Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como se alimentar quando se é um yogui?

De Joseane, publicado dia 15/07/2019 Blog > Esporte > Yoga > A alimentação de quem pratica yoga

A prática do yoga é muitas vezes acompanhado por um estilo de vida equilibrado e saudável, que inclui a forma como nos alimentamos. Certo, praticar yoga é um prática esportiva rica e completa, porém o yoga vai muito além disso. Yoga é uma filosofia de vida que busca através de seus valores e princípios o verdadeiro equilíbrio físico, emocional e o bem estar do eu.

É provado que a meneira como nos alimentamos e os alimentos que ingerimos possuem um papel importante no nosso corpo e isso reflete no nosso comportamento, no nosso bem estar físico e emocional. Daí vem a relação entre yoga e alimentação. Não dá para buscar o bem estar através da prática do yoga e ignorar essa parte importante que é a alimentação.

Por essa razão, a alimentação faz parte dos pilares do yoga. É preciso repensar a forma como a gente se alimenta, sobretudo quando queremos viver completamente a filosofia do yoga. A seguir, compreenderemos em detalhes como deve se constituir a alimentação de um yogui, o que comer antes e depois da prática do yoga.

A alimentação no yoga

No yoga a alimentação vai além do simples fato de ingerir um alimento. É importante refletir sobre o que se come. Tornar-se consciente daquilo que você tem em seu prato, mastigar bem e calmamente para sentir as diferentes texturas e sabores, escolhendo alimentos sãos e que não infrinjam as bases da yoga que preza a bondade e o não sofrimento.

Vegetarianismo e yoga A alimentação é uma parte essencial da folisofia yoga. Comer bem e com consciência

No Yoga são tidos em consideração não só os efeitos orgânicos dos alimentos, mas também os seus efeitos subtis sobre a mente. Por esta razão, devem ser evitados os alimentos excessivamente estimulantes que tornam a mente instável, bem como os alimentos demasiadamente pesados que nos levam a um estado de prostração.

O vegetarianismo no yoga, a importância de se alimentar bem

O estilo de vida yogui propõe uma dieta leve, rica em nutrientes e leva em consideração o não sofrimento. Assim, o vegetarianismo é a dieta mais recomendada e mais praticada entre aqueles que fazem yoga e que vivem bem essa filosofia.

O vegetarianismo e a prática da yoga estão ligados, já que essa dieta reflete sobre a condição do ser animal que merece viver sem sofrimento.

Existem três razões fundamentais para optarmos por uma alimentação vegetariana:

  • A violência que é infligida sobre os animais;
  • O desperdício de recursos alimentares para a criação de gado para abate;
  • Os efeitos nocivos que sobretudo as carnes vermelhas têm na nossa saúde.

Veja que não se trata de se tornar radical da noite para o dia, mas de compreender a filosofia do yoga e fazer aquilo que trará bem estar para você, para o seu corpo e para a sua mente mas também para o mundo em sua volta.

A dieta ovolactovegetariana: uma opção saudável para os yogi

Para aqueles que praticam a yoga e que sentem a necessidade de ter uma opção de proteína animal no prato, a dieta ovolactovegetariana é uma boa pedida. Esta é a dieta mais comum na Índia (berço do yoga). Ela é composta da ingestão de: ovos, lacticínios, mel e vegetais.

Para quem quer adotar a dieta ovolacto como é comumente chamada, aqui vai uma ideia de cardápio para começar:

  • Café da manhã: 240 ml de leite com granola + 1 maçã;
  • Lanche da manhã: 1 iogurte + 1 colher de chá de linhaça;
  • Almoço: 1 omelete com queijo e salsinha + 4 col. sopa de arroz + 2 col. sopa de feijão + salada de rúcula, tomate e cenoura temperada com azeite e vinagre + 1 laranja de sobremesa;
  • Lanche da tarde: 1 copo de suco de abacaxi com hortelã + 1 pão integral com requeijão e 1 fatia de queijo.

Como funciona a dieta yogui

A yoga busca o equilíbrio e o bem estar do ser. Se alimentar conscientemente faz parte do processo de busca por uma vida mais plena e equilibrada.

Yoga e boa forma física A boa alimentação ajuda a manter a boa forma física, e consequentemente ajuda a nos sentir bem com o nosso corpo!

Alimentação e yoga são, portanto, inseparáveis. É é certamente por isso que a alimentação é parte dos pilares de base do yoga. Mas, na realidade, por que o yoga chama a atenção para a forma como nos alimentamos? Conheça alguns dos motivos:

  • Adotar uma abordagem ecológica e mais responsável,
  • Por convicção, como o vegetarianismo,
  • Para ajudar a manter o corpo são e perder peso,
  • Para respeitar certas tradições ou religiões,
  • Para aproveitar melhor os benefícios do esporte,
  • Para incentivar os cuidados com o corpo,
  • Para exercitar a plena consciência;

Os alimentos Rajásicos

Todos os alimentos considerados estimulantes, como a cafeína, açúcar refinado, cebola, alho, piripiri. Alimentos fortemente condimentados ou aromáticos, amargos, salgados, ácidos ou doces. Se consumidos em excesso estes alimentos agitam a mente devido ao estimulo sobre o sistema endócrino e nervoso dificultando o estado de calma e satisfação que se pretende alcançar com o Yoga.

Os alimentos Tamásicos

Contrariamente aos Rajásicos estes alimentos são depressores. Retiram-nos energia e envenenam o nosso organismo. Neles estão incluídos alimentos velhos, insípidos, demasiados maduros, enlatados, congelados, conservas e alimentos processados. A carne vermelha e o álcool também estão nesta categoria.

Os alimentos Sátvicos

São alimentos puros que nos permitem maiores obter maiores níveis de energia e de vitalidade. Alimentos, eles próprios cheios de vitalidade. Estão incluídos nesta secção as frutas, os vegetais, os frutos secos, as sementes, os cereais integrais, os laticínios e o mel.

Logo, optar por uma dieta leve e equilibrada priorizando os alimentos naturais constituem uma dieta yogui de qualidade.

Qual a melhor alimentação para praticantes do yoga

O yoga é uma disciplina rica, completa, que coloca em evidência os nossos sentidos, todos os nossos membros,uma verdadeira terapia para o nosso corpo e para a nossa mente. Uma prática esportiva, portanto, que é necessário saber alimentar, sempre respeitando o corpo. Se a prática é uma busca de paz interior, de luz, de equilíbrio e de felicidade, o lógico é escolhermos alimentos que nos trazem essas qualidades.

Receitas vegetarianas para yogui Alimentos frescos e nutritivos, ideal para uma dieta yogui!

Dessa forma, o yoga sugere que os alimentos sejam consumidos no seu estado mais natural (não processados), mais frescos e nutritivos, uma vez que permite retirar deles uma maior e melhor força vital. Este tipo de alimentos são, não só, mais fáceis de digerir como melhoram o funcionamento de todo o nosso sistema digestivo.

E quais alimentos são os mais adequados à prática de yoga e de meditação?

  • Frutas frescas e de estação
  • A maior parte dos vegetais, sobretudo quando frescos ou cozidos
  •   Grãos, sementes e nozes
  • Leite e queijos frescos orgânicos
  • Adoçantes naturais, como mel
  • Óleos extra virgens, como o azeite ou de coco
  • Especiarias, ervas doces e picantes suaves: gengibre, canela, cardamomo, cúrcuma, funcho, coentros e manjericão.

O que comer antes e depois do yoga

É importante manter um ritmo de vida equilibrado e apostar em uma alimentação saudável em todas as situações. Mas, se você é praticante de yoga ou de qualquer outro esporte, você tem uma razão a mais para repensar a maneira como você se alimenta.

Bebidas para antes do yoga Smoothie, prático e rápido, além de muito nutritivo!

Para te ajudar a manter uma alimentação equilibrada, aqui vão algumas dicas para sua alimentação antes e depois do yoga:

Compor um lanche rápido antes de praticar yoga:

  • Smoothie Simples   Smoothies são uma opção de lanche muito popular para o pré-treino, e por boas razões. Eles são rápidos, é fácil de digerir e uma boa se você está meio que na correria! O problema com os smoothies é que é realmente tentador ultrapassar o número de ingredientes. É fácil entrar na mentalidade de “quanto mais, melhor”, com smoothies, e então deixar eles mais pesados que um almoço de Domingo…

Assim, para evitar excessos, o ideal é compor o seu smoothie com 3-4 ingredientes no máximo e fazer valer esses ingredientes! Por exemplo:

  • 1 coisa verde ( folhas verdes, aipo, pepino, ervas, etc )
  • 1 Carboidrato ( aveia, granola, linhaça, etc )
  • 1 gordura saudável ( 1 colher de sopa de sementes de chia, 1 colher de sopa de sementes de cânhamo, 1 colher de sopa de manteiga de amêndoas, ½ -1 abacate, 1 colher de sopa de oleo de coco )
  • 1 -2 copos de líquido de escolha (água, água de coco, leite de amêndoas, etc )

Compor uma refeição nutritiva após a sua aula de yoga:

  • Hummus: pasta de grão bico, proteína vegana de qualidade
  • salada grande de folhas verdes com quinoa ou grão de bico;
  • tradicional arroz integral e feijão, acompanhado de verduras refogadas e cruas;
  • sanduíche de pão integral com hummus, avocado (ou abacate) e muita salada (tomate, pepino, brotos…).

Finalmente, se você faz a sua yoga no fim do dia, provavelmente você já fez o seu lanche da tarde, então, após a aula faça um jantar bem nutritivo e que vá te possibilitar ter uma boa noite de sono. Evite ir dormir logo após comer, o ideal é ter um intervalo de pelo menos duas horas entre o jantar e o horário de dormir. Dicas para o seu jantar depois do yoga:

  • sopa de legumes com lentilhas;
  • arroz integral, grão de bico, avocado (ou abacate)e verduras cozidas;
  • macarrão com molho de sua preferência

Se você ainda não é um praticante ativo do yoga, que tal começar hoje mesmo? Contacte um professor particular de yoga!

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar