Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares Artes e Lazer Esporte
Compartilhar

Como as aulas particulares ajudam na língua japonesa?

De Carolina, publicado em 20/04/2018 Blog > Idiomas > Japonês > Aprenda japonês com um professor particular

As aulas particulares interessam mais e mais pessoas em busca de uma educação específica.

Há duas razões para isso: o preço competitivo (comparado a outras ofertas) e o monitoramento individualizado que ajuda o aluno a progredir no seu próprio ritmo.

A gente já conhece as aulas particulares em casa, na casa do professor ou em seu escritório, certo? Mas você sabe que também pode usar um pedagogo para melhorar suas habilidades em muitas matérias?

Para as aulas de japonês também, você sabia? As línguas fazem obviamente parte disso.

Essa língua rara não é oferecida em todas as instituições de ensino (ensino médio ou superior – faça curso de japonês), por que não pedir ajuda de um especialista em língua japonesa?

  • Como fazer isso?
  • Quanto custa?
  • Quais são os perfis desses professores?

Nós lhes falamos tudo para aprender o japonês efetivamente!

Onde encontrar aulas particulares de japonês?

Antes de tudo, para fazer aulas de japonês no ensino médio, você precisa encontrar uma organização especializada.

Saiba sobre a civilização milenar e o japonês Kimono, história, conheça as várias tradições japonesas

 

Existem vários tipos de escolas, centros culturais que podem acompanhá-lo a estudar a língua do país do sol nascente.

As escolas e as instituições de aulas particulares

Há diferença entre as escolas que oferecem aulas particulares e as instituições que divulgam professores particulares. Isso depende do estatuto que cada pessoa utiliza.

No caso de uma escola de idiomas, a instituição contrata professores de japonês. Eles são, portanto, empregados da empresa e você é um cliente. No caso das aulas particulares, muitas vezes a escola cobra uma parte do salário do professor. Isso acontece porque as aulas são dadas na infraestrutura da escola e o aluno chegou ao professor através da escola.

Já as plataformas que divulgam perfis de professores particulares não têm empregados professores. Eles facilitam o contato entre professor e aluno. O professor, então, se torna empregado do aluno. Você é, portanto, o empregador de seu professor particular.

Assim, esse tipo de organização desempenha o papel de intermediário. Eles não são responsáveis pela prestação de serviço do professor.

As organizações de procuradores são mais frequentes no setor de ensino particular.

Vamos fazer uma seleção de escolas que oferecem aulas coletivas e individuais de japonês:

  • Kumon: ele é famoso por ensinar matérias como matemática, português e japonês com um método específico do Japão. Os alunos aprendem a ser mais independentes.
  • Wizard: a rede de escola de idiomas oferece aulas de várias línguas, inclusive japonês. O aluno pode optar por aulas coletivas e particulares.
  • Skill: também rede de escola de idioma que também tem a opção de cursos de japonês.

Você também pode aprender japonês desde criança!

As plataformas de vinculação

Com o surgimento da internet, muitos sites são dedicados ao aprendizado da cultura japonesa.

Além de oferecer aulas de japones online através de vídeos, webcam, existem sites que permitem encontrar facilmente um professor japonês. Superprof é um deles!

Então, com relação à nossa plataforma, pedimos aos professores que criem o  seu perfil na plataforma. Isso permite que você conheça seus diplomas, sua experiência, o preço da hora/aula e seu método de aprendizado.

Você escolhe o professor que lhe interessa. Para ter o contato dele, você entra no site, paga a taxa de inscrição e você trata os detalhes do curso diretamente com o professor.

Aprenda também a cozinha do Japão As maravilhas da culinária japonesa!

Nosso objetivo: ajudar os alunos que desejam melhorar a escrita, a pronúncia, a compreensão da língua japonesa ou conhecer mais sobre a cultura japonesa para encontrar o professor que atenda às suas expectativas.

Associações e centros culturais

Finalmente, a última possibilidade: entrar em contato com uma associação ou centro cultural nipo-brasileiros.

Para saber mais sobre a terra do sol nascente sem ficar pobre, procure a comunidade japonesa mais próxima de você. Frequentar um centro nipo-brasileiro é uma boa maneira de aprender mais sobre a cultura japonesa.

Você encontra dois tipos: associações pagas e associações livres (totalmente ou pedindo o pagamento de uma taxa anual).

Por exemplo:

 

  • Aliança Cultural Brasil – Japão (São Paulo – SP)
  • Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (São Paulo – SP)
  • Japan House (São Paulo – SP)
  • Centro Brasileiro de Língua Japonesa (São Paulo – SP)
  • Escola Modelo de Língua Japonesa de Brasília (Brasília – DF)
  • Escola Modelo de Língua Japonesa de Goiânia (Goiânia – GO)
  • Curso de Língua Japonesa Aliança (Brasília – DF)
  • Escola de Língua Japonesa de Paracatu (Paracatu – MG)
  • Escola de Língua Japonesa de Palmas (Palmas- TO)
  • Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (São Paulo – SP)
  • Associação Cultural Brasil-Japão da Paraíba (João Pessoa – PB)

Todas as regiões têm um centro que pode acomodar você.

Você encontrará cursos para pessoas do nível básico ao fluente que o ajudarão a:

  • Aprender katakana, hiragana e kanji (caracteres chineses);
  • Dominar a gramática japonesa
  • Memorizar novas palavras do vocabulário japonês
  • Interessar-se pela história do Japão;
  • Expressar-se na língua facilitando a comunicação com japoneses;
  • Agendar uma viagem de estudo de idioma para o Japão!

Algumas dicas para escolher seu professor japonês

Dado o número impressionante de professores japoneses, pode parecer difícil escolher.

Por outro lado, se você infelizmente tem uma oferta limitada perto de você, como você pode ter certeza de não desperdiçar dinheiro em aprender um idioma?

Nós damos a você alguns critérios importantes para escolher seu professor.

Qual é o seu objetivo?

A primeira pergunta é: por que procurar um professor de japonês?

Faça aulas de japonês Quantas belezas japonesas para conhecer…

Quer aprender mais sobre esse país que te fascina? Quer morar lá? Para o trabalho?

De qualquer jeito, é necessário responder essas perguntas sobre seus motivos e o tempo que tem para atingi-lo.

Porque, claro, aprender japonês em 6 meses vai impor um ritmo mais rápido que se você não estivesse com pressa para aprender o idioma.

Saiba mais sobre diplomas e experiências

Depois de definir com precisão suas motivações, você deve se interessar pelo profissional.

A primeira coisa a saber: seus diplomas e suas antigas experiências.

Porque, obviamente, um estudante em japonês será menos eficaz que um especialista em ensino de línguas por muito tempo.

Além disso, o professor é japonês (estude a língua no Japão)? Tem como língua materna o japonês? Ou é bilingue japonês português?

Se ele não é nenhum dos dois, pergunte sobre suas habilidades para lhe ensinar.

Quanto custa?

Seu orçamento também é um critério a ser considerado antes de você começar a aprender o idioma de Kyoto e Tóquio.

Para aprender uma língua, é preciso trabalho e um investimento diário que é particularmente longo.

Então, planeje um orçamento que se estenda por vários meses ou até anos. Caso contrário, você não pode esperar progredir a longo prazo.

Seja para aprender a ler e escrever, para assimilar cada caso gramatical complexo, para conhecer cada verbo importante e saber escrever todos os tipos de frases corretamente: leva tempo.

Então, defina seu orçamento e veja que tipo de professor você pode pagar.

Qual é o seu método de ensino?

Finalmente, se puder, reserve algum tempo para discutir com o especialista sobre o seu método de ensino.

Você sabe que aprendemos melhor nos divertindo?

É por isso que é importante chamar um professor que saiba ouvir as necessidades e desejos de seus alunos.

Por exemplo, se você é fã de mangá ou videogames japoneses (Nintendo!), chamar um professor que usa esse tipo de suporte para aprender o idioma pode fazer com que você tenha mais vontade de progredir.

Se você ama música, filmes, literatura ou história, é a mesma coisa.

Não é por acaso que os professores usam jogos para nos ajudar a assimilar certos conceitos desde a nossa infância. Há evidências de que um aprendizado divertido nos permite memorizar informações com mais facilidade.

Podemos progredir em japonês com videogames e mangás? Você é fã de quadrinhos? Diga ao seu professor particular.

Mas jogos não são somente brincadeira! Saiba que eles podem nos incentivar a querer saber mais.

Que sorte! Há muito material divertido para o aprendizado de japonês!

Alguns exemplos de professores japoneses

Nós escolhemos diferentes perfis de professores que você pode encontrar em nosso site. Assim, você terá uma ideia do que pode encontrar com perfil para fazer aulas de japonês.

Tudo pronto para aprender a difícil língua japonesa?

Dê curso da língua do Japão As crianças gostam de aulas particulares de japonês

O Brasil tem muitos professores que ficam felizes em compartilhar seus conhecimentos.
Você não precisa ir ao Japão para encontrar um professor especialista no idioma japonês.

São Paulo

Marcia

“Japonês dinâmico escrita e oral para iniciantes até intermediário, aulas realizadas conforme o perfil de cada aluno.
Metodo de ensino dinâmico, respeitando o tempo do aluno e suas expectativas, mediante a aulas presenciais ou online.
Foco na conversação e escrita.
Formando alunos com segurança no idioma, experiências na atuação como profissional e estudantes no Japão, metodo de conversação e escuta compreensível com repetição na língua nativa, conversação do cotidiano para iniciantes, escrita com palavras simplificadas e frases iniciais para compreensão.”

Salvador

Nelson Lucas

“Professor de Japonês com nível JLPT N3 dá aulas para níveis básico e intermédiário em Salvador ou por Skype
– Aulas focadas em conversação de utilização comum;
– Pouco foco em escrita e gramática inicialmente;
– Técnica de ensino baseada no desenvolvimento cognitivo de crianças;
– Valorização do diálogo sobre assuntos de interesse do aluno, visando aprendizado de vocabulário útil à vida do mesmo (Política, Animes, Manga, Dorama, Cultura, etc.)”

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar