Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

É possível se tornar pianista sem nunca ter estudado teoria musical?

De Fernanda, publicado dia 23/10/2017 Blog > Música > Piano > Solfejo & Piano: a teoria musical é conteúdo obrigatório?

Falar em teoria da música não se reduz a falar em dó ré mi fá.

Quando falamos de teoria musical estamos falando de um universo complexo que integra o alfabeto, o idioma e a codificação da música como um todo.

Da mesma forma que as letras permitem que leiamos livros, revistas e jornais, as notas dó, ré, mi fá, sol, lá, si, dó ir permitem ler e entender uma partitura musical.

No passado, o solfejo era visto como uma etapa obrigatória para qualquer um que procurasse por aulas de teclado para iniciantes ou qualquer outros instrumento.

Na música clássica em especial, a teoria da música é conteúdo de base instrumentistas, cantores e maestros, uma ferramenta indispensável para a realização de uma sinfonia.

Hoje, as coisas mudaram e – mesmo que a teoria da música ainda ocupe cerca de 1/3 das aulas de um conservatório tradicional – outros métodos surgiram.

Assim, mais e mais profissionais de música defendem a prática em vez da teoria da música, a escuta em vez da leitura de notas e, sobretudo, a liberdade de criação em vez da composição acadêmica.

Portanto, é totalmente legítimo e coerente nos questionarmos por que professores de música, de canto e de piano atribuem tanta importância à teoria da música e o que isso significa para um pianista contemporâneo.

Vale a pena se lançar nesses estudos ou é melhor arriscar uma metodologia mais moderna e alternativa sem dar tanto foco na tal da teoria musical? 

Solfejo & piano: é possível aprender sozinho?

Saiba o que é necessário para estudar teoria musical. Como aprender a linguagem da música por conta própria?

A maioria dos professores de música vai concordar que é muito mais fácil aprender teoria da música em uma escola, conservatório ou por meio de aulas particulares.

A ideia de que é possível aprender teoria musical por meio de um software, em vez de ser orientado presencialmente por um profissional – que personaliza o ensino e que acompanha sua evolução individualmente – parece bem arriscada para alguns.

Podemos afirmar que as vantagens e os benefícios de se aprender por conta própria são muitos e podem por vezes fazer você repensar as aula de teclado ou piano tradicionais dos conservatórios mais antiquados.

Entre esses benefícios, podemos incluir, por exemplo:

  • Ter total liberdade ao longo de sua formação
  • Escolher as músicas e composições que queremos estudar, praticar e treinar no piano
  • Você determina quando e quanto tempo irá dedicar para seus estudos e ensaios.
  • Planejar sua própria formação pedagógica com uma abordagem pessoal das diferentes etapas da teoria musical.
  • Estabelecer os seus próprios limites de desenvolvimento da aprendizagem de uma composição.
  • Poder estudar de qualquer lugar, durante as férias e quando está viajando.

E quais as desvantagens?

A liberdade pode ser sedutora, mas tem um preço a ser pago até nos estudos de música, incluindo riscos tais quais:

  • O tempo dedicado a este aprendizado: você vai levar muito mais do que se fizesse aulas de teoria musical no conservatório. Principalmente pela necessidade de pesquisa e busca de métodos diversificados e referências efetivas na hora dos estudos.
  • O acúmulo de vícios: em várias áreas da teoria musical, com uma didática ruim, você cria maus hábitos e automatismos que podem ser prejudiciais no futuro. O pior de tudo é que você não vai se dar conta disso.
  • Para músicas difíceis, por exemplo, métodos alternativos aos que você escolheu poderiam fazer você progredir muito mais rapidamente.
  • Caso você não tenha muito autoconfiança, vai ser difícil de seguir com motivação e determinação. Lembre-se: só você será responsável por sua própria avaliação!
  • Falta de motivação: não é fácil criar ânimo para abrir o mesmo caderno de exercícios de solfejo após cerca de quatro ou cinco meses de estudos!

Piano: quanto tempo leva para aprender solfejo?

No século XX, a teoria musical tornou-se referência universal para a codificação da música e o sistema de aprendizagem mais sofisticado.

No entanto, hoje em dia, ela ganhou má reputação. Muitas vezes achamos que o aspecto teórico, convencional ou até mesmo acadêmico do solfejo é o responsável por fazer com que:

  • Os aprendizes músicos mais jovens, como crianças e adolescentes, se sintam desmotivados e abandonem suas aulas de música ou de algum instrumento;
  • Estudantes adultos tenham certo preconceito em relação ao conservatório, às aulas de música e às aulas particulares de algum instrumento por medo de lidar com a parte teórica.
  • Os músicos perdem sua capacidade criativa e talento.

Mas afinal, de quanto tempo precisamos para dominar os estudos teóricos da música?

De fato, as soluções milagrosas que podemos encontrar por aí em cursos online ou tutoriais são tão mentirosas quanto aqueles regimes que fazem você perder 10 quilos em uma semana: elas não servem para nada! Saiba que aprender, em qualquer área do conhecimento, é um processo que demora. Aprender teoria musical exige tempo, paciência e também treino regular.

Quaisquer que sejam os métodos, pelo menos no presente momento, ninguém consegue aprender teoria musical em algumas poucas horas, como algumas propagandas de cursos afirmam fazer.

Afirmar que podemos aprender teoria musical em um curto espaço de tempo ou em um tempo preciso seria falso, pois não leva em conta a personalidade musical de cada um, suas dificuldades, suas habilidades e suas competências.

Frustrado? Tenha em mente que, lendo as notas de forma rápida e precisa, você vai ter a oportunidade de se concentrar na música, suas composições e interpretações. No entanto, o tempo diário que pode ser reservado para a teoria da música é ainda relativo.

É possível aprender piano sem estudar teoria musical?

É possível aprender solfejo sozinho? Você quer ser um pianista moderno, que só de ouvir algumas notas já consegue reproduzir grandes obras e criar suas próprias composições?

Sobretudo utilizada na música erudita –  excelente ferramenta para compor, ler e tocar uma partitura – a teoria da música ainda soa como “algo ultrapassado” na música moderna ou popular.

No entanto, por um lado conhecemos músicos amadores que estudam a teoria da música para interpretar uma partitura, e por outro, existem músicos profissionais que dependem apenas do ritmo – eles respiram música e sabem tocar apenas de ouvido.

Os dois métodos são válidos. Quer prova disso? Você sabia que alguns dos gênios da música se formaram músicos sem saber ler uma só folha de partitura?

Pois bem, apresentamos alguns deles:

  • Paul Mc Cartney.
  • John Lennon.
  • Jimi Hendrix.
  • Eric Clapton.
  • Elvis Presley.
  • Stevie Ray Vaughan.
  • Eric Clapton
  • Django Reinhardt
  • B.B King
  • Robert Johnson
  • Neil Young

Aprender o piano sem solfejo significa dar asas à sua criatividade, liberdade de toque e à sua maneira de imaginar música, sons e notas. Esta técnica depende principalmente da escuta, e acima de tudo de seu ouvido e de sua intuição.

Os músicos contemporâneos que seguem este método têm a particularidade de:

  • Aprender novas obras com bastante rapidez. Estamos falando especialmente dos pianistas que fazem covers no Youtube.
  • Demonstrar uma coordenação única, equilibrada e até impressionante de ambas as mãos.
  • Desenvolver uma capacidade natural para ser inventivo na criação de novas composições, melodias e obras no piano.

Mas vamos fazer o papel do advogado do diabo?

Pois a teoria da música, apesar de toda sua má reputação, tem vantagens que é difícil ignorar, especialmente se você tem a ambição de seguir uma carreira na música. Ela é uma ferramenta incrível se você quiser:

  • Tocar em uma banda, uma grupo musical ou uma orquestra. A reunião de músicos e instrumentos pode ser um verdadeiro quebra-cabeça se não se conhece a nota em uma partitura.
  • Para melhorar seu nível de piano. O solfejo tem a particularidade de contribuir para a progressão de um estudante de música e de piano. É como se fosse um guia que dá instruções claras a serem seguidas.
  • Assim, rapidamente você identifica seus erros, as suas dificuldades, e assim consegue corrigir seus vícios.
  • Para se tornar um virtuose do piano. Quanto mais avançamos no aprendizado do teclado, mais podemos evoluir qualitativamente seu jeito de tocar. Quando se trata de tocar obras mais técnicas, como Chopin, por exemplo, é aqui que percebemos que todos os esforços relacionados à aprendizagem da teoria da música acabam sendo válidos.

Piano & teoria musical: como aprender online?

Na tradição ocidental, a teoria musical é o idioma da música.

Seu estudo permite que qualquer estudante de música leia e / ou escreva uma partitura musical e interprete-a em vários instrumentos, como piano ou até mesmo canto.

Esta teoria baseada na leitura de partitura às vezes é considerada chata e entediante, mas os educadores se esforçam para tornar seu ensino mais divertido, interativo e centrado na música.

Teoria musical: um estudo recomendado

A teoria musical não é obrigatória, mas é recomendável.

Esta teoria musical que permite codificar, escrever de forma precisa e detalhada as notas de música em um suporte de papel. Por isso é uma ferramenta formidável.

É verdade que você consegue aprender música sem recorrer à teoria, mas acaba se tornando um profissional ou instrumentista limitado sob certos aspectos. Isso pode complicar sua vida durante as sessões de gravação no estúdio, por exemplo, ou numa apresentação no palco, ou até mesmo na hora de integrar um grupo musical.

É comum encontrar aulas, vídeos e cursos na Internet totalmente gratuitos, mas às vezes é necessário desembolsar uma certa quantia para encontrar conteúdos mais qualificados, completos e adequados à sua formação.

Descubra qual a sua aula ideal de teclado. Como escolher um bom tutorial para aprender o piano?

Abaixo listamos alguns sites e dois aplicativos (gratuitos e pagos) onde você pode encontrar formações diferenciadas e de diferentes abordagens.

  • Teoría.com
  • Descomplicando a música
  • Inside Music
  • eMusicTheory
  • Exercício de Técnica de Piano
  • Theory.net de Ricci Adam
  • Ouvido perfeito (app)
  • Music Theory Helper (app)

Encontre boas aulas de teclado no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar