Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Japão: tudo sobre a cultura dos mangás

De Marcia, publicado dia 16/08/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Aprendendo japonês pelos quadrinhos

Quando pensamos na cultura japonesa, não podemos esquecer um dos aspectos mais interessantes e desenvolvidos da economia deste país: os mangás, estes quadrinhos japoneses compostos em série e publicados em revistas, com milhões de cópias vendidas.

Estas obras de arte podem nos levar a aventuras incríveis a cada volume. O sucesso dos mangás não precisa mais ser provado e eles são agora parte da cultura pop global. Acrescente a isso a animação japonesa, estatuetas e outras guloseimas e nós ganhamos um mercado gigantesco, especialmente no Brasil.

O Superprof proporciona hoje a você descobrir o mundo do mangá japonês de vários pontos de vista: o mangá mais popular, os personagens mais famosos, o método de ler o mangá e finalmente como apreciar o mangá japonês. Se você ainda não é um otaku ou não é um leitor de mangá, não vai demorar muito a adentrar esse universo!

Os mangás mais bem sucedidos do mundo

Alguns mangás são conhecidos e apreciados pelos fãs, mas outros se tornam uma verdadeira febre. Quer exemplos? Naruto, Dragon Ball ou Bleach. Listamos para você alguns dos mangás mais populares do mundo!

Existem mangás conhecidos no mundo todo por suas histórias.

One Piece, o mangá mais popular

É impossível não mencionar o mangá mais vendido do mundo, o trabalho de Eiichiro Oda, o One Piece!

Luffy sonha em se tornar o rei dos piratas ao encontrar o tesouro de Gold D. Roger e, com sua equipe de choque, ele viaja pelos mares e luta contra os outros piratas com punhos elásticos. Essas aventuras fascinantes levam você para o céu, debaixo d’água, o deserto… tudo isso em 92 volumes de pura adrenalina!

My Hero Academy, um enorme sucesso

Desde 2014, Kōhei Horikoshi nos ofereceu uma nova experiência na revista de mangá Shonen Jump: My hero academy, um shonen de sucesso no mundo todo!

Você vai ter a honra de conhecer Izuku Midoriya, uma humana sem poderes em um mundo onde 80% das pessoas os têm. Ela sonha em se tornar um super-herói, juntando-se à grande academia de Yuei, mas é claro que isso não é tão simples assim. A obra tem 22 volumes.

Hunter X Hunter, uma homenagem

Yoshihiro Togashi é um mangaka que já era conhecido após a publicação de Yu Yu Hakusho na Shonen Jump. Em 1998, ele voltou para a pista com outro mangá: Hunter X Hunter, um shonen onde seguimos as aventuras de Gon, que procura se tornar um caçador como seu pai.

Durante a batalha, ele faz amigos inabaláveis ​​e um grande inimigo, então suas aventuras continuam, entre humor e tristeza, em busca de poder!

Berserk, o Seinen saindo do jogo

Nem todos os mangás populares são shonen: Berserk é um exemplo. Este seinen medieval-fantasia-horror criado por Kentaro Miura tem 40 volumes publicados desde 1989, com uma frequência de lançamento infelizmente muito longa.

Esse mangá conta a história de Guts, um mercenário que conhece Griffith, chefe da tropa de Falcon. Juntos, eles vivem aventuras. Guts deve então continuar a viver neste mundo devastado pela guerra, monstros e abuso, enquanto tenta proteger a pessoa mais querida para ele…

Adiantamos que Berserk não é um mangá para os medrosos. Em uma atmosfera muito obscura, ele nos mostra um retrato assustador mas realista da alma humana, entre brigas e momentos de graça!

Para ler a versão original, faça aulas de japonês online.

Como começar a ler mangás?

Ler um mangá pela primeira vez não é fácil quando você nunca teve um quadrinho japonês em suas mãos. Existem muitos gêneros, tipos específicos e códigos de leitura para serem lembrados. O Superprof pode ajudá-lo a descobrir quais são os passos para começar a ler um mangá!

Escolha uma série de mangás

Existem vários tipos de mangá que correspondem a um público alvo e que dependem, em particular, do editor que os publica. Isso pode dar uma ideia inicial dos tópicos abordados nessas histórias:

  • O Shonen, mangá para meninos (principalmente aventura, ação e fantasia);
  • O Shojo, mangá para meninas (principalmente romance e vida escolar);
  • O Seinen / Josei , mangá para jovens adultos (principalmente drama, suspense, horror e ficção científica);
  • O Kodomo, mangá infantil (principalmente aventura).

No entanto, esses tipos de mangá não refletem totalmente o que você vai encontrar. Por exemplo, um mangá como Death Note tem muitos critérios que podem ser encontrados em um Seinen, mas é considerado um Shonen desde que foi publicado na Shonen Jump.

Devemos, portanto, nos referir aos tipos de mangás que são muito numerosos e oferecem mundos totalmente diferentes.

Existem alguns macetes que você precisa aprender, como o sentido de leitura do mangá.

Você também pode fazer sua escolha com base na duração do mangá, sua popularidade e, claro, seus interesses pessoais. Se você é jovem, vá para um Shonen ou Shojo, enquanto se você for mais velho, pode gostar mais de um Seinen!!

Padrões de leitura japoneses

A primeira coisa a entender quando se quer ler um mangá é a sensação de ler diferente da que conhecemos no Ocidente. De fato, o mangá segue a direção da escrita japonesa, da direita para a esquerda e de cima para baixo. Assim, você lerá a página direita antes da página esquerda!

Da mesma forma, em uma página de mangá, você lerá a miniatura no canto superior direito primeiro, depois as deixadas no mesmo plano, depois as que estiverem na parte inferior, para finalmente chegar à miniatura inferior esquerda. Dito isso, pode parecer complicado mas, na prática, você vai assimilar rapidamente!

Também é necessário entender o significado do fundo. Se geralmente é branco, também pode ser preto: neste caso, a ação acontece no passado, como parte de memórias ou um flashback. Um fundo de transição, degradado entre preto e branco, significa que passamos do presente para o passado ou vice-versa.

As expressões faciais dos personagens também podem ser difíceis de entender, pois correspondem aos códigos gráficos japoneses. Assim, vermelhidão, suspiros, hemorragias nasais, desconforto ou expressão de raiva estão entre os elementos recorrentes em todos os mangás.

Os efeitos sonoros e onomatopéias são também representados na página, ou seja, os barulhos, gritos, risadas, etc.

As figuras mais emblemáticas dos quadrinhos japoneses

O mangá se tornou tão popular no mundo que agora os personagens dessas histórias japonesas se apresentam como verdadeiros embaixadores da cultura japonesa internacionalmente.

Há personagens dos mangás que se tornaram famosos no mundo todo.

Os leitores os amam porque são tocantes, engraçados ou totalmente durões. Aqui está uma lista dos personagens de mangá mais populares do mundo!

Seiya, o cavaleiro de bronze de Athena

Assim como Son Goku ou Pikachu, Seiya é um dos personagens mais reconhecidos nos quadrinhos japoneses, porque ele é o protagonista de um mangá publicado na Shonen Jump e chegou ao Brasil em forma de anime: estamos falando, é claro, dos Cavaleiros do Zodíaco , em outras palavras, Saint Seiya !

Seiya é um cavaleiro de bronze a serviço da reencarnação de Athena e está associado à constelação de Pégaso. Com os outros cavaleiros de bronze, ele luta contra as forças do Hades na grande guerra milenar que se opõe a esses deuses!

Sasuke Uchiwa, um ninja torturado em Konoha

A partir de agora, o nome de Naruto se tornou tão famoso quanto o de Son Goku ou Ken. Na verdade, este mangá teve um sucesso deslumbrante nos anos 2000 até 2014, data do final de sua publicação. Entre os personagens principais desta história ninja, Sasuke é, com seu rival Naruto, o preferido dos fãs!

Este anti-herói, às vezes desagradável, é um homem moreno de cabelo escuro, cujo objetivo é vingar a morte de todo o seu clã, causada por seu próprio irmão. Para isso, ele vai se associar às pessoas erradas e, assim, juntar-se ao lado sombrio… e não podemos contar mais…

Sebastian Michaelis, um demônio mordomo

Você pode não conhecer o mangá Kuroshitsuji, ainda intitulado Black Butler, mas seu sucesso é fenomenal. Com 28 volumes, ele nos faz descobrir a história da casa Phantomhive e seu herdeiro Ciel, que assinou um pacto com o diabo: Sebastian.

Este último tornou-se seu mordomo e o ajuda em seu plano de vingar seus pais:

“Eu sou apenas um diabo mordomo!” – Sebastian Michaelis

De caráter altamente carismático, Sebastian tem humor, mas também pode ser um durão quando se trata de lutar.

Nami, o marinheiro de Thousand Sunny

Se Luffy é, muitas vezes, aquele que é citado como o personagem mais popular de One Piece, não devemos nos esquecer de que boa parte de sua equipe é também uma das figuras mais emblemáticas do mangá, como Sanji ou Chopper.

Nami é o navegador da tripulação. Com um prêmio de 66 milhões, este sexy pirata não se deixa levar e é um dos mais espertos do grupo. Este ladrão com um grande coração sonha em mapear o mundo inteiro.

Familiarize-se com a língua japonesa graças aos mangás

O idioma japonês não é o mais fácil de aprender, especialmente por causa de seus alfabetos Kanji e Kana. Se as aulas de japonês podem ser a maneira mais fácil de aprender o idioma, o mangá pode ajudar muito. Aqui está como estudar japonês graças aos quadrinhos japoneses!

Podemos aprender japonês lendo mangá?

A resposta é sim, mas aprender japonês também não se resume a ler mangá. De fato, você ainda precisa fazer cursos de japonês para obter um nível iniciante, para então entender os kanjis, hiraganas e katakanas.

Os mangás podem ajudá-lo a progredir em seu curso de japonês.

Os trabalhos de mangakas podem então ser usados ​​como suporte para melhor assimilar expressões, vocabulário e construção de frases. Assim, o mangá japonês é uma maneira de estudar enquanto se diverte!

Para começar a aprender japonês, compre um mangá. Há sites que oferecem opções de download, inclusive. Faça tudo dentro da legalidade, é claro. Mas também faça um curso de japonês online ou com professor particular.

O mangá e anime são úteis para melhorar seu nível

Existem vários mangás e animes que você pode usar como suporte para progredir em japonês enquanto aproveita as aventuras de Natsu, Astro ou Jojo!

A primeira coisa a fazer é selecionar um mangá de acordo com 2 critérios: você deve conhecer no mínimo o mangá para ter uma idéia do contexto; você deve selecionar um mangá simples, destinado a um público jovem ou mesmo infantil.

Mangás como Doraemon ou Pokémon têm diálogos simples o suficiente para serem estudados. Se o seu nível é mais alto, você pode recorrer a Fruit Basket, Slam Dunk, Fullmetal Alchemist ou Attack of the Titans!

Os animes japoneses (desenhos animados) também são uma boa maneira de aprimorar a pronúncia e aprender a formular frases. Se o seu nível é básico, comece com um Kodomo, porque você pode ter certeza de que os personagens vão falar distintamente e devagar, o que é ótimo para o aprendizado. Se você tiver um nível intermediário ou avançado, você pode usar Shonen, Shojo e Seinen.

Agora você sabe um pouco sobre a cultura de mangá no Japão. O Superprof pode ajudá-lo a continuar descobrindo mais e mais, fazendo aulas de japonês com um professor particular.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar