Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guia básico para você progredir na língua de Shakespeare

De Myla, publicado dia 26/04/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Dicas para você melhorar seu nível de inglês

Aqui no Brasil todos nós sabemos como o inglês é hoje uma língua universal. No entanto, segundo pesquisa realizada em agosto de 2018 pelo British Council, cerca de 95% da população não conhecem esse idioma. Este é um dado surpreendente e alamante, não é?

Várias são as razões que podem explicar tal fato. Dentre uma delas, acredita-se que o sistema de ensino de língua inglesa no país dê mais atenção à habilidade da escrita, sobrando pouco espaço para as demais, dentre elas, a compreensão oral.

Vergonha e insegurança por parte do aluno brasileiro são comuns, principalmente quando ele precisa abrir a boca e se expressar. Lembra os apenas 5% da população brasileira que sabem o inglês? Destes, apenas 1% possui algum grau de fluência no idioma.

Quer ser fluente no idioma de Shakespeare? Confira aqui curso de ingles!

Pensando nisso, como você acha que pode progredir na língua do Bardo? Listamos aqui várias dicas nesse sentido! Venha e descubra novas práticas que façam seu inglês crescer!

Fazer uma imersão na língua inglesa é uma das melhores formas de se progredir no idioma.

Como compreender a língua inglesa

Infelizmente na maioria das vezes o ensino de inglês aqui no Brasil foca mais na escrita do que na fala. Por essa razão muitas pessoas entendem o que leem no idioma mas nem sempre conseguem acompanhar o que é dito na programação de uma rádio, como a BBC, ou no diálogo de um filme em inglês.

Dentro desse contexto, como podemos aprender a pronúncia do inglês de forma eficiente? O quê podemos fazer para aprendermos a pronúncia do inglês como um nativo?

Agora que você sabe que a pronúncia do idioma sempre foi uma das grandes dificuldades desse estudo para nós, brasileiros, como podemos virar a página e começar a desenvolver uma pronúncia correta, clara e objetiva?

Confira ainda nossas dicas de como escrever uma carta de apresentação porreta em inglês.

Estude em livros didáticos que tragam as lições em áudio

Pode parecer chiché, mas o bom livro didático de inglês ainda é uma fonte bem confiável de lições na língua. Repare que ele deve trazer material em áudio do seu conteúdo e também as notações fonéticas das palavras mais difíceis de se pronunciar.

Além disso, você deve ter um bom dicionário que apresente a transcrição fonética de cada palavra antes de mostrar seu significado. Por exemplo, nesse dicionário você poderá ler a palavra “I” (eu) e a seu lado encontrar a pronúncia [ai]; o mesmo com “house” (casa) e a pronúncia [raus]; home (lar), [roum]; think (pensar, achar), [finq]. Espero que tenha dado para entender como as notações fonéticas, que estão entre colchetes, ajudam na pronúncia da palavra em inglês.

Portanto, se você utilizar essas notações como ponto de partida para as palavras cuja pronúncia você desconheça, isso já pode lhe dar um pouco de confiança até que você consiga ouvir essas palavras pronunciadas por alguma mídia confiável, uma rádio, filme ou programa de tv.

Tabela fonética da pronúncia da língua inglesa. Fonte: British Council – divulgação.

Com o passar do tempo, você pode ir aprendendo mais e mais, tornando-se mais exigente quanto à própria pronúncia. Nesse processo, você pode identificar os sons que pronuncia com erros ou dificuldade e quais você erra com maior frequência.

Portanto, alguns livros interessantes que podem ajudar você a diferenciar os sons vocálicos, consonantais, e os demais, distinguindo como cada som deve ser produzido corretamente, além de ensinarem sobre entonação e muito, muito mais:

  •  English Phonetics and Phonology, de Peter Roach, ed. CUP.
  • Pronunciation for Advanced Learners of English, deDavid Brazil, ed. CUP.
  • Intonation in Context: intonation practice for upper-intermediate and advanced learners of English de Barbara Bradford, ed. CUP.  Nota: todos esses livros são voltados para a pronúncia britânica.

Que tal informações sobre como escrever um essay, um texto dissertativo, impecável?

Pronúncia e entonação estão entre as principais dificuldades encontradas pelos alunos no mundo todo, inclusive no Brasil.

Principais dificuldades à compreensão oral em inglês

Antes de entender o que fazer para progredir nessa habilidade, é bom que você saiba o que pode ser uma “pedra” no seu sapato, comprometendo bons resultados. E atente-se a eles, minimizando a sua ocorrência.

Brevidade dos chunks

Esse termo pode soar um pouco estranho para você: chunk, mas ele se refere às quebras que acontecem em uma conversão. Quando você fala com alguém, você nota que você tem alguns segundos para respirar enquanto o outro fala, não é?

Pois bem, quando isso é feito de forma muito rápida ou desgrenhada, a compreensão oral em inglês pode vir a ser comprometida.

Pronúncia

O modo como as pessoas falam e se expressam também interfere diretamente na qualidade da compreensão oral em inglês. Algumas pessoas podem falar com um sotaque bastante carregado ou de forma quase inaudível. Na realidade, diversos são os fatores que podem influenciar na pronúncia de um falante.

Vocabulário/Gramática

Saber o significado das palavras faz bastante diferença na hora de se comunicar com o outro, sobretudo se em meio a uma conversa. Por isso, entender o vocabulário – do coloquial ao mais formal – influencia muito a qualidade do processo de compreensão oral em inglês.

Além disso, a gramática também pode ser definidora, pois pode determinar o nível de formulção das palavras. Lembre que a formação gramatical pode facilitar ou dificultar todo esse processo, ok?

Ruído

Embora quase que sempre presente nos ambientes de hoje, a existência de ruído pode vir a influenciar na compreensão oral de uma pessoa. Ruídos altos, barulho de trânsito, música alta, máquinas trabalhando devem ser conscientemente percebidos.

Tentar  entender todas as palavras

Mais uma vez, se você ficar com a mentalidade de tentar entender tudo, palavra por palavra, do que está sendo dito, isso pode atravancar e muito o seu caminho e progresso. Na tentativa de entender todas as palavras, alguma pessoas acabam elas mesmas dificultando esse processo, já que acabam perdendo o que poderiam inferir pelo contexto.

Preparamos também algumas dicas em como avançar na língua inglesa com a ajuda de um pen pal, um amigo por correspondência.

Identifique seus pontos fracos, escute inglês nativo o máximo de tempo possível e dedique-se ao estudo da língua inglesa!

Identifique seus pontos fracos

Poder contar com um bom material de estudo é fundamental. Recomendamos que você identifique seus pontos fracos e os trabalhe aos poucos. Vale fazer muitas aulas de inglês e retirar as dúvidas com um professor de confiança e experiente.

Não se esqueça de seus pontos fortes. Torne-os cada vez melhores. Desse modo, você muito possívelmente melhorará em praticamente tudo. Além da produção de alguns sons, talvez seja válido também que você se atente à entonação das palavras, já que no inglês pronúncia e entonação caminham lado a lado.

Escute inglês nativo o máximo de tempo que puder

Não adianta empurrar com a barriga ou dizer que não consegue! Não adiante dizer que é chato! Não adianta dar desculpas! Caso você realmente queira melhorar na pronúncia do seu inglês, você precisa ouvir a língua o máximo possível.

Corra atrás e escute músicas, assista a filmes, seriados, desenhos animados, todos no original. Veja vídeos de entrevistas e TedTalks no YouTube e habilite o gerador de legendas em inglês para que você acompanhe melhor o que está sendo falado, discutido.

Além de tudo isso, lembre que escutar a língua-alvo com frequência ajuda seus neurônios a se acostumarem com a nova língua.

Para aprender inglês mais facilmente, é melhor ouvi-lo sempre que possível!

Não procure regras!

Se você é o tipo de estudante que quer saber quais são as regras da pronúncia do inglês, recomendamos, de coração, que você abandone essa prática. Não procure por regras e nem por padrões na pronúncia da língua inglesa.

Pensando nisso, não caia no erro de achar que uma letra será sempre pronunciada da mesma forma o tempo todo. Isso, infelizmente, não é algo possível em inglês. O segredo é se acostumar com as palavras, cultivar familiaridade com elas, e evitar essas coisas de regras.

Um exemplo nesse sentido que costumamos citar é o said e paid. O ai nelas é pronunciado de formas diferentes. Em said o som é de “é”: “séd”; já em paid, o som é de “êi”: “peid”. Notou como não rola de criar regras e de pensarmos em pronúncia nesses termos?

Infelizmente não existe uma receita que te ajude a aprender inglês de uma hora para outra. É preciso paciência e dedicação! A gente aprende um pouco a cada dia e vai melhorando. Aprendemos com os erros e ganhamos mais confiança com os acertos. Aliás, note que errar aqui é algo completamente normal. No entanto, anormal é continuar a cometer os mesmos erros!

Espie também informações interessantes sobre como não se tornar vítima dos falsos cognatos em inglês.

No começo, uma língua estrangeira é como se fosse um diamante bruto. É preciso lapidá-la com muito cuidado e dedicação e a pronúncia é uma das partes desse trabalho de paciência. Fonte: Tagxedo – divulgação.

Saiba como se virar em caso de desentendimentos

A gente sabe que falar inglês com fluência é algo difícil e, como já dissemos, essa não é a realidade da imensa maioria dos brasileiros. Todo período de aprendizagem acontece como uma evolução, de forma progressiva, aos poucos. Ou seja, a gente vai conquistando habilidades e competências na língua é com o tempo e dedicação, você pode contar com vários tipos de dicas na internet, canais no youtube, aplicativos e o velho e clássico curso de ingles.

Seria muito mais fácil se pudéssemos lidar com todo esse processo com mais naturalidade e completa aceitação, inclusive admitindo erros e a própria ignorância nos momentos certos.

Existem algumas palavras ou aquelas famosas expressões idiomáticas que podem nos ajudar muito nessas situações. O segredo é você falar essas expressões com bastante humildade e gentileza, pois assim você vai acabar cativando os gringos.

Expressões e frases como as seguintes facilitam muito a comunicação inicial em inglês entre as pessoas:

  • Sorry: use-a quando você estiver em uma conversa em inglês e não entender ou não ouvir direito o que foi falado. Seria quase tipo um perdão, o que você disse?
  • Can you repeat, please? – Você poderia repetir, por favor?
  • Could you speak slower? – Você poderia falar mais devagar?
  • What does it mean? – essa é uma expressão idiomática muito usada para compreender melhor o que certa pessoa quer falar. Seria algo como O que significa isso?, O quê quis dizer?
  • I look forward to hearing from you! – Aguardo ansioso o seu retorno.
  • Could you please explain it better? – Você poderia explicar isso melhor?

Em resumo, desenvolver a habilidade de conversar em inglês com segurança e desenvoltura é uma questão de dedicação e comprometimento e não algo quase que impossível. Ainda mais nos dias de hoje, quando podemos encontrar as formas mais diversas de interagir com a língua inglesa. Que tal um curso de ingles online para começar?  (:

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar