Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Costureiros e estilistas em alta no mundo da moda

De Camila, publicado dia 30/06/2018 Blog > Artes e Lazer > Costura > Alta costura e as marcas do momento

Desde o século XVII, a moda, e mais especificamente, a alta costura, chamam a atenção de todos.

Nesta época, todos os olhos se voltavam para Paris e, dentro de toda a Europa, a capital da França era um exemplo em termos de arte, arquitetura, música e moda. Não é à toa que Luís XIV foi chamado de “Rei Sol”, pois, neste período, ele brilhou juntamente com a França, ofuscando os outros países.

  • Mas e hoje, o que se passa na alta costura francesa?
  • Coco Chanel, Yves Saint-Laurent, Dior e Jean Paul Gaultier ainda são líderes de mercado?
  • Quem são os novos “queridinhos” das Semanas de Moda?
  • Quem são os estilistas e costureiros mais elegantes na capital da moda?

Saiba tudo sobre o mundo de corte e costura!

Superprof preparou um apanhado geral do que anda acontecendo no mundo da moda e quais são as figuras que ficam constantemente na mira dos holofotes.

O que é alta costura?

Alta costura é o setor profissional dos estilistas e costureiros de luxo. As casas e marcas de alta costura desempenham um papel de vanguarda no mundo da moda e da costura.

O desfile lança tendência e o prêt-à-porter arrecada o dinheiro. Perfumes e bolsas são vendidos pelos ateliês de alta costura dentro das casas de prêt-à-porter.

A alta costura é de origem francesa. O termo é protegido por um decreto de 1945, no período pós-guerra. Para fazer parte do grupo super seleto da alta-costura, a  Câmara Sindical de Alta Costura de Paris (Chambre Syndicale de Paris Haute Couture) definiu determinados critérios que precisam ser seguidos pelas casas:

  • Trabalho feito à mão em ateliês próprios;
  • Possuir dois ateliês: um para a criação e confecção dos vestidos de alta costura e outro para criação e confecção de alfaiataria para os casacos;
  • Ter pelo menos 20 trabalhadores: bordadeiras, “plisseurs” (fazedores de plissado), especialistas em plumas, etc. cada um com um tipo de conhecimento e domínio único de técnicas de costura;
  • Apresentar peças personalizadas e únicas;
  • Participar em dois desfiles anuais incluídos no calendário de alta costura com pelo menos 25 modelos;
  • Ser apadrinhado por um estilista de moda para se tornar membro.

Assim, uma casa de moda deve atestar a qualidade do trabalho de um designer para que ele se junte a marcas como Maison Dior, Armani e Louis Vuitton.

As casas de moda precisam renovar sua adesão a cada ano e por um processo de avaliação para se averiguar se elas podem ou não manter o título de alta costura. Após 4 anos de avaliações anuais – e aprovações – as casas de moda se tornam membros permanentes.

São membros permanentes:

  • Adeline André,
  • Alexandre Vauthier (desde dezembro de 2014)
  • Alexis Mabille,
  • Chanel,
  • Christian Dior,
  • Franck Sorbier,
  • Giambattista Valli,
  • Givenchy
  • Jean Paul Gaultier,
  • Julien Fournié (desde dezembro de 2016),
  • Maison Margiela
  • Maurizio Galante,
  • Schiaparelli (desde dezembro de 2016),
  • Stephane Rolland,
  • Yqing Yin.

Nos dias de hoje, alta costura serve para promover e colocar a imagem da  marca  – e do estilista – em um lugar de destaque no concorrido mundo da moda.

O principal objetivo das coleções de alta costura é o de “vender sonhos” e assim, angariar uma clientela que adquire “prêt-à-porter” (bolsas, coleção de vestidos, perfumes para homens e mulheres, óculos, cosméticos, etc.).

Que tal aprender a manusear uma máquina de overlock?

Versace, uma marca de alta costura para ficar de olho

Versace é uma casa de alta costura criada por Gianni Versace em 1978. Após seu assassinato em 1997, sua irmã – a excêntrica Donatella Versace – assume as rédeas dos negócios da família e se torna diretora artística da marca ao lado de seu segundo irmão, Santo.

São muitos os profissionais específicos que trabalham com as marcas de alta costura. Bordadeiras especializadas precisam fazer parte da trupe do ateliê de alta costura.

Allegra Versace, filha de Donatella, também possui 50% das ações da empresa e participa de sua operação desde que se tornou maior de idade.

A Versace é membro da Chambre Syndicale de la Haute Couture desde 2012 e está registrada no calendário oficial da Semana de Moda de Paris (Paris Fashion Week).

Com 82 lojas ao redor do mundo e sua sede em Milão, a marca imprime as tendências da moda italiana na alta costura.

Acredite na individualidade e na liberdade de ser quem você quer ser.

Muito ativa no Instagram, a Donatella Versace publica sempre as últimas tendências, assim como os modelos mais recentes de suas coleções.

Lady Gaga é umas das fãs de carteirinha da marca e se tornou, iclusive, sua embaixadora. Ela até dedicou uma música para a casa de alta costura em seu álbum Artpop:

Eu realmente queria que fosse sobre Donatella, que é minha amiga, e sobre algo que nós duas compartilhamos […] esse sentimento de ser mal interpretado, mas ao invés de lutar contra todos , tirar sarro do que eles dizem sobre nós. ”

Te ajudamos a decifrar o vocabulário do universo de corte e costura.

Jean Paul Gaultier, o filhoa criança terrível da moda

Depois de ter feito sua fama na prestigiada Pierre Cardin na década de 1970, Jean Paul Gaultier (sem hífen) decide lançar sua primeira coleção solo. Ele se torna o jovem criador revolucionário em voga na década de 1980.

O desprezo é um dos meus maiores motores.

Gaultier gosta de quebrar com convenções, chocar e provocar, tudo isso para fazer com que falem sobre ele e suas criações de moda masculina e feminina.

Você sabia que o Pinterest pode ser ótimo para ideias em corte e costura?

A estampa “marinheiro” (marinière) tornou-se sua marca registrada em 1983. Ele ainda é o primeiro a apresentar saias para os homens em desfiles de alta costura.

E quem é que não se lembrar do icônico sutiã em formato de cone utilizados por Madonna na década de 1990?

É ótimo ser quem você é.

Em paralelo, ele também trabalha para a Hermès, na área de criação prêt-à-porter. A “criança terrível da moda” é inegavelmente um dos ícones da moda francesa.

A marca, presente no Instagram, exibe a cada temporada os cenários planejados para os desfiles da temporada, levando os seguidores aos bastidores de um desfile de alta costura.

Um expert no conhecimento de plumas precisa integrar a equipe de uma casa de alta costura. Impressionante pensar que um ateliê de alta costura precise possuir um especialista em plumas!!!

Quer fazer um tour pela grande história da costura e da moda?

John Galliano, a moda talentosa

Diretor artístico da Dior (integrante do grupo LVMH) por mais de uma década, o estilista britânico é mais conhecido por seu lado provocativo.

Depois de vários escândalos que o levaram a interromper temporariamente sua carreira, ele agora é diretor artístico da casa Martin Margiela.

A moda é, acima de tudo, uma arte de mudança.

Encanador de profissão, John Galliano lançou seu selo em 1984, mas as marcas de prêt-à-porter não comercializam suas criações por as considerar excessivamente excêntrica para o público em geral.

Galiano é um perfeccionista apaixonado pela técnica do viés. Esta técnica – relativamente complicada para um iniciante e que se aprende depois de vários anos de escola de costura – é “a volúpia”, a essência de um vestido para o estilista.

Eu prefiro o mau gosto à total ausência de gosto.

Muito ativo nas redes sociais, o estilista publica regularmente fotos das novas criações da Maison Margiel na nas redes sociais. O Instagram é uma ótima maneira de acompanhar o que há de novo na coleção de alta costura encabeçada por Galliano, especialmente durante a Semana de Moda de Paris.

Descubra como os homens começaram a fazer parte do mundo da costura.

Karl Lagerfeld, o diletante profissional

O que seria moda sem Karl Lagerfeld?

Não poderíamos escrever um artigo decente sobre a alta costura sem falar sobre o profissional diletante (“quem exerce uma arte como amador ou se dedica a um assunto exclusivamente por gosto e não por ofício ou obrigação”), como ele próprio se define.

Conheça um pouco mais sobre a vida de grandes personalidades que marcaram a alta costura.

Diretor artístico da Chanel desde 1983, Fendi desde 1965 e sua própria marca desde 1983, o Kaiser da moda gosta de jogar com contrastes de preto e branco.

A moda é um jogo que tem que ser jogado a sério.

Certamente o estilista mais conhecido dentro e fora do circuito da moda, Lagerfeld participou da modernização da casa Chanel, escolhendo musas famosas como Inès de la Fressange e Vanessa Paradis como as “caras” da marca.

Durante sua carreira, ele também esteve envolvido na criação de figurinos para o mundo do entretenimento, como para o Ballet de Monte-Carlo, as cantoras Kylie Minogue e Madonna, assim como figurinos para o mundo do cinema.

O estilista mais influente dos últimos 25 anos também foi responsável pela criação de uma coleção para a famosa rede popular de roupas e acessórios H&M. Detalhe: todos os produtos se esgotaram em apenas alguns minutos após o lançamento.

Elegância não é uma questão de guarda-roupa nem uma questão de carteira.

O estilista alemão atua igualmente como fotógrafo e editor. Ele gosta de participar de vários projetos artísticos e não apenas aos ligados exclusivamente ao mundo da moda.

No Instagram, Lagerfeld publica fotos de seus projetos, seus acessórios favoritos e ainda das recentes campanhas da Chanel.

Quem nunca escutou falar em Chanel? Karl Lagerfeld foi o responsável por restituir o glamour à casa Chanel.

Você já escutou falar em entretela termocolante nas suas aulas de corte e costura?

Stella McCartney, a estrela em ascensão

Filha de Paul McCartney, ela começou a trabalhar com 15 anos de idade, criando uma coleção para a famosa Christian Lacroix. Em 1997, se tornou diretora artística da casa Chloé e, em 2001, criou sua própria marca que carrega seu nome.

Todos podem fazer coisas simples para fazer a diferença, e cada pedacinho realmente conta.

Stella McCartney é comprometida com o meio ambiente e com o comércio ético. Ela se recusa a usar pelo de animais em suas coleções e dá preferencia ao emprego de algodão orgânico ou fibra de bambu na confecção de suas peças (suéteres aconchegantes e calças superdimensionadas).

Elegante e sofisticada são alguns dos principais adjetivos para suas criações.

A estilista ainda participa da idealização de várias coleções exclusivas para marcas famosas como H&M, Adidas, Gap Kid e The Sport Bag.

Sua linha de cosméticos orgânicos chamada Care foi lançada em 2007 e a abertura de lojas Stella McCartney se multiplicam cada vez mais ao redor do mundo.

Aprenda a fazer uma costura francesa!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar