Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Preparação yogui para a chegada de um bebê

De Joseane, publicado dia 16/07/2019 Blog > Esporte > Yoga > Yoga para mulheres grávidas

Fazer ioga faz muito bem para qualquer pessoa e não seria diferente com as mulheres grávidas. A prática do yoga possui inúmeros benefícios para a saúde física, mental e emocional da pessoa que a pratica.

Como já sabemos, o yoga se trata de uma filosofia de vida que vai além dos exercícios e das posturas físicas. Essa filosofia tem como objetivo a busca pelo bem estar geral do eu. Entre os exercícios de respiração, meditação, atenção com a alimentação e, claro, as asanas, encontramos no yoga uma disciplina completa capaz de estimular nosso bem estar.

A prática regular do yoga leva ao relaxamento total do corpo e da mente, melhora a flexibilidade, a postura, evita as dores na articulação, melhora a circulação, a pressão arterial, melhora o equilíbrio, ajuda a controlar o sistema nervoso, melhora o sono, enfim…possui uma infinidades de benefícios que contribuem para uma vida mais feliz, plena e equilibrada.

Por essas razões e outras mais, o yoga é recomendado para as mulheres que estão esperando um bebê. É exatamente isso que você leu, o yoga para grávidas é muito bem recomendado! As razões? Isso é o que veremos a seguir….

Yoga pré-natal: do que se trata?

Praticar yoga para mulheres grávidas é uma boa alternativa para se manter mais relaxada e serena.  Ao longo dos nove meses de gravidez (ou talvez até menos), as futuras mães podem ser vítimas de pequenos (grandes) incômodos como as famosas dores nas costas, o estresse devido ao ganho de peso, as inquietudes com relação à chegada do bebê, enfim uma amontoado de coisas que acabam por trazer estresse para as mulheres que estão em período de gestação.

Fazer ioga durante a gravidez Preparo físico, relaxamento, o yoga é um excelente aliado à preparação ao parto.

É aqui que entra a ioga pré-natal, cujo papel é ajudar as mulheres grávidas a se preparar para o parto e para a chegada do bebê da forma mais serena possível.

Através de exercícios adaptados e alongamentos, especialmente os exercícios de respiração e a meditação, as mulheres grávidas encontram no yoga um recurso a mais para viver o grande dia com mais preparo e tranquilidade.  Adeus as dores nas costas e as dores abdominais!

Fazer ioga durante a gravidez é aprender a ouvir o seu corpo, mas também o corpo do seu bebê.

Embora seja possível ter aulas individuais com um professor de yoga, as aulas em grupo permitem que você converse com outras jovens mães sobre sua gravidez, seus medos e apreensões. Assim, a aula de yoga pré-natal também funciona como um espaço de troca entre as futuras mamães, mais uma razão para você começar a sua aula de yoga para gestantes!

Seja como for, a ioga pré-natal é com toda certeza uma boa forma de preparação para o parto. Se trata de uma aula de yoga destinada apenas a mulheres grávidas, feita sob medida para esse momento único na vida das mulheres.

O objetivo aqui é conhecer melhor seu corpo, desenvolvendo a flexibilidade, assim como as qualidades que farão sua gravidez e o dia do parto muito mais relaxados e serenos.

O ioga pré-natal é um recurso a mais para ajudar a promover a harmonia entre a mãe e o futuro bebê. Uma tarefa que se torna muito mais simples quando a gestante está bem consigo mesma, sem dores, sem estresse e sem medos.

Conheça também os benefícios do ioga para idosos!

Por que fazer yoga durante a gravidez?

O Yoga pré-natal traz força, vigor, autoconhecimento. Melhora a respiração, a condição física, prepara psicologicamente a mulher para ser mãe, traz consciência corporal, autoestima, e muita atenção e concentração, necessárias para a hora “H”, o parto em si.

Onde fazer yoga pré-natal? Uma gestação tranquila e serena graças a ioga pré-natal…

A disciplina não visa diretamente uma preparação para o parto, mas funciona como um recurso a mais de preparo, através das sessões de preparação do corpo, especialmente para aliviar qualquer dor antes da chegada de um bebê.

Durante uma sessão de ioga para gestantes pode-se trabalhar mais os ásanas (posturas de yoga) que irão amenizar alguns incômodos comuns durante a gravidez, como dores lombares, no ciático. Pratica-se também exercícios que ajudam a liberar o diafragma, que fica mais limitado com o crescimento do bebê, para tanto utiliza-se os pranayamas (respirações).

Entre os exercícios mais recomendados no yoga pré-natal estão aqueles que visam o fortalecimento do assoalho pélvico (que recebe o peso do bebê) e do períneo, músculo que precisa estar forte (e não rígido) e ao mesmo tempo flexível, para um parto ativo e para o pós-parto saudável, livre de incontinência urinária.

Outro ponto importante é relaxar e deixar mais flexível a região pélvica, fazendo exercícios laterais, rebolando, alongando, andando, caminhando…

Assim, verifica-se que o ioga pré-natal é um recurso muito útil durante a gestação. Uma atividade de preparação do corpo que está em plena transformação, além de preparar o emocional da mulher grávida para o acolhimento do novo ser.

O preparo que o ioga pré-natal visa é levar para as futuras mamães a consciência do “ser mãe”. Então, os relaxamentos e o yoga nidrá trazem essa consciência física e psicológica, ou seja, prepara as mulheres para o nascimento do bebê, mas também para o nascimento de uma nova mulher: a Mãe.

Conheça algumas ásanas para se praticar durante a gestação (sempre com um profissional por perto!)

Posturas que expandem a caixa torácica, fortalecem pernas e restauram o vigor:

  •  Postura do Triângulo (Trikonasana)
  • Postura da Meia Lua (Ardha Chandrasana)
  • Postura do gato (Mayurasana) –  fortalece a coluna e alivia o peso da barriga
  • – Postura da borboleta (Bhada konasana) – relaxa a região pélvica e coluna
  •  Postura de cócoras (Malasana) –  fortalece o assoalho pélvico, períneo, pernas, e traz concentração
  • Ponte (Setu Bandha Sarvangasana) – firma o glúteo, fortalece períneo, coxas, pernas

Se você quer fazer ioga em casa, ou em grupo, você deve também ter o acompanhamento de um(a) instrutor(a) de yoga com especialização em yoga pré-natal.

Descubra aqui as vantagens do ioga para pessoas com deficiência física e motora.

Contra indicações do yoga para mulheres grávidas

Embora o Yoga pré-natal seja uma atividade leve e relaxante, ela pode ser contra-indicada em alguns casos particulares.

Professor de ioga pré-natal Sugere-se não realizar atividade física intensa durante o primeiro trimestre da gravidez!

Para começar, o yoga pré-natal costuma ser recomendado somente a partir do terceiro mês da gravidez sobretudo para mulheres que não tinham o costume de realizar atividade física antes de ficar grávidas. Assim, o ideal é evitar essa atividade física assim como muitas outras durante o primeiro trimestre da gravidez.

Durante este período, os órgãos e sistema nervoso do futuro bebê são formados, por isso é mais prudente evitar qualquer atividade física, portanto, qualquer treinamento de yoga muito intenso.

É importante saber que a prática do yoga durante a gravidez deve seguir de autorização prévia do médico que acompanha a gestante

. Assim, caso o médico verifique que a mulher corre o risco de cometer um aborto ou possua alguma condição física que coloque em risco a sua saúde e a saúde do bebê, certamente o médico vai proibir que a mulher faça esforço físico e, consequentemente, vai proibir que esta se inscreva em uma aula de yoga pré-natal.

O ioga pré-natal não é indicado para mulheres que tenham recebido o alerta médico para ficar em repouso absoluto. Atentamos para o fato de que o ioga pré-natal, ainda que concebido para atender as necessidades e limitações da mulher gestante, continua sendo uma atividade que exige esforço físico.

De forma geral, o ioga pode ser praticado por todas as mulheres grávidas, mas existem algumas contra-indicações que devem ser consideradas. O melhor é seguir a recomendação médica e, para aquelas que receberem a autorização para praticar o ioga pré-natal, que o faça acompanhada de um profissional do yoga especializado em ioga pré-natal.

Faça ioga com o seu par! Saiba mais sobre os benefícios do yoga a dois, nesse link aqui.

A importância e o poder da respiração durante a gravidez

Um dos pontos mais trabalhados no yoga é a respiração. Respirar é viver e toda mulher grávida sabe que uma boa respiração é ideal durante a gravidez e sobretudo durante o parto.

Respiração e ioga pré-natal O ioga ensina a respirar melhor. Uma respiração eficiente faz a diferença na hora do parto

No ioga pré-natal, as gestantes aprendem a otimizar a respiração, um aprendizado que ajuda a relaxar e trazer energia a partir das técnicas de respiração. Elas vão ajudá-la a lidar com suas mudanças emocionais e também a relaxar a mente. Quando você pratica as técnicas respiratórias, está oxigenando seu organismo. E quanto mais oxigênio para nossos órgãos, mais energia, disposição, entusiasmo, e clareza mental.

De fato,  é a respiração que dá ritmo a nossa vida desde o nosso nascimento, respirar é um verdadeiro remédio e nos permite de:

  • gerenciar o stress
  • relaxar
  • adotar uma postura melhor
  • oxigenar os pulmões
  • realizar esforço físico e controlar a dor (importante na hora de parir)

Em suma, a respiração, além de ser um suporte, é uma ferramenta para a boa realização das posturas de ioga, e para a realização de tarefas diárias que exigem esforço. Na gravidez, a mulher tem a tendência de se sentir mais cansada e a respiração pode ser determinante para tornar as coisas mais fáceis.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar