Saber cozinhar é importante para sua vida pessoal, profissional e social. Manter uma alimentação saudável e mais natural, envolve conhecer bem os ingredientes e saber transformá-los em pratos gostosos. Viver de congelados não é saudável e ainda tem um custo muito mais elevado para o orçamento. Além disso, não há nada como receber a família e os amigos em casa e preparar algo que você mesmo fez, com o seu tempero.

Se você tem interesse em se aprofundar no assunto e conhecer mais sobre cozinha e culinária, venha já marcar uma aula com um dos nossos SuperProf especialistas em ensinar até os mais inexperientes a arte da cozinha. Faça um curso de culinária e surpreenda seus amigos e sua família nesse São João.

Olha pro céu meu amor, vê como ele está lindo, olha pra aquele balão multicor, como no céu vai subindo.

Luiz Gonzaga

Está chegando a época das Festas Juninas e com o avanço da vacinação, esse ano vai ter festa sim 'sinhô'. Seja na rua ou em casa, uma das melhores partes das festas de junho são as comidas típicas. É tanta delícia que é difícil escolher uma coisa só.

Sem dúvida alguma, a maior estrela das festas juninas é o milho. Esse grão super versátil está em grande parte das receitas dessa época. Mas ele não vem sozinho... o coco, o feijão e o amendoim também integram diversos pratos típicos dessa época do ano. E dependendo da região do Brasil outros ingredientes entram na festa também.

Huummm!!! Só de pensar eu já fiquei com fome. É tanta delícia, doce ou salgada, que você não vai querer ficar de fora dessa festança. No decorrer desse artigo vamos falar um pouco sobre a culinária típica das Festas de São João, os principais pratos salgados, doces, as bebidas mais consumidas e a cozinha tradicional conforme a região do país.

Os melhores professores de Culinária disponíveis
Claudia
5
5 (29 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (208 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (101 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (22 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Amandy
5
5 (24 avaliações)
Amandy
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (10 avaliações)
Chef alessandro
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
4,9
4,9 (18 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (29 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (208 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (101 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (22 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Amandy
5
5 (24 avaliações)
Amandy
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (10 avaliações)
Chef alessandro
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
4,9
4,9 (18 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Comidas salgadas de Festa Junina

As Festas Juninas acontecem no nosso inverno, e por isso abrem oficialmente a temporada de caldos e comidas quentinhas. Os potinhos de caldos são muito comuns nas barraquinhas dos arraiais juninos. Pode ser um caldinho de feijão, um caldo de mandioca, um bobó de camarão, uma canjiquinha com costelinha, um caldo verde... o que não falta são opções de caldos para aquecer.

Curso de culinaria
Aproveite a época fria das Festas Juninas para apreciar os caldos quentinhos. | Imagem: Pixabay

Vou deixar aqui para vocês uma receitinha de Caldo de Mandioca.

Ingredientes:

  • 1/2kg de mandioca cozida
  • 2 tomates sem pele e sem semente picados
  • Azeite
  • 2 cebolas picadas
  • 4 dentes de alho
  • 1 maço de cheiro verde
  • sal e pimenta a gosto
  • 150g de bacon em cubos
  • 1 paio picado
  • 1 linguiça calabresa picada
  • 250g de carne bovina cozida e desfiada

Modo de preparo:

Depois de cozinhar a mandioca, bata em um liquidificador com a água do cozimento. Se necessário, acrescente mais água para bater. Refogue a cebola, o alho no azeite, assim que começar a dourar, acrescente o tomate e reserve. Na mesma panela, frite o paio, o bacon e a calabresa. Adicione então a carne já cozida e desfiada e a mistura de tomate, cebola e alho. Junte a mandioca já batida, acerte o sal. Sirva com cheiro verde.

Outro item muito comum nas festas juninas são os cachorros quentes. Aquele bem adaptado à culinária brasileira, com molho, milho, batata palha, queijo e tudo que temos direito. Alguns estados colocam até purê de batata no cachorro quente. Ahh, e temos também o pastel, outra coisa muito tradicional das quermesses de São João.

Além também da pipoca, do feijão tropeiro, do macarrão na chapa, do arroz de carreteiro e dos espetinhos dos mais variados. São tantas opções, que certamente vão ser capazes de agradar até os paladares mais exigentes. A comida junina tem aquela simplicidade e o sabor da culinária interiorana, das fazendas.

Aprenda os doces típicos do São João

Para além do delicioso e vasto cardápio salgado que apresentamos acima, temos também os doces juninos. São tantas e tantas delícias que você vai ficar com água na boca. A começar pelas receitas que tem como base o ingrediente mais tradicional do São João, o milho:

  • canjica ou mungunzá
  • broa de milho
  • pamonha
  • curau ou mingau de milho verde
  • pipoca doce e pipoca colorida
  • bolo de milho

Ai temos também o amendoim no pé de moleque ou na paçoquinha. Temos o coco na cocada e no quindim. Ainda temos a maçã do amor que pode ser enviada junto do típico correio elegante para o seu 'crush'. Temos também o arroz doce, a broa de fubá com queijo e a queijadinha. É muita coisa gostosa pra ter festa só em junho. Acho que é por isso que o brasileiro já estendeu para as Festas Julinas. Só assim pra ter tempo de comer tanta delícia.

Quer aprender a fazer uma tradicional Maçã do Amor para a sua Festa Junina? Veja esse vídeo e aprenda o passo a passo:

Além das comidas típicas, temos outras tradições bem interessantes nas Festas de São João. As quadrilhas e os casamentos na roça, os correios elegantes, as pescarias e as outras brincadeiras com brindes para quem se sair bem. As bandeirolas coloridas, as fogueiras e as músicas como o forró, o xote e o sertanejo que embalas a festança.

Quais as bebidas tradicionais nas Festas Juninas

Como dissemos, as Festas Juninas acontecem no inverno do hemisfério sul, portanto é uma época mais fresquinha no Brasil. No nordeste é a temporada chuvosa e no sul e sudeste encontramos temperaturas bem amenas ou até bem frias.

É aí que o pessoal aproveita para fazer comidas e também bebidas quentes, para aquecer e curtir as festas bem quentinho. Temos o quentão, o choconhaque e o vinho quente para quem quer esquentar e ficar animadinho. E temos as opções sem álcool como o chocolate quente, o cappuccino e o quentão sem álcool, todos muito comuns nessa época do ano.

Que tal preparar um quentão bem tradicional na sua Festa Junina? Vamos então aos ingredientes:

  • 1 garrafa de cachaça
  • a mesma medida de água
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • casca de 2 laranjas e de 2 limões
  • canela em pau e cravo da índia a gosto
  • 50g de gengibre
Aula de culinária
O quentão é uma das bebidas mais tradicionais das Festas Juninas pelo Brasil. | Imagem: Pixabay

Modo de preparo do quentão:

Coloque em uma panela grande, o açúcar, as cascas das frutas, o gengibre, a canela e o cravo. Assim que o açúcar derreter, acrescente a cachaça e a água e deixe ferver a mistura por aproximadamente 25 minutos para pegar bem o sabor das especiarias. Passe em uma peneira e sirva ainda quente. Você pode colocar outras especiarias como a hortelã, o alecrim, a erva cidreira. Faça conforme o seu gosto.

É comum também ver barraquinhas de caipirinhas e caipiroscas das mais variadas frutas. Afinal, no Brasil não pode faltar caipirinha, faça frio ou calor.

Comidas típicas de São João pelo Brasil

As Festas Juninas são uma tradição de norte a sul do Brasil. Mas cada região adaptou a festa conforme as suas tradições e os pratos típicos conforme a sua culinária e os ingredientes mais utilizados e comuns de cada região. Alguns pratos são comuns em todo o país, principalmente aqueles que levam o milho como o ingrediente principal. A canjica, as broas de milho, o mingau ou curau de milho verde, a pamonha e mais um monte de prato leva este ingrediente. Além do milho, é muito tradicional pratos com amendoim e coco.

No norte, já vemos diversos pratos que levam mandioca (ou aipim), conforme a herança da cultura indígena nessa região. O tucupi, tacacá, o vatapá e a tapioca são alguns dos pratos típicos da região norte.

Na região sul, temos o pinhão como a estrela dessa época do ano e uma série de pratos doces ou salgados que levam essa castanha. O pinhão é muito consumido no inverno do sul do país. Temos também o arroz de carreteiro e o churrasco, muito comuns na região sul.

Agora no nordeste, tempos para além do mungunzá (chamada de canjica em outras regiões), o cuscuz, o pé de moleque, o baião de dois e o bobó de camarão.

Curso de cozinha
O cuscuz é um prato muito comum nos Arraiais do Nordeste. | Imagem: Pixabay

Já o sudeste investe muito nos caldos para aquecer nessa época fria, seja o caldo verde, caldo de mandioca, caldinho de feijão e muitos outros. É a época de mais frio no Brasil, então é hora de aproveitar para comer os pratos quentes. Em Minas temos também o feijão tropeiro e o pão de queijo. O pirão no Espirito Santo. O cuscuz paulista em São Paulo e a feijoada no Rio de Janeiro.

O centro-oeste também tem Festa Junina e é de lá que vem a pamonha, muito tradicional no Goiás, Tem também o caldo de piranha no Mato Grosso e a sopa paraguaia no Mato Grosso do Sul.

Quer aprender mais sobre essa vasta culinária brasileira? Que tal fazer um curso de culinária online aqui na SuperProf? Aprender mais sobre os ingredientes típicos de cada região pode mudar definitivamente a sua comida para melhor.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Camila

Administradora, mineira, mãe, cursando Mestrado em Economia e Gestão da Inovação em Portugal. Apaixonada por viagens e pela vida, me arrisco na cozinha, amo conhecer pessoas e passear em dias frios com sol.