"Só quando danço me liberto do tempo: esvoaçam as memórias, levantam voo de mim."

Mia Couto

Qual dançarino nunca sonhou em poder trabalhar de sua paixão pelo movimento do corpo?

O Superprof faz o seu sonho se tornar realidade! Desde já você pode oferecer seus serviços como professor particular de dança!

No entanto, devido à falta de conhecimento do mercado ou da concorrência, alguns educadores têm dificuldades para definir o valor certo, e não sabem muito bem como "vender" suas aulas.

Para encontrar o valor justo para a sua sessão de dança, leia este artigo!

Preço da aula de dança: defina-o em função da sua cidade!

“Eu nunca ensino meus alunos. Eu apenas tento fornecer as condições nas quais eles possam aprender. ”

Albert Einstein

O valor médio de uma sessão de bailado vai com certeza variar em função do custo de vida da cidade onde você mora!

O Balé da Cidade de São Paulo foi criado em 7 de Fevereiro de 1968, com o nome de Corpo de Baile Municipal.
A longevidade do Balé da Cidade de São Paulo, o rigor e padrão técnico do elenco e equipe artística, atraem os mais importantes coreógrafos brasileiros e internacionais, interessados em criar obras para seus bailarinos e artistas.

Mas você já sabe onde ensinar a dançar?

Na verdade, os tutores que estão no mercado enfrentam a tal da concorrência local, bem forte no que diz respeito à prática da categoria. Os habitantes das principais cidades, como São Paulo, Brasília ou Rio de Janeiro, se beneficiam de uma ampla gama de tutores adaptados a todos os orçamentos. Inversamente, os habitantes das pequenas cidades terão de se adaptar às poucas ofertas presentes na sua região.

Confira a tabela abaixo para o valor médio da hora de dança por cidade.

CidadePreço hora / aula
São Paulo93 reais
Rio de Janeiro87 reais
Belo Horizonte67 reais
Porto Alegre26 reais
Recife50 reais
Curitiba65 reais
Brasília59 reais
Salvador40 reais
Vitória77 reais
Fortaleza53 reais
Florianópolis40 reais

Por isso, verifique qual é o seu custo de vida e pratique um valor coerente com a sua cidade. Além disso, os aprendizes que vivem em cidades menos favorecidas podem ainda se beneficiar de um ensino mais acessível por meio de aulas de dança online. Há muitos perfis de tutores no portal que aceitam dar aulas via webcam. Graças a essas aulas divertidas, o aluno pode desfrutar de uma docência de qualidade sem sequer sair de casa!

Valor dos cursos de danças variam de acordo a especialidade

“Um bom professor é como uma vela - ela se consome para iluminar o caminho para os outros.”

Mustafa Kemal Atatürk

Para definir o preço da sua prestação, é evidente que você precisa levar em conta o estilo de movimento de sua especialidade.

Geralmente, as cursos de balé contemporâneo, aulas de balé e cursos de jazz são mais populares entre os alunos. Assim, os estudantes interessados ​​nestes estilos vão desfrutar de um mercado competitivo e conseguir encontrar prestações de qualidade a preços mais baixos. Caso esse seja o seu caso, você tem mais liberdade para formular o valor da sua prestação, mas não cobre muito caro muito! A concorrência é alta....

Por outro lado, disciplinas complexas como rumba, chá-chá-chá ou paso doble são mais raras e, portanto, mais bem pagas. Ao escolher um desses estilos, os aprendizes estão dispostos a pagar pelo portfólio para se beneficiar de uma educação qualificada e altamente técnica.

Descubra os preços médios das sessões em casa por estilo:

  • Coreografia: 79 reais
  • Salsa: 89 reais
  • Dança latina: 100 reais
  • Hip hop: 74 reais
  • Ballet clássico: 64 reais
  • Forró: 72 reais
  • Dança de salão: 101 reais
  • Tango: 144 reais
  • Rock n' roll: 173 reais
  • Danças orientais: 61 reais
  • Valsa: 84 reais
  • Dança moderna: 63 reais
  • Dança africana: 77 reais
  • Ballet contemporâneo: 116 reais
  • Breakdance: 88 reais
  • Zumba: 70 reais
  • Aula de dança do ventre: 50 reais

O caso da dança esportiva (aula de zumba, aulas de fitness, aulas de ginástica rítmica, etc.) é bastante diferente dos outros: sendo tratada como sessão de esportes, acaba sendo mais acessível do que as danças tradicionais. Além disso, os professores particulares geralmente oferecem sessões em grupo que reduzem o preço cobrado pela hora.

Que se trate de um curso intensivo, uma preparação para uma audição ou apresentação, o estilo do movimento é um critério essencial a levar em conta ao definir o valor para suas aulas particulares em casa!

A estrutura do ensino influencia o custo dos cursos

“Ninguém deve ensinar quem não ama o ensino.”

Margaret E. Sangster

Hoje em dia, há tantos lugares onde se pode ensinar movimento coreografado que os pupilos ficam até perdidos na hora de escolher

Onde posso ensinar meus alunos a dançar?
Seja qual for a sua especialidade, você vai encontrar quem dance no lugar que você escolher para lecionar! Afinal de contas, o importante é conseguir trabalhar com o que está disponível e ao nosso alcance!

Em função do lugar que você vai lecionar, vai receber um salário diferente.

Em primeiro lugar, existem estruturas onde o estudante de dança tem reduções ou ganham bolsas em função de sua renda familiar ou condição socioeconômica. Nas associações, instituições e ONGs em geral o nível ofertado é para dançarinos iniciantes. Exemplos são instituições vinculadas às prefeituras ou secretarias de cultura e esporte, centros culturais, rede SESC e colégios municipais. Como resultado, as aulas são muito mais acessíveis do que em estruturas particulares como companhias especializadas. Se você tem interesse em trabalhar com projetos sociais, esses locais são ideais para você. No entanto, o salário não pode ser prioridade. Muitas associações contam com trabalho de educadores voluntários ou a valores bem baixos. Informe-se e veja o que é mais importante para você!

As prestações em instituições de ensino e companhias mais famosas ou particulares serão muito mais caras. Como consequência, os docentes são mais bem pagos. Em geral são contratados em regime CLT e recebem salário fixo mensal com benefícios sociais. Mas essas escolas, por outro lado, exigem bastante na hora de selecionar seus docentes. Na maioria delas os profissionais selecionados são ex-aprendizes ou possuem prática e formação confirmadas.

Informe-se na escola de seu interesse sobre o processo seletivo.

Por fim, se você for professor particular de dança em casa, tem muito mais liberdade para definir o valor da sua prestação! Mas sua vivência dentro do ramo, seus diplomas e sua especialidade podem impactar no valor da sua aula de zumba, balé, forró...

Identifique o seu perfil de professor e determine quanto cobrar pela aula

“Toda criança merece um campeão - um adulto que nunca desistirá deles, que entenda o poder da conexão e insista para que se tornem o melhor que podem ser.”

Rita Pierson

Quanto mais qualificado e dedicado for um instrutor, maior será o valor da sua sessão: nada mais justo, certo?

Formações para se tornar um professor de dança

Enquanto alguns tutores escolhem dar aulas para todos os níveis, outros se concentram em um nível. Mas como se tornar um tutor qualificado e apto para dar cursos de dança tanto para crianças quanto adolescentes e adultos?

Segundo o site "Ballet Online", é uma mentira quando dizem que para ser professor de Ballet - ou de qualquer outra modalidade de dança, seja Zumba, dança de salão, dança do ventre, dentre outras - é necessário ter feito faculdade de Dança.  De acordo com a Lei, para es tornar um profissional de educação em dança, é necessário ser registrado em carteira como profissional de Dança. Para tal, é necessário ter o DRT (Direito de Registro de Trabalho).

É possível conseguir o DRT fazendo uma faculdade de Dança, ou indo direto em um sindicato da área. No caso deste último, e necessário passar por uma avaliação (alguns sindicatos dão um mini curso), no qual o futuro tutor precisa apresentar uma coreografia para que possa ser avaliado se realmente domina a prática ou não. Caso o requerente seja aprovado, ele conseguirá o DRT.

Com o registro em mãos, é preciso ir ao Ministério do Trabalho para registrar esse documento na carteira de trabalho. Legalmente falando, esse é o procedimento para quem deseja se tornar instrutor, independente do estilo oferecido. Sendo assim, não existe uma formação específica para aqueles que desejam lecionar a prática da movimentação corporal para futuros dançarinos.

Dançarinos de ballet
Quanto mais informações sobre suas aulas de ballet no seu site (ex. horário disponível), mas atenção de futuros clientes você chamará.

Tipos de professores de dança

A vivência docente é, de fato, um dos primeiros fatores que define a escolha de um aluno por um determinado professor particular. Assim, é necessário ter duas experiências diferentes: por um lado a experiência confirmada como dançarino/coreógrafo e, por outro, a prática enquanto docente que valide sua metodologia de ensino.

Existem basicamente três tipos de formação para professores de dança:

  • O professor autodidata, que aprendeu tudo sozinho ou por meio de aulas particulares, sem nunca seguir uma formação musical oficial,
  • O professor estudante, que faz parte de uma companhia ou escola de dança,
  • O professor confirmado, que ensina ou ensinou em grandes escolas de música ou universidades e que deseja complementar a renda de dançarino profissional.

É bem possível negociar o valor de uma hora de aula no Superprof. No entanto, os educadores podem aumentar ligeiramente o valor depois que o aluno evoluir para prestações mais exigentes sob o aspecto técnico e musical.

Idem para coreógrafos diplomados: se um tutor domina improvisação musical e pode compor uma coreografia especial após um pedido especial de seu pupilo, esta demanda terá um valor!

A experiência e os estudos do professor também pesa na hora da definição do valor da prestação, tais como:

  • A carreira musical,
  • Conhecimento das disciplinas da dança,
  • Domínio de vários estilos;
  • O currículo artístico seguido pelo professor,
  • A vivência do instrutor em uma companhia de dança,
  • A composição musical e talento para a música (piano, violão...),
  • As opiniões de outros estudantes,
  • O reconhecimento do tutor,
  • A carreira profissional enquanto educador (professor em universidade, teatro ou companhia), etc.

Aumente o valor da hora de serviço de acordo com as opiniões dos alunos

No Superprof, nossos tutores têm a oportunidade de ser avaliados pelos aprendizes.

Os educadores com as melhores críticas têm a honra de aparecer na primeira página dos resultados, o que lhes permite atrair mais e mais estudantes. Por um lado, suas aulas devem ter qualidade técnica e muito conteúdo, certamente; mas por outro, você não pode esquecer da metodologia e do bom relacionamento que precisa criar com o aluno. Quanto mais positivas forem as suas avaliações, mais você pode cobrar de suas aulas, adaptadas à sua reputação.

E que tal colocar links para vídeos de sua aula de zumba, aula de dança de salão ou aula de balé para que seus futuros pupilos vejam você em ação? Outra tática importante e bem adorada é colocar a primeira sessão grátis disponível para seus futuros clientes. Desta maneira eles conhecerão seu domínio pelas técnicas, sua abordagem dos movimentos e sua pedagogia antes de decidirem se querem mesmo optar por um de seus cursos.

Dicas: proponha descontos, reduções e a primeira aula dança grátis

“Trate as pessoas como se fossem o que deveriam ser e você as ajuda a se tornarem o que são capazes de se tornar.”

Goethe

Por que não se destacar com preços atrativos?

Como fazer aulas de hip hop como autodidata?
Sinta-se livre para oferecer valores com desconto para grupos, por exemplo! Quanto mais gente se aproveitando do movimento, melhor!

Oferecer pacotes e planos pode chamar a atenção de novos clientes, mas também é fundamental para construir uma clientela de estudantes sólida e fiel.

Veja como oferecer valores atraentes no Superprof:

  • Proponha uma primeira sessão de avaliação gratis;
  • Faça um plano especial incluindo recursos e equipamentos esportivos;
  • Proponha um valor especial para uma oficina intensiva;
  • Faça preços especiais para sessões, no caso de prestações de 1h30 em vez de 1h;
  • Aceite dar aulas online através do Skype com um desconto;
  • Diminua o valor para aulas em grupo;
  • Proponha reduções tarifárias para a família;
  • Proponha valores especiais para descobertas de novos ritmos (por exemplo: um aluno de ballet quer conhecer noções de bachata).

Com todas essas dicas, agora você já pode calcular o valor da sua prestação de dança no Superprof!

Curso de dança: como ser um ótimo profissional do ensino de movimentos do corpo?

“O sonho começa com um professor que acredita em você, que puxa e empurra e leva você para o próximo platô, às vezes cutucando você com uma vara afiada chamada 'verdade'.”

Dan Rather

Qualquer um pode ser dançarino, mas nem todo mundo tem as habilidades e a aptidão para ser um instrutor de dança eficaz. Transmitir conhecimento é mais do que apenas coreografar alguns passos e esperar que os aprendizes sigam o exemplo cegamente. É preciso muita coragem para transformar iniciantes desajeitados em profissionais qualificados que possam exibir orgulhosamente seu ofício para o mundo.

Claro, as pessoas têm opiniões diferentes sobre o que significa ser um bom instrutor para quem dance. Alguns prefeririam um tutor com uma pedagogia mais relaxada, enquanto outros funcionam melhor com um instrutor que seja rígido e gerenciável. Não existe um estilo de docência que governe todos eles.

Não importa sua pedagogia, existem algumas qualidades de referência que todos eles devem possuir para fazer com que um aluno dance com eficácia. Aqui estão alguns dos atributos essenciais que um profissional da área, tenha ele uma licenciatura em uma faculdade de educação física ou seja um autodidata com anos de experiência em uma companhia no Brasil ou no exterior:

Boa reputação, educação e experiência

Alguns dos melhores instrutores treinaram extensivamente desde a infância. Quando chegam aos 30 anos, a maioria deles já recebeu uma extensa educação em instituições especializadas e universidades de primeira linha, ou tem uma carreira estabelecida por grupos de dança e companhias de teatro.

Mas a bagagem educacional de um tutor de ritmos e movimentos às vezes não está diretamente relacionada ao seu conhecimento nesta arte. Ele ou ela também deve ter conquistado uma boa reputação na comunidade de dançarinos. Ser membro de uma organização de dança conceituada ou ter certificações e realizações também é uma grande vantagem.

Criança fazendo aula de ballet.
Os valores das sessões de aprendizado no Rio de Janeiro são diferentes dos valores das que se passam em São Paulo. A quantia cobrada também varia de acordo com a clientela (crianças, adolescentes ou adultos).

Seja paciente

A tutoria de dança é cansativa. Os alunos matriculados em uma escola especializada têm vários níveis de habilidade e, como tal, podem absorver e aprender o material em ritmos diferentes. Sempre haverá aqueles que aprenderão mais devagar do que seus colegas. Ter que ajustar o material de aprendizagem para acomodar os aprendizes pode ser desgastante para o educador.

Paciência é sempre uma virtude característica de qualquer bom educador. Para um aprendiz com dificuldades, um tutor paciente pode construir sua motivação na hora estudar.

Flexibilidade e Sensibilidade

Um bom educador de bailado é sensível às necessidades de seus alunos. Ele ou ela deve ser capaz de fazer alterações e revisões na coreografia, de modo a garantir que cada pupilo seja capaz de acompanhar as aulas.

Profissionalismo

Um instrutor eficaz e respeitável deve estar sempre no auge do profissionalismo. Ninguém gosta de ser ensinado por alguém que não leva a profissão a sério. Para muitos, dançar é mais do que uma arte; é um estilo de vida. E o docente deve ser capaz de mostrar respeito pela disciplina na forma como age em sala de aula - seja a maneira como se veste, fala e interage com os alunos.

Organização

Uma sessão de aprendizagem não envolve apenas passar por um conjunto aleatório de movimentos através de atividades ligadas a uma determinada coreografia. Cada lição deve ser adaptada para acomodar uma forma progressiva de aprendizagem, em que o aprendiz primeiro é ensinado o básico, o que formaria a base para as aulas posteriores.

O educador deve colocar ênfase em priorizar o domínio dos blocos de construção da arte, em vez de deixar seus pupilos fazerem movimentos complicados de uma só vez. Um tutor eficaz sabe que o corpo precisa de tempo para se adaptar gradativamente a novos movimentos.

Paixão

Um especialista na educação do movimento também é um aluno vitalício. Isso significa que ele ou ela deve estar disposto a aprender e experimentar coisas novas, para que os alunos nunca tenham momentos de tédio durante as sessões de aprendizado.

Alguns dos instrutores de dança mais eficazes não se concentram em apenas um estilo (ballet clássico, dança de salão, zumba, etc): eles são capazes de usar e adaptar diferentes estilos para suas aulas. A paixão do educador pela disciplina deve transparecer e ser transmitida aos pupilos. Ele ou ela deve saber o momento de encorajar, estimular, ajustar e corrigir um aprendiz que ainda não dance bem.

A lição de ballet, por exemplo, não é apenas uma coleção de aprendizes amadores, mas sim um grupo de pessoas apaixonadas pelo aprendizado e pelo bailado. Um instrutor memorável é sempre aquele que tem um sólido senso artístico para o ofício. Ele ou ela pode inspirar e mover os pupilos em suas futuras carreiras dentro da área.

Sapatilhas de ballet.
Você sabia que pessoas com licenciatura em educação física podem ser aptas para lecionar dançarinos?

Realmente adorar a prática

Os melhores professores inspiram e expiram dança como oxigênio. A disciplina não é a única coisa na vida desses profissionais, mas é seguro dizer que eles mergulham de cabeça nesta área, o que os compele a compartilhar esse fascínio com os outros.

Amor e honra em lecionar

Além da compulsão de compartilhar o que amam com os outros, grandes professores de dança são fascinados pela disciplina e pelo ato de transmitir seus conhecimentos relacionados a ela. Eles reverenciam o ofício e seu papel como tutor. Por causa disso, um grande mestre continua trabalhando e aprendendo para desenvolver suas habilidades de docência e se dedica a fornecer a vivência da mais alta qualidade aos seus pupilos.

Se lembrar de como é ser aprendiz

Um grande tutor de dança sabe e se lembra de como é ser um aprendiz. Ela desenvolveu e dominou as habilidades que está passando para você e, no entanto, não para por aí. Ela não se contenta em descansar na busca de melhorar tanto a aquisição quanto a transmissão de conhecimento relacionado a esta atividade.

Apoio aos seus pupilos

Ótimos tutores de dança são sensíveis às necessidades de cada aprendiz, independentemente da habilidade ou talento inato. Os profissionais trabalham para encontrar a melhor forma de incentivar cada pupilo. Um grande instrutor acredita, encoraja e elogia os sucessos dos seus aprendizes, assim como os ajuda a entender e corrigir seus erros.

Motivador

O apoio de um professor geralmente envolve uma série de estímulos. Um grande mestre desafia e inspira seus aprendizes. De uma forma ou de outra, ele encontra uma maneira de conduzi-los ao pleno potencial.

Respeito aos aprendizes

Um excelente tutor não é apenas sensível às necessidades de quem aprende, mas também valoriza sua individualidade e humanidade. Embora o bom docente possa ter conhecimentos bem mais avançados que seus pupilos, ele mostra profunda consideração pelos sentimentos, pensamentos, corpo e progresso de seus aprendizes.

Um bom educador espera que seus pupilos progridam e dêem o seu melhor, sem desistir, mesmo quando alguém não consegue atender a essas expectativas. Pode-se dizer ainda que os tutores amam os aprendizes tanto quanto adoram bailar e lecionar.

Interessado em aula de zumba, breakdance, samba ou qualquer outra modalidade? O Superprof possui os melhores professores!

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

4,57/5 - 7 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.