Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

A língua portuguesa é uma língua latina e grega?

De Carolina, publicado dia 24/07/2017 Blog > Apoio Escolar > Português > Por que o português é influenciado pelo latim e grego?

As línguas são uma mistura infinita de várias línguas, dialetos, gírias. Por isso, chamamos normalmente uma língua de viva quando ela é utilizada por uma população. Isso se dá ao fato de ela estar em constante desenvolvimento.

Como qualquer ser vivo, a língua também sofre influências do seu meio, contexto, o que tem ao seu redor.

Por exemplo, mesmo se fomos colonizados pelos portugueses e falamos essa língua, o português do Brasil foi muito influenciado pelos índios e africanos que habitaram (ou ainda habitam) no nosso território.

Temos inúmeras palavras em tupi como: capivara, carioca, catapora, catupiri, guanabara, mingau, muamba, paraíba, perereca, peteca, pindaíba, pororoca, tocaia, tamanduá. (Fonte: G1, Dicas de Português, Sérgio Nogueira)

Já as palavras em africano que herdamos, principalmente do quimbundo, língua do povo banto: bagunça, banzém batucar, beleléu, berimbau, biboca, bunda, cachaça, cachimbo, caçula, cafofo, cafuné, calango, camundongo, candomblé, canga, cangaço, capanga, capenga, carimbo, catinga, chimpanzé, cochilar, dengue, fungar, fuzuêo, minhoca, moleque, titica… (Fonte: G1, Dicas de Português, Sérgio Nogueira)

Mas de onde veio as influências do latim e do grego na nossa língua?

Latim e grego como base das línguas latinas

No caso do latim e do grego, esses idiomas são mortos ou antigos porque nenhum povo fala essas línguas como antes.

Claro que existe o grego, língua falada na Grécia, mas ela sofreu muitas alterações e hoje falamos em grego moderno.

Mesmo sendo línguas mortas, elas foram a base de muitas línguas que existem até hoje, sabia?

O português (conheça mais sobre a história da língua e do Brasil), o italiano, o espanhol, o francês e o romeno têm bases diretas na língua latina! Ela é oriunda dos romanos e chegou aos respectivos territórios na época do império romano.

Roma influenciou todas as línguas latinas e, inclusive, a portuguesa Os romanos dominaram muitos territórios, inclusive a Peninsula Ibérica

Na Península Ibérica, os romanos chegaram 300 anos a.C., aproximadamente. Como eles faziam em todo território que ocupavam, impunham a língua latina para o povo que dominavam.

Os lusitanos (civilização que deu origem aos portugueses) não ficaram de fora. Apesar de algumas guerras entre os romanos e os lusitanos, eles acabaram perdendo e cedendo às exigências do povo dominador.

Por isso, o latim se tornou a base da nossa língua. Primeiro por causa da invasão romana na Península Ibérica e, consequentemente, Portugal.

Segundo porque o Brasil (é verdade que nossa língua é sexy?) foi colonizado pelos portugueses. Por isso, implantaram também sua língua no nosso território e falamos português!

Mas por que também temos palavras gregas no nosso vocabulário?

Porque a civilização grega era muito rica em teorias, literatura, filosofia. Os romanos também invadiram a Grécia e foram muito influenciados pela cultura desse povo.

É muito comum encontrarmos as palavras gregas na área da medicina, ciência, matemática, física, química…

Isso se deve ao fato deles terem sido os percursores nessas ciências. Então, a base que temos delas vêm do grego.

Saiba que toda vez que você vai ao médico, você e ele falam um pouquinho grego?

  • ofto: olho (oftalmologista)
  • oto: ouvido, rino: nariz, laringo: mecanismo de fonação (sons da fala) (otorrinolaringologista: especialista do ouvido, nariz e laringe)
  • algia: dor (otalgia: dor de ouvido)
  • neuro, nevra: nervos (nevralgia: dor nos nervos)
  • ite: inflamação (rinite: inflamação no nariz)
  • rinite: inflamação no nariz (Fonte: G1, Dicas de Português, Sérgio Nogueira)

Vamos dar mais exemplos de palavras gregas usadas em português (conheça os famosos que falam a nossa língua) adiante.

Latim vulgar x latim clássico

É importante distinguir o latim vulgar, chamado de baixo latim, e o latim clássico dos autores da época. O latim falado pelos comerciantes e os funcionários era o vulgaris, entre gírias e dialetos dos soldados e dos exploradores.

O português vem do latim baixo do povo como o francês, o italiano, o espanhol e o romeno.

A invasão romana não é somente militar. Ela é igualmente cultural e linguística com as palavras que passam pelo uso comum.

Roma influenciou o globo e a língua portuguesa A capital romana era o centro do mundo

O latim passou por transformações: do latim clássico de autores como Séneca e Cícero, ele é adaptado e se transforma no latim vulgar e depois no galo-romano para se integrar ao velho português.

Encontre a melhor aula de portugues no Superprof!

Influência do grego antigo na língua portuguesa

Mesmo se o latim tem uma influência direta com seus prefixos, sufixos e palavras inteiras, o grego antigo deixou suas marcas na língua portuguesa (como nossa língua é vista através do globo?). Muitos professores indicam a alunos que queiram estudar literatura para estudar o latim. Já o grego, para os alunos que queiram seguir carreira científica.

Por que?

O grego antigo foi falado pelos grandes pensadores em matéria de ciências: Tales de Mileto, Pitágoras, Sócrates e Platão. A gente conhece todas as primeiras letras do alfabeto grego: alpha, beta, gamma, delta, epsilon.

As palavras como biologia, química, aritmédia vêm do grego além de todos os símbolos da matemática como o pi.

É comum aconselhar os alunos que pensam e fazer medicina ou farmácia a fazerem o grego. O vocabulário medical vem diretamente do grego como os prefixos bio, que significa vida, hemo-hemato que estão em torno da circulação sanguínea, neuro-nevro a propósito dos nervos.

De qualquer jeito, o grego antigo passou na língua corrente com os prefixos de quantidade: mono, di, tri…

O mundo grego é marcado pela influência da política, é por isso que a gente deve a eles as palavras como democracia (dêmokratia).

Vamos exemplificar algumas palavras que vieram do latim: amar (amare), cair (cadere), dizer (dicere), filho (filius), mãe (mater), pai (pater), bom (bonus), forte (fortis), verde (viridis), água (aqua), casa (casa), mão (manus), ave (avis), cavalo (caballus), gato (cattus).

Veja algumas expressões em latim e sua tradução em português (repare as semelhanças):

O português teve influência do idioma grego Além das belezas naturais, o país foi o berço da filosofia e das principais ciências

  • Ab imo pectore – Do fundo do peito
  • Alea iacta est – A sorte está lançada
  • Amor amore compensatur – Amor com amor se paga
  • Amor caecus – O amor é cego
  • Arbor ex fructu cognoscitur – Pelo fruto conheço a árvore
  • Canes qui plurimum latrant, perraro mordent – Cão que muito ladra, pouco morde
  • Cucullus non facit monachum – O hábito não faz o monge
  • Cum dixeris quod vis, audies quod non vis – Quem diz o que quer, ouve o que não quer
  • Dictum ac factum – Dito e feito
  • Eadem per eadem – Pagar na mesma moeda
  • Errando discitur – É errando que se aprende
  • Errare humanum est – Errar é humano
  • Fallitur visus – As aparências enganam
  • Flamma fumo est proxima – Onde há fumaça, há fogo
  • Industriam adiuvat Deus – Deus ajuda a quem trabalha
  • Manus manum lavat – Uma mão lava a outra
  • Melius est abundare quam deficere – Antes sobrar que faltar
  • Malo solari, quam perverso sociari – Antes só que mal acompanhado (Fonte: Só Português)

Como estudar as línguas antigas?

Hoje, as línguas antigas são somente opções de estudo que acrescentam pontos suplementares.

Se quiser conhecer e estudar essas línguas, siga algumas dicas que vamos te dar aqui:

1/ Estude regularmente

Como em qualquer matéria, o latim e o grego necessitam de um trabalho recorrente de mais ou menos 2 horas por dia.

No colégio, o latim permite de solidificar alguns conhecimentos de gramática. A ortografia de uma palavra depende de suas declinações e sua função.

É importante conhecer as declinações como a conjugação.

2/ Interessar-se pela cultura latina e grega

O início dos estudos em latim pode ser difícil.

Porém, os professores pedem para fazer trabalhos sobre as civilizações gregas e latinas. O conhecimento sobre elas vai te estimular automaticamente para o aprendizado das línguas.

A antiguidade é um período vasto e rico: então, é possível fazer apresentações sobre os autores da época, os costumes (casamento, alimentação, educação), religião, e as invasões do exército romano.

3/Escrever textos e traduções regularmente

Muitos pedem também para traduzir uma frase em português (quantas mudanças houve na nossa língua até hoje?) para o latim. Exercício que demanda muito treino para aprender todas as declinações e acordos.

O contrário é menos complicado: traduzir um texto do latim para o português.

É importante treinar todas as semanas para melhorar sua rapidez e não ficar com a cabeça afundada no dicionário latim/português em permanência. Os textos de Cícero, César, Ovídio, Augusto, Horácio e Virgílio podem trazer bastante conhecimento além do aprendizado da língua latina.

4/ Fazer aulas particulares

O latim e o grego podem ser matérias muito difíceis com duração de 3 horas por semana. É bem provável ter dificuldades nessa matéria complexa.

Porém, um professor particular pode ajudar o aluno com dificuldades a rever os aspectos complexos. Professor de letras, ele pode detectar os problemas também da língua portuguesa (conheça a sua história) que podem atrapalhar na hora das traduções.

Quem sabe o professor pode, então, matar dois coelhos com uma cajadada só: tirar suas dúvidas de latim e português ao mesmo tempo?

O latim e o grego antigo: qual influência hoje?

O latim é uma das quatro línguas oficiais do Vaticano. Missas também podem ser dadas em latim por igrejas católicas.

Os papas e cardinais falam e escrevem fluentemente o latim. A língua é ensinada também aos padres nos estudos de teologia.

Em botânica, o latim sempre teve uma grande influência (veja outras línguas importantes para o português do Brasil). Os botânicos eram obrigados a escrever e publicar seus estudos descritivos sobre algas, fungos e plantas em latim até 2012.

Hoje, eles podem igualmente escrever em inglês.

O latim tem uma boa reputação nas melhores universidades no mundo. Muita gente acha que o latim é uma língua elitista. Em alguns países da Europa, a elite asssite às missas na língua.

Você sabia que algumas obras contemporâneas foram traduzidas em latim como alguns números da revista em quadrinhos Astérix e os dois primeiros livros da saga Harry Potter.

A língua grega, latina e portuguesa têm pontos em comum A Grécia influênciou todos os povos do mundo, inclusive os romanos que trouxeram consigo essa cultura

O grego antigo é ainda praticado na Grécia, mesmo se ele sofreu algumas adaptações notadamente no oral. Muitos dialetos como o capadócio, cretense, cipriota, demótico, griko, catarévussa, ievânico, pôntico, tsacônio ajudaram a constituir o grego moderno.

Procurando um bom profe para suas aulas de portugues para concurso? Está no lugar certo!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar