Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Grandes nomes da costura internacional

De Camila, publicado dia 28/06/2018 Blog > Artes e Lazer > Costura > Estilistas mais famosos do mundo

Quem nunca ouviu falar em Coco Channel, Yves Saint Laurent ou Christian Dior?

O nome de Balenciaga lhe parece familiar?

Esses são apenas alguns dos costureiros e estilista que marcaram a história da moda. Seja pela originalidade de suas criações artísticas, a ousadia de perturbar códigos pré-estabelecidos, pelo lançamento de estilos de roupas completamente inovadores ou por todos os motivos acima, estes nomes são apenas alguns dos responsáveis pelos estilos de roupas que utilizamos atualmente.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Então você veio ao lugar certo!

Saiba tudo sobre o mundo de corte e costura!

A seguir, Superprof conta um pouco sobre a vida de grandes personalidades que marcaram a alta costura do século XX.

Isso sem contar com a nossa pequena lista de criadores de tendências a serem seguidos no Instagram caso você queira ficar por dentro do que vem acontecendo atualmente no mundo profissional de corte e costura.

Os grandes ícones da costura

Coco Channel

Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como “Coco Chanel”, foi uma das maiores estilistas da história da moda. Modista e grande costureira francesa, ela ficou famosa por suas criações de alta costura e seus perfumes (quem nunca ouviu falar no famoso Chanel nº 5?).

Chanel n.5 se tornou um perfuma clássico criado por Coco Chanel. O frasco deste clássico da perfumaria pode até se modernizar, mas a fragrância continua a mesma!

Seu primeiro trabalho artístico consistia em chapéus originais, que eram utilizados bem abaixo da parte da testa onde as mulheres da época estavam acostumadas. Como tudo criado por Coco Chanel, esta primeira empreitada foi um sucesso.

Em 1915, na cidade francesa de Biarritz, ela abriu suas primeiras casas de moda. A partir daí, começou a ser conhecida por seu trabalho em saias, bem mais curtas do que de costume.

Outra característica que catapultou as criações de Chanel no mundo da moda foi a falta de cintura marcada nas roupas, tendência que ela adotou em suas criações.

Em 1918, logo após o fim da guerra, ela dirigiu uma casa de moda muito importante, que empregava mais de 300 costureiras.

Em 1921, abriu seu segundo estúdio na rua Cambon em Paris, perto da hoje prestigiada Place Vendôme (curiosidade: atualmente, o grande QG da Chanel encontra-se na mesma rua parisiense, em uma estrutura que ocupa praticamente um quarteirão inteiro em uma das regiões com as lojas mais requintadas da capital da moda!)

Em 1926, seu “vestidinho preto” se tornou um verdadeiro sucesso. Coco também é a primeira grande costureira a lançar sua linha de fragrâncias.

“Essa mulher de personalidade forte revolucionou a moda dos anos 20 reinventando o guarda-roupa feminino: vestidos sem espartilhos, chapéus sem flores, bolsas acolchoadas, tons neutros (preto, branco e bege, as cores do convento onde esta órfã passou sua adolescência) e linhas limpas. “

Que tal aprender a manusear uma máquina de overlock?

Mary Quant

Esta foi uma das várias grandes costureiras britânicas! Para todas as mulheres, é obrigatório lembrar este nome, pois ela foi, nada mais, nada menos do que a genial criadora das tão “hoje-não-podemos-mais-viver-sem” minissaias!

Ela começou sua carreira gerenciando uma loja de roupas na Kings Road, em Londres.  Depois desta experiência, a jovem costureira decide criar sua própria linha de roupas.

As atualmente amadas minissaias foram criadas nos anos 1960 por Quant. No entanto, tal conceito também fora proposto nas  criações do costureiro André Courrèges.

Mary Quant, a partir daí, foi por muito tempo o símbolo da moda na capital inglesa. Ela perdeu notoriedade apenas no final de sua carreira, pois decidiu focar suas criações em acessórios para casa e maquiagem.

Graças a esta estilista britânica podemos colocar nossas pernas de fora! Nossa infinita gratidão à Mary Quant pela criação da minissaia!

Te ajudamos a decifrar o vocabulário do universo de corte e costura.

Grandes costureiros do sexo masculino

1. Paul Poiret

Grande costureiro francês, Paul Poiret (1879 – 1944) é considerado o precursor do estilo art déco no mundo da costura.

Ele abriu sua casa de moda em 1903, se tornando logo um vanguardista na supressão do espartilho em 1906, pois preferia vestir as mulheres em vestidos de cintura alta.

Devido a todas as suas proposições de transformação na indumentária feminina, Poiret acabou desempenhando um papel importante na emancipação das mulheres.

Mais uma curiosidade sobre este estilista: ele é o famoso inventor da bainha! O que seríamos de nós sem elas?!?!

Você sabia que o Pinterest pode ser ótimo para ideias em corte e costura?

2. Yves Saint Laurent

Este é um dos mais famosos designers de moda do mundo. Yves Saint-Laurent é tão famoso que sua vida acabou virando filme, lançado em 2014 e estrelado por Gaspard Ulliel no papel do mestre da moda, falecido em 2008 .

Christian Dior passou pela “École de la Chambre Sindicale de la Couture” parisiense antes de ser recrutado como assistente da Maison Dior. Com a morte do famoso fundador da marca –  Christian Dior – Saint-Laurent assume a direção artística da casa.

O costureiro decide criar sua própria casa de moda em parceria com Pierre Bergé e com o apoio de um financiador americano.

A primeira coleção que carrega o nome da sua marca foi lançada em 1962.

“Yves Saint-Laurent criara o vestuário da mulher moderna. Ele reinventou o casaco e o gabardine em 1962, introduziu às mulheres o primeiro smoking em 1966, o Saharan e o primeiro terninho em 1967, as primeiras transparências e o primeiro macacão em 1968. ” (Wikipédia)

Quer fazer um tour pela grande história da costura e da moda?

3. Cristobal Balenciaga

Nascido no país basco espanhol, Balenciaga é apelidado de “o mestre” ou “costureiro de costureiros”.

Sua mãe foi a responsável por transmitir sua paixão pela costurar ao filho.

No final da década de 1910, Balenciaga abriu sua primeira casa de moda em San Sebastian e, em 1937, mudou-se para Paris, inaugurando uma loja na prestigiosa avenida George-V.

Seu estilo criativo é cheio de sobriedade e possui ainda combinações de cores arrojadas, representativas de uma profunda inspiração espanhola.

Ao longo de sua carreira, Balenciaga deu apenas uma única entrevista para a revista Times em 1971, mantendo o mistério em torno de seu personagem.

Aprenda a fazer uma costura francesa!

A estrela de "Bonequinha de Luxo" inspirava Hubert de Givenchy Você sabia que Audrey Hepburn foi a musa de Givenchy?

Descubra como os homens começaram a fazer parte do mundo da costura.

4. Hubert de Givenchy

Criador da marca de alta costura Givenchy, este grande costureiro criou sua própria casa de moda em 1952.

Givenchy teve Balenciaga como inspiração, estilista do qual foi amigo durante toda a sua carreira.

A famosa atriz americana Audrey Hepburn, super famosa pelo filme “Bonequinha de Luxo” (“Breakfast at Tiffany’s“) era sua musa.

Givenchy foi um dos primeiros costureiros a oferecer uma linha de luxo “prêt-à-porter.

5. Emilio Pucci

Pucci fez história nas passarelas com suas estampas pop, extremamente gráficas e de cores exuberantes.

Falecido em 1992, as criações deste costureiro e estilista italiano marcaram a moda dos anos 1960.

Você já escutou falar em entretela termocolante nas suas aulas de corte e costura?

Alta Costura no Instagram

A moda não fica de fora das redes sociais (obviamente)!

Com a fotografia sendo o vetor de notoriedade da criação artística, já era de se esperar que o Instagram se tornasse um local para a publicação de relatos de personalidades do mundo da costura (blogueiros, artistas, influenciadores…) seguidos por milhões de pessoas.

Abaixo mostramos um breve apanhado das contas do universo da moda que possuem mais seguidores no Instagram.

Fique por dentro das figuras que ficam constantemente na mira dos holofotes no mundo da alta costura.

Victoria Beckham (victoriabeckam)

Com 16,8 milhões de assinantes, Victoria Beckham possui o equivalente a quase um quarto da população da França de seguidores.

Versátil, a atual estilista da sua própria marca dVb, criada em 2008, ficou famosa nos anos 1990 como cantora e dançarina do grupo ícone Spice Girls.

Com o fim da prestigiada trupe de cantoras, Victoria se converteu ao mundo da moda, tornando-se não só estilista, mas também uma verdadeira empresária ao administrar sua marca, assim como a imagem de seu casamento com o famoso jogador de futebol britânica David Beckham.

A dVb é, atualmente, especializada em modelos “prêt-à-porter”. Vale lembrar que denominação consiste em roupas vendidas em série e não sob medida.

Stella McCartney (stellamccartney)

Stella McCartney possui aproximadamente 4,3 milhões de seguidores no Instagram!

A filha de Paul McCartney, nascida em 1971 nos subúrbios de Londres, se tornou uma famosa estilista inglesa de reconhecimento internacional .

Desde cedo Stella já se interessava pelo mundo da moda. Dizem que ela costurou sua primeira jaqueta quando ainda era adolescente.

Em idade adulta, ela trabalhou como diretora criativa da prestigiada marca Chloé em Paris, onde substituiu “um certo” Karl Lagerfeld.

Em 2001, ela criou sua própria marca, ligada ao grupo Gucci. Em 2004, ela lançou sua primeira coleção para a Adidas, a “Adidas by Stella McCartney“.

McCartney foi ainda a responsável por vestir os atletas britânicos nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

A mais famosa rede social de fotografias está lotada de costureiros de alto gabarito. Estilistas famosos bombam suas contas no Instagram com fotos de tirar o fôlego!

Marc Jacobs (themarcjacobs)

Marc Jacobs é um designer de moda americano que possui em seu currículo o cargo de diretor artístico de todas as coleções da famosa Louis Vuitton.

Jacobs aprendeu costura e tricô graças a sua avó.

Ele é seguido por mais de 823.000 pessoas no Instagram.

Seu cachorro – Neville Jacobs – também possui conta na mesma rede social e – pasmem! – é seguido por mais de 200.000 pessoas!

Nicolas Ghesquière (nicolasghesquiere)

Ex-diretor artístico da casa de moda Balenciaga, Ghesquière agora ocupa o cargo de promotor das coleções femininas da Louis Vuitton.

Durante sua carreira, o estilista passou por prestigiosas casas de moda como Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler e Trussardi.

No Instagram, ele é seguido por quase 600.000 pessoas.

Clare Weight Keller (clarewaightkeller)

Atualmente diretora artística de alta costura e “prêt-à-porter” masculino e feminino da Givenchy, esta britânica aprendeu costura e tricô no Royal College of Art em Londres.

Keller passou pelas mãos de dois estilistas americanos – Calvin Klein e Ralph Lauren – antes de ingressar na Gucci como responsável pelo “prêt-à-porter” e acessórios femininos.

Ela é seguido por 165.000 pessoas no Instagram.

Anthony Vaccarello (anthonyvaccarello)

Jovem estilista belga, ele é o atual diretor artístico da marca Yves Saint-Laurent desde abril de 2016.

Vaccarello recebeu o Grand Prix de Mode no Festival Internacional de Hyères.

Seguido por mais de 245.000 assinantes no Instagram, o costureiro publica muitas fotos em preto e branco na rede social, incluindo imagens de sua musa, a modelo polonesa Anja Rubik.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar