Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Descubra todas as dicas para começar a estudar e praticar a dança

De Fernanda, publicado dia 08/11/2017 Blog > Artes e Lazer > Dança > O guia para aprender a dançar!

Se você gosta de dançar na balada ou assistir a balé e musicais, você certamente tem paixão pela dança. Por acaso você fica encantado com as performances e coreografias que os dançarinos profissionais apresentam?

Rock, salsa, hip hop, dança clássica, dança de jazz, moderna, zouk, forró, baião, sapateado ou mambo… Seja qual for o estilo da dança e seu gênero musical favorito, uma coisa é certa: você não vê a hora de flutuar na pista de dança e mexer todo o seu corpo com emoção e ritmo.

Mas como fazer isso?

Um provérbio africano diz:

Se você pode andar, você pode dançar.

Se você tem noção de ritmo ou não, se é tímido ou extrovertido. Em todos os casos, é possível aprender a dançar. Então você não tem nenhuma desculpa para não criar coragem e procurar por uma escola ou um professor particular.

Com um pouco de vontade e paciência e você ficará surpreso com o progresso que fará em breve. Fazer aulas para aprender a dançar vai fazer você progredir ainda mais rápido.

15 razões para aprender a dançar!

Por que aprender a dançar? A dança clássica ou o ballet é um estilo bem popular para crianças no Brasil.

Você em breve vai descobrir que a dança pode lhe trazer muitos benefícios que você nem imaginava. Quer conhecer os motivos certos para dançar? Além de descobrir que você não era tão fora de ritmo assim, você vai:

  • Dançar para se divertir,
  • Dançar para relaxar e desestressar,
  • Dançar para manter a boa forma,
  • Dançar e emagrecer, muitas pessoas adoram aula de zumba por unir os dois,
  • Dançar e melhorar sua flexibilidade,
  • Dançar e aprimorar suas técnicas de sedução,
  • Dançar, expandir sua rede social e fazer novos amigos,
  • Dançar a dois e apimentar ainda mais o seu relacionamento,
  • Dançar e se desconectar de tudo,
  • Dança e ganhar autoconfiança,
  • Dançar e exercitar a memória,
  • Dançar e desenvolver suas habilidades de comunicação;
  • Dançar e se manter jovem;
  • Dançar e desenvolver a criatividade;
  • Dançar e quem sabe… se tornar um dançarino profissional!

Seja qual for a sua experiência com dança, você pode começar a praticar em qualquer idade. Aulas de iniciação para crianças e adolescentes, aulas para adultos, aulas para iniciantes, aulas de nível intermediário ou intensivo: você vai encontrar aulas particulares ou em grupo para todos os níveis.

Se você quiser aprender a dançar, melhorar ou progredir depressa, não hesite em procurar o seu professor no nosso banco de dados do Superprof.

Aulas de rock, aulas de tango, aulas de salsa, aulas de samba, aulas de forró, aulas de flamenco, dança on-line, dança africana ou hip-hop… Tudo o que você precisa fazer agora é escolher entre os diferentes estilos de música!

Como aprender a dançar sem pagar muito?

Nem sempre é fácil encontrar o preço adequado e o tempo disponível para se dedicar à sua paixão pela dança: seja ela salsa porto-riquenha, kizomba, salsa cubana, rock n’ roll, mambo, forró, valsa, baião, dança de salão, tango …

Caso você queira aprender a dançar sozinho, comece perguntando a si mesmo:

  • Quanto tempo você tem para se dedicar à dança? (à noite, aos finais de semana, de dia…)
  • Com que frequência você deseja fazer suas aulas de dança? (número de encontros por semana e duração)

Não se esqueça de pensar no material de apoio, como som e tela para visualizar a aula de zumba (por exemplo); espelho para enxergar você mesmo dançando, e câmera de filmar.

A Internet está cheia de dicas para aprender a dançar de um jeito fácil e no seu ritmo. Para encontrar tutoriais de dança online, basta acessar o Youtube. Veja algumas dicas de canais de dança:

1. FitDance: o canal apresenta a dança como arte e atividade física.

2. Camila Carmona: a professora apresenta coreografias e vídeo-aulas com os passos das músicas que estão bombando na atualidade.

3. Daniel Saboya: o professor alia a dança fitness ao som de hits do funk, do sertanejo, do hip hop, do reggaeton, do axé music e de outros gêneros.

4. Mandy Jiroux: com instruções em inglês, o canal da DJ e dançarina Mandy Jiroux ensina o passo a passo de suas coreografias.

5. Lorena Improta: a bailarina do Faustão Lorena Improta ensina alguns de seus passos e coreografias favoritos.

Se você quiser ir mais longe ou aprender a dançar de forma diferente, você também pode visitar sites especializados, como o Cursodedança.com.br, elaborado pelo Festival de Dança de Joinville. Ou o  Dance mais online, portal que oferece cursos pagos e aulas gratuitas.

Se você quiser aprender a dançar sozinho, você também pode baixar um aplicativo específico em seu smartphone ou tablet. Conheça alguns:

  • Aprender a dançar: completo, este aplicativo oferece muitos estilos de dança.
  • Aulas de dança do ventre: há vídeos didáticos de todos os níveis, desde a iniciação até ao nível avançado.
  • Zumba Dance: traz diferentes hits do pop atual para quem quer aprender a dançar e ainda fornece uma avaliação sobre a performance do dançarino ao final de cada uma. Procure por uma aula de zumba. 🙂
  • Ballet Dance: para aqueles que sempre sonharam em se tornar bailarinos clássicos.

Quais são as vantagens de fazer aulas de dança? A dança é certamente uma das maneiras mais agradáveis de movimentar o corpo e se divertir!

Como aprender a dançar o rock?

Entre 1920 e 1930, após o surgimento do jazz e depois de ele se tornar uma música popular norte-americana, as pessoas começaram a incorporar outros estilos, usando como base o Charleston e o Break Away. Isso passa a formar a dança própria do jazz das big bands. Na década de 1950, uma nova dança surgia em paralelo e estava buscando uma denominação. Inicialmente foi desenvolvida e nomeada como Lindy Hop, East Coast Swing, West Coast Swing e Jitterbug. É possível conferir essas referências em diversos filmes da época, como “Ao Balanço das Horas” (1956); “Ritmo Alucinante” (1956); “Mocidade Indomável” (1957); “Carnival Rock” (1957) e “Rock, Rock, Rock” (1957).

Foi nessa época que música e moda se fundiram e criaram um novo estilo: o rockabilly. O rockabilly vem do jive, e o jive vem do Lindy Hop. O conceito nasceu da união das palavras rock e hillbily, que era como as pessoas se referiam à música country na época.

Hoje, podemos diferenciar basicamente dois estilos de dança rock n’ roll, e que são confundidos com frequência.

  • Jive rock: É uma mistura de rock, boogie woogie e swing afro-americano nascida nos anos 40. É uma dança muito rápida e está presente em muitas competições; no entanto, é sempre a última a ser apresentada por ser extremamente cansativa. É necessário um alto grau de preparo físico! Para se ter uma ideia, o Lindy Hop tradicional, por exemplo, é dançado em 6 e 8 tempos. Apesar disso, o básico do jive é bem controlado e se dá em grupos de seis passos, que são fáceis de aprender e dominar. Uma dupla dançando jive apresenta grande agilidade, mas a dança não tem passos acrobáticos. É um ritmo cheio de dinamismo, alegria e muita técnica. Depois que o estilo jive chegou no Brasil, acabou integrando também outros estilos e passos, sobretudo de danças latinas, o que o fez atenuar um pouco da forma tradicional americana.
  • Rockabilly: o rockabilly, por sua vez, nada mais é que uma vertente musical típica dos anos 50, com influência principalmente do hillbilly, do country e do rhythm & blues. Entre os principais músicos estão: Jerry Lee Lewis, Carl Perkins, Elvis Presley, Buddy Holly, Gene Vincent, Wanda Jackson, Eddie Cochran e Johnny Burnette. Muitas pessoas ainda confundem a dança jive rock com rockabilly. Na verdade, quando falam de dançar rockabilly, estão se referindo ao jive rock adaptado à cultura brasileira e ritmos latinos. Mais recentemente surgiu o Rockabilly Revival, com Robert Gordon, The Polecats, Crazy Cavan. Há ainda o Neo Rockabilly, representado pelo grupo Stray Cats, que marca outro período na transição das décadas de 80 e 90 e que possui como referências as bandas Matchbox, Restless, Deltas, Long Tall Texans, Guana Batz, entre outros.

Aprenda a dançar na balada: os estilos de rua!

Existem muitos locais onde você pode dançar: na balada, claro, mas também em shows, concertos e festas dançantes. Chegou a hora de acabar com essa timidez e ir já para a pista, sem medo!

Dependendo da discoteca que você for, você vai poder dançar diferentes estilos de música: house, rock, sertanejo, forró, electro, techno, música latina, música africana, rap, ragga…

Se você já tem uma boa noção de ritmo e gosta de dançar, aqui estão algumas danças de rua que podem inspirá-lo e, quem sabe, ajudá-lo a encontrar seu próprio estilo.

  • Hip Hop: dentro dele o breakdance, o locking, o popping e o krumping.
  • O shuffle
  • O voguing
  • Dança a dois
  • O twerk

Estilos de dança na balada! Strike a pose: muitos artistas ainda usam o Vogue em suas performances. A cantora britânica FKA Twigs e a sueca Hanna Lindblad apresentam em seus clipes e performances ao vivo.

Quer saber como curtir a balada e aprender a dançar de um jeito bacana? Veja nossas dicas!

  • A roupa: escolha uma roupa na qual você se sinta à vontade para dançar, mas que ainda tenha um mínimo de estilo.
  • O desodorante: é um elemento importante na balada. E para garantir ainda mais, evite tecidos sintéticos!
  • Técnicas de abordagem: Como abordar uma garota sem ser inconveniente? Cada um tem sua estratégia, mas nunca se esqueça de que a primeira impressão é crucial.
  • Respeite o espaço dos outros: Aprenda a controlar seus movimentos e se mexa levando em conta os outros dançarinos na pista.
  • Manere nas bebidas alcoólicas: você precisa de um drink para relaxar antes de dançar? Não abuse.
  • Sorria e divirta-se: é a última e também a melhor dica. Aproveite a sua noite, divirta-se e esqueça os olhares dos outros.
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar