se você optar pela carreira de treinador autônomo, uma opção é dar aula na sua própria casa. Se você tem espaço em casa, essa pode ser uma ótima opção.

4 - Ensinar boxe na casa do aluno: alguns alunos gostam de usufruir do seu espaço em casa ou no prédio para realizar suas aulas com a comodidade de não ter que deslocar para exercitar. Essa também é uma boa opção caso você tenha optado por dar aulas particulares.

5 - Aulas ao ar livre: uma excelente opção caso você não tenha espaço na sua casa ou na casa do aluno, é procurar praças ou parques públicos para realizar as suas aulas. Esse formato ainda permite que você forme pequenas turmas.

6 - Cursos de boxe em plataformas online: com a pandemia, as aulas online e as plataformas virtuais ganharam força total. Há uma flexibilidade enorme tanto para os professores, como para os alunos. Você pode dar e receber aulas de qualquer lugar, desde que tenha acesso à internet. Plataformas como a Superprof ainda te dão autonomia para escolher o local de realização das aulas, não eliminando assim as opções anteriores.

Habilidades de um bom Treinador de boxe

Caso a sua carreira tenha te levado pelo caminho para ser um treinador de boxe, saiba quais são as principais habilidades que um bom treinador precisa. Já vimos que uma das questões mais importantes é buscar formação e qualificação. Além da experiência anterior com o esporte. Para ensinar, você precisa conhecer.

Ser treinador de qualquer esporte ou mesmo treinador de boxe, envolve uma série de atividades. É preciso ter noções de pedagogia para ensinar, conhecimento técnico para passar aos seus alunos, experiência com o esporte para ensinar as técnicas de luta, didática e psicologia para transmitir conhecimento e formar futuros atletas.

Homens treinando boxe
Dar aulas de boxe envolve muito estudo e especialização.

Saber elaborar treinos diferenciados conforme o perfil de cada aluno. Noções de gestão para saber gerenciar seu tempo, agenda, promover o seu trabalho e gerir sua carreira como um todo. Além disso, se você tem o desejo de treinar competidores, você precisa ser um instrutor credenciado na Federação Estadual de Boxe. Precisa entender sobre gestão da carreira dos atletas, onde buscar patrocínios e captar recursos para participar das competições. Deu para perceber que são muitos desafios e habilidades para serem conquistadas.

E é essa versatilidade de características e habilidades que permitirá que a sua carreira como treinador seja um verdadeiro sucesso. Por isso, é sempre importante estar bem informado, conhecer bem as regras do esporte a nível Estadual, Nacional e Internacional para exercer a profissão e conquistar muitos alunos. No site da Confederação Brasileira de Boxe - CBBoxe, você poderá saber mais informações sobre o esporte, consultar os regulamentos e também verificar os endereços, e-mails e telefones de contato da Federação da sua região.

Salários e deveres de um Treinador de boxe

Agora que você já sabe os cursos necessários, as opções de locais onde pode dar aula, e as habilidades de um bom treinador de boxe, você deve estar se perguntando se todo esse investimento será recompensado. Para saber qual a remuneração possível, é importante que você defina qual tipo de carreira quer seguir. Você pode ensinar boxe em uma academia ou um clube, escolas, comunidades, associações. Ou também é possível considerar uma carreira como professor particular. Obviamente, os salários vão ser diferentes conforme a escolha profissional que você realizar.

Caso você opte por dar aulas em uma academia, a média do salário de um Profissional de Educação Física no Brasil é de R$ 2.926,00/mês (fonte: Glassdoor), podendo variar conforme sua qualificação, cidade ou região de atuação. Essa é apenas uma média. Vale ressaltar, que o salário de um treinador é bem mais modesto que de um lutador profissional, com títulos e histórico de campeão.

Mulheres no boxe
O boxe tem ganhado popularidade e adeptos também entre as mulheres.

Já se você optar por dar aulas particulares, individuais e personalizadas, apesar de ter mais trabalho, a média também pode ser maior que o de um professor de academia. O preço médio de uma aula de boxe particular é de R$ 80,00 a hora/aula. Lembrando que assim como na opção anterior, essa é uma média e pode variar conforme a região em que você vive. É importante pesquisar seus concorrentes e ver o valor médio que é cobrado na sua região.

Começar cobrando muito barato pode ser uma boa inicialmente, para conquistar mais alunos. Mas, a longo prazo, essa não pode ser a melhor estratégia. Os alunos que iniciam pagando um valor de aula, dificilmente vão aceitar um reajuste considerável no decorrer do curso. Calcule o valor da sua aula para que ele cubra seus custos e seja seu sustento.

Ensinar boxe envolve diversos desafios, necessidade de qualificação e conhecimentos específicos. O amor pelo esporte, por ensinar, disciplina, didática e dedicação estão entre as habilidades de um bom instrutor. Dar aulas para amadores ou formar atletas de ponta envolve planejamento. Criar treinos específicos e completos de acordo com o perfil de cada aluno é importante para que eles evoluam e gostem da sua metodologia de ensino.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Camila

Administradora, mineira, mãe, cursando Mestrado em Economia e Gestão da Inovação em Portugal. Apaixonada por viagens e pela vida, me arrisco na cozinha, amo conhecer pessoas e passear em dias frios com sol.