Recife é sinônimo de música e dança. Capital cultural, reune artistas dos quatro cantos do mundo em busca manifestações, expressões e tantas outras formas de arte.

Do lado da dança, podemos citar o frevo, o maracatu e o manguebeat, além de outros ritmos originais brasileiros, frutos de influências diversas, ricos em batidas e referências. Quanta riqueza!

Se você estiver na capital pernambucana e região, sugerimos que explore as dezenas de festivais de dança e de música, apresentações e manifestações de rua, o tradicional Carnaval de Recife e Olinda...

Por tudo isso, Recife é o lugar ideal para aprender e descobrir novos passos de dança, seja em centros culturais, escolas, associações, iniciativas públicas e estúdios privados de dança... até por meio digital!

Quer saber como começar? Descubra em qual estrutura você pode fazer aulas para aprender seu estilo favorito e se inscreva em uma aula teste. Você não vai querer largar a dança nunca mais!

Do frevo ao maracatu, do jazz ao balé, do rock ao sapateado, do hip hop ao tango... Recife é eclético e acolhe você de braços abertos! Vem para a dança!

Onde encontrar curso de frevo

Da junção da capoeira com o ritmo do frevo nasceu o passo. Surgido em Pernambuco no fim do século XIX, o frevo caracteriza-se pelo ritmo extremamente acelerado. A dança do frevo foi utilizada inicialmente como armas de defesa dos passistas que remetem diretamente a luta, resistência e camuflagem, herdada da capoeira e dos capoeiristas, que faziam uso de porretes ou cabos de velhos guarda-chuvas como arma contra grupos rivais. Foi da necessidade de imposição e do nacionalismo exacerbado no período das revoluções Pernambucanas que foi dada a representação da vontade de independência e da luta na dança do frevo. A dança do frevo pode ser de duas formas: quando a multidão dança, ou quando passistas realizam os passos mais difíceis, de forma acrobática durante o percurso. O frevo possui mais de 120 passos catalogados!

Manifestações tradicionais de rua em Recife.
Na capital pernambucana, o frevo, enquanto expressão artística, se tornou Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Impossível não achar um lugar para aprender essa arte!
  • Escola Municipal de Frevo Maestro Fernando Borges: foi implantada em 1996, com o objetivo de contribuir para a preservação da cultura pernambucana. Foi pensada inicialmente para oferecer 400 vagas direcionadas para estudantes da Rede Municipal de Ensino, ministrando oficinas de sombrinha e máscaras de carnaval. Em 1999, passa a se chamar Escola Municipal de Frevo Maestro Fernando Borges e continua com o mesmo objetivo. Em 2003 é reinaugurada depois de passar por uma reforma e hoje é responsável pela divulgação e o fortalecimento de uma das maiores expressões culturais: a dança do frevo. Interagindo com a sociedade por meio de uma linguagem artística, contribui para a difusão da cultura, promove a inclusão social e a geração de renda. As aulas são gratuitas e diárias, funcionando durante os três turnos e atendendo a cerca de 300 pessoas, dos quais trinta formam a Cia. de Dança da Escola. A instituição hoje tem compromisso de se tornar cada vez mais democrática, ética e transparente, direcionando todas as energias para fazer dela um espaço organizado e socialmente justo.  As aulas são gratuitas de segunda à sexta-feira, das 8h às 22h.
  • Paço do Frevo: instalado no Bairro do Recife, é um espaço dedicado à difusão, pesquisa, lazer e formação nas áreas da dança e música do frevo, visando propagar sua prática para as futuras gerações. É um lugar que reune personalidades, histórias, memórias, valorizando a cultura do carnaval pernambucano. Além de ter uma programação extensa durante todo o ano, no período que antecede a folia há oficinas e cursos de curta duração sobre a dança e a música. As inscrições são feitas pelo site. Há cursos de dança regulares, cursos parceiros e vivências que abordam as modalidades: frevo, frevo de bloco, maracatu, caboclinhos, danças populares, solfejo...
  • Guerreiros do passo: há 11 anos o grupo conduz o Projeto Frevo na Praça, iniciativa que oferece aulas gratuitas de frevo na Praça Tertuliano Feitosa, Zona Norte do Recife. Os instrutores ministram conteúdos sobre o ritmo, com o método de ensino criado pelo mestre Nascimento do Passo. Os encontros são semanais e qualquer pessoa a partir de 6 anos pode participar. O objetivo principal é fortalecer e manter vivos os saberes artísticos e sociais do frevo. Desde sua criação, o Projeto Frevo na Praça é reconhecido como uma iniciativa de inclusão social, que promove a integração das pessoas com acesso às manifestações culturais. Até hoje, cerca de 2,5 mil dançarinos receberam aulas gratuitamente pelo projeto.
  • Brincantes das ladeiras: fundado em 2009, promove aulas gratuitas à tarde. Voltado para iniciantes ao nível avançado, acolhe todos os dançarinos a partir de 8 anos de idade: basta vestir um sapato confortável e começar! Nas aulas, alunos e professores cantam um frevo-canção ou frevo de bloco, com o objetivo de treinar a respiração para um melhor desempenho nos passos. Ao final de cada sessão, há um momento para tirar dúvidas e executar movimentos. Os Brincantes das Ladeiras sempre participam de desfiles de blocos e troças nos sábados que antecedem o carnaval: uma boa oportunidade para treinar as técnicas aprendidas nas aulas.
  • Espaço Experimental: lá são realizadas apresentações de teatro, aulas e oficinas de artes cênicas. Todas as segundas e quartas-feiras oferece aulas de frevo como preparação para o carnaval. A professora responsável é Inaê Silva.
  • Espaço Vila: criado em 2014, o local recebe apresentações artísticas de dança e teatro, além de oficinas. Todas as terças e quintas-feiras promove aulas de frevo iniciante à noite.
  • Frevo para bebês: no curso, da dançarina e coreógrafa Leila Nascimento, são oferecidas atividades lúdicas para pais e mães com filhos a partir de 6 meses de idade. A atividade custa R$ 50 (por família, que inclui a criança e dois adultos) e acontece no Paço do Frevo, no Bairro do Recife.

Belo Horizonte também é uma capital repleta de opções para os amantes de dança.

Faça aulas de dança de graça em Recife

Uma bailarina oriental fazendo um passo de ballet.
Não é só de frevo que vive a capital pernambucana! Aqui você encontra todos os estilos de dança!

Você mora em Porto Alegre e está procurando uma escola de dança?

Na manguetown, você encontra diversas alternativas acessíveis de cursos de dança: de cursos livres, aulas pontuais, aula de zumba, passando por workshops, aulas com duração intermediária de um a três meses e formações completas anuais. Confira nossa seleção:

  • Academias da Cidade: são mais de vinte polos instalados na cidade desse programa municipal que promove a saúde e a cidadania em diversas comunidades. Na área de dança, há opções de práticas corporais para todos os ciclos da vida (ginástica, jogos, dança, esporte, lutas e outros);
  • Coletivo de Danças Urbanas Rec Beats: em parceria com o Funcultura e em desenvolvimento no Carvalho Studio de Danças, o coletivo promove aulas de Danças Urbanas gratuitas.
  • Prefeitura de Recife: interessados em áreas artísticas como a dança, mas também música e teatro podem se inscrever nos cursos gratuitos oferecidos pela rede de educação da Prefeitura do Recife (PCR). A Escola Municipal de Artes João Pernambuco (EMAJPE), no bairro da Várzea, abre cerca de mil vagas a cada semestre. Para fazer a matrícula, é preciso levar cópias de documento de identificação, comprovante de residência e de escolaridade e uma foto 3x4. Os interessados nos cursos profissionalizantes precisam comprovar ter cursado até o 7˚ ano do Ensino Fundamental. Já as crianças podem levar uma cópia da Certidão de Nascimento ou RG. É possível fazer a inscrição em mais de um curso.
  • Unidades SESC-PE: a rede oferece em suas unidades aulas de dança em diversas modalidades. A Dança para Terceira Idade recebe alunos a partir de 50 anos. Para quem tem mais de 15 anos, há turmas para a dança de salão, nos módulos I e II. Pessoas com idade acima de 20 anos podem se inscrever no Curso de Extensão e pesquisa: Dança de Salão – Para Alunos Avançados. Para todas essas turmas, o aluno deve apresentar, no ato da matrícula, uma liberação médica, atestando permissão para a prática de atividades físicas.. Para mais informações sobre vagas e inscrições, basta acessar diretamente o site do SESC-PE.

Você sabia que em São Paulo há inúmeras opções para aprender a dançar de graça?

Algumas escolas de dança particulares

Uma imagem do centro histórico de Recife.
Música e dança são elementos incorporados no DNA dos habitantes de Recife!

Encontre a sua maneira de movimentar seu corpo em Brasília.

Caso você prefira frequentar um curso regular em uma instituição ou estúdio de dança particular em Recife, confira algumas sugestões:

  • Baillar Escola de Dança: promove aulas de forró, dança do ventre, capoeira, tango, balé, samba, zouk, salsa, entre outros. Também organiza bailes e festas dançantes.
  • Espaço e Grupo Endança: tem como objetivo promover uma formação em Ballet Clássico com base na metodologia Vaganova, com alguns diferenciais. Ensinando e vivenciando técnicas, movimentações com metodologia que priorize o indivíduo e que estimule o autoconhecimento com base no movimento. Acolhendo crianças a partir de 5 anos de idade, tem um programa voltado para o desenvolvimento social, afetivo e estrutural para o universo da dança. No programa curricular há aulas (além da técnica proposta para formação) de expressão corporal, processo de criação, improvisação, composição coreográfica, entre outros. Modalidades: balé clássico, jazz, dança contemporânea e moderna.
  • Academia de Dança Nelma Guerra: leciona balé clássico, balé popular, dança contemporânea, pilates e alongamento físico, yoga tenchi tessen (meditação), dança do ventre.
  • Lunar Studio de Dança: criada em 2016, oferece aulas de zumba, zouk, forró, soltinho, bolero, samba de gafieira, balé adulto e infantil, kizomba, bachata, salsa, teatro e muito mais.
  • Escola de Ballet Cia dos Homens: pioneira em dança contemporânea em Pernambuco. Oferece formação de bailarinos com metodologia cubana certificada pela Escuela Nacional de Ballet Cuba. Aulas para crianças, adultos, para adultos iniciantes.
  • Academia Studio de Danças: tradicional em Recife. O balé clássico inspira o Studio de Danças há quase quatro décadas.
  • Carolemos Dançarte: promove ensino sequenciado de balé clássico e moderno para crianças e adolescentes, além de realizar espetáculos de dança para o público.
  • Ritmos Escola De Dança: aulas de diversos ritmos com foco na Dança de Salão.
  • Studio de Danças Aneska França: dança do ventre, forró, balé clássico, baby class... Aneska é bailarina, professora e coreógrafa, além de bióloga com especialização em "Morfologia Humana" e "Dança e Consciência Corporal".

Chega de musculação! Que tal conhecer outros espaços para aprender a dançar no Rio de Janeiro?

Você pode encontrar um bom profe para aula de zumba, de balé ou de forró no Superprof!

Aulas particulares de dança em Recife

Uma mulher dançando num cenário com areia e montanhas
Graças! Descubra o seu estilo de dança ideal e seja livre e feliz!

As aulas de dança particulares têm muitas vantagens para os futuros dançarinos. Além de ser em geral mais barato do que as aulas em grupo tradicionais, as aulas em casa permitem um acompanhamento real do aluno em uma atmosfera mais tranquila e mais convivial.

Alguns professores ainda oferecem seus serviços a distância através de aulas de dança on-line!

Por meio de uma webcam, o aluno pode corrigir o posicionamento de seu corpo e aprender novos passos de dança. Em apenas algumas sessões semanais, o aluno já consegue perceber um progresso real e passa de um nível iniciante para um nível intermediário com o conselho especializado do profissional da dança.

Para praticar seus passos de maneira personalizada, contrate um professor particular e seja feliz! Você pode progredir rapidamente e se beneficiar de um acompanhamento personalizado para aperfeiçoar sua técnica em dança.

Como encontrar um professor para aula de zumba, balé ou alguma outra dança?

  • Em sites especializados: como o Superprof, é claro. Você pode escolher o professor particular que melhor atenda às suas expectativas. No Superprof, em Recife, você encontra cerca de cinquenta professores de dança que oferecem aulas personalizadas com o valor médio de 51 reais a hora, dependendo do perfil, do seu nível e do tipo de dança,
  • Procurando por anúncios em escolas de dança, universidades e estúdios: muitos estudantes de dança dão aulas,
  • Algumas escolas de dança também oferecem aulas particulares e não apenas aulas em grupo. As taxas devem ser observadas caso a caso e variam de acordo com a estrutura. Esta pode ser uma boa maneira de treinar uma coreografia específica, se preparar para uma apresentação, ou simplesmente aprender a se movimentar mais rápido.

Dança para crianças, iniciação em dança, aulas para adolescentes, dança tradicional ou folclórica, oficina de salsa, aulas de rock n' roll, rock acrobático, samba de gafieira, forró ou sapateado... Recife possui estruturas funcionais para aprender todos os estilos. Esses endereços vão ajudá-lo a encontrar o que mais lhe convier.

Não hesite em fazer uma aula teste antes de se comprometer! A primeira aula geralmente é gratuita.

Dance sem gastar muito!

duas pessoas dançando ballet
É possível dar seus passos em casa e não gastar muito!

Nem sempre é fácil encontrar o preço adequado e o tempo disponível para se dedicar à sua paixão pela dança: seja ela salsa porto-riquenha, kizomba, salsa cubana, rock n' roll, mambo, forró, valsa, baião, dança de salão, tango ...

Caso você queira aprender sozinho, comece perguntando a si mesmo:

  • Quanto tempo você tem para se dedicar à dança? (à noite, aos finais de semana, de dia...)
  • Com que frequência você deseja fazer suas aulas de dança? (número de encontros por semana e duração)

Não se esqueça de pensar no material de apoio, como som e tela para visualizar sua aula online e digital; espelho para enxergar você mesmo dançando, e câmera de filmar.

Na era digital, a Internet está cheia de dicas para aprender de um jeito fácil e no seu ritmo. Para encontrar tutoriais de dança online, basta acessar o Youtube. Veja algumas dicas de canais de dança:

1. FitDance: o canal apresenta a dança como arte e atividade física.

2. Camila Carmona: a professora apresenta coreografias e vídeo-aulas com os passos das músicas que estão bombando na atualidade.

3. Daniel Saboya: o professor alia a dança fitness ao som de hits do funk, do sertanejo, do hip hop, do reggaeton, do axé music e de outros gêneros.

4. Mandy Jiroux: com instruções em inglês, o canal da DJ e dançarina Mandy Jiroux ensina o passo a passo de suas coreografias.

5. Lorena Improta: a bailarina do Faustão Lorena Improta ensina alguns de seus passos e coreografias favoritos.

Se você quiser ir mais longe ou aprender de forma diferente, você também pode visitar sites especializados, como o Cursodedança.com.br, elaborado pelo Festival de Dança de Joinville. Ou o  Dance mais online, portal que oferece cursos pagos e aulas gratuitas.

Se você quiser aprender sozinho, você também pode baixar um aplicativo específico em seu smartphone ou tablet. Conheça alguns:

  • Aprender a dançar: completo, este aplicativo oferece muitos estilos de dança.
  • Aulas de dança do ventre: há vídeos didáticos de todos os níveis, desde a iniciação até ao nível avançado.
  • Zumba Dance: traz diferentes hits do pop atual e ainda fornece uma avaliação sobre a performance do dançarino ao final de cada uma.
  • Ballet Dance: para aqueles que sempre sonharam em se tornar bailarinos clássicos.

Dance muito: os benefícios dessa atividade

A dança é um hobby que vai com certeza lhe trazer alegria. Se você quiser aprender essa arte, é sobretudo para agradar a si mesmo.

Seja qual for o estilo: cha cha, samba, rock n' roll, salsa cubana, merengue, valsa, salsa porto-riquenha, mambo, tecno...

Deixe a música levá-lo e esqueça todas as preocupações diárias imediatamente. Aos poucos, a diversão vai tomar conta do seu corpo e você vai entrar em outro estado de espírito. Fazer aulas com um professor de dança é uma boa oportunidade para relaxar.

Além disso, você libera endorfina, o famoso hormônio da felicidade. Estudos científicos avaliaram seriamente a questão e comprovaram: a dança ajuda a combater o mal-estar. Não há motivo para ignorar isso. Mesmo se você não souber dançar bem, só o fato de praticar funciona como uma terapia - só que bem mais divertida.

Um casal dançando em um parque.
Cançado de musculação, bike, atividades fit e indoor? Descubra essa atividade que associa prazer, esporte e bem-estar.

Fitness à vista! A dança também é um esporte por definição. Ela oferece tantos benefícios quanto um exercício de corrida. É um treino cardio muito eficaz. Já pensou exercitar seu corpo fazendo a atividade que mais gosta? O esporte ideal e funcional!

Você também precisa fazer alguns alongamentos para relaxar os músculos. São exercícios obrigatórios nas aulas de dança, e que irão gradualmente melhorar a flexibilidade do seu corpo. Você não precisa necessariamente fazer movimentos complexos ou elaborados para conseguir alongar os músculos das costas e, portanto, aliviar suas dores frequentes.

Sabia que a dança traz autoconfiança?

Com ela, você vai se descontrair com uma atividade artística e isso é excelente para a autoestima. Quanto mais você progride, mais ganha confiança em si mesmo. Nada melhor do que atingir um objetivo para se sentir capaz de assumir as rédeas de sua vida de novo.

Ao ganhar autoestima, aceitar você mesmo e deixar seus complexos para trás, você vai mudar sua vida para sempre. E se você começa a participar de competições de dança ou shows, é também uma oportunidade para mostrar ao público o seu talento e superar suas apreensões!

A professora Juliana Maia, destaque no portal Saúde Brasil, revela cinco razões definitivas para praticar dança – independentemente da modalidade ou estilo:

  • Além de ser um exercício físico excelente, é terapêutico.
  • A prática é estimulante, relaxante e motivadora, pois não envolve só técnica mas também muito sentimento. Não usa só o corpo, exige alma.
  • A dança tem o poder de espantar os males, o estresse do dia a dia.
  • Não importa a idade, a habilidade ou a classe social, se movimentar embalado pelo ritmo da música é capaz de transformar um dia ruim em um dia maravilhoso. Também é capaz de transformar a vida da pessoa.
  • Tem um ditado que diz: quem dança é mais feliz! Eu digo: se está procurando felicidade coloque uma música e dance!

E então? Pronto para começar a dar seus passos alegres rumo à felicidade?

Na capital de Pernambuco opções não faltam para isso! Comece a praticar agora mesmo :)

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.