Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guitarra: dicas para criar ritmos próprios

De Camila, publicado dia 14/01/2019 Blog > Música > Violão > Como compor músicas para violão?

Você sabia que no Brasil, já há algum tempo, tocar violão era sinônimo de ser mal caráter?  Usava-se a frase “ouvi dizer que não é boa pessoa, ainda por cima, toca violão” para se julgar pessoas que não eram muito bem vistas. Tal juízo de valor era associado ao instrumento pelo fato dele ser o favorito dos boêmios. Ainda bem que tudo isso tudo mudou!

Aprender a tocar o instrumento no curso de violão online ou presencial começa com a assimilação da escala pentatônica, solfejo, arpejo e acordes básicos para conseguir reproduzir composições de feras na guitarra e no violão como Jimmy Hendrix, Eric Clapton e Rolling Stones.

São muitos os amantes do violão em fase de aprendizado iniciante que sonham em conseguir fazer suas próprias composições para o instrumento. Isso, claro, depois de dominarem a reprodução de clássicos da guitarra e do violão!

Isso sem contar que atingir um nível no qual se pode fazer improvisações com outros companheiros que dominam instrumentos musicais diversos é praticamente chegar ao paraíso para muitos novatos no mundo das aulas de violão.

Se você está nesta fase, então prepare-se, pois Superprof preparou algumas dicas para te guiar pelo caminho do mundo da composição com sucesso.

Que tal um mini guia para tocar sua música favorita no violão?

Conselhos gerais para compor no violão

Como iniciantes, ao compor uma peça de violão ou guitarra, muitas vezes esquecemos – ou simplesmente não conseguimos – passar as emoções que desejamos para os ouvintes. Seja um sentimento, uma mensagem, uma energia, é preciso ficar atento para não perder de vista essa sensação.

Quando compomos pela primeira vez, tendemos a esquecer desse detalhe super importante, pois acabamos nos focando simplesmente em alinhar notas e acordes para criar algo harmonioso e bonito de se ouvir.

No entanto, a composição depende do seu objetivo básico e do seu humor durante o trabalho.

Comece por uma ideia clara do que você quer fazer e transmitir:

  • Eu quero uma música para fazer chorar”
  • “Eu quero uma música cheia de energia para fazer querer levantar montanhas”
  • “Eu desejo que o ouvinte fique revoltado ouvindo minha música”
  • “Eu gostaria de fazer o meu ouvinte rir“…

Para inspiração, não hesite em ouvir grupos e / ou músicas que coincidam com o astral e a ideia básica desejados para a sua composição.

Dê preferência à simplicidade: evite complexidades a todo custo!

Pode ser tentador querer mostrar tudo o que você pode fazer em uma música. No entanto, é melhor fazer algo simples perfeito a complicado e todo desconectado.

Confira nossas dicas de como compor com violão facilmente. Não é preciso saber escrever partituras complexas para começar a compor.

Lembre-se que as músicas mais bonitas são feitas de melodias extremamente simples, tais como:

  • Wonderwall of Oasis,
  • Hallelujah de Leonard Cohen,
  • La Vie en Rose d’Edith Piaf,
  • With or Without You de U2.

Não se esqueça de ousar! Às vezes é difícil, como iniciante, mostrar criações ousadas para um público.

Isso porque ficamos com medo dos julgamento que possam aparecer a acabar com nosso trabalho, já que, às vezes, ele é muito pessoal. No entanto, não há segredo para conseguir vencer essa barreira. O melhor é respirar fundo, deixar o ego de lado e se lançar de cabeça na ousadia. Lembre-se que muitas críticas acabam sendo positivas, mesmo que muitas vezes sejam difíceis de serem ouvidas.

Não se iniba e comece a compor logo cedo durante o seu trajeto de aprendizado. Tal exercício é excelente para impedir que você se bloqueie mais tarde dizendo “não sou bom o suficiente“, “não tenho ideias” ou coisas do tipo.

Se você se sente inibido por pensar que tudo já foi escrito, então fique sabendo que está totalmente enganado! A música não possui limites e a composição tem limites apenas para aqueles que insistem em criá-los.

Finalmente, lembre-se de gravar suas composições e improvisações, pois você vai gostar de consultá-las no futuro!

Que tal aprender violão tocando rock?

Violão: o que é fazer uma composição?

Antes de começar, considere a constituição de uma música:

  • As letras,
  • As melodias,
  • As harmonias,
  • O ritmo.

A importância de cada elemento varia de acordo com o estilo de música escolhido. Por exemplo, no techno, quatro frases serão suficientes para formar a letra da música. Já no rap, elas constituirão a base da composição.

Um violonista não é necessariamente um cantor. Sendo assim não se intimide se esse for o seu caso.  Você inevitavelmente terá pontos fracos em um dos quatro elementos que constituem uma música.

O melhor é saber identificar quais elementos exigirão mais trabalho.

O importante é trabalhar em seus pontos fracos para progredir e não deixá-los de fora da composição. Se você realmente não conseguir, então peça ajuda ao seu professor de violão ou a um amigo que domine o instrumento.

E que tal fazer aulas de violão para iniciantes?

Não é preciso saber cantar para conseguir compor. E que tal criar composições para voz e violão?

Que tal dicas para aprender a tocar jazz na guitarra?

Compor música para voz e violão

Existem duas maneiras de começar a compor um acorde de violão para uma composição que inclua não só o instrumento, mas também voz: escrevendo primeiro a sequência de acordes ou a melodia.

Começando pela sequência de acordes

Em primeiro lugar, você tem que escolher um tom, por exemplo, em Ré maior. Então é preciso tentar encontrar acordes para esse intervalo.

As sequências de acordes mais comuns são as seguintes (graus no intervalo):

  • I, II, V, I,
  • I, IV, V, I,
  • I, V, IV, I,
  • I, IV, eu, V,
  • I, VI, IV, V,
  • I, II, IV, V,
  • I, III, II, V.

Você é livre para encontrar outros! Os acordes em Ré mais comuns são:

  • D, Em, A, D,
  • D, G, A, D,
  • D, A, G, D,
  • D, G, D, A,
  • D, Bm, D, A,
  • D, Em, G, A,
  • D, F#m, Em, A.

Depois de encontrar uma sequência de acordes, toque-os em loop, na direção desejada, e tente cantar uma melodia junto a ela.

Lembre-se de escrever e registrar tudo para não esquecer de nada no futuro.

Por fim, deixe seus pensamentos amadurecerem enquanto você pensa sobre sua composição por alguns dias. Quando voltar ao trabalho, poderá melhorar o que já foi feito, pois seu ouvido estará descansado.

Começando pela melodia

Não há necessidade de aulas de violão em uma escola de música para começar a compor suas próprias partituras.

Ser capaz de tocar a partir de uma melodia é um pouco mais complexo, mas é uma ótima maneira de sair do caminho óbvio e criar uma peça original.

O primeiro método permite que você tenha uma peça sólida, mas talvez um pouco plana, enquanto o segundo método permite que você traga mais nuances ao ritmo.

Se você tem uma melodia que você não conhece bem, escreva-a e continue a cantá-la regularmente para, assim, memorizá-la.

Encontre aqui as melhores aulas de violão!

Cada acorde de violão e guitarra tem sua vez. Na hora de compor para o violão, pense em acorde por acorde.

Feito isso, agora é necessário escrever uma sequência de acordes.

Dica: pense acorde por acorde.

Com cada medida, é necessário fazer um acorde.

Lembre-se de colocar as notas importantes da melodia nesse acorde. As primeiras notas, assim como as notas longas,  são geralmente as mais importantes em uma melodia.

O final do processo é o mesmo: registrar e deixar de lado descansando por alguns dias.

Que tal o desafio de tocar hard rock no violão?

Violão: compor músicas para banda

Uma banda “tradicional” de música é, normalmente, composta por:

  • Um violão ou uma guitarra elétrica, também chamada de guitarra solo,
  • Um baixo,
  • Uma bateria,
  • Às vezes, uma guitarra rítmica.

A melodia básica é tocada pela guitarra solo (guitarra jazz, guitarra blues ou guitarra folk). Os outros instrumentos musicais têm um papel de acompanhamento.

Escrever um riff de guitarra

Você também pode compor um riff de guitarra. Um ótimo exemplo de riff de sucesso é o que compõe a música Smoke On The Water.

Simplifique: um riff deve ser fácil de tocar, pois ele está presente em toda a música.

Escrever um riff de baixo

Às vezes é o baixo que detém a melodia básica. A presença marcante desse instrumento é muito comum em ritmos como groove e funk, encontrados em Chameleon e The Chicken.

Se você estiver em uma banda, peça ajuda ao seu baixista na hora de compor. O baterista também pode participar, já que o baixo e a bateria estão intimamente ligados, especialmente no que diz respeito ao ritmo.

Se você não tem um grupo, então deve ter algumas noções de baixo, caso contrário, é impossível seguir esse método.

Acordes que combinam para se compor facilmente

Existe uma sequência que deve ser aprendida cor, pois ela facilitará enormemente sua vida se compositor:

Maior – menor – menor – Maior – Maior – menor – menor (bemol 5 no estilo jazz e blues).

Por exemplo, em Dó maior, dá isso:

Dó Maior – Ré menor – Mi menor – Fá Maior – Sol Maior – Lá menor – Si menor (b5).

Nada melhor do que diversificar para agradar. A variação de intensidade da composição para violão e guitarra dá uma dinâmica diferente para a música.

Variar as intensidades

Para colocar mais textura na sua música, pense em propor intensidades diferentes com, por exemplo, uma estrofe calma e um refrão energético.

Não esqueça de jogar com os silêncios. Isso também faz parte da dinâmica de uma composição.

E o mais importante depois de todas essas dicas: deixe-se levar, pois a criatividade não tem limite.

Definições “improvisação de violão”

No folk, bossa nova, funk ou blues rock, improvisar na guitarra com a mão direita e a mão esquerda é essencial. Mas para conhecer termos técnicos também!

O que é uma tríade?

É uma sucessão de três notas que constituem um acorde básico.

O que é modo dórico?

Este é o segundo modo da escala maior. Ele é um modo menor e um dos mais usados na guitarra, assim como o modo lídio e mixolídio.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...
avatar