Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como aprender a arte da dança nas grandes cidades do Brasil?

De Fernanda, publicado dia 14/12/2017 Blog > Artes e Lazer > Dança > Onde fazer aulas de dança nas capitais brasileiras?

“A dança é a mais sublime, a mais em emocionante, a mais bela de todas as artes, porque não é uma mera tradução ou abstração da vida; É a própria vida.”- Henry Havelock Ellis

Dizemos que o brasileiro já nasce sabendo sambar. No entanto, de norte a sul em nosso país, a paixão pela dança não se restringe ao samba e vai muito mais além.

Escolas, associações, estúdios, centros de dança, iniciativas públicas e privadas: há muitos lugares para aperfeiçoar seus passos de dança no território brasileiro.

Descubra onde aprender a dançar nas grandes cidades do Brasil!

Onde fazer aulas de dança em São Paulo?

Centro urbano que reune artistas de todo o país e do mundo, São Paulo é o lugar ideal para aprender a dançar e se tornar um coreógrafo experiente!

Independentemente do seu nível de dança, do seu estilo preferido, se prefere uma escola particular ou um centro cultural, os professores paulistanos vão lhe ensinar como mexer seu corpo ao ritmo da música em apenas algumas sessões.

Uma boa opção gratuita para crianças, jovens e adultos é a Escola de Dança de São Paulo. Há o Programa de Formação e também cursos livres, que vão do balé às danças brasileiras. Para se tornar um aluno da Escola de Dança, é necessário passar pelos Processos Seletivos que são divulgados e realizados anualmente através dos editais.

Quer saber onde pode encontrar outros cursos gratuitos em São Paulo? Veja nossa seleção:

  • A Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação oferece aulas de várias modalidades esportivas e atividades de lazer, recreação e sócio-culturais em todos os centros esportivos da cidade.
  • Galeria Olido: administrada pela Prefeitura de São Paulo, a galeria oferece aulas de dança de salão durante a semana e aos sábados. Não é necessário inscrição para participar das aulas.
  • Unidades SESC-SP: a rede oferece diversas modalidades de cursos e aulas gratuitas para todas as idades. Para se inscrever, basta se informar diretamente no site do SESC-SP.
  • O espaço Tendal da Lapa oferece principalmente aulas gratuitas de balé infantil, dança contemporânea, dança afro, dança irlandesa e outras modalidades para todas as idades, além de teatro-dança, voltado para pessoas da terceira idade.
  • O Centro Cultural da Juventude abre suas portas para toda a comunidade oferecendo aulas de dança gratuitas.
  • O Estúdio Anacã promove uma vez por mês o Free Day – um dia inteiro com aulas gratuitas.

Se você ainda prefere escolas privadas de dança, confira algumas sugestões que contemplam estilos musicais variados:

  • Escola Solum – danças de salão.
  • A Cia Terra – salsa, samba, bolero, forró, zouk, sertanejo, samba-rock, west coast swing, tango, bachata, entre outros.
  • Escola de Dança Celso Vieira –  samba de gafieira, bolero, forró, soltinho, zouk, salsa, bachata, kizomba, sertanejo, vanera, tango, samba no pé e outros.
  • A Casa de Dança Carlinhos de Jesus – dança de salão, samba rock, gafieira, pagode, forró, sertanejo, vanera, tango, zouk e salsa.

Onde fazer aulas de dança no Rio de Janeiro?

Onde aprender a dançar na cidade maravilhosa? O Carnaval do Rio é uma excelente oportunidade para você descobrir o samba e encontrar o seu ritmo. Experiência única!

O Rio é definitivamente a cidade brasileira que mais representa os ritmos brasileiros, atraindo dançarinos do país e do mundo inteiro. Mas não só do samba vive a cidade: do sapateado ao rock, passando pelo forró, country, balé, zumba, zouk e tango: seja qual for sua preferência musical, você vai inevitavelmente encontrar uma aula de dança adaptada aos seus desejos!

Para amantes de dança clássica, sugerimos a Escola Estadual de Dança Maria Olenewa. As aulas são gratuitas e divididas em quatro módulos: preliminar, básico, médio e técnico. Entre os alunos aprovados, pelo menos 30% são originários de projetos sociais do Rio, como o Dançando Pra Não Dançar e a Casa de Iniciação às Artes. No último ano, a Escola de Dança Maria Olenewa contou com 270 alunos entre novatos e veteranos.

Na cidade maravilhosa, você encontra diversas opções acessíveis de cursos de dança. Confira nossa seleção:

  • Arena Carioca da Penha: aulas gratuitas de dança de salão com o professor Luís Romano, que ensina passos de samba, bolero, salsa, tango e outros ritmos.
  • Parque Madureira: programação que inclui aulas e oficinas abertas e gratuitas de dança.
  • Unidades SESC-RJ: a rede oferece diversas modalidades de cursos e aulas gratuitas para todas as idades: aula de balé, dança classica, aula de zumba….
  • Parque das Vizinhanças de Ramos: na área do Piscinão de Ramos, o local conta com aulas de jazz.
  • Centro Cultural de Santa Teresa: realiza oficinas gratuitas de dança afro-latina e de capoeira infantil e adulto.
  • Subsecretaria de Esportes e Lazer oferece em suas unidades das Vilas Olímpicas aulas de danças diversas.
  • O Centro Cultural Municipal Professora Dyla Sylvia de Sá oferece oficinas e atividades abertas ao público, entre elas: capoeira, dança de salão, dança do ventre, dança cigana, entre outras.
  • O Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro organiza regularmente várias aulas abertas e oficinas gratuitas.

Onde fazer aulas de dança em Belo Horizonte?

Há muitas opções em BH para aqueles que desejam começar a estudar alguns passos e para aqueles que desejam aprimorar seu conhecimento em dança. Escolas, centros culturais, associações e professores particulares estarão ao seu alcance.

Confira algumas sugestões:

  • Pé Descalço: é uma escola de dança que ensina estilo de forró desenvolvido pela própria escola; rico em movimentos, musicalidade e fortemente influenciado pela dança de salão. A escola nasceu através de uma iniciativa voluntária, desenvolveu-se apoiado nos métodos da Oficina de Forró de São Benedito.
  • Centro de Cultura Flamenca: cursos de bailes, culinária, exposição de arte, apresentação das atividades do Centro de Cultura. Com apoio institucional do Instituto Cervantes, o espaço oferece uma imersão na cultura flamenca.
  • Soleá Tablao Flamenco: fundada por Reginaldo Jimenez, tem mais de vinte anos, formando bailarinos e professores, e participando de festivais locais, regionais, nacionais e internacionais.
  • Pé de Valsa: em 26 anos de funcionamento, mais de 5 mil alunos já passaram pela Academia. Entre os ritmos estão: bolero, samba de gafieira, soltinho, forró, chá-chá-chá, lambada, salsa, valsa e tango.
  • Casa Centro de Arte Savassi: criada para trazer o melhor dos segmentos de dança, artes cênicas e música. Sua missão é proporcionar aos alunos de todas as idades um contato prazeroso com a dança, possibilitando sua formação artística inclusiva e de qualidade. Entre as modalidades: balé clássico e adulto; dança contemporânea, de salão e dança livre; jazz, sapateado, show style, e urbanas.
  • Studio Brigitte Basha: em paralelo às aulas de dança do ventre, o Studio desenvolve um trabalho de pesquisa folclórica árabe com a Cia. Brigitte Bacha. Em cada espetáculo atualmente, são incorporados alguns elementos de danças folclóricas brasileiras, da dança de salão, da dança contemporânea, da expressão corporal ou do teatro, sempre mantendo, como fio condutor, a tradição árabe.
  • Pátio Espanhol: conta com salas totalmente equipadas e excelentes profissionais. A maior parte das aulas é acompanhada de música ao vivo, com um duo de guitarra flamenca e voz. O espaço recebe a Feria de Abrill, com gastronomia típica da Espanha, shows de flamenco, venda de roupas e acessórios característicos e workshops para iniciantes.

Onde fazer aulas de dança em Brasília?

Onde dançar afro em Brasília? O Circuito de Dança Afro, organizado pela Fundação Cultural Palmares reuniu manifestações artísticas de diversos ritmos: Afoxé, Capoeira, Carimbó, Maculelê, Marabaixo, Maracatu de Baque Solto e Baque Virado, Samba de Roda, Tambor de Crioula, Frevo, Jongo, Samba de Coco, Cacuriá, Bumba Meu Boi, entre outros.

Com seus quase dois milhão e meio de habitantes, Brasília, além de ser a capital federal do Brasil e a sede do governo do Distrito Federal, também é conhecida por ser a capital do choro! Mas onde dançar no DF?

Confira nossa seleção de cursos de dança variados:

  • Licenciatura em Dança pelo Instituto Federal de Brasília: curso gratuito, superior, diurno (com aulas pela manhã ou tarde) e com a duração de 4 anos que acontece no Campus Brasília na 610 norte. Para ingressar no curso de Licenciatura em Dança do IFB, é necessário ter feito a prova do Enem dos últimos três anos. Quem tiver as maiores notas ficará nos primeiros lugares e não haverá nota de corte. O objetivo é formar educadores capazes de disseminar o conhecimento da dança em prol de uma educação humanizadora e significativa e ampliar a oferta de profissionais capacitados para atender a educação básica brasileira, em cumprimento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Além da licenciatura o IF também oferece cursos de extensão de dança diversas.
  • Instituto de dança Juliana Castro: é um espaço com uma enorme diversidade de linguagens artísticas. O Instituto oferece cursos regulares de todas as danças, de alongamento e pilates: há aulas de balé, dança do ventre, contemporânea, divas dance, jazz dance, sapateado, balé para deficientes, forró, gafieira, samba, salsa, tango, zouk, street dance, dance hall, stiletto heels… Além disso, mantém uma Companhia de Dança, com o objetivo de representar a diversidade e a inovação existente dentro do IJC, sem medo de ousar,  demonstrando técnica e inquietação com um corpo que se move e se expressa através de diferentes estéticas.
  • Studio Sá Pateia: tem como objetivo envolver uma linguagem contemporânea com influência de outras modalidades, desenvolvendo os alunos como um todo e proporcionando novas experiências e descobertas. O Studio Sá Pateia destaca-se por ter um trabalho inovador: com turmas com no máximo 10 alunos, é o único espaço em Brasília que ensina exclusivamente o sapateado. Atua há mais de 15 anos no DF.

Onde fazer aulas de dança em Recife?

Se você estiver na capital pernambucana e região, sugerimos que explore as dezenas de festivais de dança e de música, apresentações e manifestações de rua, o tradicional Carnaval de Recife e Olinda…

Do frevo ao maracatu, do jazz ao balé, do rock ao sapateado, do hip hop ao tango… Recife é eclético e acolhe você de braços abertos! Vem para a dança!

Vamos dar algumas dicas específicas de onde aprender o frevo e outros ritmos do carnaval de Recife e Olinda:

  • Escola Municipal de Frevo Maestro Fernando Borges: a Escola de Frevo foi implantada em 1996, com o objetivo de contribuir para a preservação da cultura pernambucana. Foi pensada inicialmente para oferecer 400 vagas direcionadas para alunos da Rede Municipal de Ensino, ministrando oficinas de sombrinha e máscaras de carnaval. As aulas são gratuitas e diárias, funcionando durante os três turnos e atendendo a cerca de 300 alunos, dos quais trinta formam a Cia. de Dança da Escola.
  • Paço do Frevo: espaço dedicado à difusão, pesquisa, lazer e formação nas áreas da dança e música do frevo, visando propagar sua prática para as futuras gerações. Há cursos de dança regulares, cursos parceiros e vivências que abordam as modalidades: frevo, frevo de bloco, maracatu, caboclinhos, danças populares, solfejo…
  • Guerreiros do passo: há 11 anos o grupo conduz o Projeto Frevo na Praça, iniciativa que oferece aulas gratuitas de frevo na Zona Norte do Recife. Os encontros são semanais e qualquer pessoa a partir de 6 anos pode participar. Reconhecido como uma iniciativa de inclusão social, que promove a integração das pessoas com acesso às manifestações culturais.
  • Brincantes das ladeiras: fundado em 2009, promove aulas gratuitas à tarde. Voltado para iniciantes ao nível avançado, acolhe todos os dançarinos a partir de 8 anos de idade.

Onde fazer aulas de dança em Porto Alegre?

Onde dançar em Porto Alegre. O fandango é uma manifestação artística típica da região sul do país. Que tal aprender a dançar?

Em escolas, associações ou aulas particulares, você certamente vai encontrar seu curso ideal!

Descubra aqui os lugares para aprender a dançar na capital gaúcha.

As danças gauchescas são manifestações artísticas do Rio Grande do Sul. Uma dessas manifestações mais típicas é o fandango. Sua dança, com movimentos frenéticos, animados e exibicionistas, é marcada sobretudo pelo sapateado.

Conheça alguns locais onde aprender e se divertir com as danças gaúchas:

  • Centro de Danças Naira Anthunes
  • Cadica Danças e Ritmos
  • Studio de Danças Fernando Campani
  • Província Arte e Dança
  • Escola de Dança Moderna Vera Guerra
  • Movimento Tradicionalista Gaúcho
  • CTG Roda de Chimarrão
  • CTG Maragatos
  • CTG Pousada da Figueira
  • CTG Descendência Farrapa
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar