Página principal
Dar aulas

Aulas de culinária em São Paulo

92 professores perto de você

Qual é o seu nível?

Aulas particulares com Superprof

Nossa seleção de professores
de culinária em São Paulo

Ver mais professores

5.0 /5

Professores Star com uma avaliação média de 5.0 estrelas e mais de 17 avaliações.

71 R$/h

Melhores preços: 99% dos professores oferecem a 1ª aula gratuita e a hora/aula custa em média R$71

8 h

Em um estalar de dedos, nossos professores te respondem em uma média 8h.

01

Encontre o seu
professor perfeito

Consulte à vontade os perfis e contacte seu super professor segundo os seu critérios (preços, diploma, avaliações, aulas em casa ou por webcam)

02

Organize suas
aulas

Converse com o seu professor para dar detalhes sobre suas necessidades e disponibilidade. Combine suas aulas e pague em segurança em sua caixa de mensagens.

03

Viva novas experiências

O Passe Aluno te dá um acesso limitado a todos os professores, tutores e treinadores durante 1 ano. Um ano para descobrir as novas paixões com pessoas fascinantes.

Nossos antigos alunos de São Paulo
avaliam seus profes de culinária

Veja todas nossas aulas de culinária

Seja acompanhado pelos melhores professores de São Paulo para suas aulas de culinária

A culinária do Estado de São Paulo se desenvolveu, principalmente, no período de povoamento da capital, entre os séculos XVI e XVII. Os pratos trazem produtos facilmente encontrados na terra, como o milho e o trigo.


Durante a colonização, os bandeirantes aderiram também aos hábitos dos índios, por motivos de sobrevivência. A farinha de mandioca já era parte da alimentação, por resistir a longas expedições.


As regiões do estado apresentam também diferentes costumes. No litoral, os elementos da cultura portuguesa, como bolinhos e ensopados, são predominantes. Já no interior, a culinária tem mais traços da tradição dos tropeiros e os pratos levam mandioca frita e feijão gordo, por exemplo. Entre os pratos populares, está o virado à paulista, o bauru e, na capital, o lanche de mortadela.


Pois bem, ficou com vontade de aprender a cozinhar em São Paulo? Se você ainda não se considera um “ás” na cozinha, pois acha que só sabe cozinhar para sobreviver, então que tal dedicar algumas horinhas da sua semana fazendo um curso de culinária?


A capital paulista é conhecida por acolher chefes internacionais e nacionais reconhecidos, além de oferecer uma ampla opção de restaurantes de todos os gêneros e tendências. Dessa maneira, você, que quer começar a fazer aulas de culinária, com certeza vai encontrar o seu curso ideal e finalmente aprender a bela arte de cozinhar!


Para ficar por dentro das tendências culinárias, ou simplesmente para aprimorar o que você já sabe, nada melhor do que se lançar na aventura de fazer um curso de gastronomia.


Seja qual for o seu objetivo diante do forno, fogão, eletrodomésticos e ingredientes presentes na cozinha, existe em Sampa a solução ideal para você conseguir alcançar a tão sonhada  e almejada habilidade culinária.


Confira algumas dicas de locais onde você pode fazer cursos de culinária em SP!!

Por que aprender a cozinhar em São Paulo


A culinária é uma especialidade que mescla diferentes áreas do conhecimento. Ao aprender a cozinhar, além de elaborar pratos deliciosos, você também aprende sobre cultura, história, nutrição, medicina e muito mais. E em São Paulo não é diferente! Fazer aulas de gastronomia na capital paulista pode lhe trazer muitos benefícios pessoais, profissionais e sociais. Descubra quais!


Culinária: ferramenta de desenvolvimento pessoal

Mesmo se você ainda não for um cozinheiro profissional: a arte de preparar pratos promove a descoberta de talentos escondidos!

Muitas pessoas são exigentes demais consigo mesmas na cozinha quando se trata de degustar refeições: passou no sal, está sem graça, faltou algum ingrediente… Essa desvalorização é fruto de falta de autoconfiança. Ao dominar plenamente a arte da gastronomia, você vai ganhar segurança pessoal e, assim, redescobrir suas capacidades e habilidades.


Culinária em casa : economia na certa


Que tal aprender a cozinhar para sair do vermelho no final do mês?


Você sabia que muitos pratos tradicionais na maioria dos países ao redor do mundo são receitas populares inventadas por pessoas de baixa renda?


Portanto, eles são perfeitamente acessíveis!


Uma boa estratégia é preparar em maior quantidade e congelar o que não for consumido no mesmo dia ou no dia seguinte. 


Além disso, procure comprar frutas e legumes da estação, consuma produtos frescos e locais, esqueça as grandes marcas e valorize o comerciante da região. Seu bolso irá agradecer ☺

Culinária: ferramentasocial

Além de economizar nas contas altas dos restaurantes, aprender a cozinhar em casa ainda é uma excelente maneira de compartilhar, relaxar e socializar.

E se você organizasse uma noite com os amigos em sua casa ao redor de um prato fácil, rápido e delicioso?

O cozimento de carne, peixe e vegetais desperta aromas pela casa, agradando os sentidos dos seus convidados, que ficarão satisfeitos com o encontro.

Cozinha: um mergulho cultural

A tradição culinária é uma área riquíssima do conhecimento. Envolve história, civilização, tradições e costumes. Aprender a cozinhar pratos e refeições de regiões e países diferentes também contribui pra sua cultura geral. 

Dessa maneira, a culinária é um instrumento de troca que permite conhecer e ensinar aos outros as bases da nossa própria cultura.

Que tal dominar a cozinha japonesa, italiana, vietnamita, francesa, peruana... Ou então a cozinha paulista? Você certamente ficará mais aberto a descobrir tais lugares, pronto para conhecer um pouquinho mais sobre essas novas culturas. 


Seus filhos têm uma alimentação saudável


Chega de restaurantes a quilo, pratos prontos congelados ou massas com molho enlatado: você quer que seus filhos cresçam de maneira saudável e qualitativa.


Gastronomia, saúde e bem-estar são indissociáveis: uma dieta saudável contribui para uma boa forma física e mental.


E sob esse aspecto, a família e a escola têm um papel crucial na alimentação das crianças: o que ela come condiciona seu crescimento.


Cozinha: alimentos orgânicos e respeito à natureza


Nada mais nobre do que aprender a cozinhar e descobrir como o homem pode cultivar e se alimentar respeitando a natureza. 

Hoje em dia, alimentos orgânicos, isenção de agrotóxicos e alimentação responsável são palavras de ordem em um planeta devastado pela ação humana. É por isso que aprender a cozinhar também significa defender a preservação do meio ambiente. Se os produtos são ruins para o nosso organismo, por que eles não seriam para o ecossistema? Aprenda a cozinhar em SP

São Paulo está repleta de locais onde você pode frequentar cursos de gastronomia. Culinária para iniciantes a profissionais: na capital paulista você encontra as melhores opções de formação, para pequenos e grandes orçamentos. 


Seja você total amador, um conhecedor intermediário ou um expert no assunto, a cidade possui aulas de culinária que podem te dar aquela mãozinha para desenvolver ainda mais seus conhecimentos na arte de cozinhar.


Selecionamos algumas instituições nas quais você encontra cursos de gastronomia em função do seu nível e da modalidade da formação. Confira nossas dicas!


Para iniciantes

  • Senac
  • Receitaria Escola Gourmet

Com chefs conhecidos

  • Nicolau Rosa
  • Laurent Suaudeau

Faculdades de gastronomia:

  • Senac
  • Anhembi Morumbi

Com professores particulares


Contratar professores particulares de culinária permite que você aprenda a manejar seus próprios utensílios na sua própria cozinha!


Aulas de gastronomia básica, oficinas de massas, cursos intensivos... Encontrar a formação certa para aprender a cozinhar nem sempre é fácil. Alguns escolhem fazer

cursos e oficinas em escolas especializadas, enquanto outros preferem a liberdade das aulas particulares.


No entanto, é importante encontrar um bom professor de culinária. Aquele que

atenderá às suas expectativas como aprendiz.


Mas saiba que não é tão difícil encontrar o seu profissional ideal. Hoje existem muitas maneiras de encontrar um professor particular. É sobretudo na Internet que você obter maior sucesso na sua busca. Facebook, Instagram, outras redes sociais, plataformas especializadas... São várias fontes para encontrar seu professor particular.


Como por exemplo no Superprof!


Existem vários chefs e cozinheiros de alto calibre disponíveis no Superprof.com.br à espera do contato de alunos amantes das artes culinárias. Basta acessar nossa plataforma e escolher aquele que atenda na sua região!


Professores de culinária e de gastronomia estão prontos para dar aulas na capital paulista, a um preço médio de 72 reais a hora. Lembre-se: você pode fazer aulas particulares presenciais mas também a distância! Muitos professores estão dispostos a dar aulas via webcam: uma modalidade prática, que flexibiliza disponibilidades, evita custos adicionais de transporte e é igualmente construtiva! Cerca de 92% dos professores cadastrados na plataforma oferecem a primeira aula gratuitamente para o aluno. Isso é uma excelente oportunidade para conhecer sua pedagogia e seu programa de estudos. Aproveite!


Mas tenha cuidado, cada professor tem um perfil particular. O segredo é, portanto, encontrar o que melhor atenda às suas expectativas. Alguns têm anos de experiência, outros acabaram de se graduar. Vale a pena reservar um tempo para avaliar cada perfil e descobrir qual é o profissional que atenda melhor aos seus objetivos pessoais.


Quer um exemplo? Então confira o que alguns dos profissionais que se deslocam até a residência do aluno têm a dizer sobre suas prestações:


“Recém formado na academia culinária de Nice (França) estou aqui pra lhe orientar, você, estudante de gastronomia que sonha ir para a França se especializar ou ter novas experiências, porém não sabe falar francês. Meu método de ensino utiliza o dia a dia da Gastronomia francesa com a ajuda do vocabulário; método e técnicas de uma cozinha metodologicamente funcional e operacional.” – Antoniel, SP


“Aulas individuais / personalizadas e profissionalizantes de culinária italiana com ênfase em massas, molhos, antepastos, risotos e tortas. Aulas totalmente práticas onde o professor é só orientador. Assessoria no pós curso. Aulas orientadas para quem quer empreender ou fazer para seus familiares.” –  Hamilton, SP


“Sou especialista em gastronomia brasileira . Todas as aulas são ministradas com material de apoio e insumos de primeira qualidade. Sou autodidata em cozinha, trabalhei com o Chef Henrique Fogaça, entre outros. Estou no ramo de alimentação há mais de 10 anos . Atualmente me dedico a dar aulas e consultorias. Minhas aulas são descontraídas e dinâmicas, feitas para quem quer aprender sobre cozinha de maneira leve e divertida.” – Leonardo, SP


Cozinhar é uma arte fundamental. Mas não é só isso. Cozinhar é ter prazer, é se divertir, é uma maneira de interagir com familiares, amigos e se socializar.


Aprender a cozinhar e preparar pratos bonitos e saudáveis é uma habilidade com múltiplos benefícios: manter uma boa saúde, ter mais energia, relaxar e desfrutar de um saber altruísta e gratificante.

Nossos melhores artigos
sobre culinária