Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guitarra e violão: mini guia para tocar seu ritmo favorito

De Camila, publicado dia 16/01/2019 Blog > Música > Violão > Aulas de violão: guia estilos musicais

“Quando tenho um violão nas mãos, me sinto em casa.”
Louis Bertignac

O número de guitarristas no mundo é estimado em 50 milhões, dos quais 16% são profissionais.

Então você não é o único que toca guitarra ou quer aprender a tocar violão.

Mas, de acordo com o estilo de música preferido, se você tem um violão, uma guitarra semi-acústica ou uma guitarra elétrica, então não se aprende exatamente as mesmas coisas da mesma maneira.

Para progredir com sucesso no seu curso de violão online ou presencial, é altamente recomendável escolher um estilo musical predileto.

Motivação durante as aulas – e o período entre elas – é a chave para o sucesso. Nada melhor para alimentar a empolgação no aprendizado do que se dedicar a um estilo musical no qual você ama ouvir. Já imaginou conseguir tocar a sua música favorita no violão ou na guitarra? Melhor ainda: já se imaginou compondo suas próprias melodias?

Se esse é o seu sonho, então fique grudado nesta matéria, pois Superprof preparou várias dicas que podem te ajudar a finalmente realizá-lo!

Aprender violão tocando rock

“As pessoas que não dão uma única chance à música para mudar o mundo são aquelas que não gostam de música”.
Ben Harper

Se o rock na guitarra lhe interessa, é possível fazer um curso de violão utilizando um modelo clássico e convencional ou uma guitarra elétrica.

Tudo depende do estilo de rock que te interessa! De Jimi Hendrix a Eric Clapton, muitas vezes existem apenas alguns acordes diferentes.

Dicas para começar a tocar rock

Antes de fazer seu primeiro solo de guitarra, usando um pedal de efeitos ou se divertindo com distorção, é preciso conhecer alguns pontos importantes na hora de tocar uma guitarra rock.

Primeiro elemento a ser levado em conta: palheta

Escolha uma palheta rígida e pontuda. A palheta rígida reduz a torção e, portanto, o tempo de ação. O lado pontudo da palheta aumenta a precisão na hora de tocar as notas.

A posição da palheta

A orientação da palheta também é importante. Para tal, a palheta deve ser posicionada a cerca de 45 ° na direção do movimento, o que é ideal tocar solos e também em uma única corda.

Como posicionar a mão?

Ela deve ser posicionada mais próxima ao cavalete para reduzir a vibração da corda e obter mais precisão. Além disso, os movimentos estão ligados ao movimento do  pulso. O braço em si não deve se mover.

É preciso saber manejar bem seu instrumento preferido. A posição das mãos é importante para o sucesso na hora de tocar violão e guitarra.

Primeiro passo: saber o nome das notas de violão

  • corda 1 é a mais fina. Essa é a corda mais distante de você, na parte inferior do braço. A corda 1 corresponde ao Mi agudo;
  • corda 2 corresponde ao Si;
  • corda 3 corresponde ao Sol;
  • corda 4 ao ;
  • corda 5 ao 
  • corda 6, a mais grossa e mais próxima a você, corresponde ao Mi grave.

Segundo passo: acordes de violão

Nas aulas de guitarra, você certamente aprenderá a usar power chords, sendo eles acordes bicordes que são compostos apenas por duas notas: a tônica combinada à quinta nota.

Estes são acordes amplamente utilizados em rock e podem ser executados ao longo de todo o braço do violão.

Os “acordes poderosos” (tradução literal para power chords) são acordes simplificados. Eles têm só duas notas separadas, enquanto os outros acordes podem usar até 6.

Eles são certamente menos ricos que outros acordes, mas são muito interessantes para tocar músicas com um som saturado.

Terceiro passo: tocar um riff no violão

Um riff é uma frase musical melódica e rítmica que se repete e caracteriza uma música. Esta é a abreviação da palavra inglesa “refrain“.

Ele dura entre 1 e 8 medições.

Riffs fáceis para violão: 

  • Satisfaction – Rolling Stones,
  • Seven Nation Army – White Stripes,
  • Day Tripper – Beatles,
  • Smoke On The Water – Deep Purple,
  • Crazy Train – Ozzy Osbourne,
  • Prayer C – Lili Wood & The Prick,
  • Smells Like Teen Spirit – Nirvana.

Quarto passo: escala pentatônica menor para violão

Penta significa cinco e tônica significa nota. Uma escala pentatônica, portanto, é uma escala que contém 5 notas.

Existem muitas escalas pentatônicas, mas uma delas é particularmente bem conhecida pelos guitarristas: é a escala pentatônica menor.

Definições “rock violão”

O que são acordes cruzados?

O dedo indicador ou outro dedo da mão esquerda para uma pessoa destra, com a mão direita para um canhoto, pressiona simultaneamente várias cordas

O que são tablaturas?

É uma representação gráfica dos sons musicais específicos de cada instrumento. Uma tablatura de guitarra não usa solfejo.

Dicas para tocar jazz no violão

“Não se esqueça disso: tocar jazz é como contar uma história.”
Maxence Fermine

Jazz: fazer aulas de violão para aprender a tocar guitarra e se tornar um músico de jazz é um grande projeto e precisa ser desenvolvido a longo prazo.

Para atingir o sucesso desejado, é preciso fazer aulas de violão durante um determinado tempo, redobrando seus esforços para tentar chegar aos pés do talento dos maiores músicos de jazz do planeta!

Por isso é preciso dominar bem as técnicas de violão antes de colocar a mão na massa. O jazz precisa ser tocado em uma guitarra elétrica.

Como fazer um som de jazz na guitarra?

O jazz tem um som quente, doce e redondo. Para obtê-lo, você tem que começar por ter uma guitarra de jazz!

Evite a guitarra clássica e a guitarra de folk: dê preferência para uma guitarra elétrica semi-acústica. Elas também são chamados de Hollow Body ou Archtop.

O ideal é a utilização de cordas planas em vez de cordas redondas, pois elas proporcionam um som mais quente.

Além disso, a palheta desempenha um papel fundamental na produção de som na guitarra de jazz. Ela deve ser mais rígida que o normal. Alguns músicos até optam por uma palheta de madeira ou chifre de animal.

Guitarrista de jazz: só no swing!

swing (ou shuffle blues) é uma maneira de se tocar atrasando a segunda oitava de cada grupo de dois oitavas. As oitavas são notas tocadas como um trio. No jazz, toca-se em ternário ao invés de binário (se você preferir).

O mais aconselhado é absorver o ritmo de jazz na bateria para entendê-lo melhor e, consequentemente, conseguir tocá-lo na guitarra. Isso porque no jazz, a bateria é quem desempenha o papel principal ao se ditar o ritmo, mesmo ela estando, na maioria das vezes, em pano de fundo.

Os principais acordes da guitarra jazz

Os acordes de jazz são geralmente enriquecidos para que eles tenham mais cor, ou seja, um som mais procurado.

Os acordes com sétima ocupam um ótimo lugar no jazz. Eles são os que aprendemos primeiro, sejam eles maiores ou menores.

Sendo assim, você vai encontrá-los em um monte de cifras! Os acordes com sétima vão permitir que você se divirta com os clássicos do jazz. Com eles, você até se aventurar a compor suas próprias peças!

Guitarra Jazz: uma escala menor harmônica

Ela consiste em 7 notas, das quais nenhuma pode ser evitada (ao contrário das escalas maiores, que devem ter as quartas evitadas).

A escala menor harmônica é tocada em acordes mΔou m69.

Ela é tocada no ritmo icônico do jazz: II V I. Ele corresponde ao Dó maior em: Ré menor em sétima (IIº grau C), Sol em sétima (Vº grau), Dó maior em sétima (Iº grau).

Improvisação de jazz na guitarra

O que seria do jazz sem improvisação?

Muito pouca coisa!

De fato, para poder tocar jazz, a impregnação da cultura deve ser profunda. Além disso, a improvisação é a base do jazz. Agora, para improvisar, é preciso conhecer um grande leque de acordes, escalas, arpejos e harmonias.

Não é possível improvisar com apenas algumas notas, pois corre-se o risco de se fazer uma improvisação muito pobre.

Definições “guitarra de jazz”

O que é uma “pestana”?

A pestana é a parte que une a mão ao braço do violão. As cordas passam por ela e direcionadas até as tarraxas para afinação.

O que é uma “caixa acústica”?

A caixa acústica é o corpo do violão. Ele é formado pelo fundo (parte de trás), pelo tampo (parte da frente) e pelas laterais do do instrumento. Essa é a parte responsável por amplificar o som das notas do violão.

Aprender a tocar metal e hard rock no violão

“Eu vou para onde a guitarra me leva.”
Angus Young

Canhoto ou destro, violão ou guitarra de metal, é preciso perseverança para tirar um bom som da sua guitarra Gibson, Cort ou Fender, como um verdadeiro metaleiro.

Pronto para aceitar o desafio de tocar hard rock no violão?

Hard rock, herdeiro do blues

O hard rock surgiu em meados da década de 1960 e foi o centro do movimento do blues rock.

O hard rock é tocado em um ritmo binário, enquanto o blues é tocado em ritmo ternário, sem guitarra com efeitos de pedal, diferente do metal.

O guitarrista de rock pesado precisa espancar a guitarra! Hard rock e metal precisam de um som de guitarra mais agressivo.

A importância dos “power chords”

Utilizando os power chords, o guitarrista consegue percorrer o braço do instrumento com uma velocidade muito maior, o que o possibilita também obter um som mais blues, agressivo ou saturado, dependendo da configuração do amplificador da guitarra.

A pentatônica menor, a nota azul e o modo mixolídio

Para quem já está praticando o hard rock na guitarra, divirta-se usando o pentatônico em Ré menor.

Se você nunca ouviu falar em mixolídio, então ainda dá tempo de ponderar se você quer tocar hard rock.

Construído no grau V da escala maior, ele é tocado em um acorde 7 cujas notas de base são o terceiro maior e o sétimo menor. Evite o quarto ou o décimo primeiro esfregando com o terceiro ao jogar o modo mixolídio.

Guitarra: técnicas de metal com a mão direita

Ser capaz de tocar metal passa por diferentes técnicas, especialmente na mão direita quando se é destro ou na mão esquerda quando se é canhoto. É, portanto, uma questão de concentração na mão que lida com o ritmo.

Downpicking

downpicking permite que o guitarrista obtenha um som mais pesado e uma batida de cordas mais agressiva. No entanto, para os iniciantes, é preciso treinar muito antes de ter sucesso.

O picking alternado (alternate picking)

Também conhecida como técnica de ida e volta, o picking alternado minimiza os esforços para se atingir o ritmo desejado.

Ele consiste em ir com a palheta para baixo e para cima sem parar.

Le sweeping ou sweet picking

Para executá-la, é preciso deslizar a palheta de cima para baixo ou de baixo para cima. Tal gesto deve ser seguido pela execução da técnica de muting, que consiste em abafar o som das cordas.

Abafamento (mão direita)

O abafamento com a mão direita consiste em abafar o som das cordas tocadas com a palma da mão direita (para os destros).

Hard rock e faixas de metal para tocar na guitarra

Músicas de hard rock mais fáceis de serem tocadas

  • AC/DC: Back in Black, Whole Lotta Rosie, Shoot To Thrill (et pleins d’autres),
  • Aerosmith: Mana Kin, Same Old Song And Dance, Love In Elevator,
  • ZZ Top: La Grange,
  • Alice Cooper: Schools Out For Summer, Poison,
  • Skid Row: Youth Gone Wild,
  • Jimi Hendrix: Voodoo Child,
  • Led Zeppelin: Whole Lotta Love,
  • Poison: Talk Dirty To Me,
  • Free: All Right Now

Faixas de metal para guitarra iniciante

  • Rammstein: quase todas as músicas, mas especialmente Rammstein,
  • Marilyn Manson: idem, ele possui composições acessíveis para iniciantes,
  • Iron Maiden: várias do repertório, incluindo Fear Of The Dark,
  • Metallica: For Whom The Bell Tolls, Enter Sandman, Fight Fire With Fire, Seek And Destroy (um pouco mais complicada),
  • Black Sabbath: Black Sabbath, Iron Man,
  • Limp Bizkit: Take A Look Around,
  • Deftones: My Own Summer.

Definições “guitarra de metal”

O que é um afinador?

Afinar a guitarra é muito mais fácil com o auxílio de uma ferramenta eletrônica chamada… afinador!

Para que servem as pestanas?

A pestana é usada para achatar as cordas contra o braço do violão, possibilitando a obtenção de um gama maior de sonoridades. Elas também são chamadas de capo, capotraste e trastejador.

Como compor músicas para violão e guitarra?

São muitos os amantes do violão em fase de aprendizado iniciante que sonham em conseguir fazer suas próprias composições para o instrumento.

Se você está nesta fase, então prepare-se, pois Superprof preparou algumas dicas para te guiar pelo caminho do mundo da composição com violão com sucesso.

Conselhos gerais para compor no violão

Como iniciantes, ao compor uma peça de violão ou guitarra, muitas vezes esquecemos – ou simplesmente não conseguimos – passar as emoções que desejamos para os ouvintes. Seja um sentimento, uma mensagem, uma energia, é preciso ficar atento para não perder de vista essa sensação.

Comece por uma ideia clara do que você quer fazer e transmitir:

  • Eu quero uma música para fazer chorar”
  • “Eu quero uma música cheia de energia para fazer querer levantar montanhas”
  • “Eu desejo que o ouvinte fique revoltado ouvindo minha música”
  • “Eu gostaria de fazer o meu ouvinte rir“…

Foco, concentração e prática levam a uma boa composição. É preciso ficar atento na hora de compor no seu violão para conseguir transmitir as emoções desejadas.

Violão: o que é fazer uma composição?

Antes de começar, considere a constituição de uma música:

  • As letras,
  • As melodias,
  • As harmonias,
  • O ritmo.

A importância de cada elemento varia de acordo com o estilo de música escolhido. Por exemplo, no techno, quatro frases serão suficientes para formar a letra da música. Já no rap, elas constituirão a base da composição.

Compor música para voz e violão

Existem duas maneiras de começar a compor um acorde de violão para uma composição que inclua não só o instrumento, mas também voz: escrevendo primeiro a sequência de acordes ou a melodia.

Começando pela sequência de acordes

As sequências de acordes mais comuns são as seguintes (graus no intervalo):

  • I, II, V, I,
  • I, IV, V, I,
  • I, V, IV, I,
  • I, IV, eu, V,
  • I, VI, IV, V,
  • I, II, IV, V,
  • I, III, II, V.

Depois de encontrar uma sequência de acordes, toque-os em loop, na direção desejada, e tente cantar uma melodia junto a ela.

Começando pela melodia

Ser capaz de tocar a partir de uma melodia é um pouco mais complexo, mas é uma ótima maneira de sair do caminho óbvio e criar uma peça original.

Se você tem uma melodia que você não conhece bem, escreva-a e continue a cantá-la regularmente para, assim, memorizá-la.

Feito isso, agora é necessário escrever uma sequência de acordes.

Violão: compor músicas para banda

Uma banda “tradicional” de música é, normalmente, composta por:

  • Um violão ou uma guitarra elétrica, também chamada de guitarra solo,
  • Um baixo,
  • Uma bateria,
  • Às vezes, uma guitarra rítmica.

Escrever um riff de guitarra

Você também pode compor um riff de guitarra. Um ótimo exemplo de riff de sucesso é o que compõe a música Smoke On The Water.

Escrever um riff de baixo

Às vezes é o baixo que detém a melodia básica. A presença marcante desse instrumento é muito comum em ritmos como groove e funk, encontrados em Chameleon e The Chicken.

Acordes que combinam para se compor facilmente

Maior – menor – menor – Maior – Maior – menor – menor (bemol 5 no estilo jazz e blues).

Por exemplo, em Dó maior, dá isso:

Dó Maior – Ré menor – Mi menor – Fá Maior – Sol Maior – Lá menor – Si menor (b5).

Definições “improvisação de violão”

O que é uma tríade?

É uma sucessão de três notas que constituem um acorde básico.

O que é modo dórico?

Este é o segundo modo da escala maior. Ele é um modo menor e um dos mais usados na guitarra, assim como o modo lídio e mixolídio.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar