Saber usar linhas e agulhas requer certa habilidade com atividades manuais. E quem já não teve que pregar um botão na camisa, reparar um rasgo na saia ou ajustar a barra da calça, assim, de última hora?!

Pois é, contar com tal destreza não é pra qualquer um e, geralmente, a gente só descobre a importância da costura manual nessas situações de emergência. Mas, deixando de lado esses detalhes do cotidiano, é sempre importante destacar que saber costurar manualmente é praticamente uma exigência de quem trabalha no ramo de vestuário e moda.

Por isso, se você tem vontade de aprender a costurar e mesmo de forma tímida, estudando para ser uma garota prendada no ramo ou, quem sabe, fazer disso sua principal fonte de renda, é imprescindível ter muita habilidade ao que se refere à costura feita à mão, uma vez que essa técnica é capaz de te ajudar a finalizar detalhes de uma peça, sem falar que, com certeza, será a sua melhor amiga em momentos de apuros.

E como nem sempre será possível termos ao nosso alcance uma máquina de costura, vale a pena acompanhar neste artigo alguns dos principais conceitos sobre como aprender a costura feita à mão, sendo que, nos tópicos a seguir, falaremos de dicas antes de colocar tecnicas em prática, materiais necessários para a costura manual, dicas de como cortar tecidos e fazer moldes e, por fim, os pontos básicos da costura. Borá lá?

Dicas que facilitam o uso de técnicas de costura à mão!

Praticidade!
Quem domina as principais técnicas de costura consegue fazer ajustes em vestuários de todos os estilos!

Apesar do título deste tópico, é importante esclarecer que nesta abordagem não ensinaremos técnicas de costura à mão propriamente ditas, mas algumas escolhas que, sendo bem aplicadas, podem ajudar você a fazer reparos e ajustes em peças de vestuário. Acompanhe:

  • Dica 01 - Separe a Linha: A primeira coisa a ser feita é separar a linha simples (em vários pontos ela será usada). Mas, você pode utilizar a linha de algodão para tramas de algodão. E para tecidos sintéticos, dê preferência às linhas de poliéster;
  • Dica 02 - Escolha a agulha: Utilize agulha com uma espessura que esteja de acordo com o tecido escolhido. Vale lembrar que agulhas mais grossas devem ser usadas em tecidos encorpados. Agulhas com menor espessura são indicadas para tecidos mais finos;
  • Dica 03 - Linha e Agulha: O tamanho da linha a ser usada na costura vai depender de qual tipo de peça será trabalhado. Mas, se estiver em dúvida, corte pedaçoes entre 38 a 40 cm. Cerca de 10 a 11cm já são suficientes para você passar a linha na agulha. Depois, dê um nó na outra ponta da linha, lembrando que a sobra precisa ficar sempre mais longa.

Agora que você está por dentro das dicas do que fazer, antes de colocar em prática as técnicas de costura de mão, confira no tópico a seguir, os materiais necessários para começar a trabalhar com esse tipo de atividade!

Os materiais necessários para a costura manual

Materiais!
Quem trabalha com corte e costura já se acostumou com a grande quantidade de acessórios!

Se você for fazer um passeio em lojas de aviamentos, com certeza verá uma quantidade enorme de produtos voltados para corte e costura, sendo que cada qual tem sua devida importância para as tarefas que uma profissional tem que desempenhar no dia a dia.

Se fizermos uma relação das ferramentas mais usadas em uma oficina de costura, por exemplo, a lista fica grande, mas como neste artigo a ideia é permanecer no âmbito da costura feita à mão, vale a pena relacionar apenas os itens básicos para a execução de tarefas simples, como pequenos reparos ou costura de peças menores. Vejamos:

  • Tesouras - essa ferramenta é essencial para quem pretende trabalhar com costura manual. Os tipos mais usados são a tesoura de tecido - onde seu corte preciso facilita o processo de costura; a tesoura de picote - que trabalha o acabamento de margens da costura; e a tesoura de arremate - que faz o corte das  linhas remanescentes na peça;
  • Tesourinha - essa ferramenta vai finalizar o trabalho da tesoura de arremate. Ou seja, a tesourinha será imprescindível para quem precisa cortar linhas que sobraram, desmanchar costuras e, principalmente, dar piques mais precisos na roupa;
  • Abridor de casas - ideal para desfazer costura inteira ou cortar um ponto e outro;
  • Fita métrica - tem sempre que acompanhar a costureira, uma vez que com ela tira-se medida, faz moldes, confere costuras e faz ajustes nas peças de roupas;
  • Linhas - como sem elas nada acontece, as linhas precisam ser variadas, de cores diferentes e bem utilizadas para alinhavar, criar projetos e, principalmente, para trabalhar com a  costura manual;
  • Agulha de mão - com diferentes tipos e espessuras, a agulha é fundamental para alinhavar e trabalhar com costuras manuais;
  • Agulheiro - é basicamente aquela almofadinha que funciona como um item prático para colocar e retirar agulhas;
  • Alfinetes - há vários tipos de alfinetes, sendo que para um curso de corte e costura, por exemplo, o ideal é utilizar o que tem a cabeça com uma "bolinha" colorida - usado para marcar alguma peça no manequim, bem como os modelos finos e grossos usados comumente para alfinetar o tecido antes de começar a costurar;
  • Giz de tecido - muito utilizado para marcar o molde, o giz pode ser encontrado em várias cores. Outra alternativa pode ser a caneta para tecido, porém, e preciso escolher uma que saia facilmente ao utilizar o ferro de passar ou, então, lavando a respectiva peça.

Com essa informação acerca dos materiais necessários para a costura manual, que tal aprender como cortar seus tecidos e fazer moldes de costura, hein? Vamos lá!

Aprender a cortar seus tecidos e fazer moldes de costura

Saber como cortar o tecido e a fazer moldes de costura requer muita prática e conhecimento. Por isso, é interessante buscar sempre um curso de corte e costura que oferece técnicas e ferramentas que ensinam como trabalhar com essa parte importante da produção, seguindo o posicionamento do molde, assim como respeitando o fio reto.

Quem já está acostumado a fazer esse tipo de trabalho sabe que a localização das ourelas deve ser sempre verificada na hora de cortar o tecido. Além disso, é necessário ter em mente que, se o molde for tomar toda a largura do tecido, é imprescindível que se dobre ourela por ourela, ok?!

Corte perfeito!
Para cortar tecidos é preciso conhecimento e prática!

Se o contrário acontecer, ou seja, a peça a ser cortada não demandar muito tecido, procure deixar a ourela paralela à dobra do tecido. Seguindo esses procedimentos, você já pode iniciar o corte do tecido.

Já para trabalhar o molde de costura, a primeira coisa a ser feita é colocá-lo inteiro na dobra do tecido, sendo que o que tem recorte precisa que seu fio reto fique paralelo à ourela. E se você for trabalhar com produção em larga escala, procure adicionar margem de costura e barra a esse molde. Para quem não sabe, o ideal é utilizar corte de tecido fino que provavelmente já tenha uma margem de costura.

Se você prefere fazer o corte inteiro ou assimétrico do molde, é importante saber que o mesmo precisa estar inteiro no papel sobre o tecido aberto. Se caso houver partes duplas a serem cortadas nesse molde, procure copiá-las duas vezes, sem deixar de espelhá-las para que, assim, não saiam voltadas para o mesmo lado.

Os pontos básicos da costura feita à mão

Sabe aquela barra da calça que precisa ser ajustada ou então aquele vestido descosturado que você tanto gosta? Então, esses pequenos detalhes poderiam ser solucionados sem gastar um tostão se você soubesse como fazer costura manualmente.

Mas nunca é tarde para correr atrás do prejuízo e, assim, começar um curso de corte e costura. Quem sabe, além das reformas nas peças que estão em seu guarda-roupa, você comece a costurar pra fora e tirar uma graninha extra, hein?!

Básico da costura!
Aprender os pontos básicos da costura feita à mão não precisa ser nada complicado!

Mas, para isso, há de estudar muito e praticar bastante. E confiante que tão logo você começará suas aulas de costura, vamos facilitar um pouco mais seu acesso a esse novo conhecimento, trazendo algumas informações acerca dos pontos básicos da costura feito à mão! Confira:

  • Ponto Alinhavo - se você quer ter apenas uma ideia de como ficará a peça de roupa que está trabalhando, esse tipo de ponto é interessante, pois trata-se de um processo que, tanto em cima quanto embaixo, resulta em pontos iguais e largos respectivamente;
  • Ponto Corrido - usado comumente em artesanato, o ponto corrido é semelhante ao alinhavado, sendo que o que faz a distinção entre ambos são os pontos mais estreitos;
  • Ponto Atrás - muito semelhante ao ponto reto da máquina de costura, esse estilo utiliza de linha dupla para que o respectivo ponto fique ainda mais firme;
  • Ponto Chuleado - esse tipo de ponto é ideal para quem quer evitar que a peça desfie, pois é um nível médio de segurança que apara as partes desfiadas da barra de um tecido, por exemplo;
  • Ponto Invisível -  muito utilizado para fazer bainhas de roupas, calças e bermudas, o ponto invisível requer cuidado na hora fazê-lo. O ideal é que a linha apareça o mínimo possível quando for trabalhar com ele.

Com esses resumos sobre os principais pontos da costura manual, vamos encerrando o artigo de hoje, lembrando que aprender a costurar de forma manual não precisa ser um bicho-de-sete-cabeças, pelo contrário, pode ser algo divertido que agregue valor à sua vida como um todo, inclusive no aspecto profissional e, consequentemente, financeiro!

Precisando de um professor de Costura ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Erico

Professor, roteirista, redator e CEO da ecKOa Conteúdos, além de músico nas horas vagas.