O Brasil é um país repleto de ritmos, principalmente por conta da sua rica cultura. Com os diferentes tipos de povos que passaram pelo país, os ritmos brasileiros representam uma mescla de culturas e histórias que formaram as tradições brasileiras. As principais danças do Brasil são: samba de gafieira, forró, lambada, xaxado, funk e tecnobrega.

Essas danças, acompanhadas de um bom som e uma saborosa comida, são excelentes para curtir as festividades pelos país. Por isso, os ritmos do brasil - principalmente o samba - são muito conhecidos dentro e fora do país. Afinal, muitos turistas vão ao carnaval do Rio de Janeiro para aprender a sambar e dançar bastante na sapucaí. Para te ajudar a compreender melhor os ritmos do Brasil, preparamos um excelente resumo, que explica a origem e as danças brasileiras. Confira e saiba mais!

Quais as origens do samba de gafieira ?

pandeiro no samba
O pandeiro é um "instrumento símbolo" do samba. Isso porque esse instrumento é responsável por proporcionar um ritmo ainda mais animado para as danças de samba.

O samba de gafieira é um ritmo que possui forte influência do maxixe, sendo muito presente nas danças de salão. Esse estilo é urbano e é muito popular no Rio de Janeiro. A migração do samba de gafieira foi realizada pelos afrodescendentes, quando eles propagaram o ritmo, saindo da Bahia até o Rio de Janeiro.

Bairros cariocas como Gamboa e Saúde se tornaram locais muito populares de samba, pois lá ocorriam muitas festas de samba de gafieira. Depois de um tempo, o samba se tornou um símbolo do Brasil, principalmente por conta das danças envolventes e da música contagiante.

Vale lembrar que a dança do samba de gafieira é muito técnica e elegante, apresentando alguns passos de "malandragem". Além disso, durante a dança, os dançarinos precisam apresentar muito molejo no quadril e bastante sensualidade. Por fim, é necessário também acompanhar o ritmo da música durante a dança, para que os passos fiquem ainda mais belos. Para aprender todos os passos de samba, a melhor forma é assistir às aulas de dança ou ter acompanhamento de professor de dança particular.

Aprenda todas as técnicas para começar a sambar !

A dança do samba é proveniente de rituais africanos. As rodas, os movimentos e os batuques de dança tornaram esse ritmo conhecido em todo o país, e posteriormente em todo mundo. Não é à toa que o samba é considerado um símbolo do Brasil, e todos que conhecem o país desejam aprender a sambar.

O samba possui movimentos sensuais, que fazem os dançarinos balançarem a cintura e mexerem os pés. Além disso, a dança de samba é bastante harmoniosa e, por isso, é considerado um gênero inovador. Juntamente, com os instrumentos de percussão, o cavaquinho e o violão é possível fazer um maravilhoso baile de samba! E, não esqueça: se você deseja aprender a sambar, se inscreva no curso de dança para fazer aula de samba!

Quais são os diferentes estilos de forró ?

sanfoneiro de forró
A sanfona é um dos instrumentos mais importantes do forró. Por isso, onde existe festa de forró, é fundamental a presença da sanfona!

O forró é dividido em três principais estilos: pé de serra, eletrônico e universitário. O ritmo da dança é muito parecido entre eles, porém o forró pé de serra possui passos mais simples, como o "dois para lá e dois para cá" e o forró universitário tem passos mais complexos, com giros e movimentos diferenciados.

Forró tradicional e eletrônico

No forró tradicional, os músicos utilizam a zabumba, a sanfona e o triângulo. Os principais artistas desse estilo de forró são: Dominguinhos, Luiz Gonzaga (o rei do Baião) e Jackson do Pandeiro. Logo após o forró tradicional, surgiu o forró eletrônico - no início da década de 90 - que implementou o uso de alguns instrumentos eletrônicos, como a bateria, a guitarra e o teclado. Bandas como Mastruz com Leite, Calcinha Preta e Aviões do Forró são muito conhecidas no meio do forró eletrônico.

Forró universitário

Por fim, surgiu o forró universitário - no final da década de 90 -, no estado de São Paulo. Nesse estilo de forró, os músicos começaram a usar contrabaixo e violão. Por conta das poucas diferenças com o forró tradicional, esse estilo de forró é considerado uma atualização do forró pé de serra. Vale ressaltar que o forró universitário foi o principal precursor do forró pelo Brasil. Os principais artistas e bandas desse estilo de forró são: Bicho do Pé e Falamansa.

Aprendendo a dançar o funk !

O funk é um ritmo que possui influência de danças americanas e africanas. Por isso, os movimentos de funk tendem a ser mais soltos, suaves, orientados para os toques das músicas e sensuais. As músicas de frases repetidas e o som do funk são muito dançantes e, por isso, os bailes funk fazem muito sucesso!

Atualmente as principais artistas de funk são a Ludmilla e a Anitta. As danças dessas artistas são muito sensuais e soltas e, para aprendê-las, o ideal é fazer aula de funk. Isso porque o curso de dança é a melhor opção para aprender a dançar, afinal o aluno pode ter o acompanhamento de professores.

Conheça tudo sobre o tecnobrega !

O tecnobrega é um dos principais ritmos do Brasil. Por isso, esse estilo é conhecido no país inteiro, principalmente na região de Belém do Pará, onde foi criado na década de 2000. A partir de uma análise do tecnobrega como estilo musical, pode-se perceber que esse ritmo possui forte relação com a música eletrônica, o forró e o calypso.

Juntamente com as melodias, as festas de tecnobrega são compostas por muitas luzes, cenários coloridos e chamativos e diversos efeitos visuais. Já as danças de tecnobrega são muito animadas e representam bastante a cultura do Brasil. Os artistas de tecnobrega mais conhecidos do Brasil são: Pablo Vittar - que já fez algumas músicas ao som do tecnobrega - e Gaby Amarantos.

Quais as origens da lambada ?

saxofone na lambada
A lambada tem como base instrumental o uso do saxofone, do tambor e da guitarra elétrica. Juntamente com as danças, é possível fazer uma excelente festa de lambada!

A lambada é um ritmo muito rico, advindo da região norte do Brasil. No início, as danças de lambada eram realizadas em praias e locais ao ar livre. O local onde a lambada mais fez sucesso foi em Porto Seguro, na Bahia. Com o passar do tempo, a lambada "ganhou o coração" da população do nordeste e se tornou conhecida em toda a região. Depois, a lambada ficou conhecida em todo o Brasil, e posteriormente se tornou sucesso em todo o mundo.

As bases desse ritmo consistem no uso da guitarra e na influência do carimbó, do merengue e da cúmbia. Esse ritmo possui movimentos mais ousados, com acrobacias e giros, que rapidamente tornaram a lambada conhecida em todo o mundo. Vale lembrar que, em geral, as danças de lambada são realizadas em pares.

Além disso, a dança da lambada possui um ritmo mais lento e fluído, com bastante plasticidade e sensualidade. Por conta disso, essa dança é considerada muito bela e ousada. Para aprender a dançar lambada, o mais indicado é fazer aulas de lambada com professor de dança. Isso porque, com a ajuda de um profissional, é possível se tornar um expert nessa dança.

Como dançar xaxado ?

sanfona no xaxado
Assim como no forró, a sanfona também é muito presente no xaxado! Esses dois ritmos possuem uma característica em comum: eles foram criadas no nordeste e representam bastante a cultura nordestina!

O xaxado é um ritmo muito agitado e animado que se originou no nordeste do Brasil. A sua origem, mais especificamente, foi no sertão do estado de Pernambuco. Esse ritmo possui forte presença da cultura folclórica e foi usado como "grito de guerra" pelos cangaceiros, após a realização de algum duelo (em geral, os cangaceiros faziam as letras das músicas de xaxado para celebrar a conquista em duelos).

Os principais instrumentos do xaxado são a sanfona, a zabumba, o pífano e o triângulo. Por conta disso, as festas de xaxado eram muito animadas e alegres. Inicialmente, as danças de xaxado eram realizadas da seguinte forma: os cangaceiros - como o Lampião - dançavam juntamente com os seus rifles, como se o objeto fosse uma companheira de dança.

Posteriormente, a mulher se inseriu na dança, por conta de Maria Bonita, e as danças de xaxado começaram a ser realizada em pares. A partir disso, os homens começaram a dançar com as mulheres, deixando os rifles de lado. Por conta da sua forte relação com o cangaço, até hoje as roupas usadas pelos dançarinos de xaxado remetem ao uso do chapéu e botas de couro (peças de roupas usadas pelos cangaceiros para não se machucarem nas plantas nordestinas que tinham espinhos).

Na coreografia do xaxado, os dançarinos fazem movimentos parecidos com o sapateado. Assim, os praticantes de dança precisam balançar o pé direito de um lado para o outro e arrastar o pé esquerdo para frente. Essa dança é muito comum nas festas juninas que ocorrem pelo Brasil, principalmente na cidade de Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB). Lembre-se: para aprender a dançar esse maravilhoso ritmo, basta fazer aula de dança xaxado!

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 2 nota(s)
Loading...

Isabella

Graduada em administração de empresas e especialista em marketing de conteúdo. Apaixonada por educação, redação e mundo digital. Atua como redatora e conteudista.