"Quando você estiver preso no fundo, nunca se esqueça de quão bom é o som do violão!" - Pantera Dimebag Darrel

Em 2018, de acordo com um estudo da Consequence of Sound, as pessoas que iniciam o violão estão mais interessadas em entretenimento e querem aprender a tocar músicas para sua própria satisfação e, possivelmente, para sua família ou amigos, em vez de se tornarem estrelas do rock.

Mas nada impede que você sonhe com a glória e queira viver da sua música. O violão é um instrumento musical que oferece várias possibilidades para você exercer a profissão de guitarrista ou violonista e ser remunerado graças ao domínio do instrumento.

Neste artigo, descubra por que algumas pessoas escolhem esse caminho, quais estudos seguir para ganhar a vida com a música, quanto ganham os músicos profissionais e como podem se desenvolver profissionalmente.

Por que se tornar um guitarrista profissional?

Por que se tornar um guitarrista profissional?
Top 6 dos motivos para aprender a tocar violão e trabalhar com isso

Encontre uma aula de violão para iniciantes!

A música é muito mais do que um hobby. Se você quiser progredir, melhorar seu ritmo, sua resistência ou sua improvisação, terá que praticar. E é difícil se obrigar a estudar se você não tem paixão pelo violão.

Esta é a primeira razão que o leva a querer se exercitar como músico profissional: a paixão. As profissões artísticas são obviamente profissões apaixonadas porque são muito exigentes e às vezes ingratas. Para entender melhor isso, pergunte aos atores, cantores ou dançarinos se sua vida profissional é feita apenas de brilho e fama.

Também poderíamos comparar o guitarrista a um atleta de ponta: a paixão deve ser extremamente grande para motivar-se com sucesso o tempo todo. Mas isso não é suficiente. Você também precisa ser rigoroso, ambicioso e disciplinado.

Porque ser guitarrista não é apenas ir a shows, cair na estrada com sua banda e sair para beber depois das apresentações. Em geral, são horas de prática instrumental para dominar seu instrumento na ponta dos dedos. Às vezes, você precisa se obrigar a trabalhar e na verdade você preferiria sair para tomar um ar fresco.

As motivações para ser um guitarrista profissional podem, no entanto, ser diferentes dependendo de cada pessoa:

  • Ser solista pode não lhe interessar. Você pode montar um grupo com um baterista, um baixista, um pianista e / ou um saxofonista. A profissão de músico é mais divertida se você a exerce na companhia de outros músicos profissionais.
  • Você pode transmitir sua paixão pela música para jovens estudantes. Se você toca música popular brasileira funk, pop rock ou jazz, pode se tornar um professor de violão para ensinar suas habilidades em uma escola de música ou como professor particular.
  • Você pode ter uma profissão variada e exercitar várias facetas possíveis do trabalho de guitarrista profissional. Ao mesmo tempo, professor de música, guitarrista de um grupo, mas também gerente de negócios responsável pela comunicação do grupo, para encontrar apresentações e gerenciar o investimento na sua formação musical.

E você, por que quer ser um guitarrista profissional?

O que estudar para se tornar guitarrista profissional?

Faça uma aula de violão online!

Qual curso de violão fazer para trabalhar com música?
Qual curso de violão fazer para trabalhar com música?

Os estudos musicais não são obrigatórios, mas podem abrir portas com mais facilidade e rapidez, se você quiser praticar como guitarrista profissional.

A partir dos seis anos, é possível ingressar em conservatórios e escolas de música. Em geral o primeiro ano de musicalização é uma introdução à música e aquisição das primeiras noções de teoria musical. O jovem estudante descobre vários instrumentos musicais e escolhe o que prefere no ano seguinte. A escolha depende do número de vagas disponíveis e da afinidade do aluno pelo instrumento.

Esse ciclo de iniciação dura entre um e três anos e o aluno não existe uma verdadeira avaliação rigorosa dos estudos. Após esta fase de musicalização, o aluno normalmente escolhe um instrumento e passa a direcionar os estudos.

Outra opção de estudos é o Ensino Superior, com o curso de graduação em música. O estudante pode optar pela modalidade de bacharelado e com ela poderá atuar de diversas formas, como maestro, dentro de orquestras ou bandas, fazendo composições, criando melodias e fazendo novos arranjos para músicas já existentes. Já a modalidade de licenciatura permite lecionar em escolas do ensino fundamental e médio como professor de música. Existe também a graduação em Produção Cultural, que permite ao profissional envolver-se com as atividades que dão sustentação à produção e veiculação de obras no campo da cultura, como shows musicais. Neste caso o profissional não executa diretamente as músicas, mas trabalha como divulgação, contratação de serviços, contatos para agendamentos, cenografia etc.

Há também a possibilidade de estudar em grandes escolas de música e conservatórios conhecidos como a Escola Municipal de Música de São Paulo, a EMESP Tom Jobim ou a Escola de Música Villa-Lobos. Além dos cursos de formação, que tê a duração de 3 anos em média, os músicos podem participar de um processo seletivo para participar dos Grupos Artísticos.

Qual o salário de um guitarrista profissional?

Encontre um curso de violão online!

Não existem muitos guitarristas empregados com carteira assinada. A maioria trabalha como autônomo. Assim, o salário de um guitarrista é extremamente variável de acordo com vários critérios:

  • Seu status,
  • O horário de trabalho dele,
  • Sua fama.

Um violonista praticando como instrumentista sob a égide de um maestro de uma orquestra nacional terá um salário muito maior do que um guitarrista profissional que deseja tocar no metrô ...

Dentro de uma orquestra nacional, o violonista será assalariado e terá um salário entre 2 e 8 mil reais em início de carreira.

Se o guitarrista preferir praticar como professor, isso depende de seu status:

  • Na Educação Pública, o piso salarial de um professor de música é R$ 2.886,24 reais,
  • Em uma escola ou associação de música, o salário dele não será muito mais alto do que a média. Ele pode ganhar até 3.000 por mês, se praticar em uma escola particular de música,
  • O professor particular que ministra aulas de violao em casa terá um salário muito variável, dependendo do número de alunos que possui, da sua taxa horária e do número de horas de aulas por semana.

Existem outras maneiras de ganhar dinheiro sendo um guitarrista profissional, mas novamente o salário pode ser extremamente variável, mesmo de mês para mês. Você pode ganhar dinheiro tocando em festivais, bares ou salas de concerto. Mas ainda é necessário contar com a sorte e procurar as apresentações que lhe permitirão viver corretamente de sua música, tocando blues, mpb, músicas atuais, folk ou hard rock.

E não espere ganhar um salário alto tocando no metrô ...

Profissão guitarrista: qual a progressão de carreira?

Como tocar violão?
Como crescer profissionalmente sendo guitarrista? Não hesite em dar uma apresentação ao vivo na rua para experimentar!

A carreira de um guitarrista não tem nada a ver como a carreira de um colaborador de uma empresa. Você não vai ingressar em uma empresa e subir na hierarquia de acordo com a sua ancianidade, enquanto ganha algumas centenas de reais a mais com cada mudança de posição.

A profissão de guitarrista é plural e requer uma capacidade extraordinária de adaptação para conseguir viver dela. Ou você se junta a uma das orquestras nacionais com muito trabalho e um pouco de sorte e, nesse caso, ganha um salário decente. Ou você se torna professor de Educação Pública, não ganha tão bem assim, e ainda não toca necessariamente seu violão. Se você optar por ser um guitarrista profissional independente e autônomo e quiser viver de suas apresentações, saiba que seu salário nunca será o mesmo nem garantido.

Se você passar no processo seletivo e integrar uma orquestra nacional, vai começar a carreira como um tuttista, ou seja, vai tocar em uníssono com os outros músicos: clarinete, violino, flauta, percussão ... Sua única perspectiva de evolução é se tornar um solista. Caso contrário, você também pode tentar integrar uma orquestra estrangeira para ter uma experiência diferente.

Se você é professor de educação musical, sua única evolução será em termos de salário. O mesmo se aplica se você trabalha em uma escola de música, com a diferença de que você pode subir a escada para ensinar estudantes cada vez mais avançados.

Com o grande desenvolvimento da indústria de entretenimento, há também oportunidades para músicos na elaboração de trilhas sonoras para desenhos, para campanhas comerciais, filmes e peças teatrais. De forma sucinta, há diversos campos para difundir a arte musical, basta talento e dedicação para obtenção do sucesso.

Agora se você trabalha fazendo apresentações em bares, restaurantes, festas e festivais, pode evoluir de maneira diferente, intervindo em diferentes estruturas (escolas, hospitais, empresas ...). Você também pode desenvolver seu grupo de música de acordo com a sua rede e as oportunidades criadas. Você tanto pode ficar confinado às celebrações familiares, como se tornar um grupo conhecido em todo o Brasil e participar regularmente de festivais.

Bem, você entendeu: não conte muito com a progressão de carreira como guitarrista. É uma profissão muito diferente das outras, como a maioria das profissões artísticas.

Então, você ainda quer se tornar um guitarrista profissional?

Encontre sua aula de violao basico!

Precisando de um professor de Violão ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.