Segundo o portal UOL, os sites tradicionais de gastronomia viram um aumento gigantesco de tráfego desde o início da pandemia. O portal de receitas do UOL teve crescimento de 230% da audiência em junho quando comparado a março. Já o canal do programa MasterChef do YouTube ganhou 129 mil novas inscrições durante o período de quarentena, com crescimento de de 51% nas visualizações, segundo a Endemol Shine Brasil, empresa responsável pelas redes do programa.

Os interessados por gastronomia só crescem no Brasil. Um setor que cada vez mais tem oportunidades!

E como professor de culinária, você pode ajudar esses amantes de culinária a aprender a cozinhar e se tornar um verdadeiro cordon bleu. Mas como encontrar seus clientes?

Aqui estão nossas dicas para criar sua rede e dar aulas de culinária regularmente.

Os melhores professores de Culinária disponíveis
Harry
5
5 (132 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Adriana
5
5 (4 avaliações)
Adriana
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (132 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Adriana
5
5 (4 avaliações)
Adriana
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Boca a boca: encontrar aprendizes para seu curso de gastronomia

Uma degustação de culinária
cursos de gastronomia: Como encontrar alunos para uma aula de culinária? Na maioria das vezes, uma aula de culinária termina com uma degustação!

É isso, está decidido: você quer se tornar um professor de culinária. A primeira coisa a fazer para encontrar alunos é falar sobre eles ao seu redor! Quer você dê curso de confeitaria, aulas de culinária molecular, curso gastronomia italiana ou aulas de culinária japonesa: sempre conte aos seus entes queridos, família e amigos.

Aliás, a princípio, eles já devem saber que cozinhar e você é um grande amante da cozinha.

Mas não hesite em divulgar a informação dentro do seu círculo de conhecidos mais ou menos próximos: no trabalho se mantém um cargo assalariado, no seu clube, aos seus amigos, à sua família, nas redes sociais, aos amigos dos seus amigos ...

Saber onde encontrar alunos desde o início é obrigatório para se começar com o pé direito. Mesmo que isso signifique oferecer tarifas preferenciais aos seus entes queridos. Essas aulas vão permitir que você teste sua pedagogia e faça alguns ajustes, se necessário.

Não subestime o poder do boca a boca! Muitas vezes, é por meio da rede mais próxima que encontramos trabalho sem fazer muito esforço. E, se isso não funcionar, na verdade não terá exigido tanto investimento de seu tempo e dinheiro.

Seus vizinhos, sua família e seus amigos vão saber que você está disponível para ensinar novatos a cozinhar ou permitir que os já iniciados se aprimorem em certas áreas mais complexas e descubram outras culinárias como a orgânica, a vegetariana, receitas simples ou a culinária vietnamita.

Destaque a sua experiência culinária: anos de prática, estilo de cozinha, experiência profissional como chef, curso de culinária online ... Valorize sua pedagogia, especialmente se você oferece aulas de culinária para crianças.

Assim que você tiver seus primeiros alunos, o recurso de propaganda do boca a boca será ativado e tornará muito mais fácil encontrar os próximos alunos que queiram fazer aulas com você.

Internet para divulgar suas aulas de culinária

Assim que uma pessoa procura um produto ou serviço, o que ela faz? Ela pesquisa no Google! Ter uma presença online é essencial se você deseja criar sua agenda de contatos de forma rápida e fácil.

E para isso, existem várias formas de processos. Você não deve ficar satisfeito com apenas um canal; use vários para aumentar suas chances de encontrar cozinheiros aprendizes de forma rápida e sustentável.

Comida japonesa: naguiri
Qual é a melhor maneira de conseguir clientes como professor de culinária? Que tal oferecer aulas de sushi em vídeo para aumentar suas chances de encontrar alunos?

O blog de culinária

Hoje, criar um site não é muito difícil, principalmente se for um blog. Aconselhamos você a acessar o WordPress.org (e não o WordPress.com, que limitará seus campos de ação). A plataforma é intuitiva e garante melhor referenciamento.

Escolha o nome do seu site com cuidado. Você pode usar seu nome e sobrenome, mas uma boa dica é fazer uma conexão com a cozinha. Por exemplo, pode ser algo como "Cozinha do João", "Pratos da Sabrina", "Mão na massa" ou "Vida doce com Roberto". O nome também deve estar relacionado à culinária que você está fazendo. Se você oferece cozinha asiática, escolha um nome que faça lembrar o Oriente.

Depois de escolhido, verifique se o nome de domínio está disponível para compra.

Em seguida, você só precisa construir seu blog. Você pode publicar artigos sobre novas receitas, produtos sazonais dependendo do mês, os utensílios de sua preferência ...

Não se esqueça de preencher a página sobre, uma das páginas mais visualizadas em um site. Aproveite para se apresentar, aprofundar sua pedagogia, mostrar sua experiência e suas habilidades. Indique que você está se adaptando às necessidades, nível e objetivos do aluno.

Outra página é importante: a dos seus serviços. Detalhe os serviços que você pode oferecer:

  • Chef de cozinha,
  • Curso de gastronomia online
  • Oficinas de culinária,
  • Ateliers de comida japones
  • Curso de confeitaria online
  • ....

Especifique o público para o qual você está se dirigindo (empresas ou particulares) e se está direcionado para eventos específicos (formação de equipe, casamentos, escolas etc.). Não se esqueça de falar sobre a sua especialidade: culinária gourmet, uso de produtos frescos, harmonizações de comida e vinho, culinária tailandesa, culinária sem glúten ...

É também na página dos seus serviços que pode apresentar uma gama de preços (a partir de 50 reais por hora) e permitir que os alunos façam comentários. As avaliações desempenham um grande papel na decisão de contratar um serviço.

Quer fazer curso de culinaria online?

Redes sociais

As redes sociais são uma espécie de boca a boca virtual. Use-os para espalhar seu novo ofício. Você pode postar em seu perfil do Facebook que é chef e mestre familiar.

Sinta-se à vontade para criar uma página profissional no Facebook na qual seus alunos possam facilmente deixar suas opiniões. Publique suas notícias e retransmita os artigos que você publicar no blog. Compartilhe os bastidores de sua vida como professor de culinária!

Mas cozinhar é uma arte visual. Seria uma pena não usar o Instagram e principalmente o Pinterest para aumentar o tráfego do seu site e sua rede de alunos. Comida é um dos tópicos mais populares no Pinterest, principalmente entre o público feminino. Use esta atração para desenvolver o seu negócio!

Um canal no YouTube?

Você também pode fornecer receitas de vídeo para atrair clientes ao seu site. O cozimento é compartilhado e muitas vezes é mais fácil mostrar as etapas de uma receita em vídeo.

E como fazer?

Opte por um formato curto e dinâmico para não desmotivar seu público. Escreva os ingredientes e as quantidades na tela. Em seguida, basta adicionar o link à timeline da sua rede social. Requer algumas habilidades adicionais, mas quando você é sua própria empresa, tem que saber fazer tudo, não é mesmo?!

Os classificados para divulgar sua aula culinária

Cupcakes de chocolate
Como se tornar conhecido como professor de culinária?
Especifique sua especialidade ao escrever um anúncio!

Os classificados ainda funcionam. De qualquer forma, a verdade é certa: apenas um método de divulgação não é uma boa solução. Melhor optar por vários canais para aumentar suas chances de encontrar seus alunos leais.

Muitas plataformas oferecem a postagem de anúncios classificados. Podem ser plataformas de serviços em geral, mas também plataformas especializadas como o Superprof.

Em seguida, você precisa criar um perfil gratuitamente. Quanto mais o seu anúncio for bem escrito, claro e com as informações adequadas, mais chances você terá de encontrar alunos, sabendo que provavelmente oferecerá cursos mais baratos do que na escola de culinária.

Tal como no seu site, terá que falar sobre a sua especialidade, sejam cursos de confeitaria, cozinha francesa ou cozinha vegana. Especifique a quem se dirigem as suas aulas: estudantes, crianças, iniciantes, intermediários, avançados... Você também pode mencionar sua disponibilidade: aulas ministradas aos sábados, horário das aulas à noite ... Indique seu preço por hora e que os preços podem ser personalizados - cursos e workshops realizados mediante solicitação de orçamento.

Você também pode seguir o bom e velho método de publicidade em lojas locais. Escolha comércios onde possa encontrar comida: padaria, pasteleiro, doceria, peixaria, mercearia, queijaria ... Pode experimentar os restaurantes. Não se esqueça de pedir permissão antes de postar seu anúncio classificado.

Parcerias com outros profissionais para encontrar alunos de gastronomia

Como encontrar cozinheiros aprendizes para o seu curso?
Pense em parcerias para desenvolver o seu negócio!

Para encontrar alunos prontos para marcar suas aulas, existe outro método: fazer parceria com profissionais relacionados ao seu setor!

Você terá que procurar alguns provedores de serviços em sua região e deixar cartões de visita para que possam anunciar você.

Por exemplo, se você não oferece serviço de bufê, pergunte aos fornecedores de sua cidade ou bairro se eles concordariam com uma parceria. É uma troca: eles promovem os seus serviços e você também os promove se os seus clientes procuram um fornecedor específico.

Você também pode entrar em contato com padeiros, confeiteiros, donos de restaurantes, planejadores de casamento, fotógrafos ... Dê asas à sua imaginação.

O único cuidado a tomar: lembre-se de testar o serviço do parceiro e não mande seus clientes às cegas. Se o provedor não estiver à altura da tarefa, isso pode prejudicá-lo.

Vistam seus aventais e arregacem as mangas para encontrar alunos para o seu workshop de culinária!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.