Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Uma civilização que muito tem a nos ensinar…

De Joseane, publicado dia 16/11/2018 Blog > Idiomas > Árabe > Conhecendo o mundo e a cultura árabe

O mundo árabe, muito mais do que uma cultura, é uma civilização. Com milhares de anos de história, os árabes possuem muito o que contar e o que mostrar.

Muitas vezes tomados por conceitos prévios negativos, o mundo árabe ainda é uma destino longínquo para nós brasileiros. Felizmente essa situação vem mudando aos poucos e a cultura árabe tem começado a se abrir de mais em mais para o mundo.

A cultura árabe possui uma forte identidade em diferentes domínios ( gramatical,  religioso, econômico, turístico…), o que a torna rica e prestigiosa, despertando o interesse e a atenção de curiosos mundo a fora.

A língua árabe, um dos maiores patrimônios do povo árabe, é a quinta mais falada do mundo.  Sendo a língua oficial em mais de vinte países o que faz do idioma um importante veículo de comunicação de uma população estimada em cerca de 280 milhões de falantes.

Aprender árabe é uma riqueza em si. Graças a influência de alguns países arabofônicos no mundo dos negócios, a língua árabe tem se tornado um “plus”, no currículo.

E, como sabemos, para melhor aprender uma língua é necessário fazer uma imersão total na sua cultura, conhecer o seu povo, a sua história. Por essa razão, o Superprof preparou esse artigo que vai te transportar para dentro de uma das culturas mais surpreendentes que existem: a cultura árabe!

Um passeio pelo mundo árabe

Se você precisa de motivação para se lançar de verdade no seu aprendizado de árabe, temos a solução que você precisa!

Que tal uma viagem por um ou alguns dos mais belos países árabes? Imergir nessa cultura surpreendente vai certamente trazer a motivação que você precisa para começar as suas aulas de árabe para ontem!

Conheça cinco países árabes onde você poderá praticar a língua e conhecer muito sobre a cultura dos povos árabes!

Marrocos: falar árabe no deserto do Saara!

Um país cheio de cores e sabores, o Marrocos vai te surpreender de todas as formas. Com paisagens únicas, você vai poder curtir deserto, montanha e mar no mesmo país!

Aprendendo árabe no Marrocos Você sabia que o Marrocos foi cenário da série Game of Thrones?

Falar árabe com os comerciantes em Marraquexe? Aprender árabe ouvindo o chamado para rezar o alcorão? Conhecer a língua e a cultura bérbere enquanto observa a via láctea no deserto do Saara? No Marrocos tudo isso é possível!

Não deixe de se deliciar com a culinária local. O tagine, o cuscuz, a tangia ou o churrasco de peixe em um dos muitos souks (mercado popular) espalhados por todas as cidades do país!

Emirados Árabes Unidos: Dubai e Abu Dhabi para os iniciantes na língua árabe

Uma porta de entrada para o mundo árabe que está realmente aberta para os estrangeiros. Nos últimos anos Dubai e Abu Dhabi tem recebido milhares de estrangeiros expatriados que buscam uma oportunidade na terra dos sheikhs.

Aproveite para praticar árabe enquanto visita alguns dos monumentos turísticos do país:

Na sua passagem por Dubai, não deixe de visitar:

  • O Burj Khalifa
  • O Burj Al Arab
  • Dubai Mall
  • Palm Islands

Já em Abu Dhabi, treine o seu árabe visitando:

  • A mesquita do Sheikh Zayed
  • O Palácio dos Emirados
  • o Yas Island
  • Os mercados locais, conhecidos por Souks
  • O Marina Mall

Líbano: a melhor gastronomia do mundo árabe?

Uma das cozinhas mais refinadas e coloridas do mundo árabe, a culinária é sem dúvida um dos maiores atrativos do Líbano! Aproveite para aprender o nome de alguns dos pratos mais tradicionais na língua local:

  • tabbouleh ( تبولة )
  • hummus (حُمُّص)
  • kafta ( كفته)

E claro, não deixe de conhecer Beirute, a capital e porta de entrada do país.

Egito: Fale árabe como um faraó!

Quem nunca sonhou em visitar as pirâmides do Egito?

Um país com uma civilização antiga e cheia de magia, o Egito atrai milhares de turistas todos os anos. Aproveite a sua visita para falar árabe com um dos povos mais sorridentes do mundo árabe!

E claro, não deixe de conhecer alguns dos cartões postais do país: a Citadela, o museu egípcio, a necrópole de Gizé, entre outros!

Tunísia: aprenda árabe na praia!

Para quem curte história a Tunísia é um prato cheio! Aqui, está localizado o El Jem, um dos maiores e mais bem conservados anfiteatros romanos do mundo! Para treinar a língua árabe, não deixe de beber um chá num dos típicos salões de chá e de café. Os tunisinos adoram jogar conversa fora enquanto bebem seu chá ou café nas esplanadas.

Se você é de praia, a Tunísia também é para você. São mais de 1300 quilômetros de Costa, repletos de praias paradisíacas, de areia fina e branca e de mar bem azul!

Relaxe na praia enquanto aprende suas primeiras palavras em língua árabe!

Vocábulos árabes que influenciaram a língua portuguesa

Embora o mundo árabe pareça algo muito distante de nós, é preciso saber que nem sempre foi assim. A relação entre árabes e portugueses data de muito muito tempo, porém os laços duram até hoje, sobretudo no léxico do português.

Tudo começou lá pelos anos de 711 com a invasão dos árabes à península ibérica, onde, mais tarde, se instalou o reino da Galícia e posteriormente o de Portugal.

A história é longa mas, para resumir, diremos que os árabes foram expulsos dessas terras com a chegada dos então portugueses, porém deixaram suas marcas no vocabulário e também na cultura do povo português.

Turismo para aprender árabe Local de tratamento do couro na cidade de Fés, no Marrocos

Mais tarde foi a vez de Portugal dá o troco! Os portugueses se instalaram na costa Marroquina, lá pelos lados de Tanger e Ceuta. A presença de Portugal em Marrocos começou em 1458 com a conquista de Alcácer-Ceguer. Somente em 1769 com a retirada de Mazagão ( a presente cidade de Essaouira), é que os portugueses se retiraram do Marrocos. Foram, então, 3 séculos de presença Lusa em território marroquino.

Esse contato entre portugueses e árabes resultaram na mutação do léxico das duas línguas, e hoje podemos observar um grande número de vocábulos portugueses que tiveram sua origem no árabe. a saber:

Vocábulos de origem árabe são iniciados por “al”:

  • alambique (do árabe al-inbīq);
  • alcachofra (do árabe al-ḫaršūfah);
  • alcateia (do árabe al-qaṭiᶜ);
  • álcool (do árabe al-kuḥul);
  • alcova (do árabe al-qubbah);
  • aldeia (do árabe aḍ-ḍayᶜah);
  • alecrim (do árabe al-iklīl);

Palavras de origem árabe iniciadas com a (as- e az-)

  • açafrão (do árabe az-zaᶜfarān);
  • açougue (do árabe as-sūq);
  • açúcar (do árabe as-sukkar);
  • açucena (do árabe as-sawsan);
  • açude (do árabe as-sudd);
  • armazém (do árabe al-maḫzan);

Outras palavras de origem árabe que não seguem os formatos acima:

  • café (do árabe qahwa);
  • chafariz (do árabe ṣihrīj);
  • elixir (do árabe al-ᵓisksīr);
  • enxaqueca (do árabe aš-šaqīqah);
  • esfirra (do árabe ṣfīḥah);
  • fulano (do árabe fulān);
  • garrafa (do árabe garrāfah);

Essa é apenas uma lista resumida, mas verifica-se pelo menos 100 vocábulos de origem árabe no português contemporâneo!

Os nove monumentos mais belos do mundo árabe

O mundo árabe possui riquezas mil, e elas estão espalhadas dentro e fora dos países árabes! Os ditos patrimônios da cultura árabe são parte da história desse povo e merecem ser visitados, como parte da herança dessa cultura milenar!

Monumentos árabes pelo mundo A cidade de Alhambra, patrimônio árabe na Espanha

O Superprof separou nove monumentos que merecem destaque no mudo árabe:

  • as pirâmides do Egito representando um dos monumento mais simbólicos do mundo árabe,
  • O museu egípcio do Cairo que garante um acesso ilimitado a cultura,
  • A cidade de Petra na Jordânia representando o apogeu da civilização árabe,
  • A grande mesquita do Sheikh Zayed, monumento árabe histórico, localizada em Abu Dhabi,
  • A mesquita azul de Istambul: visita obrigatória quando da sua passagem pela Turquia,
  • O Instituto do Mundo árabe em Paris: quando arte rima com cultura,
  • A cidade de Alhambra, monumento espanhol do mundo árabe,
  • A medina de Marraquexe: é preciso ver para crer,
  • Memorial árabe em Curitiba: a história dos árabes no Brasil

Tatuar seu nome em árabe: tem certeza?

Se empolgou com a rica cultura árabe e decidiu fazer um tatuagem em árabe ? Atenção, antes de tatuar uma palavra árabe no corpo, que tal tomar algumas aulas de língua árabe para conhecer melhor a língua?

A verdadeira tatuagem árabe é originalmente feita com a hena (حناء) e faz parte da cultura e tradições do mundo árabe.  A hena designa tanto uma planta (Lawsonia inermis), como o corante que se extrai dela.

Por mais de cinco mil anos a hena foi vista como um símbolo de boa sorte, saúde e sensualidade no mundo árabe. A aplicação da hena servia para marcar a passagem de uma vida a outra. Um ritual que simbolizava, por exemplo, a etapa crucial da adolescência a vida adulta.

Qual a origem da tattoo árabe? A tatuagem árabe, uma prática milenar…

Reza a lenda que Maomé usava a hena para tingir a barba e que a flor de hena era a favorita do profeta. Como resultado, a hena ocupa um lugar único no mundo muçulmano. Ela é usada tanto para fins decorativos e mágicos como para fins religiosos.

A aplicação da hena data de longa data. As primeiras evidências claras da sua aplicação  no corpo aparece em múmias egípcias, cujo cabelo e as unhas foram tingidas com os tons de marrom avermelhado da hena. A tradição da aplicação da hena cresceu bastante no Egito e foi levada para a Índia onde era usada, pelo menos desde 700 AD para a decoração de mãos e pés.

Se você quer fazer uma tatuagem em árabe e não está muito certo do que tatuar, escolha a hena, no melhor das hipóteses ela desaparece com duas semanas e você não terá nenhum problema futuro!

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar