Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como dar aulas de mandarim?

De Carolina, publicado dia 26/06/2018 Blog > Idiomas > Chinês > Tornar-se professor de chinês

Se você é nativo chinês, estudante em mandarim, perfeitamente bilíngue… Você provavelmente todos têm uma coisa em comum:

  • Uma paixão pela China
  • Pela sua fascinante história
  • Sua cultura,
  • Sua, ou melhor, “suas” língua(s)…

Então, você sonha em se tornar um professor de chinês, mas não seguiu os estudos necessários?

A globalização exige, a língua chinesa tornou-se a linguagem do futuro. Os pedidos de cursos de chinês aumentaram acentuadamente nos últimos anos. Existem muitos estudantes do ensino fundamental e médio que já estudam mandarim!

O desejo de ensinar chinês é, para você, relacionado a:

  1. Um novo desafio intelectual?
  2. Uma obrigação para fazer bons estudos?
  3. Uma vocação para se tornar um professor?
  4. Um desejo louco de viajar para a China?
  5. Uma mudança futura para o país do dragão?
  6. Uma necessidade para impulsionar sua carreira?
  7. Uma paixão pela cultura chinesa?
  8. Você ama gastronomia chinesa?

Se para você é a razão de número 8, temos quase certeza que você vai parar em suas primeiras aulas quando entender o trabalho que dá aprender e ensinar chinês. Por isso, é importante ter muitas motivações para dar aulas de língua chinesa.

Aprenda chinês e seja professor Saber mandarim não é suficiente para dar aulas

Para todas as outras opções, encontrar o professor de chinês que atenda as suas expectativas e necessidades é essencial para o progresso. É importante, dependendo de sua principal motivação, fazer a escolha certa entre os Superprofessores de chinês!

Aqui estão as possibilidades disponíveis para você!

O que fazer para ser professor de mandarim?

O mandarim é uma linguagem complexa e exige um estudo sério. Para aprender os caracteres chineses, você precisa ser rigoroso e perseverante.

Para se envolver em uma carreira de ensino de línguas, é importante fazer um curso superior de Letras com habilitação na língua desejada!

A cultura da China é muito rica e interessante

De fato, depois de obter a aprovação no vestibular, o curso de Letras é quase a única saída. Então, para se tornar um professor de chinês, pense em tentar um curso superior na língua.

Com sua entrada na universidade, você tem a certeza de que o número de horas de ensino de idiomas permitirá que você obtenha um bom nível. Independente do fato de você já saber chinês, o nível esperado no final é o avançado, no mínimo.

O aprendizado da escrita chinesa passa pelo conhecimento de caracteres chineses. Como lembrete, existem dezenas de milhares. Há tantos que seu número exato está sujeito a controvérsias. No geral, pode ser estimado entre 40 mil e 60 mil. Pode ter certeza, até mesmo os chineses não os conhecem todos!

Normalmente, nos contentamos em aprender pelo menos mil! Isso pode não parecer muito em termos da riqueza da língua, mas já requer aprendizado regular para dominá-los!

Para impulsionar o aprendizado do chinês desde o ensino médio, é sempre bom fazer aulas de mandarim em uma escola especializada ou com um professor particular. Assim, quanto mais cedo aprender, melhor! Você chegará mais rápido ao bilinguismo!

A peculiaridade do ensino dessas seções?

Um mergulho no coração da língua é benéfico para progredir rapidamente!

Aprenda como os chineses vivem Conheça as particularidades da cultura chinesa

A seleção na entrada das seções de línguas orientais varia de acordo com a instituição (entrevista, testes de língua, vestibular, Enem…). Também é baseado nos resultados da escola, no nível da língua, mas também na motivação do aluno e nas suas aptidões.

Curso de Letras habilitação mandarim

Quais universidades tentar vestibular e Enem para fazer o curso de Letras com habilitação em mandarim?

Qual será a universidade capaz de realizar esse sonho? Ela se situa na minha cidade ou próxima?

Vamos ver um exemplo de curso de chinês em uma das principais universidades do Brasil, a USP, que oferecem curso de Letras com habilitação em mandarim.

Departamento de Letras Orientais – USP

A Universidade de São Paulo (USP) possui um departamento em sua Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas específico em Letras Orientais.

Além do chinês, você pode aprender árabe, armênio,  coreano, hebraico, japonês e russo nesse departamento.

Para a habilitação chinês, você pode seguir seus estudos em: graduação, pós-Graduação, pesquisa e extensão.

Eles oferecem 15 vagas todos os semestres para alunos que queiram cursar Letras com habilitação em chinês.

É preciso curso superior para ensinar mandarim?

Se a primeira condição para dar aulas de mandarim – chinês é ter um bom nível na língua, você já deve imaginar a resposta para essa pergunta.

Mas na verdade, o importante é você ter pelo menos um nível acima de seus respectivos alunos. Claro que o ideal é você ter nível avançado ou fluente em todos os casos. Por exemplo, se você der uma aula de introdução na língua chinesa, você pode ter um nível intermediário. Fora casos como esse, não é possível dar aulas sobre algo se você não conhece bem suas particularidades.

O número de estudantes que desejam aprender chinês está aumentando acentuadamente.
As aulas particulares, então, são uma das possibilidades de se tornar um professor de língua chinesa.

Como professor particular, nenhum nível é exigido estritamente falando, mas são seus alunos potenciais que farão sua própria seleção de acordo com seus critérios. Para melhorar suas habilidades, é importante ser capaz de justificar um bom nível de prática e destacar suas habilidades de ensino.

Para isso, você pode incluir:

  • Mencionar os estudos em língua chinesa realizados,
  • Destaque suas experiências na China (expatriação, intercâmbio universitário),
  • Passe o HSK, o teste de referência em chinês, equivalente ao TOEFL para inglês.

Como escolher seu professor de mandarim?

Chineses nativos ou descendentes de nativos

Essas pessoas são imigrantes chineses, bem como seus filhos, ou estudantes chineses que estão estudando no Brasil. Esses professores têm uma vantagem considerável: o chinês é sua língua materna!

Faça aulas de chinês Xangai é uma cidade impressionante, visite-a!

Há uma comunidade chinesa cada vez mais estabelecida no Brasil!

Descobrir a China através de aulas particulares de idiomas é possível com um nativo ou com um entusiasta.

Quer visitar Xangai? Nada melhor que aperfeiçoar seu chinês com um ex-morador da China ou um nativo que o apresentará a cidade!

Professores de pós-graduação de chinês

Os professores graduados em chinês, que ensinam ou não na faculdade ou no ensino médio, também são numerosos entre os professores particulares.

Com um perfeito conhecimento dos programas de ensino de língua chinesa no ambiente escolar, eles seguiram, de certa forma, o currículo ideal do professor chinês!

Um dos aspectos positivos desses professores?

Suas habilidades de ensino que lhes dão uma excelente propensão para se adaptar a cada aluno. Com um professor qualificado, o aluno desfruta de um curso de mandarim chinês individualizado, adaptado às suas necessidades e ao seu nível escolar.

O professor propõe uma abordagem didática personalizada de acordo com os eixos de progressão determinados de acordo com o aluno ou seus pais, como:

  • Prática oral de chinês e trabalho em pronúncia e tons diferentes,
  • Memorização de caracteres chineses,
  • Escrita de caracteres chineses, caligrafia,
  • Memorização do vocabulário básico,
  • Construção de frases em chinês,

Para progredir efetivamente, a escolha do professor de chinês é importante. As aulas particulares são baseadas em confiança e troca. Esse é todo o interesse de um aula particular. Ser capaz de se beneficiar de uma educação individualizada e personalizada.

Quais qualidades ter para dar aulas de chinês?

É simples dizer “quero aprender a falar chinês”, mas, na realidade, a língua chinesa abrange uma diversidade impressionante. Como futuro professor, é imperativo conhecer a história da língua e seus derivados…

As marcas da civilização, ou melhor, das civilizações chinesas, através dos séculos (para não dizer dos milênios) é incrivelmente rica.

Por exemplo:

  • Não há idioma chinês, mas 81 idiomas e dialetos registrados na China,
  • Muitas línguas na China levam os nomes das pessoas que as falam,
  • A língua oficial da República Popular da China é o mandarin padrão, mas há outra forma de mandarim, o mandarim tradicional,
  • O Wu é falada por 77 milhões de falantes e está, portanto, na frente do cantonês, e seus 71 milhões de falantes,
  • As línguas chinesas não são faladas apenas na China. O mandarim padrão é também o idioma oficial de Taiwan e Singapura. Cantonês é falado em Macau e o Wu em Xangai,
  • O mandarim era originalmente a língua do norte e nordeste do país. Hoje é a língua chinesa com mais falantes no mundo, com impressionantes 850 milhões.

Conhecer a China: ter viajado, trabalhado ou estudado no local

Seus cursos de civilização chinesa mergulharão você no coração dos grandes imperadores da China, mas tudo isso permanece apenas teórico. Isso não pode permanecer teórico. Como professor de chinês, você deve ter visto tudo isso.

Livros e livros didáticos não são suficientes para ensinar a língua chinesa, mandarim e cultura chinesa a estudantes de aulas particulares!

Conhecer um país exige mergulhar totalmente nele.

Então, isso quer dizer viajar para a China, trabalhar na China, estudar na China! Essa é a melhor maneira de aprender e construir uma experiência pessoal, em contato com as pessoas.

Aprenda mandarim e as particularidades do país Os chineses têm milênios de história

Descubra a cultura e história chinesa através de viagens. Saia das rotas turísticas para mergulhar no coração da China!

Não podemos dizer que conhecemos um país porque passamos 15 dias, fizemos um tour, descobrimos algumas curiosidades do patrimônio e algumas refeições locais. Neste caso, você terá visto apenas uma faceta da China e, novamente, tão redutiva.

E se você tiver a oportunidade de estudar ou trabalhar na China? Uma experiência que lhe trará um conhecimento muito mais profundo da China e dos chineses. Seus colegas ou amigos estudantes locais lhe apresentarão a China.

Conheça os caracteres chineses para transmitir aos alunos

Você pode começar a ensinar sem ser totalmente bilíngue. Esse é o caso de estudantes que dão aulas particulares para estudantes universitários, por exemplo. Porque sim, existem todos os tipos de perfis de professores de língua chinesa!

No entanto, se você pretende se tornar um professor de chinês (o que devo saber?) e fazer disso sua carreira profissional, você terá que conhecer um número impressionante de caracteres chineses.

Para se ter uma ideia, devemos saber entre 400 e 800 para saber o básico de chinês. Mas existem várias dezenas de milhares entre as quais muitos variantes do mesmo caractere.

Diga a si mesmo que, ao se tornar um professor de chinês, sempre há material para aprender novos caracteres chineses.

Os caracteres chineses estão divididos em várias categorias principais:

  • Os ideogramas, que representam uma ideia,
  • Os pictogramas, que representam um objeto,
  • Os ideofonogramas, que representam simultaneamente som e significado.
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar