Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Os melhores lugares para atuar como professor de dança

De Glicia, publicado dia 23/07/2018 Blog > Artes e Lazer > Dança > Onde encontrar trabalho como dançarino?

Dança é a arte de expressar emoções e sentimentos através de movimentos corporais ritmados. Sabe-se que os povos primitivos já praticavam a arte de dançar em diferentes ocasiões: no período das colheitas, nos rituais aos deuses, na época das caçadas, nos casamentos, ou ainda, em homenagem à Mãe Natureza.

É considerada a mais completa das artes, pois envolve diferentes elementos artísticos como a música, o teatro, a pintura e a escultura, sendo capaz de exprimir e suscitar diferentes emoções.

O significado da dança vai além da expressão artística. Ela pode ser vista como um meio para adquirir conhecimentos, como opção de lazer, fonte de prazer, desenvolvimento da criatividade, forma de comunicação ou simplesmente como uma atividade física.

A dança é hoje em dia uma das atividades mais praticadas. Seja em estúdios especializados ou em academias, as opções de aulas são variadas: aulas de zumba, dança de salão, dança do ventre, balé, hip-hop, entre outras. O que significa que as oportunidades de trabalho como professor também são muitas.

Mas, antes de se tonar um professor de dança, é necessário ter bons conhecimentos na área, conhecer tanto os conceitos técnicos quanto os teóricos, e sobretudo ser um bom pedagogo. Apesar da variedade de carreiras, a jornada para se tornar dançarino profissional não é simples: muitos anos de estudo, conhecimento técnico e teórico aprofundados, dedicação, comprometimento, paciência… esses são apenas alguns dos pré-requisitos necessários para se tornar dançarino.

Diante de tantas exigências, você deve está se perguntado como conseguir um cargo como professor coreógrafo, ou como instrutor de dança. Continue lendo nosso artigo e descubra onde dar aulas de dança.

Não deixe de ler: Guia para para dar aulas como instrutor coreógrafo.

O que é preciso para ensinar dança?

Você é coreografo, dançarino profissional ou amador e gostaria de transmitir sua paixão pela dança? Você tem uma graduação em dança, já fez inúmeros cursos e gostaria de se tornar professor? Fato é que, como professor você poderá passar seus conhecimentos e sua paixão pela arte de dançar, além de trabalhar com o que você ama.

o que você precisa saber para ensinar dança Ter conhecimentos aprofundados, tanto na parte teórica quanto prática é um dos pré-requisitos para ensinar dança.

Se você possui todas as qualidades e pré-requisitos necessários em um dançarino profissional, com certeza encontrará um trabalho como professor. Entretanto, nem sempre é fácil saber por onde começar, quais os primeiros passos a serem dados e sobretudo, onde procurar um cargo de professor.

Antes de conseguir seu primeiro emprego é preciso analisar as possibilidades existentes e saber em que condições você deseja trabalhar. Veja a seguir alguns critérios que devem ser levados em consideração:

  • Você deseja trabalhar como salariado, autônomo ou voluntário? Cada uma dessas opções têm suas vantagens e inconvenientes;
  • Qual é o seu público alvo? Você deseja ensinar dança para crianças e adolescentes em uma escola de dança ou na educação básica? Ou ainda, você prefere ensinar para adultos em uma academia ou como professor particular? Esse é um questionamento importante a ser feito antes de começar a procurar seu emprego ideal;
  • Que estilo de dança você prefere? Ou qual é sua especialidade? Dança de salão, dança clássica, street dance? cada estilo tem suas especificidades e exigem técnicas e conhecimentos diferentes;
  • Que tipo de aulas você quer dar? Iniciação à dança, oficinas, cursos intensivos de aperfeiçoamento, preparação para concursos de dança … há diferentes possibilidades, mas o nível de exigências como professor não é o mesmo.

É preciso fazer uma autoavaliação, conhecer suas habilidades e qualidades para saber se está apto a ensinar um determinado tipo de dança. Outro ponto importante que vale ser citado é que cada estabelecimento tem seus próprios critérios de seleção e o diploma de graduação em dança é indispensável.

Certos tipos de dança como o balé, por exemplo, também exigem que você tenha um diploma e muitos anos de experiência, que tenha dançado em companhias de balé renomadas e que tenha total domínio de todas as técnicas da disciplina.

Saiba como tornar-se professor de dança e viver da sua paixão.

Onde encontrar trabalho como professor?

Nos últimos anos a demanda por aulas de dança cresceu muito. Com a popularização da zumba, muitos outros estilos passaram a ser bastante procurados em academias e escolas de dança.

em que tipo de estabelecimento ensinar dança? Professor de dança de rua, zumba ou dança clássica, as possibilidades são muitas!

Devido ao aumento da demanda, a concorrência também é grande. Para se destacar é preciso ser criativo e oferecer aulas diferenciadas, que chamem a atenção dos seus clientes e empregadores em potencial.

Os principais lugares onde você pode atuar como professor de dança são:

  • Academias, como instrutor de dança, professor de zumba, dança do ventre, etc;
  • Escolas especializadas em dança, como professor de dança clássica, dança contemporânea, modern jazz, entre outros estilos;
  • Escolas públicas ou privadas, como professor para ensino fundamental e médio;
  • Associações e ongs que trabalhem com projetos artísticos e culturais, dando aulas como professor voluntário;
  • Universidades, na qualidade de professor/pesquisador;
  • Conservatórios de dança e música.

Do ponto de vista financeiro, o ensino de dança em escolas, academias e universidades é uma boa opção, pois permite que o professor tenha um contrato de trabalho e remuneração mensal fixa, além das outras vantagens de ser salariado, como férias e 13° salário.

Uma outra alternativa é trabalhar como professor autônomo e dar aulas particulares. Nesse caso, cabe a você encontrar seus alunos, mas você tem total liberdade para escolher seu público alvo e sua metodologia.

Caso opte por ser professor independente, você pode ensinar todos os estilos de dança que quiser: propor atividades que estimulem a criatividade e o senso estético de seus alunos, oficinas de iniciação à uma dança específica, entre outras possibilidades.

Tudo depende do tipo de aulas que você deseja oferecer e dos objetivos de seus alunos, pois outra grande vantagem de ser professor particular é o fato de poder oferecer aulas personalizadas.

Leia também: Como dar aulas particulares de coreografia.

Qual diploma para ser professor de dança?

Se nem sempre é necessário ser um dançarino profissional – especialmente se você decidir dar aulas de dança de forma independente – é essencial poder justificar suas competências através de um diploma, seja de graduação ou de algum outro tipo de formação. Se você deseja trabalhar em um estabelecimento especializado no ensino de dança, nesse caso o diploma é indispensável.

formação para se tornar professor de dança Existem muitas possibilidades e formas diferentes de ensinar dança, mas na maioria delas é preciso um diploma.

Outros requisitos importantes para quem quer se tornar professor de dança são:

  • Ter experiência, seja através de muitos anos de estudos e prática ou como dançarino, coreografo ou produtor cultural;
  • Possuir todas as habilidades técnicas e físicas exigidas de um profissional da área;
  • Ter boa pedagogia e ser capaz de desenvolver diferentes metodologias;
  • Ser disciplinado, responsável e perseverante;
  • Ser capaz de criar, produzir e ensinar a arte da dança.

É importante também ter em mente que tipo de dança você pretende ensinar e em que tipo de instituição. Ser qualificado é pré-requisito para qualquer profissional, mas saiba que existe uma diferença muito grande entre ensinar zumba em uma academia e balé em uma escola renomada. O balé é um estilo de dança extremamente exigente e demanda muito conhecimento técnico e prático.

Para quem deseja ensinar dança de maneira formal, a melhor opção de formação é a graduação em dança, que forma profissionais capazes de atuar em qualquer aspecto relacionado a essa forma de arte: bailarinos, pesquisadores, docentes, dramaturgos, coreógrafos, produtores e muito mais.

A faculdade de dança geralmente tem duração de 4 anos e possui dois tipos de habilitações: bacharelado e licenciatura. No bacharelado os estudantes são preparados para atuar como bailarinos, coreógrafos ou pesquisadores.

Já na licenciatura, as aulas são voltadas a preparar futuros professores que poderão atuar na educação básica, em escolas especializadas em dança ou ainda como professores particulares.

Veja como se tornar dançarino profissional e dar aulas.

Onde encontrar as melhores oportunidades de emprego?

As melhores oportunidades de trabalho para profissionais da área de dança, assim como de diversas outras áreas, estão em grandes centros urbanos, onde existe uma forte concentração de atividades culturais e onde a demanda por aulas de dança é maior.

ensinar dança em grandes centros urbanos São Paulo e outras grandes capitais oferecem as melhores oportunidades profissionais.

São Paulo é uma das cidades que oferecem mais oportunidades profissionais. Com uma população de quase 42 milhões de habitantes, a capital paulista concentra cerca de 10% de todo o PIB brasileiro, o que a torna a cidade mais rica do país. O valor médio cobrado por um professor particular em São Paulo varia em torno de R$ 70,00 a R$ 150,00, dependendo do nível de formação e de experiência.

Cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte ou ainda Porto Alegre também têm uma boa oferta de aulas. A maior vantagem de trabalhar em uma cidade grande é que você poderá dar aulas coletivas, individuais, trabalhar em academias, escolas, associações, etc.

Caso você more em uma cidade pequena, apesar da demanda ser menor, há um ponto positivo: a concorrência também será mais baixa. Dessa forma, você poderá cobrar um pouco mais pelas suas aulas e existe ainda a possibilidade de dar aulas online.

A demanda por aulas online tem crescido e oferecer essa opção aos seus futuros alunos é essencial para aumentar seus clientes. Além disso, com aulas online a barreira geográfica deixa de ser um problema. Você poderá dar aulas para pessoas em qualquer lugar do Brasil, tudo que você vai precisar é de uma boa conexão à internet e de uma metodologia adaptada.

 

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar