Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quer tocar violão? Saiba o que é preciso aprender!

De Fernanda, publicado dia 20/01/2019 Blog > Música > Violão > O guia completo do guitarrista iniciante!

O número de guitarristas e violonistas no mundo é estimado em cerca de 50 milhões.

Bem, então você já pode imaginar que todos eles já foram iniciantes no instrumento, como talvez você o seja agora.

Mas cuidado, aprender violão requer motivação e estudo. Nós não aprendemos a tocar a guitarra elétrica como Hendrix por osmose!

Se fazer aulas de violão para iniciantes é algo altamente recomendável, só isso talvez não seja suficiente. Qualquer aprendizado requer investimento do aluno.

Aqui estão algumas dicas e respostas para suas perguntas sobre o estudo de violão e guitarra para iniciantes.

É preciso conhecer teoria para tocar guitarra?

É preciso conhecer teoria para tocar guitarra? Violonistas: por que aprender teoria musical?

Vamos acabar agora com esse suspense insuportável: não, a teoria musical não é obrigatória para aprender a tocar violão!

Muitos guitarristas famosos no mundo inteiro – basta citar apenas um, Jimi Hendrix – nunca aprenderam a teoria musical como a conhecemos.

Leitura de notas e teoria musical

No entanto, na teoria musical, há uma tendência a confundir e imaginar muitas coisas. Muitas vezes lembramos das carteiras tradicionais de escola e às vezes até imaginamos um professor autoritário e taciturno pronto para nos acertar com uma régua na cabeça caso você não saiba o significado de “sustenido”!

Não dá muita muita vontade de aprender assim…

Bem, mas para simplificar, saiba que o conteúdo da teoria musical pode ser dividido em duas partes distintas:

  • A leitura de notas: em suma, isso quer dizer que você é capaz de identificar tal nota como um sol, ou que esta é um dó, e depois sabe tocá-las no seu instrumento,
  • A teoria da música: é saber o que é um intervalo, uma escala maior, uma escala menor, um arpejo …

Única desvantagem: se você quer tocar violão clássico, a teoria é essencial. A maioria das partituras de música clássica não é feita em tablaturas, então é melhor você aprender a ler as notas. Você não precisa da teoria musical se quiser apenas reproduzir as músicas.

Fora isso, para a maioria dos guitarristas ou violonistas, a leitura de notas não é obrigatória. Muitas partituras de guitarra foram transcritas em tablaturas. Então basta saber ler uma tablatura de guitarra para conseguir tocar. E é muito mais fácil do que aprender as notas.

A tablatura de guitarra e violão ilustra as notas que você deve tocar no instrumento sem ter que saber como lê-las.

Tenha cuidado, no entanto, para encontrar tablaturas que indiquem a duração das notas e do ritmo. Caso contrário, pode ser bem complicado!

E que tal fazer aulas de violão para iniciantes?

Teoria musical para improvisação e composição

Como você pode perceber, os iniciantes não precisam aprender a decifrar uma partitura. Aprender teoria musical não é obrigatório e você pode estudar mais tarde, após dois ou três anos de prática.

Para começar, o ideal é dominar os dois pilares do violão: o ritmo e os acordes.

O prazer de tocar é quase imediato, ao contrário do tédio que pode surgir ao aprender a teoria, que pode ser chata e desmotivadora no começo do aprendizado do violão.

No entanto, se você gosta de entender tudo e se lhe interessa, isso pode ser mais uma vantagem na hora de entender perfeitamente o braço de seu violão ou guitarra.

Além disso, depois de alguns meses ou alguns anos, se você quiser compor e improvisar, a teoria musical vai ser inevitável.

Você vai ter que entender como as escalas são construídas, quais acordes são colocados em quais escalas, tudo isso para permitir que você economize tempo e saiba quais acordes combinam juntos.

Tudo isso para improvisar com maior facilidade, sem o risco de erras as notas e passar vergonha.

Encontre aqui as melhores aulas de violão!

Saiba tudo sobre o braço da guitarra

Noções básicas para conhecer a guitarra. Guitarristas e violonistas: como tocar bem seu instrumento?

O que é um braço de um violão?

Nós vamos dar destaque a esta parte específica do instrumento porque é aqui que a mão esquerda para os canhotos e a mão direita para os destros será solicitada, para apertar as cordas e produzir as notas.

O braço abrange as cravelhas, a pestana e os trastes.

É feito de um único pedaço de madeira, em mogno, maple, nogueira ou cedro.

É coberto por uma camada ou placa também em madeira, muito dura e bem fina, em ébano, pau-rosa ou maple. Esta peça é barrada com 19 a 22 trastes (às vezes mais) em metal (cobre, zinco e níquel para a maioria) que dão suporte e encurtam o comprimento de vibração da corda.

O espaço entre dois trastes é chamado de casa. Cada casa representa um semitom.

As cordas do violão têm apoio no braço e nos trastes. O braço é conectado à cabeça na pestana e está fixo à caixa de som do instrumento.

A estrutura do braço

Você era bom em matemática? Porque os próximos princípios podem se assemelhar a teoremas matemáticos… Então aguente firme!

Alguns princípios básicos podem ajudá-lo antes de começar a aprender violão popular, guitarra jazz ou violão cigano:

  • Uma única casa separa o Si (B) do Dó (C) e o Mi (E) do Fá (F),
  • Para as outras notas (Ré, Sol, Lá), há duas casas de intervalo,
  • É absolutamente necessário memorizar as notas das cordas soltas: Mi agudo, Si, Sol, Ré, Mi grave (da mais aguda e mais fina à mais grave e mais grossa). Na notação inglesa: E, B, G, D, A, E,
  • Todas as notas das cordas soltas são repetidas na décima segunda casa,
  • Qualquer nota pode ser tocada na próxima corda 5 casas acima (mais agudas) no braço do violão (exceto as cordas 2 e 3, Si e Sol, onde a diferença é de apenas 4 casas). Exemplo: se você tocar um Lá na 5ª corda, 12ª casa, você também pode tocar um Lá na 6ª corda, 17ª casa,
  • As notas da quinta casa são idênticas à nota da corda solta anterior (com exceção da terceira corda).

É claro que conhecer todos esses princípios não é obrigatório, mas se quiser aprender mais rápido, isso pode ajudar! Lembre-se deles sempre que puder!

Veja aqui aula de violão para iniciante!

Como saber qual é o seu nível no violão?

Como saber qual é o seu nível no violão? Iniciante, intermediário ou avançado: teste suas habilidades como guitarrista ou violonista!

Após passar pelo estágio de iniciante que nunca encostou nas cordas de uma guitarra na vida, você provavelmente vai alcançar o nível de principiante real.

Você fez alguns cursos on-line ou presenciais, com amigos ou com um método de violão sozinho em casa. Você está ciente das noções de base da guitarra e conhece os acordes básicos.

Você toca os acordes de base das suas primeiras músicas. Não está necessariamente no ritmo, ainda erra algumas notas, mas as pessoas reconhecem o que você toca. Já é um bom começo!

Você está ciente do caminho a percorrer para conseguir dominar perfeitamente o ritmo e os acordes.

Nem todo mundo passa do iniciante para o nível intermediário. Nós não podemos avaliar o seu nível, dizendo por exemplo que nos dois primeiros anos o guitarrista é iniciante, a partir do terceiro até o quinto ele é intermediário, e depois ele passa para o avançado. Tudo depende do seu investimento e do tempo real gasto no instrumento.

Superar o estágio intermediário é complicado.

É preciso uma técnica impecável e extensa (arpejos, sweep picking …), um ritmo perfeito e uma harmonia tão integrada que você não praticamente não pensa mais quando toca.

Você é capaz de usar o que aprendeu durante seus anos de aprendizado do violão e praticá-lo a qualquer momento.

A improvisação é fluida, é fácil para você reproduzir o que ouve. Você pode tocar o que quiser e quando quiser sem erros. Você não pensa muito sobre o que faz.

Você também tem grande experiência em grupo e no palco.

10 dicas para evoluir depressa na guitarra!

10 dicas para evoluir depressa na guitarra! Como aprimorar suas técnicas de violonista!

Conheça algumas das muitas dicas do Superprof para evoluir nos seus estudos!

Em primeiro lugar, para conseguir fazer os exercícios de violão ou guitarra, é melhor se aquecer antes.

Como antes de um esforço esportivo, o objetivo não é necessariamente evitar uma lesão (não há risco de torcer ou fraturar a mão com o violão), mas relaxar os músculos.

Comece aquecendo o pescoço e os ombros para não ficar tenso na hora de tocar seu instrumento.

E nós não cansamos de repetir no Superprof: a regularidade é essencial em qualquer aprendizado.

Seja com um idioma, um esporte ou instrumentos musicais, estudar um pouco todos os dias sempre é mais eficaz do que muito uma vez por semana.

Mesmo se você tiver apenas 10 minutos para a guitarra durante o dia, faça isso! É sempre melhor que nada.

Por fim, saiba que sem motivação, você não evolui.

É uma sequência lógica: aprendemos melhor quando queremos aprender e progredir.

Mas você deve ter notado que a motivação varia. Um dia, estamos super motivados, no dia seguinte, queremos fazer tudo menos estudar violão (sim, até lavar a louça pode ser uma atividade mais atrativa).

E isso é normal, somos seres humanos que precisam de estimulação diária para agir.

Uma coisa é certa: você vai progredir mais rapidamente com motivação.

Então chegou a hora de encontrar suas alavancas motivacionais. Encontre objetivos de curto e médio prazo, descubra novas bandas, converse com seus amigos músicos, crie uma nova música …

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar