Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Compreenda o básico do vocábulo francês

De Erico, publicado dia 05/07/2019 Blog > Idiomas > Francês > Aprenda a construir frases no idioma de Voltaire

Aprender um novo idioma nem sempre é tarefa fácil, pois exige tempo e dedicação. Entretanto, ter a fluência em mais de duas línguas tem se tornado algo comum e até uma das exigências do mercado de trabalho para conseguir uma boa posição profissional.

Porém, o francês não é uma língua muito fácil de se aprender. Por ser de origem românica e com base no latim, acertar a pronúncia das palavras, além das inúmeras conjugações verbais, acabam tomando bastante tempo de aprendizado até a conversação propriamente dita.

Mas então como fazer para aprender a construir frases básicas no francês para se comunicar? Não se preocupe que daremos todas as dicas necessárias para você absorver o máximo deste idioma.

A pronúncia do alfabeto francês

Este é o ponto de partida crucial para o desenvolvimento na habilidade de falar francês. Conhecendo bem as 26 letras do alfabeto fica muito mais fácil para a mente gravar a pronúncia e elaborar frases neste novo idioma. Além disso, possui um alfabeto próprio com as acentuações obrigatórias na letra “a” como está descrito abaixo:

–  Alfabeto básico: a, b, c, d, e, f, g, h, i, j, k, l, m, n, o, p, q, r, s, t, u, v, w, x, y, z

Alfabeto próprio: à, â, æ, ç, é, ê, ë, î, ï, ô, œ, ù, ü, ÿ

Reparem que a letra “y” entra na categoria de vogais e também pode receber acentuação, o que modifica todo  o seu sentido e também pronúncia. Acontece também dentro do alfabeto francês em que palavras terminadas com consoantes não se falam o som. Exemplo: Madrid, mas leia-se Madri.

Para começar o seu aprendizado com pé direito, fique ligado nessas três dicas principais:

  1.  Se possível, procure aprender o francês em uma escola especializada na língua, seja ela física ou virtual;
  2.  Apostar em aulas particulares é uma ótima ideia para quem não tem muito tempo e precisa do conhecimento rápido da língua;
  3. Imersão na cultura francesa através de um intercâmbio para a França, por exemplo, é a oportunidade única que faltava para vivenciar essa experiência.

Agora que você já conhece a maior parte das letras, que tal  estudar um pouco mais sobre as pronúncias delas?

Como pronunciar as letras do alfabeto francês

Depois dessas dicas e de conhecer todas as letras do alfabeto francês, hora de saber como pronunciar algumas delas. O sotaque francês é bem peculiar e como a fonética das palavras são mais fechadas, aumenta o grau de dificuldade para se pronunciar corretamente cada letra, principalmente as que recebem acento.

Buscando mais! Hoje em dia existem muitas opções de acelerar seu aprendizado no idioma, basta ter um objetivo!

Levando em conta tais dificuldades, é pertinente ressaltar que, no youtube, por exemplo, há canais interessantes que passam dicas de como dar um upgrade no aprendizado do idioma francês, onde você se depara com informações a respeito de saber a forma correta de falar o alfabeto, bem como escrever o seu nome e sobrenome na língua de Voltaire.

É importante sempre:

  • Se tiver dúvidas, entre em contato com seu professor para não aprender errado;
  • Procure fontes confiáveis na internet para pesquisa e estudo do idioma francês;
  • Pratique através de exercícios, leitura e filmes em francês para fixar o conteúdo da gramática e o ouvido, assimilando assim o sotaque desta nova língua.

Logo que tiver convicção de que aprendeu todo o alfabeto de forma correta, você vai perceber que ficará mais fácil para falar palavras em francês e formar frases.

Deste modo, você já estará preparado para a próxima fase que é iniciar os estudos na gramática francesa. Vamos conhecer como se fala gênero e numeral?

Aprendendo sobre gênero e número em francês

Assim como o Português, a gramática Francesa também possui muitos tópicos a serem trabalhados em ortografia, morfologia e conjugação. Enfim, tudo o que está relacionado à construção desse idioma.

E um dos tópicos interessantes para se aprender logo após o alfabeto, é a parte de gênero e número, indicado pelos artigos “le” e “lo”, “les” e “los” no masculino e “la” e “las” no feminino.

O conteúdo e aprendizagem desses dois temas é bem tranquilo no Francês, basta ter atenção e praticar alguns exercícios para que o conteúdo fique fixo na memória.

Assim como em outras línguas de origem românicas, o francês possui dois gêneros: masculino e feminino. E para saber usar corretamente o gênero na palavra, veja algumas regrinhas básicas:

Gênero masculino: nomes de árvores, números, cores, línguas, metais, pontos cardinais, dias, meses e anos. Quase todas os substantivos que não terminam com a palavra “e”, geralmente pertencem ao masculino, como as terminações “-ion”, “-on”, “-age”, “-eau”, -“ail” e “mente”.

Gênero feminino: nomes de ciências (a medicina, matemática…), a maior parte de palavras terminadas em “e” e palavras com terminações em “-tié”, “-tion”, “-erie”, “-té”, “-ense”, “-esse”, “-isse”, “-tie”, “-ise” e “-ée”.

Além dos artigos definidos que indicam o número e gênero, temos também os artigos indefinidos, representados por “um”, “une” e “des” e os artigos de contração, que são a junção de à+o+de, resultando em “al” e “del”.

Com relação ao número, que seria o plural na gramática francesa, ele é indicado pelo uso do sufixo “-s” ou “-x” no final das palavras. Como não é hábito pronunciar a última consoante no final das palavras, quando é inserido o plural, sua pronúncia fica praticamente a mesma.

Leitura e estudos! A leitura constante vai te ajudar a diferenciar os gêneros e números em francês!

Quando acontece de inserir um plural em palavras que já terminam com “s”, como “repas” (refeição), por exemplo, não se escreve de maneira diferente. E há algumas exceções em que um termo no singular se difere da palavra no plural, como “cheval” (cavalo), que no plural fica “chevaux” (cavalos) e “oeil” (olho) que se torna “yeux” (olhos).

Agora que você já sabe como diferenciar os gêneros e números em francês, é importante aprender o superlativo e comparação das palavras, pois é muito usado tanto na gramática escrita, como na conversação. Vamos aprender?

O comparativo e o superlativo em francês

Na gramática francesa temos três tipos de comparação que utilizam basicamente a mesma fórmula adjetivo + advérbio + um nome ou verbo. Para cada tipo de comparação, o advérbio muda de acordo com o grau de comparação que queira apontar. Veja abaixo:

  • Comparativo de inferioridade: moins (…) que  (…). Exemplo: Violet est moins efficace que Carmen (Violeta é menos eficiente que Carmen);
  • Comparativo de igualdade: aussi (…) que (…). Exemplo: Violet est aussi efficace que Carmen (Violeta é tão eficiente quanto Carmen);
  • Comparativo de superioridade: plus (…) que (…). Exemplo: Violet est plus efficace que Carmen. (Violeta é mais eficiente que Carmen).

Já o superlativo se divide em superioridade e inferioridade e temos ele na forma masculina e feminina. Acompanhe os exemplos:

– Masculino: le plus (…) de (superioridade) | le moins (…) de (inferioridade). Exemplo: Il est le plus grand garçon (ele é o menino mais alto) | Il est le moins petit garçon (ele é o menino mais baixo);

– Feminino: la plus (…) | de (superioridade) | la moins (…) de (inferioridade). Exemplo: elle est la plus grand fille (ela é a menina mais alta) | elle est le moins petite fille (ele é o menino mais baixo).

Com esse conhecimento básico, agora você precisa dominar os acentos franceses. Quer saber como?

Como dominar os acentos franceses

Entendendo ortografia! Pratique sempre a escrita para saber como acentuar corretamente as palavras em francês!

Os acentos na gramática francesa são superimportantes, pois além de indicar como será pronunciada a palavra, ele tem o poder até de mudar o sentido dela. Além disso, a ortografia francesa apresenta uma variedade maior que conhecemos como o agudo (´), grave (`), circunflexo (^) e o trema (‘ ).

Saiba quais as características de cada um deles:

  • Acento agudo: usado na vogal “e”, historicamente este acento serve para ocultar um “s” que deveria acompanhar a vogal, como na palavra “écouter” que significa “escutar”;
  • Acento grave: usado nas vogais “a”, “e” e “u”. No caso de “a” e “u” ele serve para distinguir o “à” de “para” de “a” de tem, e no caso de “ù” de “ou”. Já na vogal “e”, indica apenas uma mudança de som;
  • Acento circunflexo: usado nas vogais “a”, “e”, “i” e “u”, assim como no acento agudo, também indica a omissão de uma letra ou para diferenciar palavras que se escrevem com a mesma grafia;
  • Acento trema: inserido nas vogais “e”, “i”, “u” e “y”, indicando um conjunto de vogais que formariam um ditongo, porém não o faz.

Conforme for aprendendo as palavras e vocabulários, a prática com os acentos torna-se comum. O importante é saber que eles têm uma função essencial para diferenciar as palavras e, principalmente, a pronúncia das palavras.

Neste início de estudo é normal encontrar pequenas dificuldades para aprender o francês. Saiba como contorná-las para que você progrida ainda mais!

Algumas dificuldades ao aprender francês

Apesar do francês ser uma língua com a mesma base do português, o que não dificulta tanto na compreensão das palavras, há pequenas dificuldades ao estudar este idioma, principalmente com relação aos acentos, pronúncia das palavras e conjugações verbais. Veja quais são as principais questões relacionadas a esse assunto:

  • Palavras que se escrevem iguais, se pronunciam diferente e tem diferentes significados;
  • Uso correto dos acentos que interfere diretamente na pronúncia e significado das palavras;
  • O próprio som do sotaque francês que é muito diferente do português, então há a dificuldade de pronunciar corretamente as palavras;
  • Conjugação de tempos verbais que assim como no Brasil, há uma grande variedade, exceções e exige o conhecimento da regra de regência e flexão dos verbos.

Aprender com os canais! Videoaulas são essenciais para ajudar o estudante a assimilar melhor algumas questões do idioma!

Para driblar essas pequenas dificuldades, o conselho é sempre praticar a língua, seja em forma de exercícios, videoaulas, aulas particulares e o contato direto com o idioma como ouvir músicas e podcasts, assistir filmes e participar de bate-papo online que envolva pessoas que também queira conversar em francês.

Como construir frases em francês

Pronto, com o conhecimento básico acima, você já consegue construir frases básicas em francês usando corretamente o gênero, número, acentos, comparação e superlativo. Lembre-se que a fórmula para construir frases é bem parecida como o do português, variando conforme a complexidade das orações.

Sujeito + verbo + objeto

Atenção sempre à conjugação dos tempos verbais que podem variar entre presente, futuro simples, passado composto, passado composto do indicativo, subjuntivo, imperfeito, condicional e imperativo.

Além disso, estude muito concordância de verbos, verbos irregulares, terminação dos verbos mais comuns e as terminações de verbos menos frequentes. Do restante, vá absorvendo vocabulário que em breve você já estará com um ótimo conhecimento em francês.

Bons estudos!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar