Escrever uma redação pode ser uma tarefa assustadora, especialmente quando pensamos em provas como o Enem, que exigem muita leitura e escrita clara.  É essencial estar em dia com a gramática, coerência, unidade do texto e a capacidade de fazer uma boa revisão para superar com tranquilidade todas as etapas importantes da escrita de um texto argumentativo.

A ideia é sempre apresentar boas referências e tornar lógica a sequencia de elementos para que o seu leitor ou examinador seja atraído para as ideias e consiga compreender o que você pretende dizer com aquele material. Se você está buscando ajuda para melhorar o seu texto dissertativo, aqui temos ideias práticas para que você consiga colocar no papel o seu pensamento e busque uma boa pontuação!

Não se esqueça de evitar clichês e informalidades na sua redação!

Como iniciar um texto dissertativo ?

Uma boa introdução do texto pode aumentar suas chances de uma boa nota na redação. Esse é o momento de descrever o tópico, criar uma base para o contexto e fornecer algumas informações iniciais, mostrando o foco e objetivo daquele material. Com a introdução bem feita, você pode dizer ao leitor as razões pelas quais ele não perderá tempo se prestar atenção ao seu texto, mostrando que tem um ponto importante a desenvolver.

Evite frases longas e densas, começando com algo claro, conciso e cativante diretamente relevante para o que se segue. Tente não usar clichês como definições do dicionário ou frases feitas.

Apresente seu ponto, mas não generalize o assunto: você precisa chamar a atenção e prender o examinador no restante do desenvolvimento da sua escrita. Não forneça muitos detalhes, sinta-se à vontade para trazer pontos que serão retomados mais tarde, mas guarde suas evidências e interpretação mais densa para o corpo do artigo.

Em muitos casos, para facilitar o desenvolvimento da introdução, o autor pode preferir criar todo o material antes de fazer o primeiro parágrafo. Isso não é um problema, desde que o tempo e o espaço para isso sejam bem planejados. Essa escolha pode ser mais acertada caso você não tenha tanta familiaridade com o assunto ou ainda não conseguiu definir o foco da redação apenas com a leitura do enunciado ou pedido da prova.

No geral, as introduções para a maioria das redações, como as do Enem, podem ser efetivamente escritas em um parágrafo. Sua introdução pode ser mais longa do que isso e pode levar mais de um parágrafo, mas tenha certeza do motivo disso e use o seu conhecimento com segurança. O tamanho da sua introdução deve ter alguma relação com o comprimento e a complexidade do tema do artigo. Fique atento e não perca seu tempo nem espaço com frases desnecessárias.

 

O que não escrever em sua redação

Escrever uma boa redação exige também a escolha ou delimitação de um bom tema. Uma dica importante sobre o que não escrever em uma redação é evitar tópicos muito polêmicos ou abordagens unilaterais - se você não consegue observar os dois lados do assunto, talvez não seja interessante fazer uma redação dissertativa a respeito dela. É essencial que os fatos não sejam tão óbvios para que você possa desenvolver argumentos relevantes e que prendam a atenção do seu leitor.

Essa é a oportunidade de escolher um assunto que seja interessante ou relevante para você. Isso ajuda na hora de alinhar os pontos de evidência. Escolha um assunto que você já tenha estudado ou tenha acesso à fontes de pesquisa respeitadas. E qualquer que seja o  objetivo do ensaio, verifique se você está interessado no seu tópico. Um autor interessado consegue passar esse sentimento para seu leitor!

Se você receber o tópico, como na prova do Enem, por exemplo, pense no tipo de redação que deseja produzir e entregar. Deve ser uma visão geral do assunto ou uma análise específica? Limite seu foco, lembre-se que são apenas algumas linhas disponíveis e o tempo também é restrito.

Como autor, evite usar o seu espaço para deixar uma opinião sem argumentos ou que incite leituras dúbias sobre os seus argumentos. Tente usar o seu espaço para apresentar bem o material que preparou e apontar diretamente para o que deseja dizer, com firmeza e solidez na proposta. Ao revisar seu trabalho, verifique se o conteúdo de cada frase é relevante e necessário para a leitura final, contribuindo para o desenvolvimento geral. Se não servir para o propósito esperado ou não adicionar detalhes, talvez seja melhor eliminar e focar em pontos mais importantes.

Ler muito pode ajudar na hora de escrever

Dicas de uma boa redação

Clareza e objetividade são pontos essenciais para quem quer fazer uma boa redação e servir como exemplo pro seu estudo, especialmente se o estilo dissertativo argumentativo for o escolhido. Isso acontece pois facilita o entendimento dos argumentos e a leitura fica mais fácil para o corretor, caso seja uma prova.

Para começar, lembre-se sempre de que é importante usar um vocabulário preciso e as palavras corretas para aquela atividade, mas não há necessidade de usar termos complexos simplesmente para parecer sofisticado. O texto repleto de palavras longas, desconhecidas ou excessivamente formais leva mais tempo para o leitor decodificar e pode estar incorreto sem perceber. A clareza na sua escrita envolve também a escolha das palavras que são fáceis de compreender e passam o sentido esperado.

A objetividade também envolve a escolha do volume correto de texto para tratar um assunto. Você não deve usar mais palavras do que o necessário para transmitir seu significado com clareza, inclusive prestando atenção no juízo de valor e adjetivação excessiva. Em alguns casos, quanto mais palavras você incluir na construção, mais difícil será para o leitor extrair o significado que você gostaria que fosse recebido.

Muitas vezes, esse desafio de fazer uma redação clara e objetiva existe e não é percebido diretamente pelo autor ou estudante. Isso ocorre porque sua mente se lembra do que imaginou naquele momento e entende o que você queria dizer, por isso preencherá as lacunas ou corrigirá os erros enquanto lê. Para melhorar essa situação, você pode buscar o apoio de um professor particular que terá uma visão externa do cenário e ajudar nessa tarefa. Outra ideia é fazer a revisão do texto que você mesmo escreveu depois de alguns dias: isso dará tempo à sua mente para esquecer o que você quis dizer. Também pode ser útil alterar a aparência da escrita, por exemplo, mudando o estilo, tamanho ou cor da fonte antes de ler. É um truque para que sua mente possa se sentir desafiada e esforçar uma nova posição de entendimento.

Tente sempre elaborar bem os seus conteúdos antes de colocar no papel

Como é a redação do ENEM?

Prova mais importante do ano para os estudantes do ensino médio e pessoas que desejam ingressar na universidade, o ENEM tem na redação uma das suas mais importantes etapas. E conhecer bem o estilo dissertativo argumentativo pode ajudar nos seus resultados!

Um dos pontos de destaque para uma boa redação do ENEM é criar uma lógica de leitura para o examinador, trazendo o tema solicitado e os elementos dos materiais complementares para sua produção de texto. Preste atenção e não fuja da temática, isso pode ser motivo para zerar a sua nota!

Antes de escrever o texto, comece um rascunho com uma lista de seus pensamentos e desenvolvendo-os de uma maneira geral. Esse esboço não é a versão final, mas serve para organizar suas idéias e a redação, de modo que os seus argumentos e pontos se desenvolvam de maneira coerente.

Aqui estão algumas ideias que você pode considerar para um bom esboço passo a passo:

  1. Leia e releia com atenção o enunciado da redação.  Isso é necessário para uma melhor compreensão da tarefa e para garantir que você atenda aos requisitos da prova. Marque as palavras chave que podem ajudar no desenvolvimento.
  2. Faça um esboço da introdução do seu texto. Tente puxar a atenção do leitor e criar uma redação interessante desde o primeiro minuto.
  3. Elenque os argumentos que deseja usar e crie uma linha lógica entre eles para organizar os seus pontos.
  4. Prepare um parágrafo resumindo o seu ensaio e já pensando na maneira de resolver a questão proposta.
  5. Leia o rascunho para ver se você incluiu as informações desejadas.
  6. Com base no seu esboço, comece a transferir suas idéias para o caderno que será entregue, o papel oficial, e revisar com tranquilidade seus argumentos.

A introdução, como já apontamos nesse texto, é exatamente como o tópico é apresentado por você para quem estiver lendo e corrigindo a sua redação. Não é apenas a etapa para apresentar a base para os argumentos com os quais você deve desenvolver durante todo o texto, mas também fornece espaço para começar a abordagem tornando os elementos essenciais presentes. Para que as pessoas possam ler o que está por vir com eficiência, você já começa a convence-las do ponto de vista escolhido desde o início.

Não se esqueça que é preciso também trazer uma boa conclusão, com a sugestão de ao menos uma maneira de resolver um desafio ou mostrar uma opção em potencial para o problema apresentado no enunciado. Essa dica é uma das mais importantes: não crie apenas um cenário, apresente uma solução!

Preparado para os seus simulados e redações? Se ainda existirem muita dúvida, procure um professor particular para melhorar seu desempenho na produção de texto!

Precisando de um professor de Redação ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Ligia

Jornalista e especialista em educação e comunicação digital. Apaixonada por aprender, gosta de conhecer novos lugares, ler, escrever e entender como as coisas funcionam.