Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guitarra: alguns acordes de rock’n’roll e derivados

De Camila, publicado dia 13/01/2019 Blog > Música > Violão > Aprender violão: tocando roque

“As pessoas que não dão uma única chance à música para mudar o mundo são aquelas que não gostam de música”.
Ben Harper

Tocar violão não é coisa mais complicada do mundo. No entanto, aprender a extrair música do instrumento durante as aulas de violão geralmente passa por vários estágios.

Se o rock lhe interessa, é possível fazer um curso de violão utilizando um modelo clássico e convencional ou uma guitarra elétrica.

Tudo depende do estilo de rock que te interessa! De Jimi Hendrix a Eric Clapton, muitas vezes existem apenas alguns acordes diferentes.

Com um curso de violão online ou presencial com um professor particular, você conseguirá aprender suas músicas favoritas em um piscar de olhos.

Para te ajudar nessa aventura, preparamos algumas dicas sobre como tocar roque no violão ou na guitarra!

Dicas para começar a tocar rock

Antes de fazer seu primeiro solo de guitarra, usando um pedal de efeitos ou se divertindo com distorção, é preciso conhecer alguns pontos importantes na hora de tocar uma guitarra rock.

Primeiro elemento a ser levado em conta: palheta

Escolha uma palheta rígida e pontuda.

Quando você toca uma corda, cria-se uma torção na palheta.

Uma palheta mais maleável tende a sofrer uma torção maior. Isso porque ela vibra durante o toque na corda, aumentando consideravelmente o tempo da ação.

A palheta rígida reduz a torção e, portanto, o tempo de ação.

O lado pontudo da palheta aumenta a precisão na hora de tocar as notas. Ele também reduz o atrito entre o pequeno objeto e o fio (de metal ou nylon).

A posição da palheta

A orientação da palheta também é importante.

É necessário reduzir ao máximo o tempo de toque em ritmos rápidos como os que se manifestam no rock.

Para tal, a palheta deve ser posicionada a cerca de 45 ° na direção do movimento, o que é ideal tocar solos e também em uma única corda.

A palheta rígida é melhor do que a mole para se tocar roque na guitarra. Opte por uma palheta mais rígida na hora de fazer aulas aprender a tocar rock no violão.

Como posicionar a mão?

A posição da mão direita quando se é destro – ou a mão esquerda quando se é canhoto – é primordial.

Ela deve ser posicionada mais próxima ao cavalete para reduzir a vibração da corda e obter mais precisão.

Nos ritmos de rock, o abafamento das cordas é muito usado e isso acontece quando você coloca a palma da mão entre a corda e o cavalete.

Além disso, os movimentos estão ligados ao movimento do  pulso. O braço em si não deve se mover. Por isso, é necessário adquirir uma certa flexibilidade do pulso para melhor executar os diferentes movimentos de maneira rápida.

É preciso ainda prestar atenção à amplitude dos gestos, assim como a dar força igual a cada movimento para que eles sejam uniformes produzam sons únicos.

Primeiro passo: saber o nome das notas de violão

Providencie um afinador – peça ao seu professor de violão ou a um guitarrista mais experiente – para que seu instrumento produza os sons corretos relativos a cada nota.

Afinar um violão nem sempre é fácil quando se é iniciante. Esse é, no entanto, um passo necessário.

Para começar, é preciso conhecer as notas das seis cordas tocadas isoladamente:

  • A corda 1 é a mais fina. Essa é a corda mais distante de você, na parte inferior do braço. A corda 1 corresponde ao Mi agudo;
  • A corda 2 corresponde ao Si;
  • A corda 3 corresponde ao Sol;
  • A corda 4 ao ;
  • A corda 5 ao
  • A corda 6, a mais grossa e mais próxima a você, corresponde ao Mi grave.

Para ritmos de rock, utiliza-se os dois acordes mais graves. Aqui estão as notas diferentes sobre essas seqüências de caracteres de acordo com a casa escolhida:

  • Na sexta corda:
    – Sozinha: Mi grave,
    – Casa 1: Fa
    – Casa 3: Sol,
    – Casa 5: La,
    – Casa 7: Si,
    – Casa 8: Dó,
    Casa 10: ,
    – Casa 12 na oitava: Mi,
  • Na quinta corda:
    – Sozinha: ,
    – Casa 2: Si,
    – Casa 3: ,
    – Casa 5: ,
    – Casa 7: Mi,
    – Casa 8: Fa
    – Casa 10: Sol,
    – Casa 12 na oitava: .

No rock popular, rockabilly ou rock’n’roll, também são usados ​​acordes sustenidos e em bemol.

Tocar violão e guitarra é a mesma coisa. Quem aprende a tocar violão também consegue tocar guitarra.

Uma nota sustenida é uma nota um semitom mais alta. Isso corresponde, no braço, à mesma nota na casa superior.

Uma nota em bemol é, pelo contrário, uma nota um semitom mais baixo. Isso corresponde, no braço do violão, à mesma nota na casa inferior.

Segundo passo: acordes de violão

Nas aulas de guitarra, você certamente aprenderá a usar power chords, sendo eles acordes bicordes que são compostos apenas por duas notas: a tônica combinada à quinta nota

Estes são acordes amplamente utilizados em rock e podem ser executados ao longo de todo o braço do violão.

Os “acordes poderosos” (tradução literal para power chords) são acordes simplificados. Eles têm só duas notas separadas, enquanto os outros acordes podem usar até 6.

Eles são certamente menos ricos que outros acordes, mas são muito interessantes para tocar músicas com um som saturado.

A vitalidade das notas e do som produzido  é nitidamente percebida quando power chords são tocados. Daí seu uso massivo em blues rock, hard rock, grunge e rock metal.

Nada mais simples que tocar um power chord: basta memorizar um padrão simples e você pode tocá-lo em qualquer lugar do braço.

A nota principal é tocada em uma das três últimas cordas (as mais graves). É possível tocar em outras cordas, mas elas podem acabar produzindo um som muito agudo.

A segunda nota está na corda logo abaixo da que está na primeira nota e se localiza duas casas acima (em direção à cabeça do instrumento).

A primeira nota é feita com o dedo indicador e a segunda com o dedo anelar.

Existe uma variante possível na qual pode-se adicionar a oitava da segunda nota: são tocadas 3 notas, mas apenas duas serão audíveis, uma vez que a nota principal e a oitava são as mesmas.

A oitava é tocada com o dedo mindinho.

O power chord é muito utilizado quando se toca rock no violão. Exemplo de como tocar um power chord no violão (fonte: Instinct Guitare)

Atenção: da terceira corda até a primeira, para encontrar a oitava, você tem que mover 3 casas e não duas como na primeira nota.

Terceiro passo: tocar um riff no violão

Um riff é uma frase musical melódica e rítmica que se repete e caracteriza uma música. Esta é a abreviação da palavra inglesa “refrain“.

Ele dura entre 1 e 8 medições.

Para tocar um riff de rock – ou qualquer outro riff de guitarra – é muito importante prestar atenção em alguns detalhes:

  • Coloque seus dedos no lugar certo,
  • Posicione seus dedos no momento certo,
  • Conheça bem as notas da melodia: isso aumenta suas chances de colocar seus dedos no lugar certo na hora certa,
  • Passe de uma corda para outra sem cometer erros para evitar notas falsas,
  • Toque as notas corretamente, pressionando perto do traste,
  • Sincronize a mão esquerda com a direita: pressione uma casa e toque a corda ao mesmo tempo.

Para dominar um riff, treine seguindo passo a passo e faça exercícios antes de enfrentar o riff da sua música favorita.

Comece tocando uma única nota várias vezes seguidas até que você a tenha dominado completamente. É um exercício muito eficaz para melhorar sua musicalidade. O objetivo é tocar uma nota clara e precisa.

O segundo passo é tocar várias notas em uma corda para melhorar sua destreza e sincronização.

Finalmente, vá de uma corda a outra sem se enganar.

Para fazer um riff, faça o mesmo: vá devagar e não se preocupe com a melodia no começo, mas sim com as notas de aprendizado para que elas fiquem bem ancoradas em seus dedilhados.

Tocar um riff ritmado é mais fácil com o auxílio de um metrônomo.

Satisfaction dos Stones possui um riff super fácil. Você já se imaginou tocando Rolling Stones no violão?

Riffs fáceis para violão: 

  • Satisfaction – Rolling Stones,
  • Seven Nation Army – White Stripes,
  • Day Tripper – Beatles,
  • Smoke On The Water – Deep Purple,
  • Crazy Train – Ozzy Osbourne,
  • Prayer C – Lili Wood & The Prick,
  • Smells Like Teen Spirit – Nirvana.

Quarto passo: escala pentatônica menor para violão

Popular no rock e blues, esta é frequentemente a primeira escala que um aprendiz de violão aprende.

Penta significa cinco e tônica significa nota. Uma escala pentatônica, portanto, é uma escala que contém 5 notas.

Existem muitas escalas pentatônicas, mas uma delas é particularmente bem conhecida pelos guitarristas: é a escala pentatônica menor.

Ela é muito usada para solos improvisações. Ouça em vez disso:

  • Stairway to Heaven em pentatônica menor em ,
  • Nothing Else Matters de Metallica em pentatônica menor em Mi.

Um escala pentatônica tem a vantagem de ser fácil de memorizar, simples de tocar e utilizável em praticamente qualquer ritmo.

Definições “rock violão”

Começar a fazer aulas de violão ou guitarra envolve apropriar-se de um novo vocabulário.

Como tudo na vida, aprender violão exige prática. É preciso praticar constantemente para ficar craque no violão.

O que são acordes cruzados?

O dedo indicador ou outro dedo da mão esquerda para uma pessoa destra, com a mão direita para um canhoto, pressiona simultaneamente várias cordas

O que são tablaturas?

É uma representação gráfica dos sons musicais específicos de cada instrumento. Uma tablatura de guitarra não usa solfejo.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar