Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Se tornar yogui na terceira idade: quais os benefícios?

De Joseane, publicado dia 16/10/2019 Blog > Esporte > Yoga > Vantagens do yoga para idosos

O Yoga é uma atividade de multi-facetas que engloba diferentes práticas, fato que agrada ao máximo de pessoas dos mais jovens aos mais velhos. Para aproveitar ao máximo os benefícios da ioga, pode ser interessante vincular essa prática esportiva a um modo de vida mais são, equilibrado e pleno.

A prática do yoga tem se tornado cada vez mais comum entre os brasileiros de todas as idades. E não era de se esperar por menos, o yoga é uma disciplina e tanto. Uma mistura de prática esportiva com espiritualidade, o yoga busca trabalhar corpo e mente com o objetivo de encontrar a perfeita harmonia entre os dois.

Não se trata somente de um esporte mas de um estilo de vida que engloba diferentes princípios, valores e baseia-se em diferentes pilares que, quando respeitados, levam o indivíduo a alcançar serenidade e força.

Exercícios de respiração, alongamento, meditação e construção muscular, muitas são as faculdades trabalhadas no yoga. Uma série de exercícios que permite aos seus praticantes, os ditos yogui, a se manter em forma.

A prática do yoga é, muitas vezes, acompanhada por um estilo de vida equilibrado e saudável, que inclui desde a forma como nos alimentamos até à maneira como nos relacionamos conosco, com os outros e com o universo que nos cerca.

Certo, praticar yoga é um prática esportiva rica e completa, porém o yoga vai muito além disso. Yoga é uma filosofia de vida que busca através de seus valores e princípios o verdadeiro equilíbrio físico, emocional e o bem estar do eu.

Nesse sentido, todo mundo pode se beneficiar do yoga. No artigo de hoje, falaremos sobre os benefícios do yoga para as pessoas idosas! Puxe uma cadeira, aprecie com a gente um chá e venha conferir todas as vantagens de se praticar yoga quando se está na melhor idade…

Que tal fazer um curso de yoga para iniciantes?

Benefícios do yoga para as pessoas idosas

O ioga faz bem sem olhar a quem. Essa é certamente uma das frases que melhor definem o ioga.

Praticar ioga depois dos sessenta A idade não é empecilho para manter uma boa higiene de vida e adotar novos hábitos.

Ao contrário do que se pensa, praticar ioga não é somente para os mais jovens e descolados não! Todo mundo, indiferente da idade pode começar a  praticar yoga e aproveitar de todos os benefícios que essa atividade possui para oferecer.

Na terceira idade, momento em que mais necessitamos dar atenção à nossa saúde e ao nosso bem estar, a prática do ioga é bastante recomendada e por diversas razões.

Por exemplo, é nessa época da vida que o corpo começa a pedir socorro e, quando se faz necessário, manter os músculos em constante atividade para evitar a chegada de doenças ósseas, como é o caso da osteoporose, por exemplo. Além de várias outras doenças como Parkinson, Alzheimer, e outros tipos de demência e esclerose muscular.

Para fortalecer os músculos, realinhar o corpo e diminuir a incidência dessas doenças, a yoga tem sido muito recomendada como opção de atividade física como auxílio no tratamento da osteoporose. A yoga caracteriza-se por ser um exercício isométrico e de sustentação que trabalha os músculos colocando um grupo muscular contra o outro, gerando forças maiores do que a própria gravidade.

Além do fortalecimento muscular, o ioga traz outras vantagens para o idoso que segue a prática, dentre elas:

  • prevenção de quedas: os exercícios para os olhos, por exemplo, ajudam a manter a retina e outras partes dos olhos saudáveis, permitindo que os idosos enxerguem melhor os degraus e outros obstáculos no chão que podem provocar quedas.
  • Diminuição da ansiedade, do estresse e da pressão arterial: um dos grandes benefícios que a yoga oferece é o relaxamento que provém dos exercícios de meditação e de respiração que ajudam a diminuir o estresse e a ansiedade. E por trás desse benefício, há outro: a diminuição da pressão arterial! Isso acontece porque a sensação de relaxamento que a yoga oferece diminui a produção dos hormônios responsáveis pelo estresse, o cortisol e a adrenalina.
  • Melhora a capacidade de concentração e a memória: apenas vinte minutos de yoga diariamente já são suficientes para melhorar as capacidades cognitivas. Os exercícios de meditação e de respiração realizados durante a prática ajudam a reduzir os níveis de ansiedade e estresse, resultando uma maior capacidade de manter a concentração e no fortalecimento de todo o sistema cognitivo, inclusive da memória – que começa a falhar na terceira idade.

Em suma, praticar ioga na terceira idade é uma excelente forma de proteger a saúde do idoso e prevenir doenças comuns da idade. Os benefícios e as vantagens de se praticar ioga enquanto senior são ilimitadas!

Além dos idosos, as mulheres grávidas também têm boas razões para praticar yoga, saiba mais aqui.

Gostaria de praticar yoga em casa?

Adaptar seus objetivos no seu yoga quando se é idoso

Embora a ioga seja uma disciplina cheia de vantagens e benefícios, é importante saber como definir as metas que deseja atingir como sênior yogui antes mesmo de poder escolher qual tipo de yoga é mais adequado pra essa e aquela situação.

Aula de yoga para idosos O yoga é uma atividade física completa! Corpo, mente e espírito são trabalhados mutuamente…

Que tal fazer yoga online?

Muitos desejos e metas podem se misturar quando se deseja começar a praticar ioga para idosos:

  • Melhorar a saúde óssea
  • Reduzir a dor lombar
  • Diminuir a pressão arterial
  • Trabalhar a visão e os olhos
  • Exercitar as articulações dos pés, joelhos, coxas com quadril
  • Manter a coluna vertebral saida e com flexibilidade
  •  Contribuir para uma melhor coordenação e postura
  • Aumentar a espessura das camadas corticais do cérebro
  • Melhorar o equilíbrio
  • Promover a calma
  • Aprender a meditar
  • Melhorar a respiração
  • Praticar uma atividade física regular, simplesmente
  • Aumenta o sistema imunológico
  • Reduz a incidência de câncer
  • Ajuda a evitar doenças degenerativas e cardiovasculares

Sim, todos esses objetivos podem ser atingidos quando se começa a praticar o yoga mas, obviamente, cada coisa vem no seu tempo e é importante ter paciência para que as coisas encontrem o seu lugar. Afinal de contas, praticar yoga faz parte de uma filosofia de vida. Os benefícios do yoga dependem da condição de que essa filosofia seja respeitada como um todo e só assim o praticante poderá desfrutar de todas as vantagens da prática.

Alguns benefícios são percebidos mais rapidamente como é o caso da melhora no equilíbrio, na qualidade do sono e na flexibilidade – tudo que pode ser apreciado nos movimentos básicos cotidianos, como amarrar os sapatos. Outros levam mais tempo para serem percebidos e necessitam de um maior esforço do praticante como por exemplo melhorar a alimentação e a rotina.

Veja aqui como o ioga pode ser benéfico também para as pessoas com mobilidade reduzida e deficientes no geral.

Yoga adaptada para idosos

Como toda atividade física é altamente recomendável uma consulta médica básica anterior à primeira aula de ioga para evitar surpresas, ainda que a prática do ioga não possua exatamente riscos maiores para os idosos.

Como dar aula de ioga para idoso? Uma aula de yoga adaptada às necessidades da pessoa idosa pode trazer muitos benefícios duradouros!

Na verdade, um professor bem treinado pode lidar com a maior parte das questões de saúde de forma segura oferecendo variações nos asanas que muito antes de serem um risco, poderão se tornar de imenso benefício.

É parte da realidade de muitos adultos que depois de uma certa idade o nosso corpo fica um pouco menos reativo, um pouco menos flexível e muito mais difícil de manipular objetos. No entanto, não se trata de um problema, e não deve ser visto dessa forma, mas, sim, como um fato que deve ser levado em conta para aproveitar ao máximo os benefícios da yoga.

Assim, quando se trata de alunos idosos o mais importante é adaptar a aula, fazendo uma seleção de exercícios que sejam mais adaptados às necessidades e às limitações das pessoas de mais idade.

O ideal quando se é idoso é fazer aulas de ioga em grupo, adaptadas ao estado de saúde dos presentes. Praticar yoga sozinho quando não se tem experiência pode ser arriscado, já que algumas posturas exigem bastante técnica e conhecimento. A ideia, quando se pratica ioga é conseguir atingir o equilíbrio ideal entre corpo, mente e espírito, independente da idade.

Entre os tipos de yoga que podemos priorizar ao atingir uma certa idade, ou que são mais relevantes para os problemas encontrados nessa idade, temos:

  • O Yoga Nidra, que ajudará sobretudo as pessoas cujos distúrbios do sono se tornam um freio e uma preocupação,
  • O yoga mais adequado para distúrbios nas costas, que não seja muito dinâmica,
  • O yoga do riso, destinado principalmente a todas as pessoas que se sentem tristes e sozinhas, como costumamos ver na melhor idade.

Obviamente estes são apenas alguns exemplos!

Descubra também os benefícios de praticar ioga a dois!

Saber escolher um professor de yoga experiente com idosos

Um professor é a figura de apoio que nos ajudará a progredir em nossa prática de yoga.

Professor de ioga para idosos Os exercícios de yoga para idosos devem ser adaptados ao estado de saúde dos praticantes presentes.

Seja nas aulas em grupo ou individuais, e seja qual for a nossa idade, temos uma abordagem corporal muito específica, que definirá parcialmente a maneira como praticamos a ioga. Encadeamento, asanas, harmonia corpo / mente, prática regular de meditação, são muitas práticas que serão aprendidas graças a ele.

Um bom professor de yoga para idoso é um profissional que sabe adaptar suas aulas de acordo com as limitações e com os objetivos de seus alunos. Esta é a razão pela qual existem aulas de ioga exclusiva para idosos, já que essa parcela da população possui necessidades específicas.

Um professor de ioga para idoso também deve ter uma visão ampla sobre essa fase da vida. Um olhar mais aberto, menos redutivo, mais progressivo e dinâmico. Um idoso é capaz de fazer de tudo, salvo ressalvas.

Veja que não é uma questão aqui de ensinar posturas incríveis e impressionantes para os mais velhos, mas de adaptar cada exercício às limitações do idoso, respeitando sua individualidade e seu objetivo.

Além disso, o mais importante é percebermos, naturalmente, que envelhecer no mundo moderno pode ser algo vivido e experienciado de forma saudável e tranquila. Portanto, estimule alguém da família a praticar o yoga!

Caso você queira encontrar de forma rápida e segura um experiente professor de yoga para a terceira idade, lembre-se que sempre poderá contar com o muito bem qualificado e diverso quadro de professores da plataforma Superprof.

Essa é uma comunidade online, presente já em mais de 25 países, que viabiliza ao aluno ou interessado encontrar o perfil do professor particular ideal às suas necessidades e objetivos. E esse contato se dá de forma transparente, segura e rápida.

O aluno faz uma busca mais criteriosa e detalhada acerca do perfil de profissional que procura e, diante das opções possíveis, escolhe o professor, entrando em contato com ele para agendar aulas online ou presenciais, em grupo ou individuais. Essa comunidade já conta com mais de 9 milhões de professores selecionados a dedo pelas equipes Superprof.

E não poderia ser diferente em relação aos professores de yoga mais experientes ou mais especializados em Yoga para a terceira idade!

A prática do Yoga na terceira idade contribui para que o praticante chegue a qualquer idade avançada desfrutando de sua própria independência e propósito de vida.

Compreendendo melhor o que é a terceira idade

Bem sabemos que a velhice ou “melhor idade” em nossa sociedade ainda é uma fase vista de forma muito pejorativa pela maioria dos adultos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a terceira idade é a fase da vida que se inicia aos 60 anos nos países em desenvolvimento e aos 65 anos nas nações desenvolvidas.

Talvez o que seja mais difícil de se processar durante essa fase sejam as alterações dos papéis sociais que resultam das mudanças bio-psicológicas ligadas ao avanço da idade.

Além disso, as mudanças físicas, as alterações das funções, comportamentos, percepções, sentimentos e pensamentos tornam-se mais intensos caso não sejam aceitos de forma natural como parte do processo de envelhecimento.

Só para que fique bem claro, em termos de classificação, iremos citar aqui como os geriatras normalmente dividem as idades do ser humano:

  • Primeira idade: 0 – 20 anos,
  • Segunda idade: 21 – 49 anos,
  • Terceira idade: 50 – 77 anos,
  • Quarta idade: 78 – 105 anos.

Ainda nesse sentido, temos também outra classificação que divide os idosos em 3 tipos:

  • Idoso jovem: 66 – 74 anos,
  • Idoso velho: 75 – 85 anos,
  • Manutenção pessoal: 86 anos em diante.

Observe o termo “manutenção pessoal” como a terceira classificação dessa categoria. Certamente ele, com uma certa ironia, não deixa de expressar os receios em relação ao processo de envelhecimento da nossa sociedade atual.

Dito isso, certamente o que torna, para muitos, essa uma idade difícil é que é nela que o envelhecimento ocorre e em diferentes dimensões na vida do indivíduo: nas esferas biológica, social, psicológica, econômica, jurídica e política, para citarmos as principais.

Além disso, a terceira idade ou velhice não pode ser definida em apenas um conceito, já que, muito comumente, a idade cronológica pode não ser idêntica à idade social e emocional do indivíduo.

Não existe nada que impeça ao indivíduo a capacidade de envelhecer de forma saudável e segura. E a prática do yoga só vem somar nesse contexto.

Existem contra-indicações para a prática do yoga na terceira idade?

Como bem sabemos, existem vários mitos em relação à velhice. O de que os idosos sentem menos sede ou têm menos sono ou que as dores são inevitáveis nessa idade, por exemplo.

Pensando nisso, é aqui que a prática do yoga nessa fase da vida torna-se algo ainda mais crucial e gerador de qualidade de vida ao praticante. Ela melhora o equilíbrio, a qualidade do sono e a flexibilidade. De uma forma em geral, note que a simples tarefa de se amarrar os sapatos torna-se algo mais leve e fácil ao praticante.

Como toda atividade física, recomendamos uma consulta médica básica anterior à primeira aula para que você evite surpresas ou dificuldades. No entanto, nada que um professor experiente e gabaritado não possa lidar com a maior parte das questões de saúde de modo seguro, previamente testado e que ofereça variações de asanas, adaptados à realidade de cada praticante sênior.

Afinal de contas, é bom lembrarmos que aceitar as mudanças que resultam da passagem do tempo imposta ao corpo de forma alguma quer dizer que devemos deixar nossos corpos encolher ou definhar. Na vida, tudo encontra-se em constante mudança e, quando nos atentamos a isso, temos a chance de assumirmos responsabilidade de cuidar bem de nossos corpos e mentes.

Nesse sentido, o criador do Iyengar Yoga, uma das ramificações do famoso Hatha Yoga, B. K. S. Iyengar afirmava que o yoga ajuda a curar aquilo que pode ser curado e a aceitar aquilo que não pode ser curado.

Segundo o yogui, essa prática constante nos ajuda a permanecermos independentes e com propósito de vida, sustentando ambas as habilidades mesmo em idades avançadas. Iyengar, por sua vez, praticou yoga todos os dias até falecer aos 96 anos e é exemplo de vida para muitos praticantes.

Como já dissemos, através da prática do yoga, desenvolvemos autoconhecimento, confiança, força, resistência e resiliência. Criamos também uma melhor desenvoltura no caminhar, um maior equilíbrio entre mente-e-corpo, testemunhamos a regulação das funções orgânicas, e, de quebra, ainda nos socializamos mais.

É sabido que o grupo de pessoas que frequenta uma aula de ioga é, geralmente, mais disponível para experimentar novidades com maior vitalidade. Além disso, segundo muitos professores de yoga, os alunos da terceira idade são bem mais comprometidos porque sabem exatamente a extensão dos benefícios de colhem com a prática. E é estimulante trabalhar com essa faixa etária!

Segundo professores experientes de yoga para a terceira idade, essa prática aproxima os praticantes e aumenta o círculo de amizade dos mesmos, contribuindo para uma melhoria na sua qualidade de vida.

Outro ponto acerca dos benefícios da prática do yoga é que tanto homens como mulheres estão sujeitos à osteoporose e que 50% das fraturas de quadril cobrem indivíduos com mais de 55 anos. E a prática tanto de exercícios físicos quanto do yoga contribui significativamente para o fortalecimento dos ossos e evita a osteopenia, precursora da osteoporose.

Só que se feita de forma extenuante, os exercícios físicos aeróbicos apresentam uma série de desvantagens que não ocorrem no yoga. Vale lembrar que segundo os reumatologistas, até uma atividade aeróbica de alto impacto, como pular cordas, por exemplo, caso realizada em excesso, pode levar diretamente à osteoartrite.

Além disso, vale lembrar que existe todo um conhecimento do yoga em relação à saúde dos olhos, problema muito enfrentado pela terceira idade, como a catarata, por exemplo. De forma geral, os exercícios para os olhos auxiliam a manter a boa saúde da retina e das demais partes do olho, promovendo assim uma boa acomodação do olhar para enxergar os degraus, as variações na altura do chão e promovem um pisar mais firme e assertivo.

Enfim, em outras palavras, a prática do yoga, em qualquer idade, favorece intensamente a flexibilidade do corpo e da mente e é, de forma atestada, uma ferramenta imprescindível para uma maior qualidade de vida. Uma boa coluna vertebral, macia e elástica, por exemplo, é garantia de uma boa posição que oferece maior mobilidade, juventude e evita as quedas ocasionais.

O idoso que pratica de maneira frequente o yoga percebe em pouco tempo que aqueles leves distúrbios começam a desaparecer: a digestão melhora, o sono se torna mais tranquilo, as dores musculares se aliviam… Ao mesmo tempo em que a memória e a concentração são trabalhados e se fortalecem.

Em suma, não existe nada mais lindo do que um corpo desperto, funcionando bem, aberto à vida, flexível, e respondendo ao comando! Observe que entrar na terceira idade não significa ficar doente, tolhido, e, sim, por meio da prática frequente do yoga, podemos ganhar maturidade, sabedoria, saúde, bem-estar e equilíbrio.

E aí, agora que você já sabe mais a respeito, que tal conversar com algum idoso da sua família e incentivá-lo a praticar yoga, ao mesmo tempo em que você mesmo o pratica? Nunca é tarde para começar e os benefícios são transformadores!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar