O texto dissertativo é um dos principais tipos textuais utilizados em nossa vida cotidiana. Por causa de seu amplo uso e da sua presença em importantes provas acadêmicas, como o tão conhecido ENEM, dominá-lo é algo extremamente importante para os estudantes. Mas muitas pessoas que desejam elaborar uma redação desse tipo ainda não têm dominância sobre o tópico.

Para realizar um boa redação desse estilo é preciso atenção e dedicação ao processo de construção de argumentos, o que pode ajudar muito também no discurso. Para complementar essa troca de opiniões, é preciso saber usar também outras características para dar mais valor ao texto. O autor da redação deve conhecer as melhores maneiras de fazer um bom título, saber quais palavras usar no início da redação e quais são as melhores maneiras de começar e concluir o texto.

Se você quer entender melhor como ter sucesso construindo redações dissertativas, fique atento ao nosso material de hoje!

Produção de texto é uma tarefa que exige de prática!

O que é o texto dissertativo?

O estilo dissertativo-argumentativo é um tipo de texto no qual é exposta uma opinião sobre certo assunto. A produção é composta por uma tese e argumentos que tentam convencer o leitor a aceitar as ideias do autor. É importante que a argumentação tenha princípios sólidos e seja baseada ao máximo possível em informações confiáveis, pois assim será mais fácil o convencimento.

Saber disso é crucial para criar uma redação forte e que garanta o sucesso em qualquer situação.

Para fazer uma boa dissertação é necessário entender os seus pontos mais importantes e dominar certas competências para deixá-las em destaque. É preciso estruturar a redação em três grandes blocos:

  • introdução, na qual o autor deve apresentar sua tese,
  • desenvolvimento, quando sua tese será defendida e
  • conclusão do texto, propondo uma solução para o problema.

Basicamente, você deve escolher um tópico relevante, pesquisar as melhores maneiras de defendê-lo ou contrapor o senso comum a respeito dele, delinear argumentos e contra-argumentos para apoiar a tese e escrever o ensaio! Sua tarefa como autor é não apenas fornecer informações gerais sobre algo, mas motivar os leitores a continuar a discussão e considerar a sua proposta para a questão. Você precisa de um tópico que seja discutível e que possa ir além do básico na mente das pessoas, permitindo que seus argumentos façam os leitores ver sob outra perspectiva.

Textos dissertativos são sobre cobrir dois lados de um ponto e incentivar uma discussão mais aprofundada.

Não importa o tamanho do texto, invista sempre em qualidade
Alexandre felipe
Alexandre felipe
Profe de Redação
5.00 5.00 (19) R$90/h
1a aula grátis!
Aristeu
Aristeu
Profe de Redação
5.00 5.00 (25) R$50/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Redação
5.00 5.00 (115) R$100/h
1a aula grátis!
Jordana
Jordana
Profe de Redação
5.00 5.00 (16) R$60/h
1a aula grátis!
Laís
Laís
Profe de Redação
5.00 5.00 (14) R$90/h
1a aula grátis!
Ettore
Ettore
Profe de Redação
5.00 5.00 (14) R$150/h
1a aula grátis!
Rafaela
Rafaela
Profe de Redação
5.00 5.00 (24) R$60/h
1a aula grátis!
Thaiz
Thaiz
Profe de Redação
5.00 5.00 (19) R$130/h
1a aula grátis!

Criando um título para a redação

O título é uma das partes mais importantes de toda redação, pois ele é justamente o que atrai uma pessoa a lê-la. Um bom título tem que ser breve, atraente e coerente com a temática do texto, pois assim chamará a atenção do leitor e criará um interesse pela leitura.

O fato de ser curto e composto por poucas palavras cria, muitas vezes, uma errada visão de que o título não é importante e muitos acabam não prestando tanta atenção nele. Mas, na verdade, esse é um aspecto primordial de qualquer redação. Assim, é muito importante dominar essa competência, pois ela é um ótimo começo para que se chegue ao sucesso em um texto.

Mesmo sendo o primeiro elemento que o leitor vê em uma redação, deve-se dar preferência em criar o título após ela já ter sido totalmente escrita.

Com o texto completo, é possível ter uma noção muito melhor do que nele foi abordado, sendo mais fácil resumi-lo em poucas palavras-chaves. Tente encontrar os três principais pontos do que foi tratado na redação e tente reduzi-los em poucas palavras. A ideia é seguir essas ideias:

  • Encontre uma maneira cativante de chamar a atenção do leitor.
  • Explore os conceitos centrais do materiais - aqui está o "o que" do seu artigo. 
  • Complemente com o foco daquele material - onde ou quando, por exemplo, tornam a leitura mais direta e já criam contexto desde a primeira linha. 

O ideal é escrever no máximo dez palavras para gerar um ar de simplicidade e impacto ao seu título,  intrigando o leitor. Não se esqueça de colocar ao menos um verbo para dar a noção de movimento e ação necessária no texto.

Fazer bons textos pode ser aprendido desde cedo

Quais palavras usar no início de uma redação

O início de uma dissertação é uma das suas partes mais importantes, pois é nessa parte que o leitor adquire as primeiras impressões sobre o texto, podendo definir se ele continuará a leitura ou não. É importante executá-la com calma, pensando na maneira de elaborar uma introdução que atraia o leitor para o tópico e faça com que ele continue interessado no artigo. Por isso, é imprescindível fazer uma seleção cuidadosa das palavras mais adequadas para começar a escrita.

Existem algumas maneiras de começar bem uma redação, entre elas está o uso de marcadores temporais. Frases como “hoje em dia”, “observando o cenário atual” ou “no passado” são bons exemplos de contextualização, dando um contexto de tempo para o texto.

Outra opção são as palavras as que exibem o conhecimento geral sobre a temática ou criam uma percepção da atualidade do assunto. Exemplos como “alguns argumentam que”, “muitos consideram que”, “percebe-se que” ou “analisando o cenário atual” geram a sensação de que o tema é presente nos tempos atuais e que há pessoas discutindo-o, deixando o texto mais valioso. Mas não crie muletas: só use os marcadores para contrapor o senso comum, não para reforçá-lo. Você precisa ter argumentos ricos o suficiente para conquistar o seu leitor.

Para iniciá-lo de uma maneira persuasiva e que permita o autor ser atraído para o tema, é bem comum iniciar o texto fazendo alusões históricas, mencionando conflitos, revoluções ou conquistas, criando um texto mais dentro de contexto e fácil de entender. Isso demonstra também um conhecimento prévio do assunto e como ele pode ser relevante no assunto presente.

Também pode-se iniciar a redação de uma maneira mais científica e baseada em fatos concretos, citando dados estatísticos ou de pesquisas, por exemplo. Lembre-se sempre de citar as fontes das pesquisas ou estatísticas, dando contexto e validade para tal.

Tenha sempre um bom rascunho antes de escrever sua redação final

As melhores maneiras de começar uma frase

Outro ponto importante na execução de um bom texto é dominar o início de uma frase. Para que a redação faça sentido e tenha coesão, criar relações entre as frases é algo muito importante. Se isso não for feito, as suas ideias podem ficar vagas e soltas. Essa competência, quando dominada corretamente, gera fluidez no texto e cria interesse para o leitor continuar lendo as ideias nele apresentadas. Devido a isso tudo, saber como iniciar uma frase também pode ser decisivo no sucesso ou não do texto.

Uma vez que não se deve utilizar passagens na primeira pessoa na dissertação argumentativa, deve-se priorizar o uso de orações impessoais. Exemplos como “é importante ressaltar”, “deve-se analisar”, “é necessário”, entre outras expressões que seguem a mesma estrutura criam imparcialidade no texto e são ótimas para começar frases neste tipo textual.

Coesão entre as frases também é um ponto essencial. O texto não pode ser apenas uma sequência de tópicos sem uma conexão entre eles. Para fazer isso, são duas perguntas que você precisa sempre ter em mente: O que diz a frase antes desta? Como essa frase se relaciona com a anterior? Agora é a hora de pensar no que usar para cada ligação, os principais termos para essa etapa e como melhorar o seu material.

Aqui estão alguns exemplos:

  • Mostrar contraste ou oposição:  porém, mas, em vez de, apresar de, contudo, entanto, pelo contrário.
  • Adicionar um ponto: e,  além disso, igualmente, da mesma maneira, de igual maneira.
  • Apresentar causa e consequência: Dessa maneira, assim, por essa razão, desse modo.
  • Adicionar ênfase e corroborar com o que foi dito anteriormente: tal como, assim como, pela mesma razão.
  • Sequência de fatos ou ideias:  depois, então, após, agora já.
  • Resumir ou concluir uma situação: portanto, enfim, em conclusão, em síntese, consequentemente, deste modo.

Ter uma boa lista de conectivos pode apoiar o desenvolvimento de um bom texto. Lembre-se sempre de variar também o que está sendo usado e tente não repetí-los. Como a ideia do texto argumentativo é contrapor ideias, é bom trazer os pontos positivos e negativos, assim como modos de apresentar esses pontos com clareza e objetividade dentro do material.

Para fazer um bom texto escrito, em especial o dissertativo-argumentativo, é importantíssimo dominar diversos aspectos para conseguir um resultado final de qualidade. Não podem ser deixados de lado elementos como a abertura e conclusão do texto, gerando boas primeiras e últimas impressões do texto.

Conhecendo bem o seu público, é possível escolher bem as palavras que serão utilizadas, para evitar sensações de estranhamento e conseguir passar a mensagem corretamente. E tente sempre resumir bem o texto com um bom título, condensando a intenção do que é passado em apenas uma frase.

Pronto para começar as suas redações? Já pensou em procurar um professor particular para melhorar a sua escrita?

Precisando de um professor de Redação ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Ligia

Apaixonada por aprender, gosta de conhecer novos lugares, ler, escrever e entender como as coisas funcionam.