Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como aprender a arte da dança na capital paulista?

De Fernanda, publicado dia 05/03/2019 Blog > Artes e Lazer > Dança > Onde fazer aulas de dança em São Paulo?

Centro urbano que reune artistas de todo o país e do mundo, São Paulo é o lugar ideal para aprender a dançar e se tornar um coreógrafo experiente!

Seja para conhecer a dança, aprender a dançar rock ou descobrir novos estilos musicais, existem muitas estruturas em São Paulo dedicadas ao ensino de arte cênica e de maneira completamente acessível.

Independentemente do seu nível de dança, do seu estilo preferido, se prefere uma escola particular ou um centro cultural, os professores paulistanos vão lhe ensinar como mexer seu corpo ao ritmo da música em apenas algumas sessões.

Descubra como aprofundar seu conhecimento de dança na capital paulista!

A Escola de Dança de São Paulo

Onde aprender a dançar em sp? Na escola de Dança de São Paulo há cursos para crianças, jovens e adultos. Foto: Sylvia Masini.

Existindo há mais de 77 anos, a escola é o principal centro de ensino de dança da cidade, com cursos gratuitos oferecidos a crianças, jovens e adultos.

Administrada pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo, atende hoje mais de 1.000 alunos vinculados a uma ampla proposta curricular especializada em dança. No Programa de Formação em Dança, o aluno desenvolve sua vocação artística e técnica, através das quatorze disciplinas distribuídas ao longo de nove anos de formação, até alcançar o refinamento necessário para sua autonomia profissional.

A Escola também oferece cursos livres que são ministrados pelo mesmo corpo docente. Esses cursos para Adultos, são diversos, de duração limitada de (10 meses). Para alunos acima de 18 anos, poderão se inscrever aqueles que já possuem algum contato anterior com dança e para crianças de 7 e 8 anos o Curso Básico Primário poderão se inscrever nascidos em 2010 e 2011, esses alunos serão preparados para a audição de possibilitará o  ingresso no curso de formação. Para se tornar um aluno da Escola de Dança, é necessário passar pelos Processos Seletivos que são divulgados e realizados anualmente através dos editais.

A Escola de Dança de São Paulo promove apresentações, onde os alunos crescem artisticamente em Mostras, Espetáculos e Aulas Abertas em espaços públicos, como o Vão Livre da Praça das Artes, o Conservatório Musical, a Galeria Olido, o Centro Cultural São Paulo, o Theatro Municipal e outros teatros da cidade.

Trazendo um olhar inovador de amplitude no ensino desses alunos, teve como objetivo focar na profissionalização e inserção no mercado de trabalho na área da dança, mudanças foram feitas para o enriquecimento dos conhecimentos culturais e artísticos desses jovens talentos.

Que tal conhecer outros espaços para aprender a dançar no Rio de Janeiro?

Onde estudar dança de graça em São Paulo

Onde aprender a dançar em sp? Capital financeira , sim! Mas isso não significa que você não vai encontrar aulas de dança acessíveis a todos os bolsos!

Na capital paulista, você encontra diversas opções acessíveis de cursos de dança: de cursos livres, aulas pontuais, passando por workshops, aulas com duração intermediária de um a três meses e formações completas anuais. Confira nossa seleção:

  • A Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação oferece aulas de várias modalidades esportivas e atividades de lazer, recreação e sócio-culturais em todos os centros esportivos da cidade. Nos Clubes Escola, alunos de todas as idades podem aprender a dança e outras atividades físicas. Todas as aulas e atividades são gratuitas. Para participar, basta levar ao local de sua preferência o seu RG, duas fotos 3×4, comprovante de residência e fazer a sua carteirinha.
  • Galeria Olido: administrada pela Prefeitura de São Paulo, a galeria oferece aulas de dança de salão durante a semana e aos sábados. O workshop oferece ferramentas para que o participante explore os diversos ritmos desde os seus elementos básicos. Relacionam os movimentos do nosso dia a dia, como a respiração, o estudo das forças opostas e o balanço natural do corpo, com os movimentos da dança de salão, permitindo assim que cada um esteja conectado consigo mesmo para ainda para então conectar-se com o outro. As aulas reúnem desde jovens até idosos. Não é necessário inscrição para participar das aulas.
  • Unidades SESC-SP: a rede oferece diversas modalidades de cursos e aulas gratuitas para todas as idades: aulas de ritmos, dança e expressão para idosos, danças urbanas e outros estilos. Para se inscrever, basta se informar diretamente no site do SESC-SP.
  • O espaço Tendal da Lapa oferece principalmente aulas gratuitas de balé infantil, dança contemporânea, dança afro, dança irlandesa e outras modalidades para todas as idades, além de teatro-dança, voltado para pessoas da terceira idade. Há um número limitado de vagas e as inscrições são abertas periodicamente. As aulas acontecem de segunda a sábado. Para se inscrever, só é necessário levar a identidade.
  • O Centro Cultural da Juventude abre suas portas para toda a comunidade oferecendo aulas de dança gratuitas. Dentre os ritmos oferecidos, anos 60, forró e samba são os mais requisitados e ensinados aos alunos. Não existe restrição de idade, crianças e idosos podem participar. E o melhor, não é preciso saber absolutamente nada sobre dança, o objetivo é se divertir e praticar exercícios de uma forma divertida.
  • Com o objetivo de colocar a cidade de São Paulo para dançar, o Estúdio Anacã, rede com foco em bem-estar através da dança, promove uma vez por mês o Free Day – um dia inteiro com aulas gratuitas. Os amantes da dança podem comparecer em qualquer uma das quatro unidades da rede – Pinheiros, Jardins, Tatuapé ou Morumbi – para fazer aulas de Walk Dance, Ballet Fitness, Jazz, Heels Class, Hip Hop, AeroJazz, Dança do Ventre e mais de 20 outras modalidades.

Belo Horizonte também é uma capital repleta de opções para os amantes de dança.

Quer aprender a dançar na balada paulistana?

Onde aprender a dançar? Sabia que é possível aprender técnicas para arrasar na pista de dança? Na capital paulistana, escolas de dança e baladas não faltam!

Podemos afirmar que São Paulo é a capital da vida noturna no Brasil, o que significa que não faltam lugares onde você pode aprender a dançar diretamente nas pistas das baladas. Isso mesmo! Você sabia que existem alguns locais que abrem as portas mais cedo para que seus clientes aprendam a dançar o ritmo tocado na night? Pois bem, se você é fã da vida noturna, conheça nossas dicas! Há estilos de dança para todos os gostos!

  • Forró: esse estilo musical ainda encanta muitos dançarinos brasileiros. E quem nunca quis saber dançar forró que nem um profissional? O Canto da Ema promove aulas às quintas, aos sábados e domingos antes das apresentações principais da noite.
  • Ritmos caribenhos: O Azucar Club foi o primeiro clube cubano da cidade. Nele é possível fazer aulas gratuitas de ritmos caribenhos de segunda a sexta-feira; às quartas-feiras para grupos. A proposta é oferecer aulas para duplas, mas não se preocupe caso você for solteiro: os professores montam casais na hora!
  • Sertanejo e country: o Villa Country já é local tradicional para fãs desses ritmos. Para aprender a dançar como os cowboys, basta chegar nas noites de sexta e sábado a partir das 23h00: os professores recebem dançarinos dos níveis iniciante ao avançado.
  • Rockabilly:  O The Clock Rock Bar é o lugar ideal para fãs dos ritmos clássicos dos anos 50 e 60. Aqui os dançarinos se vestem a caráter e encarnam o verdadeiro espírito do rock n’ roll! Há turmas todos os sábados pagando uma taxa fixa e aos os finais de semana o aluno ganha um desconto para a entrada às sextas e entrada VIP aos domingos. As aulas grátis acontecem todas as noites antes dos shows.
  • Samba-rock: o Diquinta, localizado na Zona Oeste, oferece oferece todos os sábados, das 22h às 23h, aulas gratuitas de samba-rock.

Onde dançar country em sp? Curte um sertanejo e gosta de balada? Que tal aprender a dançar em uma casa noturna de São Paulo?

Está em Brasília e não sabe onde aprender a dançar?

Algumas escolas de dança particulares

Se, apesar de tantas opções gratuitas na cidade você decidir seguir um curso regular em uma escola ou estúdio de dança particular em São Paulo, opções não faltam:

  • Solum é uma escola especializada em danças de salão, que tem como missão capacitar o público jovem em pouco tempo de curso. Em geral as turmas são bem animadas, pois são compostas por grande volume de alunos, torna-se um ambiente ideal para quem deseja aumentar o ciclo de amizade.
  • A Cia Terra é uma empresa que atua no mercado de Dança de Salão desde 1999, fundada por Fabiana Terra e sua família. A escola oferece aulas em grupo, aulas particulares, eventos, workshops e cursos de férias, shows, e curso para noivos. Entre as modalidades, você encontra o Curso de Dança de  Salão (salsa, samba, bolero e forró), o Curso específico (samba, salsa, forró, zouk, sertanejo, bolero, samba-rock, west coast swing, tango, bachata, entre outros) e Danças Livres como babé, dança do ventre, aula de zumba e street dance.
  • Escola de Dança Celso Vieira: iniciou suas atividades em 1992, no bairro do Ipiranga, com o objetivo de difundir a dança de salão e os benefícios que essa modalidade de dança traz aos seus praticantes. Entre os ritmos ensinados nas aulas de dança de salão, destacam-se o samba de gafieira, bolero, forró e soltinho. A escola oferece também cursos específicos de zouk, salsa, bachata, kizomba, sertanejo, vanera, tango, samba de gafieira, samba no pé e outros.
  • A Casa de Dança Carlinhos de Jesus nasceu da necessidade do mestre Carlinhos de Jesus em ter uma escola de dança na maior cidade do país, para atender a grande demanda de alunos interessados em praticar as danças de salão, num espaço que pudesse unir aulas de alto nível didático, espaço aconchegante, boa localização e ótimo atendimento. Os ritmos ministrados são: dança de salão, samba rock, gafieira, pagode, forró, sertanejo, vanera, tango, zouk e salsa.

Você mora em Porto e Alegre e está procurando uma escola de dança?

Escolas de dança em SP para aprender ballet

Conheça seu corpo para dançar Já pensou em seguir carreira na dança? São Paulo é uma cidade repleta de opções para os fãs de balé clássico. 

Para aqueles que estão buscando especificamente aulas de balé, segue uma seleção top da bailarina paulistana Ana Yazlle, que também é professora:

  • Pavilhão D – A casa é mantida por Ricardo Scheir. O Pavilhão dispensa apresentações. A escola já formou talentos merecidamente premiado nos maiores festivais de dança do Brasil e do mundo. Há aulas para crianças a partir de 4 anos, ballet clássico, ballet de repertório, método royal, dança contemporânea e alongamento.
  • Fama Ballet – A Academia tem a coordenação de Betina Zacharias, também formada em Educação Física (USP), Escola Municipal de Bailado, Royal Academy of Dance e dotada de um vasto currículo como bailarina profissional. Além de toda essa estrutura, a escola possui um grupo de dança semi-profissional que desde 1987 vem desenvolvendo um trabalho bem dirigido que vai desde a dança contemporânea até o ballet clássico de repertório; o que lhe trouxe inúmeras premiações em diversas categorias e nos mais variados festivais de todo o país.
  • Núcleo de Dança Nice Leite – sob a direçao de Ilara Lopes.
  • Ballet Stagium – fundada por Marika Gidali e Décio Otero, a Companhia e a Academia funcionam, desde 1974, num grande estúdio na Rua Augusta, onde desenvolvem não apenas a prática e o ensino da dança, mas um verdadeiro programa de pesquisa em várias linguagens da dança, ideias e produções inovadoras. As inovações do Ballet Stagium estenderam-se além de sua linguagem contemporânea.

Além das citadas acima, podemos mencionar outras escolas de dança bastante reputadas em Sampa:

  • Ballet Adriana Assaf
  • Ballet Elisa
  • Ballet Paula Castro
  • Ballet Paula Gasparini
  • Centro de Arte Lilian Gumiero
  • Cia das A’artes
  • Company Ballet
  • Gisele Bellot
  • Pulsarte
  • AD São Caetano
  • Fundação das Artes

Escolas de dança em São Paulo para arrasar na avenida

De origens africanas, o samba nasceu no Rio de Janeiro e se espalhou pelo Brasil e pelo mundo. Somente após 1940, o samba foi reconhecido como uma dança típica do Brasil.

Os tipos de samba, se confundem com a dança e o estilo da música, pois cada passo encenado é acompanhado de frases marcantes que fazem parte do repertório das músicas de samba. Conta-se mais de 200 tipos de samba existentes no Brasil. Vamos ver alguns

  • Samba de Gafieira
  • Samba no Pé (samba de carnaval)
  • Samba Rock
  • Samba Pagode
  • Samba de Roda
  • Samba Reggae (Axé Dance)
  • Sambra de Breque
  • Samba Enredo
  • Samba Canção
  • Marcha de Carnaval
  • Samba Internacional
  • Samba de Partido Alto
  • Sambalanço (Samba de Balanço)
  • Samba Funk

Onde aprender a sambar em sp? É paulistano e não sabe sambar? Seus problemas estão resolvidos!

Mas aí… O Carnaval está chegando e quando você tenta sambar parece que não sai chão? Pois bem, apesar de Sampa não ser a capital do samba, a cidade possui muitas opções para aqueles que querem se especializar nos ritmos carnavalescos.

Confira algumas delas:

  • Espaço de Dança Andrei Udiloff: escola referência do gênero oferece aulas do básico ao avançado: merengue, samba de gafieira, forró, bolero, valsa, soltinho, samba rock… O método consiste em aprendizado lúdico, por conscientização visual e sensorial e por repetição.
  • Citada mais acima, Casa de Dança Carlinhos de Jesus nasceu da necessidade do mestre Carlinhos de Jesus em ter uma escola de dança na maior cidade do país, para atender a grande demanda de alunos interessados em praticar as danças de salão, num espaço que pudesse unir aulas de alto nível didático, espaço aconchegante, boa localização e ótimo atendimento.
  • Gafieira da ladeira: esse espaço foi projetado para ser exclusivo de aulas e Gafieiras todos os sábado para que todos os amantes do samba possam dançar, praticar, se encontrar e se divertir. Há também aulas de dança de salão e de zumba.
  • Zais: A Casa Mais Dançante da Cidade: todos os domingos, sob o comando de Márcio Sorriso, tem Clube da Gafieira com a programação sempre animada.

Aprenda os estilos afro nas escolas de dança de Sampa

A dança africana é mais do que uma atividade para exercitar o corpo e dançar ao som de ritmos energizantes.

A dança afro como uma técnica corporal já é reconhecida e praticada há muito tempo. Pode-se pensar na dança afro como uma inauguração da dança moderna brasileira nos idos dos anos 50 e 60. A dança afro-brasileira é então fruto das práticas trazidas pelos escravos africanos para o Brasil e que foram reelaboradas e transformadas na América Portuguesa (MONTEIRO,2011), que em medos do século XX tomam forma e caráter cênico.

A dança afro-brasileira tem por características marcantes a força em seus movimentos, a grande agilidade na execução dos passos e a sensualidade, que é algo natural dos povos africanos. Na movimentação da dança afro, assim como nas técnicas de dança moderna, como, por exemplo, a preconizada por Nina Verchinina (CERBINO, 2010), o corpo move-se como um todo.

Onde aprender dança em SP? Afrobeat é um ritmo de música com influência no jazz e funksoul criado pelo nigeriano, multi-instrumentista, compositor, ativista político e dos direitos humanos, pan-africanista Fela Anikulapo Kuti, o baterista Tony Allen e Sandra Izsadore, Rainha Mãe do Afrobeat.

Na capital paulista as aulas de danças africanas têm crescido e ganharam espaço inclusive em locais públicos.

Veja uma seleção de cinco lugares onde você pode praticar essa arte em São Paulo:

  • Centro Tendal da Lapa: tem como base o afoxé, samba de roda, dos orixás, maculelê e dança moderna na mitologia dos orixás. As aulas são gratuitas e acontecem uma vez por semana.
  • Ponto de Cultura Afrobase: o Afrobase é um espaço de integração social que tem a arte como principal campo de ação, assumindo papel fundamental capaz de dissolver fronteiras e aproximar pessoas. O Afrobase promove oficinas gratuitas de dança e música. Há dança negra para iniciantes e dança negra contemporânea para quem já fez o primeiro módulo. Os participantes que se destacarem nas aulas e tiverem interesse serão preparados para integrar a cia Treme Terra e passarão a apresentar-se profissionalmente em outros espaços culturais.
  • Centro Cultural da Juventude: ritmos como Jongo, Samba de Bumbo, Samba de Umbigada e Moçambique de Bastões com um toque afropaulista. Para participar, é só fazer sua inscrição no CCJ.
  • Parque Santo Dias: ministrada pelo CECCO, o parque recebe a atividade “Afromix”, que mistura exercícios físicos leves e dança para todas as idades. As aulas, coordenadas por uma profissional de educação física, desenvolvem uma mistura de ritmos musicais que sacodem os usuários com movimentos aeróbicos.
  • Rede Sesc: a rede SESC, presente em São Paulo com 22 unidades, oferece regularmente aulas de dança afro de todos os ritmos, como Afrobeat, Dandango quilombola, afrojazz, congadas e outros. Há cursos gratuitos e pagos.

Aprenda a dançar com um professor particular

Para aprender merengue, salsa bachata ou dança latina, por que não contratar um professor particular?

Como integrar uma escola de dança contemporânea com um nível iniciante? Antes de começar seu curso, certifique-se de adquirir os acessórios apropriados para o seu estilo de dança.

Essa modalidade de ensino é particularmente apreciada por estudantes que querem progredir de forma rápida e eficiente. Na verdade, fazer aulas particulares de dança permite um acompanhamento regular e personalizado enquanto você desfruta de uma atmosfera amigável, muito mais relaxada do que nas aulas em grupo.

Em São Paulo, centenas de dançarinos profissionais e experientes propõem ensinar sua paixão aos alunos, seja com o objetivo de fazer uma aula teste, relembrar uma coreografia ou treinar antes de uma apresentação de dança!

Para fazer aulas particulares em São Paulo, os alunos podem passar por:

  • Anúncios de aulas privadas de dança em universidades ou estúdios de dança;
  • Classificados on-line de aulas de dança (Superprof…);
  • Aulas de dança on-line com um professor vi webcam;
  • Aula de dança clássica, aula de zumba e outras danças com aulas particulares oferecidas por escolas de dança, etc.

No Superprof, o preço médio de uma aula de dança em São Paulo é 90 reais! Vale lembrar que a maioria dos professores oferece a primeira aula gratuitamente. É uma ótima oportunidade para avaliar suas expectativas como aluno, seu nível de dança e o programa proposto pelo profissional.

Hip hop, afro, sapateado, balé… Nossos Superprofs explicam em detalhes suas especialidades nos seus perfis on-line, bem como sua formação e experiência.

Que tal se tornar o futuro Michael Jackson? Ok, não é muito bem seu estilo… Ou que tal a próxima Ana Botafogo? 😉

Solte seus pés do chão, mergulhe em SP e encontre o seu professor ideal!

A dança é uma arte que liberta!

Existem também muitos professores de dança em Recife.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,60 sob 5 de 5 votos)
Loading...
avatar