Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guia do viajante na capital japonesa

De Marcia, publicado dia 14/05/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Tudo sobre a cidade de Tóquio

Preparar-se para uma viagem ao Japão não é uma tarefa fácil, especialmente quando você descobre totalmente a cultura japonesa e não conhece a geografia do país do sol nascente. A capital do Japão, Tóquio, é um dos lugares mais turísticos do mundo e promete uma estadia memorável para quem vai para lá.

A fim de descobrir o Japão e especialmente a capital japonesa sem muitos problemas, preparamos um resumo prático de tudo o que você precisa saber antes de embarcar para uma viagem ao Japão, desde o planejamento até a estadia.

Quer venha visitar os templos xintoístas e budistas, prove a culinária japonesa ou aproveite a agitação de bairros como Shibuya e Akihabara, suas férias no Japão serão um sucesso com as nossas dicas para aproveitar completamente a viagem.

Acompanhe!!!

Turismo de Tóquio: as melhores áreas da capital japonesa

Se você estiver viajando para Tóquio, terá que se preparar! Graças ao Superprof, você descobrirá os vários distritos da capital japonesa para ter sucesso em sua turnê por Tóquio. Prepare-se para sentir uma mudança surpreendente de cenário.

Conhecendo Tóquio e suas marcas A capital japonesa tem bairros que são verdadeiros símbolos locais.

Akihabara

A chamada “Cidade Elétrica” deve seu nome às lojas de eletrônicos que se aglomeram e ao redor das quais se pode encontrar uma pequena loja, um restaurante japonês ou até mesmo quartos de estadia!

Akihabara também é conhecida por ser uma espécie de Meca para o deleite de otaku! Você será capaz de contemplar raios inteiros de trabalhos em quadrinhos que vão desde pequenas histórias de kawaii a uma boa e grande perspectiva futurística.

Asakusa

Nas margens do rio Sumida, o distrito de Asakusa contém um enorme santuário dedicado à deusa budista Kannon, o templo Senjo-ji. Nada melhor para mergulhar nas tradições japonesas antes de fazer compras na rua comercial adjacente!

Asakusa também tem um museu da cerveja Asahi, a escultura Golden Flame e o Parque Sumida, um lugar ideal para passear pela primavera sakura!

Shinjuku

Se Shinjuku tem a estação mais movimentada do mundo, este não é seu único trunfo! O bairro é bem conhecido por vários pontos:

  • Negócios por toda parte;
  • Compras nas ruas comerciais;
  • Festa nos bares noturnos;
  • Descanso no jardim Shinjuku-gyoen.

Um distrito plural que você definitivamente precisa conhecer se você planeja ir ao Japão!

Yanaka

Yanaka é um distrito ao nordeste de Tóquio que é frequentemente chamado de “velho Tóquio” porque lembra o charme nostálgico do antigo Japão. Entre templos e santuários, lojas e edifícios típicos, os turistas mergulham em outro século.

Outra faceta da capital que permite, em pouco tempo, fazer um retorno ao passado, um pouco mais animado e totalmente pitoresco!

Dicas para encontrar acomodação em Tóquio

Visitar a Tóquio é muito bonito, mas ainda é necessário poder acolher-se adequadamente durante a sua estadia!

Onde ficar no Japão O conceito de uma boa acomodação muda de pessoa para pessoa e deve ser levado em conta ao escolher a sua estadia.

Este pequeno guia de viagem oferece conselhos para escolher o lugar certo para dormir para fazer uma viagem bem sucedida, sem gastos exorbitantes e de acordo com suas preferências.

Relação entre o local e o turista

Primeiro, você tem que escolher o tipo de acomodação que deseja: hotel, Airbnb, albergues… Tóquio não tem escassez de opções! É até possível dormir em hotéis cápsula, quartos minúsculos com o mínimo necessário… algo bem típico de Tóquio.

A melhor opção de localização para o turismo máximo em Tóquio é o nordeste da cidade. O espírito histórico é facilmente encontrado em Asakusa, Ueno ou Yanaka. Além disso, tudo é próximo e a atmosfera é pitoresca!

Para uma estadia mais típica, entre a população de Tóquio, é melhor seguir para o oeste da capital. Os bairros de Shibuya e Shinjuku são os mais populares entre os turistas, talvez devido ao fato de que esta parte de Tóquio tem linhas de trem que vão diretamente para o Monte Fuji!

Um pouco menos cheios, mas ainda povoados por moradores locais, os bairros de Ebisu, Daikanyama e Meguro oferecem uma experiência agradável. Cafés, parques e restaurantes: tudo está disponível para você se divertir.

No mesmo gênero, mas em um ambiente mais moderno, Odaiba e Roppongi permitem que você mergulhe no centro da cidade e na vida noturna de Tóquio. Além disso, estão próximos à Disneylândia japonesa!

Finalmente, Ikebukuro é uma área residencial que tem o mérito de ser tão típica quanto prática e animada, mas também tranquila e de baixo orçamento: ideal para estadias econômicas.

Dicas e erros para evitar

O primeiro conselho a ser lembrado é não decidir ir à Tóquio no último momento. Seja pelo preço da passagem aérea ou do quarto do hotel, não vale a pena ficar esperando, porque as reservas, assim como a vida no Japão, têm urgência!

Também é útil se armar antes com um mapa de Tóquio, ou até mesmo um mapa do Japão para excursões fora da capital. Embora o telefone possa servir como GPS, as flutuações de rede e os níveis de bateria costumam enganar os viajantes no Japão. Obter ajuda dos moradores locais não é fácil, dada a barreira da língua, por isso é melhor ter tudo planejado com antecedência!

O arquipélago japonês é o quarto país mais popular do mundo: há massas de turistas que vêm em todas as estações e enchem as ruas da capital. Assim, se alguém prefere passar uma estadia tranquila e sem muitos empurrões, é necessário privilegiar um bairro pouco frequentado pelos viajantes.

Com todas essas dicas, a viagem do Brasil ao Japão não deve ser um problema! Basta encontrar um alojamento em Tóquio, que seja seguro e perto do que você quer visitar.

Os lugares mais famosos da capital do Japão

Hospedar-se na capital japonesa é uma ideia maravilhosa para quem gosta de viajar:

“Ficar é existir, mas viajar é viver” – Gustave Nadaud

No entanto, antes de pôr os pés na capital do arquipélago do sol nascente, ainda é necessário estar atento aos monumentos, lugares emblemáticos e bairros que queremos visitar!

Viagem com cultura japonesa Para mergulhar na cultura nipônica, por que não visitar um tempo budista?

O Superprof oferece uma lista breve de coisas para desfrutar de Tóquio!

Lugares tradicionais

O Japão é um império e, portanto, é normal encontrar um palácio imperial na capital! Este lugar está localizado a leste de Tóquio e abriga a residência do imperador Akihito, rodeado por um enorme jardim que, ao contrário do edifício, é visitável.

O distrito de Asakusa também é muito adequado para mergulhar nas tradições budistas japonesas, por exemplo, visitando o grande templo da deusa Kannon. Da mesma forma, o santuário xintoísta Meiji pode dar um vislumbre do outro lado da espiritualidade japonesa.

Por fim, o maior mercado atacadista de pescados e frutos do mar do mundo é um lugar que você não deve perder. Chama-se Tsukiji e existe desde 1935! Um sopro de ar fresco em um ambiente totalmente típico e culturalmente rico.

Modernidade pura na capital elétrica

Encontrar uma Tóquio moderna e futurista não é difícil!

O bairro mais famoso da capital, Shibuya, é o epicentro desse modernismo e o símbolo de Tóquio. Com suas ruas movimentadas e centenas de lojas, restaurantes e arranha-céus, você não pode perder este lugar especial para o Japão.

Outros bairros podem atrair aqueles que amam o turismo urbano:

  • Akihabara;
  • Roppongi;
  • Shinjuku;
  • Ikebukuro;
  • Odaiba.

A Torre de Tóquio também é uma atração espetacular no meio da cidade. Esta réplica da Torre Eiffel, datada de 1961, ainda atrai muitos turistas com a sua vista panorâmica, que permite tirar fotos. Podemos ver até o Monte Fuji!

Habilidades no idioma japonês para dominar antes de ir para o Japão

Falar japonês é necessariamente um item de escolha quando viajar para Tóquio. De Kyoto a Nagoya, através de Okinawa e Nagasaki, o japonês é uma linguagem específica da terra do sol nascente.

Ao dominá-lo, nos damos os meios para descobrir o Japão por nós mesmos e podemos considerar que tivemos uma experiência completa no país.

Como "se virar" no Japão Aprender o básico do japonês garante uma estadia mais segura e confortável.

No entanto, se você não fala a língua do samurai, não se preocupe: podemos lhe dar alguns conselhos para preparar a sua estadia antes de ir para o arquipélago japonês com ou sem o conhecimento da língua japonesa!

Falar um pouco de japonês: uma boa ideia

A cultura japonesa é tão rica que seria quase criminoso privar-se dela! Além disso, as razões para falar japonês em Tóquio são muitas: localizar-se na cidade, usar o transporte público, fazer-se entender em caso de emergência, comer, etc. Obviamente, o inglês pode ajudar em todos os países do mundo, mas é possível que, como no Brasil, nem todos os habitantes locais dominem a língua de Shakespeare.

Para não ficar totalmente desprevenido, é necessário aprender alguns termos e expressões úteis. Perguntar que horas são, em que ponto descer do ônibus, onde estão os banheiros, quanto custa um artigo… são tantas perguntas que seria inteligente aprender para se expressar na sociedade japonesa.

Alguns exemplos para você:

  • Konnichiwa ou ohayou gozaimasu: olá;
  • Onegaishimasu: por favor;
  • Gomen ou sumimasen: desculpe;
  • Arigato: obrigado;
  • Sayonara: Adeus.

Ter essas ferramentas na sua mala irá ajudá-lo a conversar com os japoneses!

Ao planejar sua viagem, você pode pesquisar também por cursos de japonês.

Viajar para Tóquio sem conhecimentos da língua local

Você não fala uma única palavra de japonês? Não se preocupe tanto!

Primeiro, os nativos de Tóquio são extremamente amigáveis, ainda que a linguagem seja uma barreira. Não é obrigatório falar a língua japonesa, mesmo que seja mais fácil dominá-la entre as flores de cerejeira, o santuário e a cerimônia do chá. Da mesma forma, ajuda muito a não perder ienes desnecessariamente.

Resumindo: é possível, e até pode ser divertido viajar sem falar japonês, mas é melhor ter pelo menos um inglês muito bom e algumas palavras básicas no idioma local.

Sem sombra de dúvida, ser bilíngue é a melhor maneira de ter uma boa estadia em Tóquio. Isso permite localizar a embaixada do Brasil no Japão em caso de emergência, conhecer lugares pouco frequentados por si mesmo e sentir-se mais seguro em caso de terremoto, por exemplo!

O que você está esperando para ir de férias ao Japão? Com este guia e as outras dicas e conselhos, e também professores que o Superprof oferece, é possível se programar para uma experiência completa e perfeita em Tóquio.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar