Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

O passo a passo completo para se tornar professor de dança

De Glicia, publicado dia 24/07/2018 Blog > Artes e Lazer > Dança > Guia para dar aulas como instrutor coreógrafo

Muito procurada em academias, a dança tornou-se hoje em dia uma das atividades físicas preferidas de quem busca aliar boa forma e lazer. Mas, muito mais que uma atividade fitness, a dança é a arte de expressar emoções e sentimentos através de movimentos corporais ritmados.

Ela é considerada a mais completa das artes, pois envolve diferentes elementos artísticos. Nossos antepassados já a praticavam em diferentes ocasiões: no período das colheitas, nos rituais dedicados aos deuses, na época das caçadas, nos casamentos, ou ainda, em homenagem à Mãe Natureza.

Apesar de toda a popularidade das aulas de dança, se tornar dançarino não é para qualquer um, pois se trata de uma disciplina muito exigente, que demanda muita dedicação e comprometimento de quem quer aprender. Aqueles que desejam trilhar esse caminho devem estar cientes de que nem sempre é fácil.

Mas, nós não estamos aqui para desanimá-lo, muito pelo contrário! Queremos mostrar porque você deve, sim, investir na sua paixão e transformá-la em uma profissão promissora.

Há muitas oportunidades de trabalho como professor para dançarinos e coreógrafos, sejam eles profissionais ou amadores. Seja em escolas especializadas ou em academias, as opções de aulas são variadas: aulas de zumba, dança de salão, dança do ventre, balé, hip-hop, entre outras. O que significa que as oportunidades de trabalho como professor também são muitas.

Neste artigo preparamos um guia para ajudá-lo a entender os passos mais importantes para se tornar professor de dança. Continue lendo!

Transforme sua paixão pela dança em uma profissão

Você é coreografo, dançarino profissional ou amador e gostaria de transmitir sua paixão pela dança? Já pensou em se tornar professor? Além de passar seus conhecimentos, você pode ganhar uma renda extra ou mesmo trabalhar em tempo integral.

amor pela profissão de dançarino Transmita seus conhecimentos e viva do que você mais ama fazer.

Para ser professor de dança, você precisa ter bons conhecimentos na área, conhecer tanto os conceitos técnicos quanto os teóricos, e sobretudo ser pedagogo. Enquanto para uns a dança é um hobby ou simplesmente uma maneira de se exercitar e manter a boa forma física, para outros ela é uma verdadeira paixão e uma profissão.

Existem diferentes formas de ensinar a dança: como professor particular, em escolas do ensino público ou privado, em academias, ou mesmo como voluntário em associações. Seja você dançarino profissional, aposentado ou um estudante, já imaginou o quão incrível seria trabalhar com o que você ama?

Você terá a oportunidade de trabalhar com diferentes públicos e tipos de dança:

  • dança de salão
  • dança clássica
  • dança contemporanêa
  • danças latinas (salsa, merengue, samba…)
  • danças africanas
  • danças orientais
  • dança moderna
  • etc…

E isso não é tudo! Como professor de dança você poderá dar igualmente aulas de zumba, dança do ventre, street dance, dança indiana, entre outras.

Lembre-se que um bom professor de dança é aquele que sabe se adaptar ao seu público e consegue responder aos seus objetivos. Algumas pessoas buscam apenas se exercitar, fazendo uma atividade física dinâmica e divertida. Já outras buscam conhecimentos mais aprofundados. Assim, Cabe ao professor identificar as necessidades de cada público para oferecer aulas adaptadas.

E não se esqueça que ser um bom pedagogo é um grande ponto positivo para quem deseja trabalhar na área do ensino. Você pode ser um excelente dançarino profissional, possuir uma técnica impecável, mas se você não souber transmitir seus conhecimentos a seus alunos, dificilmente você será um bom professor.

Saiba como tornar-se professor de dança e viver da sua paixão.

Os melhores lugares para atuar como professor de dança

Nos últimos anos a demanda por aulas de dança cresceu muito. Com a popularização da zumba, muitos outros estilos passaram a ser bastante procurados em academias e escolas de dança.

locais para atuar como professor de dança Já pensou em participar de projetos sociais na área cultural? Como professor de dança isso é possível!

Devido ao aumento da demanda, a concorrência também é grande. Para se destacar é preciso ser criativo e oferecer aulas diferenciadas, que chamem a atenção dos seus clientes e empregadores em potencial.

Os principais lugares onde você pode atuar como professor de dança são:

  • Academias, como instrutor de dança, professor de zumba, dança do ventre, etc;
  • Escolas especializadas em dança, como professor de dança clássica, dança contemporânea, modern jazz, entre outros estilos;
  • Escolas públicas ou privadas, como professor para ensino fundamental e médio;
  • Associações e ongs que trabalhem com projetos artísticos e culturais, dando aulas como professor voluntário;
  • Universidades, na qualidade de professor/pesquisador;
  • Conservatórios de dança e música.

Do ponto de vista financeiro, o ensino de dança em escolas, academias e universidades é uma boa opção, pois permite que o professor tenha um contrato de trabalho e remuneração mensal fixa, além das outras vantagens de ser salariado, como férias e 13° salário.

Uma outra alternativa é trabalhar como professor autônomo e dar aulas particulares. Nesse caso, cabe a você encontrar seus alunos, mas você tem total liberdade para escolher seu público alvo e sua metodologia.

As melhores oportunidades de trabalho para profissionais da área de dança, assim como de diversas outras áreas, estão em grandes centros urbanos, onde existe uma forte concentração de atividades culturais e onde a demanda por aulas de dança é maior.

Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte ou ainda Porto Alegre têm uma boa oferta de aulas. A maior vantagem de trabalhar em uma cidade grande é que você poderá dar aulas coletivas, individuais, trabalhar em academias, escolas, associações, etc.

Descubra onde encontrar trabalho como dançarino.

Torne-se professor particular de dança

Agora que você já está convencido dos pontos positivos de se tornar professor de dança, é hora de decidir se você deseja trabalhar como salariado ou como professor autônomo. Essa é uma dúvida frequente e fundamentada, pois as duas modalidades têm suas vantagens e inconvenientes e tudo depende do seu grau de formação.

a liberdade de ser professor autônomo Como professor particular você tem total liberdade para escolher seus alunos e preparar suas aulas.

Normalmente, um dançarino pode dar aulas de qualquer tipo de dança, desde dança clássica até a dança de salão, passando pela zumba, dança do ventre, etc. Entretanto, se você deseja dar aulas em uma escola de dança ou academia, o diploma é indispensável e quanto mais renomada for a escola, maior será o grau de exigência com relação à qualificação e experiência do professor.

Um professor de dança pode exercer sua profissão de diferentes formas:

  • Como salariado em uma escola ou outro tipo de estabelecimento: geralmente possui contrato de trabalho e uma remuneração fixa por mês;
  • Como professor independente: permite que o professor trabalhe por conta própria ou preste serviços para diferentes estabelecimentos;
  • Como professor voluntário: geralmente trabalha em ongs e associações e não recebe remuneração.

Trabalhar como salariado é provavelmente a situação mais estável do ponto de vista financeiro, mas é também a mais restritiva, sobretudo quando se trata de ensinar dança.

Quando você trabalha para um estabelecimento, é necessário respeitar e se adequar ao modelo imposto pelo empregador, o que pode muitas vezes causar insatisfação. Dependendo da escola, o ensino pode ser muito teórico e deixar pouco espaço à criatividade, o que para um professor de dança seria muito frustrante.

Dessa forma, mesmo que as vantagens  e a segurança de uma remuneração fixa sejam muitas, para alguns a modalidade de salariado não é a ideal. Por outro lado, trabalhar como professor independente lhe dá a liberdade de escolher suas aulas de dança e seus alunos, assim como sua metodologia e o estilo de suas aulas.

Existem diferentes formas de atuar como professor independente. Você pode prestar serviços em academias e escolas ou trabalhar como professor particular em domicílio, ou mesmo online. Essa é sem dúvidas a melhor modalidade de ensino se você é professor autônomo.

Mas, você deve estar se perguntado onde encontrar seus clientes, não é mesmo? Hoje em dia a melhor forma vender seus serviços como professor é se inscrevendo em algum site ou plataforma de anúncios, especializados em aulas particulares.

A plataforma mais conhecida na área de aulas particulares é o Superprof. Se trata de um site totalmente voltado para as aulas particulares, que conecta alunos e professores em diferentes cidades do Brasil.

Dar aulas particulares lhe permite não apenas escolher seus alunos e sua metodologia, mas também administrar melhor sua agenda e fazer sua própria tabela de preços. Além disso, se você está começando, essa é uma ótima forma de ganhar experiência.

Leia também: Como dar aulas particulares de coreografia.

Como dar aulas de dança e ser um bom professor?

Ser professor de dança não é para todo mundo! A disciplina exige um alto grau de comprometimento, anos de experiência e, claro, uma boa formação. É possível também dar aulas particulares na qualidade de professor autônomo. Nesse caso, o diploma não é uma exigência, mas é recomendado para que você possa justificar suas competências.

qualidades de um bom instrutor de dança Dedicação, paciência e boa pedagogia são as principais qualidades para ser um bom professor.

Para se tornar professor há, então, duas possibilidades:

  1. Ser dançarino amador, mas com muitos anos de experiência e ter bons conhecimentos na área de dança;
  2. Ter feito uma graduação em dança, de preferência uma licenciatura.

A faculdade de dança geralmente tem duração de 4 anos e possui dois tipos de habilitações: bacharelado e licenciatura. Um dos objetivos dessa graduação é formar profissionais capazes de criar, produzir e ensinar a arte da dança.

No bacharelado os estudantes são preparados para atuar como bailarinos, coreógrafos ou pesquisadores. Já na licenciatura, as aulas são voltadas a preparar futuros professores que poderão atuar na educação básica ou em escolas especializadas em dança.

Todavia, mesmo que o diploma seja de grande importância, ensinar a dança requer antes de mais nada que você tenha conhecimento, experiência e boa pedagogia. Para chegar ao nível esperado, são necessárias diferentes etapas, mas há duas coisas que você deve saber e levar em consideração:

  1. A pedagogia, que pode ser uma habilidade inata em quem tem o desejo de ser professor;
  2. A técnica, que exige estudo, comprometimento e persistência contínuos.

Ou seja, para ser um bom professor é necessário ter diferentes qualidades, tanto do ponto de vista técnico como teórico, ter estudando ou dançando profissionalmente e possuir boa metodologia de ensino.

Veja como se tornar dançarino profissional e dar aulas.

Outra qualidade importante para quem desejar ensinar dança é a disponibilidade. Um bom professor é aquele que sabe escutar seus alunos, orientá-los e motivá-los a progredir cada dia mais. Já na primeira aula é necessário cativar a atenção do aluno, para que ele tenha vontade de continuar.

Por isso, é importante oferecer aulas dinâmicas e diferenciadas, aplicando sempre uma metodologia adaptada a cada aluno. Por exemplo, suas aulas de dança para crianças e adolescentes não serão iguais às aulas para adultos.

O importante é saber propor cursos inovadores e interessantes. Tudo que possa vir a enriquecer seus cursos de dança e melhorá-los cada vez mais deve ser levado em consideração. Para isso estude, use as ferramentas educacionais à disposição e sobretudo, seja dedicado e paciente.

Temos certeza que com essas dicas suas aulas serão um sucesso!

 

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar