Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como fazer sua carreira em fotografia

De Fernanda, publicado dia 24/04/2018 Blog > Artes e Lazer > Fotografia > Profissão: fotógrafo

“Uma fotografia é um fragmento de tempo que não volta. » Martine Franck

Parece tão ultrapassado falar em revelação de filmes, de câmara escura e de galerias de fotos para expor seu trabalho e encontrar clientes…

Na era digital, os fotógrafos tiveram que se reinventar e se apropriar de um trabalho que eles achavam que dominavam. Parece mais fácil para a nova geração, viciada em redes sociais, fazer da fotografia seu trabalho.

Mas será que é tão fácil se tornar um fotógrafo hoje em dia?

Superprof vai te orientar em sua descoberta dessa profissão que é sonho de muita gente!

Como se tornar um fotógrafo profissional?

Como se tornar um fotógrafo profissional? Quero fazer da fotografia minha profissão.

Três principais missões formam a base da profissão de fotógrafo profissional.

A arte de dar cliques

Seja você um fotógrafo de moda, um repórter ou um profissional de estúdio, a maior parte do trabalho envolve, obviamente, o próprio ato de fotografar.

Mas a preparação anterior também é fundamental. Tirar fotos é uma arte e requer grande reflexão para escolher a luz, o ângulo ou o enquadramento.

Da mesma forma, a foto pode ter um tema, abordar um assunto da atualidade, envolver várias pessoas… A preparação pode às vezes ser longa antes de apertar o gatilho.

Revelação, distribuição e venda

Mesmo se hoje a revelação esteja mais reservada aos laboratórios, na escola de fotografia você vai aprender a revelar suas fotos e retocar, se necessário, em uma câmara escura.

Poucos fotógrafos ainda realizam essa parte do trabalho, mas quando você estuda fotografia, muitas vezes é uma disciplina obrigatória. O processamento das imagens é essencial, mas em geral é reservado a um laboratório fotográfico.

Da mesma maneira, a venda também pode ser confiada a um técnico de fotografia, mas quem sabe você não prefira fazer sozinho?

Retoque digital

Claro, como quase todos os fotógrafos de hoje, você certamente vai usar uma SLR digital. Suas fotos estarão no computador. Às vezes é necessário retocá-las usando um software como o Photoshop.

Nós não estamos falando aqui de “photoshopar” modelos – aliás, hoje em dia, caso isso seja feito você deve deixar indicado na foto – mas para ajustar a luz, para apagar uma sombra inestética …

Conclusão: o aprendiz de fotógrafo deve saber como lidar com o computador e com os softwares de imagens!

As profissões de fotografia também exigem habilidades essenciais:

  • Técnica e criatividade
  • Noções de relacionamento
  • Bons conhecimentos de equipamento fotográfico e informático

É possível se tornar fotógrafo sem nenhuma formação?

Ok, você já passou da fase de equipamentos e de tutoriais de fotografia. Você está começando a se tornar bastante talentoso e quer entrar na concorrência real.

O ideal é se aproximar de fotógrafos profissionais e de potenciais clientes. Sem uma formação em fotografia, como um bacharelado, um curso tecnólogo, é difícil entrar nesse mundo particular, a não ser que você tenha um mínimo de experiência com profissionais.

Comece se aproximando de fotógrafos experientes para obter um estágio e torne-se fotógrafo assistente. Nada mais indicado para dar aquele grau no seu currículo de fotógrafo (ou melhor, o seu portfólio – nós já vamos falar dele). Aos poucos, o fotógrafo profissional vai ganhando sua confiança e vai sugerir que você assuma as fotos mais simples. Ele também pode se tornar seu mentor e dar credibilidade para o seu trabalho.

Fazer networking nesta área é essencial! Funciona muito com o boca a boca e você tem que saber quem contatar. No começo, concentre-se nas interações sociais antes de tentar se vender. Fale sobre isso para sua família, seus entes queridos, vá para eventos específicos do seu campo de atividade (moda, salão de casamento, etc.).

É preciso correr atrás dos seus contatos. Lembre-se: a princípio não busque apenas contratos. Dizer que você é fotógrafo é uma coisa, mas não proponha seus serviços antes de vários encontros com a pessoa. Tente atender às expectativas de pessoas que poderiam se tornar clientes, mesmo que não seja sua área, para fazer seus relacionamentos funcionarem. Eles vão se lembrar de você e certamente vão te procurar no momento apropriado.

Por fim, fazer um portfólio com as melhores fotos da sua especialidade lhe traz muito mais crédito. Para isso, temos algumas dicas:

  • Seja sintético: inútil criar um extenso banco de fotos. De 12 a 20 imagens são suficientes. Se o cliente gostar do seu trabalho, vai pedir para ver mais,
  • Mostre trabalho de qualidade: apenas as melhores fotos devem aparecer, é óbvio,
  • Mostre diversidade: mantenha imagens relacionadas à sua especialidade, mas mostre que você sabe como fazer coisas diferentes por meio das fotos. O segredo é mostrar qual é o seu olhar e suas habilidades fotográficas,
  • Comece bem: a sua segunda melhor foto deve abrir o portfólio.
  • Termine com chave de outro: a última foto deve mostrar excelência, deve causar uma boa impressão, por isso deve ser a sua MELHOR imagem,
  • Mantenha o site atualizado: seu progresso e a melhoria de seu estilo devem estar evidentes em seu portfólio.

Como se tornar um fotógrafo?

Para estar bem equipado com o básico em fotografia, você precisa de:

  • Uma ou duas SLRs (em um casamento, se uma quebrar, você não terá uma segunda chance!),
  • Lentes adaptadas à sua especialidade: para testar a lente na prática sem ter que comprá-la e encontrar a que se adapte à sua especialidade, você pode alugar diferentes modelos por uma ou duas semanas para ter uma ideia,
  • Flashes, de acordo com a luz natural, estúdio de fotografia, etc.
  • Cartões de memória em quantidade suficiente para poder alternar sem ter que esvaziá-los a cada vez,
  • Uma bateria para recarga (especialmente se você está em deslocamento numa reportagem),
  • Uma bolsa,
  • Um tripé para poses longas.

Então, saiba que o material fotográfico não é o único que faz de você um fotógrafo. Os softwares de fotografia também são fundamentais.

Dar os cliques é obviamente parte do trabalho do fotógrafo, mas existe a segunda parte, que é a edição de fotos. O computador pode ficar saturado rapidamente, especialmente se você estiver trabalhando no .raw e / ou no Lightroom. Uma vez que o banco de dados começa a ficar pesado, o tempo para carregar pode ser longo e você perde um tempo valioso. Você vai precisar de:

  • Um computador com uma placa de vídeo potente e uma boa capacidade de memória,
  • Um software de edição de imagem: Lightroom, Photoshop …
  • Programas de calibragem do monitor: nada mais frustrante do que editar uma imagem durante horas, ter orgulho dela e vê-la impressa mais clara ou mais escura que a visualização da tela.
  • Uma alternativa de backup para manter as imagens entregues aos seus clientes por um período mínimo de 6 meses ou até um ano (cartão de memória, discos rígidos armazenados em locais diferentes em caso de acidentes, cloud …).

Como se tornar um fotógrafo de natureza?

Como se tornar um fotógrafo de natureza? Viva de sua paixão: fotografe os animais

Tirar fotos de animais exige seguir algumas regras essenciais para ter sucesso no que se faz:

  • Estude seu objeto antes de encontrá-lo no terreno: antes de sair para uma reportagem fotográfica, você deve pesquisar sobre o ambiente, identificar os hábitos dos animais, as áreas a serem privilegiadas e a qualidade da luz. Esta preparação é fundamental para garantir o sucesso da foto,
  • Estude com antecedência pensando na imagem que você deseja obter;
  • Não seja visto: tornar-se fotógrafo de animais também significa se tornar um especialista em camuflagem! “Fui atacado duas vezes por javalis”, lembra o fotógrafo Martin Morel,
  • Não isole o animal de seu ambiente: quando você é um fotógrafo de animais, você aprecia a natureza, gosta de estar em contato com ela e ver o animal em seu ambiente. O objetivo é tirar a foto do animal dentro de seu próprio ambiente. Não perturbar o animal é essencial para se obter uma boa foto,
  • Seja um observador paciente: “Eu espero muito tempo nas montanhas”, diz Martin Morel, fotógrafo profissional especializado em animais silvestres da montanha. “Você tem que ter uma mente de aço e ser paciente. Ficamos 7 horas no mesmo lugar, aguardando o momento ideal. Você tem que gostar disso! “
  • Não procure o animal raro a todo custo e respeite o meio ambiente: “No inverno, devemos prestar atenção às avalanches e monitorar os movimentos dos rebanhos“, afirma Martin Morel.
  • Use uma distância focal longa de pelo menos 300mm: ter um material sempre pronto pode evitar qualquer eventualidade e não entrar em pânico em momentos importantes. “É uma ginástica intelectual manter a atenção entre a técnica e o campo.”

Saiba como se tornar fotógrafo independente

Você sempre quis se tornar um fotógrafo independente. Mas nunca tinha pensado em criar sua empresa? É verdade que isso pode até assustar alguns! Gerenciar sua própria empresa, a princípio, parece ser sinônimo de dor de cabeça e estar longe da profissão artística da fotografia. Mas saiba que é uma das melhores opções para formalizar a sua atividade e poder receber pelo que você produz. E ser independente.

A primeira e mais simples alternativa é você se registrar enquanto Microempreendedor individual (MEI). Se na sua atividade de fotógrafo você fatura até 60 mil reais por ano, não é sócio de outra empresa e não tem mais de um empregado, então você pode ser um Microempreendedor individual (MEI). Caso fature mais do que isso, pode optar pelo estatuto do Simples Nacional.

A razão por isso é: os custos são muito baixos e o sistema é muito prático! Veja os custos que você como fotógrafo terá de pagar para se formalizar:

  • Custo de abertura da empresa (MEI): zero.
  • Custos de contabilidade: zero. Não há necessidade de contador.
  • Impostos federais (IR, PIS, COFINS, IPI, CSLL): isento.
  • Outros Impostos: apenas uma taxa fixa mensal de R$45,00 para Comércio ou Indústria, R$49,00 para Prestação de Serviços ou R$50,00 para Prestação de Serviços e Comércio conjuntamente.

No momento de abertura da empresa, você define uma atividade principal, mas também deve selecionar mais 15 outras atividades complementares, que poderá exercer em paralelo. Na área de fotografia, conheça algumas das atividades permitidas:

  • Fotógrafo(a) independente
  • Fotógrafo(a) aéreo independente
  • Fotógrafo(a) submarino independente
  • Comerciante de artigos fotográficos e para filmagem independente
  • Revelador(a) fotográfico independente
  • ….

Formação em fotografia: qual o curso ideal?

Formação em fotografia: qual o curso ideal? Quais são os estudos para se tornar um fotógrafo profissional?

Atualmente existe um Projeto de Lei da Câmara em tramitação (PLC 64/2014) que define como aptos ao exercício profissional de fotógrafo os diplomados em fotografia no ensino superior ou técnico. Há aqueles que são a favor e outros que são contra a reserva de mercado para diplomados.

Pois bem: isso quer dizer que você pode muito bem se tornar um fotógrafo estudando por conta própria. Mas é preciso motivação e disciplina!

Em todo caso, não importa em qual segmento você deseja atuar, há opções de curso de qualidade em fotografia pelo Brasil afora. Confira aqui as diferentes opções para os amantes das lentes:

  • Bacharelado em fotografia: atualmente só existem três instituições que formam bacharéis em fotografia no Brasil: o Senac SP, a Faculdade Panamericana de Arte e Design de São Paulo (SP), e as Faculdades Integradas Barros de Mello (Aeso), em Olinda (PE).
  • Cursos Superiores de Tecnologia em Fotografia: essa modalidade é voltada para as técnicas da imagem e é oferecida em diversas instituições de ensino superior. Disciplinas como ética, história da arte e história da fotografia compõem a base teórica das aulas.
  • Cursos livres de curta/média duração: ofertados por escolas particulares de fotografia.
  • Bacharelado em jornalismo ou publicidade: essa acaba sendo a opção de muitos estudantes que desejam se tornar fotógrafos profissionais. Muitos cursos de graduação oferecem inclusive a disciplina de fotojornalismo.

Lembre-se: uma formação específica em fotografia é preferível, mas não obrigatória.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar