Quem deseja equilibrar os chakras?

De acordo com as estimativas da Federação Nacional de Yoga, maior parte dos praticantes de yoga são mulheres. Embora os homens sejam uma minoria, a correria do dia a dia tem feito os homens partirem em busca de um novo estilo de vida que garante a eles um perfeito equilíbrio entre o corpo e a mente.

As asanas permitem que homens e mulheres encontrem equilíbrio!

Quer saber como atingir o equilíbrio com as principais posições de yoga?

Saiba tudo sobre chakras no yoga no artigo de hoje. Descubra as melhores posturas do yoga para desenvolver os seus chakras.

Vriksasana: a postura da árvore

O Vrikshasana ou pose de árvore é uma asana de equilíbrio. Ela é uma das poucas posturas em pé do hatha yoga medieval, e que permanece muito popular nas aulas de yoga até os dias de hoje.

Aprenda a fazer a postura da árvore para buscar o equilíbrio.
A postura da árvore está intimamente associada ao chacra Muladhara, ligado ao enraizamento!

A finalidade do Vrikshasana é de fato criar raízes como uma árvore: com um o pé fixo ao chão, enquanto se eleva ao céu. Assim, a postura estimula o centro de energia, localizado no cóccix, permitindo que o fluxo de energia circule do pé ao topo da coluna vertebral.

Como fazer a pose da árvore?

Para você fazer o Vrikshasana, deve iniciar com a pose da montanha (tadasana), em pé, com os dois pés firmes no chão e olhar fixo no horizonte. O peso é transferido para uma das pernas.

Você pode começar o Vrikshasana com a perna esquerda, por exemplo!

O joelho direito é dobrado e o pé direito é colocado na parte interna da coxa esquerda. Independente da colocação dos pés, o seu quadris deve estar aberto, com o joelho dobrado apontado para o lado.

Os dedos do pé elevado devem dicar apontados diretamente para baixo, e o pé fixo no solo deve ficar no centro da pelve. Os ombros e a cabeça alinhados verticalmente. as mãos apontadas diretamente acima da cabeça ou juntas no anjali mudra.

O importante nessa postura é manter o equilíbrio!

Normalmente, essa asana é mantida por 20 a 60 segundos, mas se você faz aula de yoga para iniciantes, pode ficar até 30 segundos, retomando ao tadasana enquanto expira. Tenha bastante cuidado em manter a coluna ereta, sem arquear as costas. Repita todo o processo com a perna oposta.

Encontre suas raízes com a pose da árvore !

Sinta-se à vontade para fazer aulas de yoga e saber quais são os grandes princípios do chakra !

Deviasana: a postura da deusa ou a dança da lagoa

A postura da deusa é bastante utilizada para equilibrar o chacra de Svadhisthana, associado aos órgãos sexuais e, consequentemente, ligado a sexualidade, criatividade e sensualidade.

O Deviasana mantém o equilíbrio do chacra localizado no sacro, região do períneo!

Como fazer a pose da deusa?

A partir da posição em pé, dê um passo à direita com o pé direito e vire os dedos dos pés para fora, faça o mesmo com o pé esquerdo. Quando estiver com os pés afastados, pelo menos na largura da pelve, abaixe os quadris e flexione os joelhos até que estejam diretamente acima dos tornozelos. Alongue o seu cóccix para baixo.

Agora, enquadre o seu rosto com os braços, mantendo os ombros distantes das orelhas. Respire profundamente pelo menos duas ou três vezes nessa posição.

Você pode fazer a pose da deusa participando do curso de yoga para iniciantes!

Acompanhe nosso artigo: Como desenvolver seus chakras sendo um yogue !

Bhujangasana: a postura da cobra

A pose Bhujangasana faz alusão a uma cobra naja. É considerada uma das posições do yoga propícia aos despertar do Kundaliní.

A kundaliní é um poder espiritual adormecido no osso sacro que só é despertado em estados avançados de consciência!

A postura da cobra ajuda a aliviar as dores lombares.
A postura da cobra equilibra o chacra do coração (Anahata). A pose fica ainda melhor, quando feita ao lado do melhor amigo do homem.

E como eu posso fazer o Bhujangasana?

Comece deitado de bruços no tapete de yoga, com as mãos apoiados no chão, junto ao peito e os pés levemente separados, alongue-se encaixando o seu cóccix. Comece a empurrar o tórax para frente e para cima, mantendo os cotovelos próximos ao seu corpo.

Estique seus braços até um ângulo que não force as suas costas. Não se esqueça de olhar levemente para cima.

Os exercícios respiratórios podem ajudá-lo a relaxar suavemente!

Se não conseguir alcançar completamente na primeira vez, não force para não machucar suas costas. Tente ir um pouco mais a cada vez.

Motivos para fazer a postura da cobra

O Bhujangasana ajuda a controlar a respiração. Além de tonificar o tórax, costas e corrigir o alinhamento da coluna vertebral.

Utkatasana: a postura da cadeira

A postura da cadeira é uma asana que permite trabalhar o chakra do plexo solar (Manipura).

A manipura está associada ao sistema digestivo.

E como eu posso fazer a postura Utkatasana?

Inicie na posição em pé, na postura na montanha, espalhando o seu peso uniformemente na sola dos pés. Flexione os joelhos, empurrando os quadris para baixo e para trás, como se estivesse se sentando em uma cadeira imaginária.

Seus braços devem estar posicionados a sua frente horizontalmente, afastado a largura dos ombros. Abra bem os ombros!

Agora, suspenda os braços para o alto até que fiquem nas laterais do seu rosto. Os joelhos devem formar um ângulo reto e o peso deve ficar nos calcanhares.

Olhe para frente, se certificando de poder enxergar os dedos dos pés. Caso não consiga, sente-se mais para trás, até que possa ver seus dedos dos pés. Abaixe os ombros, distanciando-os das orelhas, e olhe levemente para cima. Lembre-se de respirar pelo menos três vezes nessa posição.

Motivos para fazer a pose da cadeira

A postura da cadeira ajuda a tonificar os músculos das pernas, além de fortalecer a lombar, o tornozelo e o torso.

Leia também: Por que trabalhar os chakras ?

Setu Bandha Sarvangasana: a meia ponte

O Setu Bandha Sarvangasana ou postura meia ponte permite equilibrar o chakra da garganta (Visuddha). A pose está associada à glândula tireoide e aos órgãos respiratórios.

Os exercícios de yoga servem para deixar o corpo mais flexível.
Divirta-se testando sua flexibilidade no yoga!

Como fazer a postura meia ponte?

Deite-se de barriga para cima, como os braços juntos ao tronco, palma das mãos voltadas para baixo. Dobre suas pernas, apoiando a sola dos pés no chão.

Seus pés devem estar bem próximos das nádegas, o mais próximo possível. Pressione as mãos e os pés contra o chão e eleve a sua bacia do chão.

Os joelhos devem permanecer na linha dos calcanhares. Mantenha-se na posição de três respirações e desça lentamente para o chão.

Se você tiver dificuldade em manter a sua bacia elevada formando a meia ponte, pode coloca um bloco por baixo, apoiando o sacro sobre ele e relaxando.

Motivos para fazer a meia ponte

O Setu Bandha Sarvangasana é uma postura que alonga o peito, pescoço e coluna. Além de ajudar a combater sintomas de depressão e ansiedade.

A postura da cabeça de vaca para equilibrar os seus chakras

A postura da cabeça de vaca (Gomukhasana) é ideal para harmonizar o chacra sagrado.

Como fazer o Gomukhasana?

Comece se posicionando com as pernas estendidas no chão a sua frente. Cruze o joelho direito na frente do esquerdo, abrindo os pés para fora. Em seguida, faça o mesmo com a outra perna. Os quadris devem estar no chão e os pés próximos aos quadris.  Sente-se entre os calcanhares.

Levante o braço esquerdo para cima e flexione o cotovelo de maneira que mão esquerda caia sobre as costas, entre as escápulas. O braço direito se dobra para trás, embaixo do ombro. Agora tente pegar as mãos estendendo o pescoço e coluna. Mantenha o corpo ereto, em seguida curve-se para frente a partir dos quadris até dobrar o corpo.

Respire profundamente três vezes antes de sair da posição.

Sukhasana: a postura confortável

O Sukhasana é uma postura aparentemente simples, muitas vezes usada na meditação. Essa asana ajuda a reequilibrar o chacra do terceiro olho (Ajna), localizado entre a sobrancelha.

Dicas de como meditar com a pose Sukhasana.
Comece sua meditação com a pose mais confortável do yoga.

Como reequilibrar o chacra com o Sukhasana?

Sente-se confortavelmente com as pernas cruzadas no tapete. O peso deve ser sentido sobre os ísquios, traga o tronco para frente, tentando manter as costas retas. O tronco deve estar totalmente na vertical, resistindo à ação da gravidade.

Se as suas costas dobrarem um pouco, não tem problema. Embora o sukhasana seja traduzida como uma postura de fácil execução, para alguns corpos, ele pode ser um pouco mais complicado. Mas não desista, pois a posição é a base para outras posturas no ioga.

Motivos para fazer o Sukhasana

  • Acalma a mente;
  • Relaxa os corpo;
  • Fortalece a coluna;
  • Abre os quadris;

Procurando por aulas de yoga? No superprof, você pode encontrar os melhores professores de ioga!

Saudação ao sol para desenvolver seus chacras

A postura saudação ao sol é uma prática da ioga que ajuda a despertar o corpo suavemente, com uma sequência de doze posturas (asanas). São posturas que tornam possível o desenvolvimento do chakra solar, ligado ao sistema digestivo e o pâncreas.

Como fazer as 12 sequências de asanas?

Você deve começar com a postura pranamasana, liberando o chacra anahata e logo depois:

  • Hasta Uttanasana - Buscando o equilíbrio do vishuddhi, o chacra da garganta;
  • Hastapadasana - Buscando estabilizar o chacra swadhisthana;
  • Ashwasanchalana - Posição que busca o equilíbrio do ajna, o chacra do terceiro olho;
  • Adho Mukha Svanasana - Buscando o equilíbrio do vishusshi;
  • Ashtanga Namaskara - Buscando equilibrar o manipura, o chacra plexo solar;
  • Bhujangasana - Buscando o harmonizar o seu Swadhisthana;
  • Adho Mukha Svanasana -Buscando estabilizar o Vishuddhi, o chacra da garganta;
  • Ashwa Sanchalanasana - Equilibrando o Ajna;
  • Uttanasana - Buscando equilibrar o swadhisthana;
  • Hasta Uttanasana - Buscando estabilizar o vishuddhi;
  • Pranamasana - Buscando equilibrar o anahata, o chacra do coração:

Aproveite para conferir todas essas posições da sequência de saudação ao sol aqui!

E aí, o que está esperando para ser um iogue?

Os principais benefícios de se praticar Yoga com uma ótima playlist que contribua para a prática

Lembre que a música é algo poderoso. Através da música, se é possível alterar o humor e o comportamento das pessoas tão bem como o seu corpo físico. Pensando nisso, em nosso mundo repleto de tanta correria e distrações, os efeitos de relaxamento da música podem vir a ser uma mão na roda em nossa vida!

Agora considere a meditação ou a prática de um estado meditativo – que é o que ocorre frequentemente durante sua aula de ioga. Como sabemos, esse estado pode contribuir para uma maior clareza e paz interior.

Quando esses dois universos se encontram, a música e o estado meditativo, o contexto que se gera é um ambiente riquíssimo de possibilidades e de interpretações. Algo que pode decorrer em vários benefícios que facilmente afetarão toda a sua vida!

Ouvir uma música relaxante ou que foque na concentração e no relaxamento pode vir a resultar em um impacto muito positivo na sua prática meditativa ou de Yoga.

Uma música que conduz a um estado meditativo é aquela que favorece e até mesmo traz clareza a seus pensamentos!

O que é música que conduz à meditação?

De forma simplificada e direto ao ponto, a meditação ou a prática de um estado meditativo é um método de trazer ou promover clareza a seus pensamentos. É uma plataforma interna que permite que você cultive maneiras novas, mais positivas e mais autênticas de existência.

Nesse sentido, com a prática frequente e muita dedicação, esse processo pode resultar em um efeito transformador e te levar a uma nova compreensão da vida! Dos seus pensamentos, sentimentos e emoções!

De forma semelhante, a música também possui poderes transformadores. Observe que a combinação de ritmo e melodia em uma canção pode significativamente influenciar nosso estado de espírito, tão bem como nossas mentes e tudo o mais que a percorre.

Quando, por exemplo, estamos ouvindo uma música de ritmo lento, sem elementos agressivos, em uma atmosfera mais contemplativa, essa ação pode nos deixar em um humor mais tranquilo e pacífico.

A música propícia para um estado meditativo ou de prática de Yoga, portanto, vale-se desse estilo relaxante, introspectivo, contemplativo para contribuir na construção de um estilo mais calmo de prática.

Pensando nisso, de forma geral, existem muitas áreas nas quais a música de meditação pode auxiliar na atividade de Yoga ou no estado contemplativo.

Alguns dos principais benefícios dessa prática são:

  • Alívio do estresse e da ansiedade: um dos benefícios diretos de se ouvir música durante a prática de Yoga é a redução do estresse e da ansiedade cotidianos. Ao ouvir e apreciar uma canção agradável e suave durante um estado meditativo, é muito provável que você se sinta mais calmo e que como se as pressões da vida desaparecessem num passe de mágica! Ainda seguindo essa linha de pensamento, pesquisas apontam que locais de trabalho onde existe música de meditação tocando ao fundo apresentam taxas muito menores de estresse e conflitos. Comparativamente, em locais com música alta ou de qualidade agressiva e até mesmo ambientes sem música, os níveis de estresse são muito maiores.
  • Na hora de dormir: a música de meditação também pode contribuir para acalmar a nossa mente e o nosso sistema nervoso, sobretudo o sistema parassimpático, responsável pelo relaxamento do organismo.
  • Meditação profunda: observe que o uso da música nesse sentido só será eficaz se, claro, funcionar para você, estritamente. Essa é uma prática muito pessoal e nem sempre toda vez uma canção irá lhe trazer um estado mais contemplativo. Isso depende da pessoa e do momento o qual ela vive.
A prática de uma atitude mais contemplativa através da música e do Yoga traz várias vantagens, dentre elas o cultivo de uma maior presença do praticante em suas próprias ações e pensamentos.
  • Melhoria na Saúde Física: note que os benefícios que descrevemos aqui não apenas contribuirão para a sua saúde mental mas também a sua saúde física. A construção de uma atmosfera relaxante e atrativa ajuda seu corpo a se curar, pois ele começa a ser melhor ouvido por você mesmo. E isso induz a uma maior presença.
  • Ajuda na concentração: já está mais do que comprovado que ouvir música meditativa é muito eficaz em situações nas quais se requer muita concentração ou longas horas de estudo contínuas. Além disso, se você acha que sua mente é daquelas que tende a divagar, a música de meditação pode oferecer um substrato onde ancorá-la e sempre trazê-la de volta a cada momento de divagação.
  • Refeições conscientes: o que é mais comum hoje em dia, é nos alimentarmos de frente para a televisão ou a tela do computador ou do smartphone. Portanto, comer sem atenção, comer se movimentando, de forma compulsiva, quase que se tornou regra em nossa sociedade nos dias de hoje. No entanto, é consenso entre todos os especialistas que fazer uma refeição em um ambiente calmo, de maneira atenta e expressando uma atitude de agradecimento desempenha um papel fundamental em todo o processo de digestão. A música meditativa, portanto, pode criar justamente esse ambiente tranquilo, relaxante, para você e toda a família durante suas refeições e também em outros momentos.
  • Prática consciente de relaxamento: você já deve de ter percebido que o efeito benéfico do uso da música meditativa na rotina do praticante é atingido à medida em que o mesmo consegue relaxar internamente e voltar a olhar o mundo com atenção, através de momentos contemplativos. É essa a prática que te auxilia na vivência de um estado de maior paz interior e de total entrega, se possível.

Em resumo, é interessante quando a gente saca que o mais importante é descobrirmos o que funciona para a gente! Caso um determinado estilo de música propicie dentro de você um estado de maior tranquilidade e paz interiores, isso é fantástico!

Você terá uma vida inteira a descobrir quais canções, estilos e ritmos mais se alinham nessa direção e quais o afastam de um estado mais presente e relaxado.

Além de ser uma experiência intrinsecamente pessoal, a descoberta desses caminhos pode vir a ser tão prazerosa quanto a prática da música meditativa em si.

Não deixe de ensinar seus filhos a relaxarem
Desde pequeno, é possível começar a prática da meditação, já treinando a mente a se tornar mais calma e presente!

Lista de músicas para meditar

A música amplifica o sentimento de relaxamento e conforto proporcionado pela prática das asanas (posições psicofísicas da yoga) e seus benefícios em geral:

  • Os sons contribuem para despertar e melhorar os movimentos do corpo.
  • A música, sem precisar de muito esforço, conduz a uma maior facilidade para esvaziar sua mente. Por isso, ela ajuda na meditação e na concentração que se torna mais fácil no final da sessão. Por exemplo, durante a postura de cadáver (ou savasana), uma das posturas mais frequentes nas sessões de yoga.
  • A música bem escolhida pode melhorar ainda mais o efeito relaxante e antiestático da yoga. Desça a página para encontrar a seleção musical da Superprof.
  • Como explica o site Ooreka sobre os benefícios da yoga quando praticada com música: "a combinação de música e yoga pode ajudar a inspirar e focar estimulando diferentes lembranças e pensamentos."
  • A yoga acalma o redemoinho de pensamentos e uma música baseada em vibrações sonoras de madeira, de cristal, etc., pode ajudá-lo a mergulhar em um estado de meditação e relaxamento.

Como já dissemos aqui, a prática de yoga demanda um ambiente tranquilo, munido de um mat – tapete – confortável e determinadas músicas que auxiliem no relaxamento e na concentração para se executar as asanas, as posturas psicofísicas comuns à Yoga.

Caso você ainda não tenha descoberto a playlist perfeita, o Spotify nos deu uma mãozinha e divulgou as 10 músicas mais ouvidas no Brasil na hora de praticar Yoga. Essa é uma seleção eclética, percorrendo desde mantras tibetanos a sons da natureza.

Construir uma atmosfera adequada é fundamental. Muitos professores de Yoga chegam a dizer que é tão importante quanto manter o foco nos movimentos. E a seleção de músicas que você escolher irá ajudar na ambientação dessa atmosfera de concentração e presença!

Lembre-se de vestir roupas confortáveis e não muito largas, antes da prática e escolha um local no qual não seja perturbado. Mantenha uma boa intenção no coração durante a prática da atividade e aperte o play na seleção de músicas a seguir!

  • Gayatri Mantra, de Deva Premal,
  • Ong Namo (Wisdom), de Snatam Kaur,
  • Baba Hanuman, de Krishna Das,
  • Om Gam Ganapataye Namaha, de Edo & Jo,
  • Ganesha, de Wah!,
  • Purnamadah, de Shantala,
  • Mere Gurudev, de Krishna Das,
  • Yoga (Sons do Mar), de Meditação e Espiritualidade,
  • Om Namo Bhagavate, de Deva Premal e
  • Mul Mantra, de Snatam Kaur.
Precisando de um professor de Yoga ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Ana

Graduada em Português-Literaturas pela UFRJ. Redatora apaixonada e curiosa por natureza. Moça de sorriso aberto. Adora ler, refletir e escrever sobre diferentes assuntos. Professora que acredita que a educação é e sempre será o bem mais precioso de um indivíduo.