Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como costurar utilizando o método francês

De Camila, publicado dia 29/06/2018 Blog > Artes e Lazer > Costura > O que é costura francesa?

Aprender a costurar pode levar tempo. No entanto, essa atividade criativa permite que você construa seu próprio guarda-roupa peças que sejam exatamente como você gosta!

Costure uma bolsa, personalize seu jeans preferido, confeccione uma linda sacola de compras, ou ainda crie um vestidinho dos seus sonhos!

Utilizando linha, agulha, dedal, tecidos de sua preferência, entretelas e uma máquina de costura – seja ela de overloque ou não – aprender a costurar pode ser feito de diferentes maneiras.

Ponto cruz, crochê, tricô, bordados, patchwork… A costura requer uma certa destreza e muita paixão, para que os atos de dobrar, traçar, costurar e cortar terminem em uma bela peça.

Prepare sua caixa de costura com os materiais básicos necessários, escolha a modelagem ideal para seu projeto de corte e costura para iniciantes, respire fundo e mãos à obra!

Quem sabe você não acabe criando seu próprio blog com dicas de costura, abra sua própria loja de armarinho, ou seu ateliê de costura?

Seja por diversão ou com um objetivo profissional, é preciso descobrir algumas técnicas fundamentais, como a de costura francesa.

Saiba tudo sobre o mundo de corte e costura!

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira esta matéria que Superprof preparou especialmente para você!

Costura francesa: explicações

Ao iniciar uma atividade, às vezes é difícil entender todos os termos encontrados em livros ou tutoriais. Sem um professor ao seu lado, você pode se perder rapidamente.

O que é costura francesa?

Se você está fazendo curso de corte e costura online ou presencial, então esta é uma pergunta que você já deve ter se feito algumas vezes.

Uma costura francesa é um método para fazer costuras duplas. Ela é utilizada para esconder as arestas do tecido da roupa ou peça em questão.

A costura francesa é aplicada com maior frequência para fazer artigos de vestuário, mas também pode ser feita em vários outros projetos de costura.

O seu acabamento é limpo e elegante, sempre dando um ar diferenciado à peça.

Técnica muito apreciada pelos costureiros profissionais, a costura francesa possibilita finalizações de extrema qualidade. As roupas parecem, então, mais sofisticadas e mais trabalhadas.

Muito utilizada por experts do universo da moda, este é um tipo de acabamento que pode ser aprendido por todos, incluindo os iniciantes.

Que tal se lançar em um novo projeto de costura para praticar suas novas habilidades na área? A costura francesa te permitirá dar um acabamento fino aos seus projetos de corte e costura.

Executar a técnica francesa requer mais paciência do que a clássica, pois ela é composta de duas costuras:

  • Uma com o tecido ao avesso
  • Outra com a face do tecido.

A técnica não é tão complicada quanto parece, mas leva tempo.

Assim que você “pegar a manha”, verá que é possível executá-la cada vez mais rápido. No entanto, fique de olho na qualidade do seu trabalho e não corra com a costura francesa caso não se sinta capaz de fazê-la corretamente.

Curiosidade: você sabia que na França, a costura francesa é chamada de “costuras inglesa”?! No entanto, no Brasil, a costura inglesa possui outras características e também pode ser chamada de “costura rebatida”

Que tal aprender a manusear uma máquina de overlock?

Por que utilizar a costura francesa?

Qual é o objetivo de se fazer uma costura francesa?
Por que escolher este tipo de costura em detrimento de outro?

Te ajudamos a decifrar o vocabulário do universo de corte e costura.

Suas vantagens

Ela é uma técnica que permite dar uma aparência menos grosseira às bordas das roupas.

Ela previne que os tecidos se esgarcem com facilidade e consegue até esconder pequenos defeitos do material.

A técnica de acabamento francesa também é muito útil para pessoas de peles sensíveis, como os bebês, pois ela impede que a costura os toque diretamente.

Profissionais gostam de usar este método em roupas que não possuem forro, pois ela permite esconder as costuras como se houvessem duas camadas de tecido.

A costura francesa também é muito utilizada em roupas feitas de tecidos finos, leves e transparentes.

Ela é uma boa alternativa quando você não tem – ou não domina – um overloque. Usando este tipo de acabamento, as bordas dos tecidos ficam impecáveis.

Para os iniciantes no mundo de corte e costura, a utilização desta técnica permite a não utilização de forros em seus projetos, o que pode ser uma ótima alternativa já que menos uma camada de tecido significa menos trabalho para quem está começando.

Portanto, não pense duas vezes antes de começar a aprender a costura francesa. E lembre-se de avançar no seu próprio tempo!

Saiba também que a costura francesa – ou costura invisível – é mais comumente executada como costura reta em, por exemplo, barras de camisetas e de toalhas de mesa.

Será que você domina uma máquina de costura o suficiente para conseguir executar uma costura francesa com ela? A costura francesa pode ser executada tanto à máquina quanto à mão.

Aplicar a técnica de costura francesa em regiões arredondadas como colarinhos é muito complicado e o resultado risca ser o oposto do esperado.

Quer fazer um tour pela grande história da costura e da moda?

Como fazer uma costura francesa?

Aprender a fazer a costura francesa é mais fácil quando existe uma prática constante. Isso permite que você tenha uma ideia das etapas a serem seguidas e entenda a técnica de maneira mais concreta.

Então, aqui estão alguns passos a seguir para fazer um lindo ponto invisível:

Ajustando a costura

A técnica de costura francesa geralmente requer o dobro do tempo das costuras convencionais. Não era para menos, já que ela consiste na realização de duas costuras em vez de uma.

Além de levar mais tempo, a costura francesa também requer mais tecido.

É necessário, portanto, verificar se os valores das margens de sobra nas modelagens estão adaptados.

As margens de sobra são adicionadas ao tecido para dar espaço para a costura. Eles possuem cerca de 1 cm e consistem, portanto, em uma pequena superfície deixada entre a costura e a borda do tecido.

No caso da costura francesa, são necessárias cerca de 1,5 cm de tecido para fazer as costuras: 5 mm para a primeira costura e 1 cm para a segunda.

Descubra como os homens começaram a fazer parte do mundo da costura.

Costurando a primeira parte

A costura francesa é feita em duas costuras.

Confira os passos a seguir para completar a primeira parte (primeira costura):

  • Comece passando a ferro os tecidos que você usará. Isso ajuda a evitar erros nas dimensões na hora de cortar, pois o tecido ficará reto;
  • Pegue os dois tecidos a serem costurados um ao outro e junte-os de ponta a ponta do lado avesso;
  • Alfinete o tecido ao longo do local a ser costurado para que eles não se movam durante a operação;
  • Costure começando por uma das pontas, aquela que você achar melhor. Aqui, você fará um ponto reto. A margem de segurança a ser deixada na borda é de 5 mm. Desta forma, uma margem de 1 cm ainda estará disponível para costurar a segunda parte;
  • Terminada a primeira costura, vire o tecido e passe a ferro novamente para que a costura ainda mais precisa.

Se você tiver um ferro de passar roupa e quiser usá-lo, bem; se não tiver, amém... O ferro de passar ajuda na hora de finalizar a costura, mas não é extremamente necessário.

Conheça um pouco mais sobre a vida de grandes personalidades que marcaram a alta costura.

Costurando a segunda parte

  • Depois dos tecidos dobrados e passados, alfinete-os para mantê-los juntos;
  • Costure na marca de 1 cm da borda para finalizar a costura francesa. Ao terminar, passe com ferro o local costurado novamente, para garantir um melhor acabamento.

Sua costura francesa está pronta!

Você sabia que o Pinterest pode ser ótimo para ideias em corte e costura?

Quais materiais utilizar?

É necessário utilizar materiais de costura especiais para fazer uma costura francesa?

Esta é uma dúvida que muitos participantes de curso corte e costura para iniciantes possuem ao terem o primeiro contato com este tipo de acabamento.

Mas você deve saber que, na costura, é sempre possível “se virar” com um material básico. Se você tiver ferramentas sofisticadas, você pode usá-las. Se você não tiver, não se preocupe, pois isso não vai prejudicá-lo.

O ferro de passar roupas, por exemplo, é uma ferramenta útil, mas não essencial na maioria dos projetos.

O mesmo vale para a máquina de costura. Alguns costureiros geralmente se perguntam qual técnica escolher: costurar à mão ou costurar à máquina.

A resposta correta é a de que a melhor técnica é aquela com a qual você se sente mais confortável.

Você não avançará mais rápido com uma máquina se não a dominar bem.

Na costura, antes de mais nada, é preciso se divertir.

Sendo assim, o básico do básico dentre os materiais que te permitirão idealizar a maioria dos seus projetos para o curso de costura são:

  • Linha;
  • Agulha;
  • Tesoura para tecido.

Com esses materiais, você conseguirá realizar uma bela costura francesa sem nenhum problema.

É preciso igualmente escolher um bom lugar para trabalhar, pois você precisa de espaço e, antes de mais nada, tranquilidade e conforto para conseguir concluir seus projetos.

Não é preciso gastar uma fortuna em materiais para se lançar em um projeto de corte e costura. Com apenas linha, agulha e tesoura você está pronto para colocar a mão na massa!

Você já escutou falar em entretela termocolante nas suas aulas de corte e costura?

Como aprender a fazer uma costura francesa?

Se você tem medo de se lançar sozinho na aventura de tentar fazer uma costura francesa pela primeira vez ou preferir aprender o básico antes de alçar voo solo, existe sempre a possibilidade recorrer a uma ajuda externa.

E por que não procurar um curso de costura ou um workshop para quem está começando? Quem sabe você não aprenderá apenas corte e costura, mas também crochê para iniciantes?

Um bom local para buscar inspiração é nas contas de corte e costura do Pinterest!

Ao invés de procurar por uma aula em um ateliê de costura cheio de alunos, você já pensou em buscar por um professor particular? Esta também pode ser uma excelente solução, principalmente se você quiser aprender de maneira mais rápida e personalizada.

Aulas particulares te permitirão a aprender a fazer costura francesa e também outras técnicas de costura. Para iniciantes, intermediários ou avançados, a escolha de aulas com um professor particular ainda permite uma maior flexibilidade de adaptação à sua agenda, caso a falta de tempo seja um quesito que vive “batendo na sua porta”!

Fique por dentro das figuras que ficam constantemente na mira dos holofotes no mundo da alta costura.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar