Dar aula de português língua estrangeira é mais uma oportunidade voltada aos profissionais da área de Letras e afins.

Enquanto os brasileiros procuram oportunidades fora do país, muitos estrangeiros vêm trabalhar ou estudar no país em busca de experiências.

Expatriados, turistas, estudantes de intercâmbio, esses estrangeiros em geral precisam estudar português para progredir e se comunicar melhor dentro do país. Em torno dessa comunidade está baseado o trabalho do educador de português como idioma estrangeiro.

Assim, o profissional de PLE, através do ensino do idioma e da transmissão da cultural brasileira ao estudante estrangeiro contribui para a inclusão social dos estrangeiros que pretendem se instalar no Brasil.

A profissão na área de português para estrangeiros também abre oportunidade àqueles que desejam fazer carreira fora do Brasil, através do ensino de português em instituições estrangeiras, escolas ou universidades.

Quer saber como se tornar um educador de português para estrangeiros dentro ou fora do Brasil? Aqui estão algumas informações.

Os melhores professores de Português para Estrangeiros disponíveis
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (102 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (54 avaliações)
Fernando
R$64
/h
1a aula grátis!
Samira
5
5 (17 avaliações)
Samira
R$100
/h
1a aula grátis!
Carlos
5
5 (12 avaliações)
Carlos
R$75
/h
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (20 avaliações)
Thayná
R$70
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$50
/h
1a aula grátis!
Thais
5
5 (17 avaliações)
Thais
R$60
/h
1a aula grátis!
Mariana
5
5 (14 avaliações)
Mariana
R$70
/h
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (102 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (54 avaliações)
Fernando
R$64
/h
1a aula grátis!
Samira
5
5 (17 avaliações)
Samira
R$100
/h
1a aula grátis!
Carlos
5
5 (12 avaliações)
Carlos
R$75
/h
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (20 avaliações)
Thayná
R$70
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$50
/h
1a aula grátis!
Thais
5
5 (17 avaliações)
Thais
R$60
/h
1a aula grátis!
Mariana
5
5 (14 avaliações)
Mariana
R$70
/h
1ª aula gratuita>

O professor de PLE: saiba tudo sobre a profissão

PLE significa português como idioma estrangeiro. Os cursos de PLE são dados a estudantes que não possuem o português como idioma materno. Os encontros podem ser ministradas por aqui ou no exterior.

Diploma de Letras
Transmitir conhecimento é uma dádiva, uma vocação...

O educador de português para estrangeiro se encarrega de ensinar a língua portuguesa para alunos não lusófonos. Os interessados que procuram curso de português para estrangeiros e que necessitam aprender rapidamente o português.

Qual o papel do educador de português para não nativos?

O papel do professor de português para estrangeiros não se limita ao ensino do idioma não!

Entenda:

Quando um estrangeiro deseja se instalar no país, a primeiro coisa que ele busca é dominar portugues brasileiro para estrangeiros pois, assim, ele poder se integrar mais facilmente no país.

Quem leciona PLE será o seu mediador e uma figura importante na trajetória de integração e instalação do estrangeiro no nosso país. A aula de PLE será a primeira referência do estrangeiro.

Ele deve garantir o aprendizado do português mas também deve insistir na assimilação da cultura por parte do aluno estrangeiro. Afinal de contas, língua é cultura, e uma definitivamente não pode ser dissociada da outra.

Qual a formação necessária se você deseja lecionar português para estrangeiros?

A formação em Letras é sempre a mais adequada àqueles que almejam lecionar de português para estrangeiros, seja aqui ou no exterior.

Mas isso não significa dizer que você não possa lecionar de português para estrangeiro sem ter um diploma de Letras. Muitas vezes, ter didática, compromisso com o ensino e pleno domínio na língua portuguesa e outro idioma estrangeiro passa ser bons critérios para quem almeja se destacar como educador particular de portugues para estrangeiros.

Alguns aspectos fazem muita diferença para quem se destaca oferecendo aulas de PLE:

  • Interesse em conhecer diferentes culturas
  • Possui domínio pleno do idioma
  • Ter didática de ensino
  • Ser bom com relações interpessoais, entre outros

Como se especializar no ensino de PLE?

Caso você deseje lecionar PLE mas não tenha formação superior em Letras e nem tampouco tempo ou disponibilidade para uma formação de longa duração, você também pode recorrer a cursos intensivos ou temáticos se deseja complementar seus estudos.

É possível desenvolver habilidades no ensino de português para estrangeiros de forma autodidata. Para tanto existem livros e manuais de formação de professores de línguas estrangeiras com informações ricas sobre transmissão de conhecimento.

Conhecer os pontos essenciais da didática e da linguística também é essencial se você quer ensinar português para estrangeiro.

Algumas instituições oferecem formações na área de PLE, tanto voltada aos professores quanto aos estudantes interessados em aulas de portugues para estrangeiro. Por exemplo:

  • Ipebras
  • Núcleo Tadem – UFPR
  • Instituto de Língua e Cultura Brasileira
  • Instituto Cultural de Ensino de Português para Estrangeiros
  • Viva Brasil
  • Bem Brasil
  • Vila Brasil

Lecionar PLE: assistente de língua portuguesa fora do país

Para os profissionais no ensino de português como idioma estrangeiro já consolidados na área e que desejam agregar valor ao seu currículo, existe também a possibilidade de dar aula de portugues para estrangeiros no exterior.

Experiência internacional professor de PLE
Seja um educador de português pra estrangeiro....no estrangeiro!

O assistente de língua portuguesa no exterior tem com o função ensinar o português, idioma e aspectos culturais dos povos lusófonos para os estudantes estrangeiros. E como dar aula de português no exterior? Vamos ver as condições a seguir em alguns países.

Assistente de língua portuguesa na França

A França é um dos países anfitriões do programa de mobilidade acadêmica para assistentes de língua portuguesa.

Requisitos para ensinar português para estrangeiros na França

  • Ter de 20 a 30 anos de idade,
  • está matriculado em último ano de graduação no momento de sua candidatura,
  • caso já tenha um curso superior completo, matriculados em outro curso superior (uma segunda graduação, mestrado, doutorado ou especialização),
  • está matriculado numa universidade brasileira em letras, línguas estrangeiras ou qualquer outro curso,
  • possuir bom conhecimento do francês (nível B1 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas).

O objetivo geral do programa  é oferecer a oportunidade a estudantes brasileiros de familiarização com o idioma e a civilização francesas, levando às escolas e aos estabelecimentos franceses a autenticidade de seu idioma e a riqueza de sua cultura. Por conseguinte, apenas falantes de idioma materno brasileiro, que estudem no país, de onde são cidadãos de pleno direito, poderão ser selecionados neste programa.

Se quiser maiores informações consultar o site do CIEP (France Education International)

Assistente de língua portuguesa nos Estados Unidos

O programa Foreign Language Teaching Assistant (FLTA) da Fulbright oferece até 20 bolsas de nove meses de duração para brasileiros ensinarem português nos EUA.

Em parceria com a CAPES, o programa está aceitando candidaturas de brasileiros com bacharelado ou licenciatura em língua portuguesa e/ou inglês para o programa de Professor Assistente de Língua Portuguesa nos Estados Unidos

Os selecionados são alocados em universidades norte-americanas, onde auxiliam no ensino de português e frequentam cursos sobre a cultura e história dos EUA, além de outras disciplinas de seu interesse.

  • Possuir nacionalidade brasileira e não ter nacionalidade norte-americana;
  • Possuir bacharelado ou licenciatura em língua portuguesa e/ou inglesa, com conclusão do curso após 31 de dezembro de 2014;
  • Ter proficiência em inglês, com certificado com data posterior a 27 de julho de 2017 (TOEFL-ITP com nota mínima de 550 pontos; TOEFL-iBT de 79 pontos; ou, IELTS de 6.0);
  • Residir em território brasileiro no momento da candidatura e durante todo o processo de seleção;
  • Não receber ou ter recebido bolsa ou benefício financeiro da Comissão Fulbright ou outras agências ou entidades brasileiras para programa similar.

O programa, que é o carro-chefe do intercâmbio de educação internacional patrocinado pelo governo dos EUA, tem o objetivo de avançar o ensino do idioma em universidades norte-americanas e estreitar as relações entre o Brasil e os Estados Unidos.

Os melhores professores de Português para Estrangeiros disponíveis
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (102 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (54 avaliações)
Fernando
R$64
/h
1a aula grátis!
Samira
5
5 (17 avaliações)
Samira
R$100
/h
1a aula grátis!
Carlos
5
5 (12 avaliações)
Carlos
R$75
/h
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (20 avaliações)
Thayná
R$70
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$50
/h
1a aula grátis!
Thais
5
5 (17 avaliações)
Thais
R$60
/h
1a aula grátis!
Mariana
5
5 (14 avaliações)
Mariana
R$70
/h
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (102 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (54 avaliações)
Fernando
R$64
/h
1a aula grátis!
Samira
5
5 (17 avaliações)
Samira
R$100
/h
1a aula grátis!
Carlos
5
5 (12 avaliações)
Carlos
R$75
/h
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (20 avaliações)
Thayná
R$70
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$50
/h
1a aula grátis!
Thais
5
5 (17 avaliações)
Thais
R$60
/h
1a aula grátis!
Mariana
5
5 (14 avaliações)
Mariana
R$70
/h
1ª aula gratuita>

Ensinando português em universidades estrangeiras

A aprendizagem de línguas é uma oportunidade real na vida profissional e pessoal. Em estudo recente realizado pela Federação Experimento, rede internacional com representação em 23 países, 72,7% dos respondentes brasileiros acreditam que o intercâmbio os influenciou na busca por novas oportunidades de estudo no exterior. Enquanto os brasileiros vão para fora, muitos estrangeiros vêm ao nosso país trabalhar ou estudar em busca de experiências ou oportunidades.

Programa Leitorado da Capes é mais uma oportunidade para os profissionais de Letras que desejam dar aula de português para estrangeiro no exterior. O programa consiste na seleção de professores Leitores brasileiros interessados em divulgar a cultura brasileira em instituições universitárias estrangeiras.

Dar aula de PLE nos EUA
A experiência no exterior valoriza o currículo do profissional de PLE

O programa, na forma de concurso, visa a selecionar Leitores para atuar em Instituições de Ensino Superior Estrangeiras (IES). Os selecionados assinam um contrato com uma duração de 2 anos, prorrogável uma única vez por igual período. O objetivo é promover a língua portuguesa, em sua vertente brasileira, além da cultura, literatura e estudos brasileiros.

Entre outras atividades, o professor Leitor tem como papel ministrar disciplinas, colaborar em projetos de divulgação do idioma e atuar em conjunto com a representação diplomática brasileira. A carga horária mínima do leitor é de 20 horas semanais.

Se você quer se candidatar a uma das vagas do programa do leitorado, é importante adquirir de antemão experiência profissional na área de educação, em especial em PLE.

Por exemplo:

  • Você pode oferecer curso de portugues para estrangeiros online
  • Dar curso do idioma a distancia
  • Ministrar aula particular de portugues brasileiro para estrangeiros
  • Dar aula de PLE em escolas de idiomas…

Como preparar uma aula de PLE?

Como organizar sua primeira aula de PLE?
Tudo sobre como preparar seu curso de português para estrangeiros

Para que seu curso seja executado em boas condições, o espaço de trabalho não é suficiente. É preciso pensar no conteúdo.

A vantagem de ser um tutor particular é que você pode decidir por si mesmo o programa e o tipo de aula que você quer dar. Se você quer passar um filme em português, você tem a possibilidade! Tudo o que lhe pareça educativo e lúdico pode ser usado, da sua maneira. Mas faça com metodologia e prepare tudo com antecedência.

O primeiro passo é escolher o tipo de curso que você deseja elaborar. O estilo escolhido deve ser apresentado ao estudante desde o início, com o objetivo de que ele saiba o que esperar antes de se comprometer permanentemente.

Você pode oferecer cursos intensivos, ou então discursivos clássicas, cursos temáticos, cursos com atividades adaptadas, cursos específicos em casos de solicitações particulares, etc.

Por exemplo, algumas pessoas querem se preparar para o Celpe-Bras. Essas solicitações muito específicas devem ser tratadas em profundidade e focadas no nível desejado do estudante (quando possível).

Além disso, você pode, por exemplo, oferecer um workshop de escrita, conteúdos de culinária, desenvolvendo receitas da culinária brasileira, estudar uma obra da literatura, tradução de poesia ou canções.

Nada é mais motivador do que trabalhar e nos divertir ao mesmo tempo. Por isso é importante definir temas e metodologias dos quais gostamos bastante.

Para trabalhar a fonética, a expressão oral, a expressão escrita, a compreensão auditiva ou a compreensão escrita, você pode criar jogos.

O curso deve ser atraente para o aluno, mas também para o educador de PLE. Faça cursos que se pareçam com você e dos quais você tenha orgulho.

Se você se diverte na elaboração e preparação dos cursos, isso será sentido durante as conversas com o aluno. Esta é a diferença que pode haver em relação aos cursos mais tradicionais nas escolas de idioma ou nos cursos de extensão em universidades, por exemplo. Aproveite o fato de poder se divertir e ensinar do jeito que mais gosta!

Ensinar cultura e civilização brasileira a não-falantes de português, como os estudantes estrangeiros, é um verdadeiro prazer. Para organizar suas aulas de maneira que elas não se pareçam apenas com sessões de jogos, você pode criar pequenas fichas pedagógicas. Isso ajudará a estruturar o programa todo e fazer seus estudantes trabalharem.

Lembre-se de fazer uma boa seleção de material para ensinar portugues para estrangeiros.

Professor particular de português língua estrangeira

Para aqueles que preferem se manter como profissional liberal, trabalhando por contra própria, pode se oficializar com o estatuto de tutor particular de português para estrangeiro.

Vaga para professor de portugues
Português para iniciantes: o maior trunfo do tutor particular é saber unir conhecimento e criatividade...

A primeira e mais simples alternativa é você se registrar enquanto Microempreendedor individual (MEI). Se na sua atividade de educador particular de portugues para estrangeiro você fatura até 60 mil reais por ano, não é sócio de outra empresa e não tem mais de um empregado, então você pode ser um Microempreendedor individual (MEI). Caso fature mais do que isso, pode optar pelo estatuto do Simples Nacional.

Para crescer e obter sucesso nessa carreira é preciso ganhar experiência, se possível a nível internacional, divulgar seu trabalho e se manter firme em seu compromisso com a educação.

Você pode começar ensinando na modalidade online, ou dando curso de PLE a distância.

Veja algumas formas de valorizar o seu currículo enquanto educador de PLE:

  • passe uma temporada como professor leitor de PLE no exterior
  • se torne educador assistente de língua portuguesa no exterior
  • obtenha certificações e especializações como ensinante de PLE
  • Crie um canal de ensino de PLE no youtube para melhor divulgar seu trabalho
  • Faça pesquisas e publique artigos na área de PLE
  • Diversifique a sua experiência dando aula para os mais diferentes púbicos
  • Realize o seu trabalho com atenção, zelo e amor!

Existem mil maneiras de se ensinar português, sendo a melhor delas lecionar com profissional especializado. Se essa for a sua escolha, torne-se um dos nossos professores de PLE!

Como dar aula de português para estrangeiros online?

Para divulgar seus serviços hoje, é impossível ignorar a web. Há muitas maneiras de criar uma identidade digital profissional e começar a lecionar portugues para estrangeiros online.

Como o Superprof, várias plataformas promovem a conexão entre professores e educandos particulares. Como professor, você deve completar seu perfil apresentando sua experiência profissional e o tipo de curso que você oferece. No caso, encontros por webcam.

Lembre-se de explicar o programa das suas aulas. Quanto mais explícita for sua apresentação, mais eficaz será seu anúncio. Os estudantes sabem o que esperar e isso economiza tempo.

Por exemplo, explique como você trabalha (teoria, exercícios de gramática, jogos, etc.). Não se esqueça de especificar o público específico de seus cursos. Você pode muito bem decidir ensinar PLE para jovens e idosos. Basta esclarecer isso.

Seus cursos obviamente não serão os mesmos, dependendo do perfil de cada aluno, mas uma explicação geral e amigável ajuda a atrair novos estudantes.

Esses mesmos educandos têm a oportunidade de deixar uma opinião no seu perfil para atrair outros futuros alunos. Portanto, é um cartão de visitas real.

Crie um site para apresentar seu perfil aos alunos

Criar um site para apresentar sua atividade também é uma boa alternativa. O site é uma vitrine que permite que seus futuros estudantes descubram o tipo de curso que você oferece. Também permite que eles entrem diretamente em contato com você, se necessário.

Como criar um perfil de professor digital?
Comece a usar a internet para encontrar novos alunos! É o melhor jeito de divulgar seus serviços de educação a distância!

Para fazer isso, você tem várias possibilidades. A primeira é chamar um webdesigner que irá fazer a criação do seu site caso você não entenda nada do assunto. Essa solução permite ter um site de qualidade sem quebrar muito a cabeça. No entanto, você tem que pagar para este profissional de informática.

Se você tem poucos recursos, não entre em pânico! Existem plataformas criam sites sem precisar ser um especialista. WordPress e Wix são algumas delas. Você encontrará facilmente uma solução para criar sites com facilidade.

Mas o que colocar no seu site?

Comece apresentando sua atividade.

Exiba as diferentes fórmulas do curso e apresente o programa e o público-alvo (palestras, preparação para exames, reciclagem, português para adultos, estudantes estrangeiros, encontros em pequenos grupos, ajuda com dever de casa, fonética, encontros particulares, intensivos de verão, cursos individuais, cursos em todos os níveis, livro de portugues para estrangeiros etc.).

Você também pode colocar algumas referências e não se esqueça de mencionar seus dados de contato. Estes devem estar visíveis para simplificar a tarefa para seus alunos.

Além do seu site, você pode criar um pequeno cartão de visita com a identidade do site para distribuir para as pessoas que conhece.

Seja conhecido por todos nas redes sociais

As redes sociais são a consequência lógica da sua identidade digital para a sua atividade profissional.

Isso pode funcionar bem para jovens estudantes que são seguidores deste tipo de meios de comunicação.

Comece criando uma página no Facebook. Muitas empresas e associações criam sua página no Facebook para marcarem presença na internet. A página do Facebook permite que você dê suas notícias para seus estudantes (período de férias, ausência excepcional, etc.). No entanto, isso não dispensa a comunicação por e-mail, já que nem todos têm Facebook.

Se você está particularmente interessado em redes sociais, também pode imaginar criar uma conta no Instagram voltada para suas aulas de português. Por exemplo, você pode compartilhar leituras da cultura brasileira ou desafios para seus estudantes. Ensinar português requer muita pedagogia e diversão.

Essa presença nas redes sociais pode trazer novos interessados à procura de cursos de português para estrangeiros.

mestrado de ple a distancia
Como ensinar portugues? Como dar aula de português para estrangeiros online? Descubra todas as dicas aqui!

E o que ensinar em um curso de portugues para iniciantes online?

Vamos dar um exemplo de disciplinas abordadas no curso da Unisul, para você que se questiona sobre o que ensinar de português para estrangeiros:

  • Conhecendo o português:
    o Estruturas necessárias a um primeiro contato com o PB;
    o Textos introdutórios (diálogos simples, textos básicos);
    o Gramática básica.
  •  Aprendendo um pouco sobre o Brasil:
    o As diferentes regiões e o povo brasileiro;
    o Formalidade e informalidade (formas de tratamento);
    o Notícias sobre o país (navegando em páginas de notícias).
  •  Preparando-se para estudar no Brasil:
    o Informativo da universidade brasileira;
    o Contato com o representante da universidade;
    o Busca de um lugar para moradia (jornal, anúncios);
    o Reunindo documentos (preenchendo formulários).
  •  Chegada à universidade brasileira:
    o Situando meu local de estudo;
    o Interagindo com os funcionários da Unisul;
    o Primeiro dia de aula:
  •  Apresentando meus interesses acadêmicos (autobiografia).
  • Conhecendo meu curso (plano de ensino e plano de aula):
    o Fazendo meu cadastro na biblioteca;
    o Conhecendo pessoas;
    o Andando pelo Campus:
  •  Conhecendo os centros/faculdades, unidades
    administrativas, centros acadêmicos, auditórios, café,
    entre outros.

Ementa:

  • Expressões familiares e cotidianas do Português Brasileiro, com enfoque
    nas estruturas típicas do contexto escolar/acadêmico do Brasil, visando
    satisfazer necessidades concretas;
  • Formas de apresentação pessoal (própria e de terceiros);
  • Perguntas e respostas sobre aspectos pessoais e de estudo;
  • Estruturas linguísticas simples em textos orais e escritos em contexto
    acadêmico brasileiro;
  • Alfabeto e sons do Português;
  • Verbos ser e estar;
  • As conjugações verbais;
  • Tempos do Modo Indicativo: presente, pretérito perfeito, futuro imediato;
  • Alguns verbos irregulares;
  • Artigos;
  • Pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos;
  • Ideias adverbiais de lugar, quantidade, intensidade, tempo;
  • Preposições e contração de preposições.
  • Regras de acentuação

Silabas, hifen, vogal, semivogal, hiato, palavras, som.... O que muda depois que você começa a entender o que fala no idioma? 

Precisando de um professor de Português para Estrangeiros ?

Você curtiu esse artigo?

4,75/5 - 4 nota(s)
Loading...

Joseane

Apaixonada por Línguas e Culturas, sou uma viajante assídua que acredita que viajar é a melhor forma de aprender.