Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Viagem ao oriente Médio: guia completo

De Glicia, publicado dia 08/03/2019 Blog > Idiomas > Árabe > Tudo que você precisa saber para visitar os países árabe

Os países árabes despertam a curiosidade de muita gente. Que seja para aprender a língua árabe, sair de férias ou mesmo, morar tem um dos inúmeros países da Liga Árabe, sua viagem precisa ser pensada e planejada em cada detalhe.

Em 1992, 368.126 pessoas haviam imigrado para os Emirados Árabes Unidos e os serviços de imigração do país registraram 3.331.000 novos imigrantes em 2007 e 2.141.068 só no ano de 2018.

Não há dúvidas que cada vez mais pessoas se sentem tentadas a morar em algum país árabe, e isso pode ser explicado pelo grande desenvolvimento econômico de cidades como Dubai, por exemplo.

Se você também tem interesse em conhecer o mundo árabe, seja para morar ou para passar uma temporada estudando, neste artigo você encontrará tudo que você precisa saber antes de embarcar nesta aventura pelas terras das mil e uma noites!

Magrebe: o que você precisa saber antes de visitar o norte da África

O Magrebe – Jazirat al-Maghrib – cujo nome dado pelos primeiros conquistadores muçulmanos significa “onde o sol se põe”, é uma região do norte da África correspondente à parte ocidental do mundo árabe.

Mais precisamente, o Magrebe refere-se à área geográfica de cultura árabe e berbere localizada entre o Mar Mediterrâneo, o norte do Saara e o Egito (sem incluí-lo na região).

os países do magrebe são os mais baratos para visitar Que tal conhecer os encantos de Marrakech?

Historicamente, os três países que compõem o Magrebe são o Marrocos, a Argélia e a Tunísia, mas entre os anos 1950 e 1962 surgiu o conceito de “Grande Magrebe”, incluindo também o Saara Ocidental, a Mauritânia e a Líbia.

De religião muçulmana e influenciado pela civilização islâmica, o Marrocos é o país que mais encarna, no Magrebe, todos os encantos do Oriente: as cores das cidades marroquinas, os seus cheiros, as medinas (todas classificadas como Património Mundial pela UNESCO), os souks, as mesquitas adornadas com mosaicos, a paisagem do deserto e os vales verdes…

A Tunísia é também um destino turístico entre os destinos imperdíveis do Magrebe. Aliás, o país oferece inúmeras atrações, desde trackings no deserto de Tozeur, passando pelas praias e as incontáveis opções para sair a noite em Djerba.

Já a Argélia, apesar de todas as suas belezas, não é um destino tão turístico quanto o Marrocos e a Tunísia. Devido aos diferentes casos de violências e terrorismo ligados ao radicalismo islâmicos – sobretudo ligados aos grupos terroristas Al-Qaeda e Daesh a partir dos anos 1990.

Nosso conselho é que você se informe junto ao consulado de cada país para obter mais informações sobre segurança e também sobre vistos.

Quais os custos de uma viagem aos países da Liga Árabe?

Para saber o custo médio das despesas de consumo que você terá em uma viagem aos países árabes, basta você analisar alguns fatores!

O desenvolvimento econômico de um país, a sua soberania, as suas instituições políticas e as suas infra-estruturas são as variáveis do custo de vida de um país: não se compra a mesma quantidade de bens e serviços com R$1 no Brasil e em outros lugares.

Aqui vai uma dica simples de economia para entender como isso funciona. Para medir o custo de vida, deve-se levar em conta o nível de produtividade – a quantidade de bens que podem ser produzidos por pessoa e em um dado momento – e o poder de compra (embora prefira a noção de “capacidade de compra”), ou seja, a quantidade de bem que pode ser obtida com uma quantidade de dinheiro

Assim, com a conversão das taxas de câmbio entre moedas (reais em dirhams ou dinares, por exemplo), as diferenças de salários e produtividade, pagaremos mais no Brasil do que em um país do Magrebe, por exemplo, para ter o mesmo bem ou serviço.

O Egito e os três países da região do Magrebe estão entre os mais baratos do “mundo árabe”. E isso é uma ótima notícia, pois dentre os países do norte africano temos o Marrocos!

O Marrocos é o país mais seguro no que diz respeito ao terrorismo e crimes extremistas e é também o mais progressista do mundo árabe-muçulmano. A hospedagem e os meios de transporte também são relativamente baratos. Em Marrakech você pode reservar um quarto em um hotel de qualidade, comer em um bom restaurante e pagar por uma passagem de avião bem mais em conta.

Quais cuidados devemos tomar ao viajar para um dos países árabe?

Os países muçulmanos, do norte da África ao Oriente Médio, são muitas vezes evitados por turistas do mundo todo que preferem visitar a Europa, América ou Ásia.

atrações exóticas nos paises muçulmanos Parece cena de filme, mas é apenas um encantador de serpentes em alguma medina.

Ora, visitar os países árabes pode abrir sua mente para novas perspectivas: aprender a língua árabe, descobrir a cultura islâmica, conhecer a história do mundo árabe e muçulmano, seu legado literário e arquitetônico.

Fato é que, alguns países apresentam zonas de risco e devem ser evitados. O Iraque e a Síria são dois países em guerra, respectivamente desde 2003 e 2011. Se você quer estudar árabe e explorar os encantos do oriente em Damasco ou Bagdá, esqueça esta idéia por enquanto – mesmo que Damasco seja o berço da civilização árabe.

E 2018, entre os países do mundo árabe, apenas Marrocos, Emirados Árabes Unidos, Omã e Kuwait foram considerados seguros, ou seja, em vigilância normal, segundo as autoridades mundiais.

Outros cuidados que você deve tomar estão mais ligados aos códigos sociais e culturais dos países islâmicos. Veja as coisas que você NUNCA deve fazer em algum país árabe:

  • Criticar o Estado ou a Monarquia (no caso do Marrocos);
  • Recusar um convite para comer ou para tomar um chá;
  • Entrar em uma mesquita sem ser convidado;
  • Criticar a religião e os costumes islâmicos;
  • Exibir publicamente seu relacionamento amoroso (beijos ou abraços). As demonstrações de afeto em público são vistas como falta de pudor;
  • Fotografar o momento da oração, algo extremadamente importante para os muçulmanos;
  • Visitar uma mesquita com os ombros nus. Assim como em igrejas católicas, é preciso estar com roupas adequadas para visitar;
  • Adaptar-se ao uso do véu para as mulheres. Não obrigatório na Turquia, Marrocos ou nas grandes cidades modernas, mas bastante adequado em áreas rurais remotas.

É preciso falar árabe para visitar o Oriente Médio?

Embarcar para outro país sem falar uma palavra sequer da língua local não é muito recomendado. Mesmo se hoje em dia o inglês é a língua franca em qualquer lugar do mundo, em alguns países apenas uma pequena parcela da população fala o idioma de Shakespeare. Isto se agrava ainda mais quando você vai zonas rurais ou cidade muito pequenas!

Se não sabe ler o alfabeto árabe, não conhece nenhuma palavra e menos ainda a gramática da língua, você corre o risco de passar por algumas dificuldades durante a sua viagem.

Antes de comprar suas passagens e arrumar as malas, será necessário fazer algumas aulas de árabe básico ou árabe para brasileiros. Não será necessário ser fluente em árabe, mas apenas ter algumas noções básicas a fim de ser compreendido e para que os locais possam entender o que você está falando.

Fazer algumas aulas ou cursos intensivos, um estágio de férias, aulas noturnas, etc. te ajudará a aprender a escrever em árabe, ler o alfabeto e enriquecer seu vocabulário básico.

Isso significa  aprender o árabe literário, ou árabe literal, isto é, a língua padrão (árabe moderno) como ela é usada em todos os países do mundo islâmico.

Conheça as atrações mais visitadas no Oriente Médio

O mundo árabe possui cidades belíssimas, algumas delas milenares, cheias de história e cultura: Marrakech, Cairo, Dubai, Beirute, Jordânia, etc.

a gastronomia árabe em diferentes cidades As cores e sabores da culinária árabe.

Além disso, inúmeros monumentos históricos contribuem para deixar essas cidades, e tantas outras, ainda mais especiais. Veja a seguir três cidades que você não pode deixar de visitar durante sua viagem ao Oriente Médio:

  • Marrakech: quarta maior cidade do Marrocos, Marrakech é apelidada de “cidade vermelha”, por conta de sua paleta de cores em tons de ocre e terracota. Entre muitas de suas atrações está o belíssimo Jardim Majorelle e o museu Yves Saint Laurent, em homenagem ao renomado estilista francês;
  • Cairo: capital do Egito, o Cairo é uma das maiores cidades do mundo – 19,5 milhões de habitantes em 2018 – e é uma das metrópoles turísticas mais populares do mundo também. Cobiçada pela riqueza arqueológica, histórica e cultural que ela contém, a capital egípcia atrai milhões de turistas todos os anos;
  • Beirute: outra jóia do mundo árabe e muçulmano é Beirute, a capital do Líbano. Apesar de sofrer com a violência israelense e problemas geopolíticos na região, Beirute é uma cidade antiga nas margens do Mar Mediterrâneo que deve ser visitada inevitavelmente.

Por que você deveria conhecer os países árabes?

Algumas regiões do mundo têm algo de muito particular no imaginário coletivo. É o caso dos países do mundo árabe, que se estendem do Magrebe (norte da Africa) ao Oriente Médio.

Países geralmente muçulmanos, alguns com políticas e leis um tanto quanto retrógradas se comparado ao modo de vida ocidental, mas que possuem um patrimônio cultural e histórico de valor imensurável para a humanidade.

A herança cultural do mundo árabe é, sem dúvida, um grande legado deixado pelos primeiros povos semíticos. Se você ainda está em dúvida se vale a pena ou não visitar os países do oriente,  aqui estão 10 razões que nos provam que os países árabes são um destino a ser incluso no seu roteiro!

  1. Conhecer uma cultura totalmente diferente da nossa;
  2. Aprender uma nova língua;
  3. Entender a religião islâmica;
  4. Deslumbrar-se com as paisagens de tirar o folêgo;
  5. Experimentar um clima diferente;
  6. Aprender um dialeto árabe;
  7. Sair um pouco do modo de vida ocidental;
  8. Experimentar os sabores da culinária ärabe;
  9. Apreciar a riqueza histórica do mundo árabe;
  10. Encantar-se com a beleza do oriente.

Dicas para planejar sua viagem aos países árabes

Tal como acontece com outros países, há algumas coisas em que devemos pensar antes viajar para o Oriente Médio.

visitar o Egito e as pirâmides Uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, as pirâmides do Egito são uma atração imperdível.

Em primeiro lugar, isso parece evidente, mas ter um passaporte válido é a coisa mais importante que precisamos pensar antes de comprar a passagem. Os brasileiros devem se informar nos consulados dos respectivos países sobre a necessidade de vistos. Cada país possui exigências diferentes quanto às questões de imigração e é importante estar a par de como tudo isso funciona.

Apesar de todos os clichês sobre uma viagem ao Oriente Médio, também devemos levar em conta um aspecto não negligenciável: a segurança. Sim, em alguns países, apesar da gentileza dos habitantes locais e da beleza grandiosa das paisagens, a segurança não é a ideal, especialmente para os turistas.

Além disso, um dos preparativos mais importantes será analisar as condições climáticas e as temperaturas do país. Se você vai para um lugar onde o calor é seco e árido, vai precisar de roupas mais frescas e muito protetor solar do que em um país de clima úmido e temperaturas amenas.

Outro aspecto importante que você deve levar em conta é a questão da língua. A população local, embora muitas vezes acolhedora e acostumada aos turistas, geralmente não fala outra língua senão o árabe. E na maioria dos casos, eles falam algum dialeto árabe, o que dificulta muito a comunicação. Um curso básico de árabe será de grande valia para ajudar na hora da comunicação.

Este foi nosso guia para quem deseja conhecer algum dos países da Liga Árabe. Esperamos que ele possa te ajudar a preparar sua viagem da melhor forma possível!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar