Sempre quando vamos aprender um novo idioma, é importante começarmos pelo alfabeto, pois é a partir dele que construímos as palavras e, consequentemente, as frases. Além de que, muito da pronúncia das letras é o que vai nortear o modo de falar e o sotaque de determinada língua.

O processo de formação da língua francesa é bem antigo, mas segundo os historiadores, ele começou a partir século IX e veio se reformulando e se transformando até os dias atuais. Diz na História que desde 50 a.c, quando Julio Cesar conquistou a região de Galia, onde houve a mistura do latim com o galês, que resultou no início da construção do idioma francês.

O alfabeto é composto por 26 letras e 6 vogais, contando com a letra "y", pois a língua tem origem românica, sendo igual a grafia que já utilizamos neste sistema de alfabetização. O que difere é apenas a fala, já que o francês tem um sotaque bem peculiar, principalmente pela acentuação nas vogais que acontece em algumas palavras. Veja, então, como aprender a pronunciar corretamente as letras do alfabeto francês:

Como pronunciar as letras do alfabeto francês?

Procurando por um curso de frances online?

Durante a leitura de qualquer palavra em Francês, no geral, a última letra não costuma ser pronunciada e apesar das letras serem iguais ao alfabeto latino, a maneira como pronunciar cada letra tem um som diferente e carregado de sotaque francês, além dos caracteres especiais â, æ, ç, é, è, ê, ë, î, ï, ô, œ, ù, û, ü, ÿ que fazem parte de um dicionário próprio.

As vogais também tem um som característico quase igual ao nosso alfabeto. Veja abaixo:

  • A - pronúncia do "a" deve ser bem aberta;
  • E - mesma pronúncia do alfabeto brasileiro;
  • I  - som da letra bem característico como em "igreja";
  • O - pronúncia já é mais fechada como na palavra "ovo";
  • U - mantém-se com a mesma pronúncia;
  • Y - incorpora-se o "Y" na seleção de vogais, com o som de "I".

Das 21 consoantes que restaram, a letra "b" e "v" tem um pronunciado diferente que se assemelha ao da língua inglesa. Enquanto que a letra "b" permanece a maneira como se fala, quando se chega no "V", a pronúncia é feita com os lábios mais fechados, deixando o som da letra um pouco grave.

Dicas de Escrita!
O Francês tem centenas de grafemas diferentes e seis vogais!

A ortografia francesa é uma das mais complexas do mundo, podendo ter cerca de 130 grafemas diferentes, 6 vogais - com uma forma diferente de falar em cada acentuação da palavra, além das conjugações verbais com suas centenas de possibilidades de construir frases em todos os tempos verbais.

É sempre bom destacar que, na internet, é possível encontrar canais interessantes que dão dicas de como aprender ainda mais o francês, em que são apresentadas as principais diferenças na pronúncia dos sotaques, além é claro, do porquê é importante saber falar corretamente as letras do alfabeto.

Prefere investir em aulas particulares ou um curso de frances? Veja quais as vantagens para o seu progresso na conversação e gramática.

Ricardo
Ricardo
Profe de Francês
5.00 5.00 (50) R$65/h
1a aula grátis!
Giulian
Giulian
Profe de Francês
5.00 5.00 (44) R$50/h
1a aula grátis!
Luisa
Luisa
Profe de Francês
5.00 5.00 (18) R$90/h
1a aula grátis!
Karim
Karim
Profe de Francês
4.98 4.98 (41) R$40/h
1a aula grátis!
Diogo
Diogo
Profe de Francês
5.00 5.00 (27) R$50/h
1a aula grátis!
Marine
Marine
Profe de Francês
5.00 5.00 (20) R$55/h
1a aula grátis!
Natalia
Natalia
Profe de Francês
5.00 5.00 (11) R$60/h
1a aula grátis!
Nidia
Nidia
Profe de Francês
5.00 5.00 (11) R$79/h
1a aula grátis!

Aulas particulares para aprender o alfabeto francês

Sabemos que aprender um novo idioma não é tarefa fácil, mas traz inúmeras vantagens para o currículo profissional. Por isso, para dar um "up" na fluência, contratar um professor particular de francês pode ser a melhor solução para obter o conhecimento profundo e necessário em pouco tempo.

Poder estudar em casa e junto de um especialista na língua é muito vantajoso, pois toda a atenção é voltada para o seu aprendizado, além do suporte com dúvidas sobre a gramática e o treinamento em conversação no francês.

Lugar para ler!
A vantagem de organizar um espaço para estudar em casa é que propicia maior concentração na matéria!

Outras vantagens a serem destacadas são:

  • Foco total no seu objetivo de estudo;
  • Você não precisa sair de casa para estudar;
  • Planejamento das aulas personalizados e individuais;
  • Ritmo de aula de acordo com a sua necessidade.

Outra alternativa além das aulas particulares é realizar um intercâmbio para o país onde quer aprender o idioma. Quer saber como funciona o intercâmbio para a França? Confira no tópico a seguir...

Vá para o exterior para aprender francês

Sim! O intercâmbio é sempre uma ótima opção para aprender in loco um novo idioma e vivenciar toda a cultura no país de origem. Paris, capital da França, é a cidade que mais recebe visitas no ano e é muito fácil encontrar instituições de ensino excelentes para desenvolver a língua francesa.

Além das melhores escolas de intercâmbio estarem com unidades na França, Paris possui as principais instituições de ensino em gastronomia do mundo, o que atrai também bastante gente para a cidade e, deste modo, denota-se aí uma ótima oportunidade de conversar com estrangeiros que falam francês.

Outros pontos positivos em se investir em um intercâmbio para aprender uma nova língua são:

  • Conhecer os principais pontos turísticos da França, como a Torre Eiffel, Museu do Louvre, Arco do Triunfo e belíssimas regiões como Normandia, Borgonha e Aquitânea;
  • Interagir e conversar com pessoas de todas as nacionalidades, possibilitando conhecer novas histórias e aprender mais sobre a cultura de outros países;
  • Vivenciar o francês 24 horas por dia (no ônibus, na rua, para comprar algo, pegar metrô, entre outros);
  • Vencer a barreira do medo em desfrutar de novas experiências fora do país;
  • Treinar a conversação e a gramática de forma intensa e por muitos dias seguidos.

Aproveite e planeje-se para entrar "de cabeça" nesta nova cultura e aprender o idioma de forma prática e eficaz. Quanto mais contato você tiver com o idioma e vivenciá-lo em tarefas do dia a dia, mais rápido será o aprendizado. O segredo é estar sempre praticando!

Quer saber o porquê praticar bastante um idioma é essencial para desenvolver a habilidade em uma língua estrangeira?

Pratique sempre a pronúncia do francês

A prática faz a diferença!
A rapidez da fluência vai depender de quanto tempo disponibilizar para a conversação e a prática da pronúncia!

Se a ideia é ter a fluência no Francês o quanto antes, com certeza, praticar a língua tanto quanto possível fará você conquistar isso mais rápido. Além de ser importante estudar a gramática e ortografia, praticar a conversação mostrará dia após dia o quanto você pode evoluir na fala e também no acúmulo de vocabulário.

E não adianta dar a desculpa de tempo porque hoje há inúmeras possibilidades de se aprender um novo idioma com os diversos recursos existentes: aulas convencionais em curso de idiomas, aulas particulares, aulas online, aplicativos de idiomas e sites especializados.

Em aulas presenciais, procure participar em grupos de pessoas que tenham o mesmo interesse que você - desenvolver a conversação. Fique sempre atento aos professores ou mentores que vão ensinar o idioma e preste muita atenção no sotaque e maneira de se falar.

O conselho é: não tenha medo de falar francês nas aulas. Isso atrasa seu desenvolvimento e na hora que precisar usar, não vai conseguir.

Caso tenha oportunidade, faça um intercâmbio. Isto lhe dará bagagem, conhecimento, imersão na cultura e o potencial em se desenvolver na língua de forma rápida e eficaz.

Pronúncias do Francês: como treinar o ouvido

Como fazer a conversa em Francês fluir naturalmente é uma dúvida bem comum de quem acabou de iniciar um curso. Esta é uma das últimas habilidades a serem desenvolvidas pelos alunos, sendo que treinar o ouvido é tão importante como os outros tópicos, afinal, quanto mais se ouve, melhor compreende as sílabas e pronúncias corretas.

Mas se ainda assim você se sente certa apreensão ou tem vergonha de "arrastar" um Francês perto dos amigos, veja algumas dicas para se desenvolver na comunicação treinando sozinho:

  • Só você em casa: aproveite aquele tempinho sozinha em casa para treinar a conversação em frente ao espelho;
  • Filmes e séries: desde que sejam francesas, são excelentes para treinar o ouvido. Obviamente que os atores falam com a velocidade de um diálogo real e, por isso mesmo, é interessante dedicar um tempo maior, bem como certa atenção a esses vídeos, os quais são fundamentais para desenvolver as habilidades necessárias para se tornar um "craque" no idioma;
  • Videoaulas: a internet possibilitou uma infinidade de acessos que facilitou a vida de todos. Hoje na plataforma de vídeos, há centenas de videoaulas de diversos tipos de canais, uns gratuitos e outros não, que permite que você estude o seu segundo ou terceiro idioma de forma interativa e rápida, já que as aulas online não ultrapassam a duração de 30 minutos;
  • Deixe o nervosismo de lado: se falar em público com outras pessoas que conhecem o idioma ainda é uma barreira a ser vencida, procure grupos e chats online com pessoas de outros países que também tenham interesse em se desenvolver no Francês. É uma ótima experiência e há depoimentos comprovados de que optar por esta alternativa traz resultados positivos.
Administre seu tempo!
Planejar os estudos do idioma francês também infere saber organizar sua rotina diária!

Outro segredo é se organizar e administrar o tempo livre para se dedicar ao aprendizado de uma nova língua. Se com a rotina do dia a dia está difícil conciliar aulas presenciais, opte pelas ferramentas da internet, como vídeos que são mais curtos, eficazes e, o que é melhor, você assiste no seu tempo. Testes e simulados via internet e perguntas com respostas comentadas também dão um "up" no aprendizado.

Não tem desculpa para não estudar Francês. As inúmeras possibilidades estão na sua frente, basta querer. Planeje-se, dedique-se e não desista. Em breve, você estará falando Francês!

Bonnes éstudes!

Precisando de um professor de Francês ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Erico

Professor, roteirista, redator e CEO da ecKOa Conteúdos, além de músico nas horas vagas.