Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

O que você sabe sobre o mundo dos esportes de combate?

De Glicia, publicado dia 26/02/2019 Blog > Esporte > Boxe > Saiba tudo sobre o universo do boxe

O boxe é um dos esportes de combate mais populares do mundo. Enquanto o número de praticantes está em constante crescimento (+ 25% no mundo desde 2016), alguns fatos deste universo ainda é desconhecido de muitos.

Por exemplo: você conhece os maiores pugilistas do mundo? As boxeadoras que marcaram os ringues? Você sabe como funciona uma federação de boxe e os títulos e cinturões?

Se você tem curiosidade em saber todas estas coisas, não deixe de ler nosso artigo. Reunimos aqui tudo que você precisa saber!

Os grandes nomes do boxe feminino

Seja no boxe profissional ou amador, as mulheres estão invadindo os ringues e mostrando que não estão para brincadeira. Desde que a modalidade de boxe feminino foi aceita nos Jogos Olímpicos, viu-se um aumento considerável no número de mulheres que praticam o esporte.

Mulheres que fizeram nome nos esportes de combate Ronda Rousey, a princesa do MMA.

veja a seguir as mulheres que ficaram famosas no universo do boxe, seja por seus títulos mundiais ou medalhas nos Jogos Olímpicos:

  • Myriam Lamare: que ganhou o campeonato de boxe na França;
  • Sarah Ourahmoune: que teve o privilégio de lutar ao lado de grandes nomes do boxe, no campeonato europeu, do qual foi vice-campeã, além de ter ganho também um título de campeã em boxe amador;
  • Cécilia Braekhus: para a norueguesa, praticar boxe é essencial, e é por isso que ela está invicta até agora, com 29 vitórias, incluindo 8 por KO;
  • Christina Hammer: de origem cazaque, esta alemã se sente tão à vontade nos ringues que foi eleita boxeadora do ano pela WBO graças ao seu talento no esporte;
  • Ikram Kerwat: adaptando do boxe e do judô, ela ganhou o título supremo da WBU nos Estados Unidos;
  • Estelle Mossely: Ela é a primeira campeã olímpica no boxe feminino. Assim como seu marido, Tony Yoka, ela trouxe uma medalha de ouro para seus compatriotas;
  • Mariana Juarez: a mexicana nascida em 1980 seguiu um caminho atípico: depois de várias lutas livres em seu país de origem, ela pede a seu agente que encontre adversários a sua altura nos Estados Unidos;
  • Laila Ali: agora afastada dos ringues, esta campeã mundial por K.O (21 vezes) permaneceu invicta. Seu nome talvez seja familiar para vocês e não é à toa.  Ela é nada mais, nada menos que a filha do grande campeão Mohammed Ali. Tão tática quanto seu pai, Laila Ali conseguiu construir seu próprio nome no meio. Além disso, a luta entre ela e Avril Fowler permanecerá nos anais, com seus 31 segundos de duração;
  • Ronda Rousey: Ronda é uma das atletas mais populares da última década, graças ao sucesso que obteve no UFC (Ultimate Fighting Championship). Ela é uma das lutadoras de MMA mais conhecidas do mundo – senão, a mais conhecida. Ela sabe como lutar e colocar suas adversárias K.O.  no primeiro round.

E claro que não poderíamos deixar de citar as brasileiras que brilham nos ringues! O desempenho das boxeadoras brasileiras tem enchido de orgulho e de esperança os organizadores do esporte no País. A paulista Roseli Feitosa, 22 anos, e a baiana Adriana Araújo, 29, são as responsáveis pelo otimismo. Elas já conseguiram um feito inédito na história do pugilismo feminino nacional ao conquistarem medalhas de ouro no Pré-Pan.

Roseli foi eleita revelação do Pré-Pan em 2011 e melhor atleta da competição – entre homens e mulheres. Outra brasileira que se destacou no boxe foi Rose Volante, de 35 anos. Ela alcançou uma façanha inédita para o boxe nacional em 2017.

Ao vencer a argentina Brenda Carvajal por pontos no país da adversária, se tornou a primeira mulher nascida no Brasil a conquistar um título da OMB, a Organização Mundial do Boxe.

Veja quem são as mulheres que brilham nos ringues!

Quais são as maiores federações de boxe do mundo?

Você sabe qual é a diferença entre uma federação internacional e uma nacional? Do ponto de vista prático e técnico, não há diferenças. Ambas servem para gerenciar os lutadores, treiná-los e transformá-los em grandes campeões.

entenda como funciona as federações de boxe O tão sonhado cinturão da WBC.

Podemos dizer que a diferença maior está na envergadura e no reconhecimento da organização e, consequentemente, na visibilidade que ela vai proporcionar aos seus atletas.

Enquanto uma federação nacional só tem meios de impulsionar seus boxeadores dentro dos limites de seus territórios, as federações internacionais podem transformar lutadores de boxe em verdadeiras “rockstars“.

Quando o assunto é boxe, as quatro federações que inevitavelmente se destacam são:

  • WBA
  • IBF
  • WBC
  • WBO

A WBA (World Boxing Association), é a mais antiga de todas. Fundada em 1921, a WBA substitui a NBA, Associação Nacional de Boxe (cujo acrônimo agora é usado no basquete) em 1962, tornando-se a federação mais antiga, dividida em três categorias, elas mesmas divididas em subcategorias: pesos-leves, meio-médios, pesos-pesados e pesos-pesados super.

Já a WBC (World Boxing Council), é provavelmente a mais conhecida das federações internacionais de boxe. Fundada em 1963 por 11 países (América Latina, mais Estados Unidos, França e Reino Unido), a WBC é uma das mais divulgadas e conhecidas federações internacionais de boxe.

A WBC organiza seus campeonatos mundiais com os lutadores americanos que dominam o ranking. No total, 7 deles estão presentes em um total de 18 categorias, incluindo o middleweight (Keith Truman) e o super welterweight(Jermell Charlo).

A IBF (International Boxing Federation), é a maior federação de boxe do mundo! Fundada em 1983, é a principal sucessora da USBA (United States Boxing Association). Enquanto os campeões e aspirantes são de todas as nacionalidades, não podemos apagar da memória a luta entre Tony Tucker, o queridinho da IBF, que sucumbiu à potência  Mike Tyson, um dos maiores pugilistas do seu tempo.

E por fim, temos a WBO (World Boxing Organization), que é a mais recente de todas, mas não menos importante. Foi fundada em 1988, a WBO assistiu a um dos confrontos mais espetaculares em seus torneios. Sua maior luta, pelo menos a mais divulgada, foi a de McGregor, invicto campeão do MMA (na federação do UFC), contra Mayweather, que foi destituído de seu título de campeão da WBO antes da famosa luta.

Existem outras federações menores e menos conhecidas, mas estas quatro com certeza são as que lideram o mundo do boxe.

Saiba tudo sobre as Federações Internacionais de Boxe.

Os grandes nomes do boxe masculino

Muitos homens gostariam de vestir luvas de boxe e entrar em um ringue, mas nem todos têm o talento para tal! O boxe amador concentra a grande maioria dos praticantes da nobre arte, e apenas um punhado de atletas consegue subir ao podium.

os melhores pugilistas da história do boxe Mohammed Ali, sem dúvida o maior boxeador de todos os tempos!

Veja a seguir a lista dos maiores campeões da história do boxe:

  • Mohammed Ali: Mohamed Ali, que ganhou muitos títulos mundiais na categoria peso-pesado. Seu arsenal de vitórias não é inferior a 56 lutas, incluindo 37 por K.O. Ali foi o único campeão da categoria peso-pesado a ter levado os três cinturões da federação. Ele oferece aos fãs uma antologia de lutas clássicas de arrepiar qualquer apreciador do esporte: contra Joe Frazier (1 derrota, 2 vitórias), George Foreman e  Larry Holmes (o único contra o qual ele perdeu várias vezes);
  • Marcel Cerdan: evoluindo na categoria peso-médio, ele totalizou 123 lutas profissionais (incluindo 61 vitórias por K.O). Apelidado de “o homem com mãos de prata”, algumas de suas lutas contribuíram para sua notoriedade;
  • Henry Armstrong (Hurricane Hank): nos ringues como profissional de 1932 a 1945, Armstrong é o primeiro a vencer não um campeonato mundial de boxe, mas três! Naquela época, levar três cinturões era um feito inigualável, especialmente em três categorias: peso-pena, peso-leve e meio-médio;
  • Jack Dempsey: um grande boxeador, apaixonado pelo esporte e inventor do “Dempsey Roll”, uma técnica de jogo de pernas e esquivas, ele é o primeiro campeão de boxe “moderno” e, acima de tudo, o primeiro superastro da disciplina. Ele entrou no ringue pela primeira vez em 1917. Com o tempo, acumulou prêmios e lutas de prestígio, tendo 50 vitórias por KO em 61 lutas na carreira;
  • Ray “Sugar” Leonard: Campeão olímpico em 1976 (Montreal), Ray “Sugar” Leonard frequentou os ringues por 20 anos entre 1977 e 1997. Sua medalha de ouro nos Jogos Olímpicos vai lançar sua carreira como boxeador profissional e proporciona encontros e lutas de prestígio. Dentre elas, a luta contra Roberto Durano, que ficou conhecida como “no more”, em 1980. Foi nesta ocasião que ele recuperou o título mundial perdido no ano anterior;
  • Julio César Chaves: há 25 anos, o mexicano Julio César Chavez é o queridinho da mídia: sua carreira começou em 1980, com uma primeira vitória, que vai anteceder outras 88! Foi só em 1993 que ele conheceu seu primeiro empate. Uma verdadeira máquina nos ringues, ele é apelidado de “J.C Superstar” por seus fãs;
  • Joe Frazier: na categoria dos pesos-pesados e super-pesados, Joe Frazier é uma lenda. Seu estilo ofensivo permitiu que ele ganhasse um título olímpico, um campeonato mundial WBA e um título de boxe WBC. Em 1971, ele entrou no ringue para uma luta contra Mohammed Ali, para o que foi descrito como “luta do século”;
  • Jack De La Motta: este boxeador de rua, apelidado de “touro raivoso”, é conhecido por sua luta contra Marcel Cerdan em 1949, permaneceu infame, embora tenha saído vitorioso. A revanche nunca pode ser feita, pois Cerdan morreu antes;
  • Oscar De La Hoya: campeão olímpico, duplo campeão WBO, 45 lutas profissionais, incluindo 30 K.O. La Hoya é impressionante! Ele é igualmente ativo no boxe amador, onde tem mais de 220 títulos. Ele é considerado a maior “atração” no mundo do boxe, pois suas lutas teriam gerado mais de um bilhão de dólares em lucros;
  • Mike Tyson: Mike Tyson foi coroado campeão muitas vezes, graças ao seu lendário soco. Ele gosta de desafiar seus oponentes: com seu ataque poderoso e suas atitudes ofensivas, ele assustou muitos!Seu confronto com o temível Evander Holyfield, em 1997, ficou conhecido por um incidente inesperado: Tyson, tomado por um acesso de raiva, mordeu a orelha de seu oponente;
  • Bernard Hopkins: Ele faz parte de uma geração de atletas que conseguiu quebrar todos os recordes. Hopkins descobre o boxe francês na prisão e tenta variantes como o kickboxing. Dotado e talentoso, ele aderiu a um clube de boxe após sua saída da prisão e começou a frequentar os ringues profissionais;
  • Acelino “Popó” Freitas: não poderíamos deixar de falar sobre o boxeador brasileiro Popó, tetracampeão mundial em duas categorias diferentes de boxe. Popó iniciou sua carreira com 14 anos como amador! Com a conquista da medalha de prata no Pan, Popó passou a lutar no boxe profissional;
  • Floyd Mayweather: Invicto desde 1996, Mayweather tem apenas … zero derrotas na sua carreira, o que o coloca entre os maiores lutadores de todos os tempos! Em 2017 ele é convidado por Conor McGregor, um campeão de MMA  para retornar aos ringues para uma luta final. Mayweather deixou a carreira de boxeador com mais uma vitória e um grande sucesso!

Conheça os maiores boxeadores do mundo!

As lutas mais lendárias dos ringues

Algumas lutas de boxe merecem mais atenção do que outras. Alguns combates se tornaram lendários, devido a um resultado inesperado, uma intensidade de luta incomparável ou um dueto original de lutadores.

as melhores lutas de boxe Mayweather vs McGregor: sem dúvida alguma uma luta antológica!

A seguir, as lutas que marcaram a memória dos fãs de boxe:

  • Mohammed Ali vs Joe Frazier, e o resultado inesperado que desbancou o campeão do mundo, Ali, em 1974;
  • Mohammed Ali vs Richard Dunn, que marcou a última vitória de Ali por KO, em 1976;
  • Ray “Sugar” Leonard vs Roberto Duran, que permitiu a Sugar de recuperar o cinturão, em 1980;
  • Ray “Sugar” Leonard vs Marvin “Maravelous” Hagler, na qual Marvelous é destronado por Sugar, em 1987;
  • Marcel Cerdan vs à Jake La Motta, onde La Motta coloca o campeão francês, Cerdan KO, em 1949;
  • Mike Tyson vs Evander Holyfield, uma luta que se tornou conhecida pelo fato de Tyson, num acesso de raiva, ter mordido a orelha de seu adversário, em 1997;
  • Arturo Gatti vs Micky Ward, considerado melhor combate do ano, em 2002;
  • Mayweather vs De La Hoya, luta altamente divulgada pela mídia, em 2007;
  • Mayweather vs McGregor, lo último combate do grande campeão do mundo de boxe contra o campeão de MMA, em 2017.

Confira nossa compilação das lutas de boxe mais lendárias.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar