Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

9 sites sobre a cozinha do continente asiático

De Camila, publicado dia 06/02/2018 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Melhores blogs de culinária asiática

Você é fã de comida asiática e quer conhecer mais sobre a culinária deste lado do globo?

Além do interesse em saber mais sobre pratos típicos, temperos, costumes alimentícios e modos de preparo, você ainda quer algumas receitas para se lançar em uma aventura gastronômica de “faça você mesmo”?

São muitos os contrastes entre as culinárias da Ásia e do ocidente.

Vários sites e blogs disponibilizam receitas detalhadas sobre pratos de diversos países asiáticos, como Japão, China, Vietnã e Índia.

Ficou interessado, mas não sabe por onde começar a busca? Então sente-se confortavelmente na frente do seu computador (tablet ou celular) e acompanhe nossa matéria, pois fizemos a pesquisa para você e te mostramos alguns endereços online super interessantes onde você poderá encontrar a receita ideal para aquele jantar oriental no qual estava pensando!

E se o seu objetivo for doces? Por que não encontrar um bom curso de confeitaria asiática?

Meu Bistrô e a cozinha oriental

Meu Bistrô é um site que oferece vários tipos de serviços culinários como entrega de menus em domicílio, aulas de culinária e chefs que vão até a casa do cliente preparar as especialidades desejadas.

Além de uma vasta galeria de fotos de dar água na boca, Meu Bistrô possui ainda um blog com matérias relacionadas a diferentes tipos de cozinhas, dentre elas, a oriental.

Em um extenso e completo texto, são detalhadas particularidades das culinárias chinesa, japonesa, tailandesa, filipina e indochina.

A cozinha na região da Indochina é muito influenciada pelos países vizinhos. O Vietnã faz parte da região da Indochina.

Segundo o Meu Bistrô, os ingredientes mais comuns no continente são:

  • algas;
  • soja;
  • folhas e raiz de lótus;
  • peixes;
  • carnes brancas;
  • massas;
  • arroz;
  • shoyu;
  • vegetais frescos;
  • frutas;
  • gengibre.

Veremos mais adiante que eles estão certíssimos!

Que tal ter um panorama geral da culinária do sudeste da Ásia?

Os sabores da comida tailandesa

Segundo o site, “assim como no Brasil, a culinária da Tailândia varia de acordo com a região. No Norte, por exemplo, as preparações com leite de coco são a marca registrada. Já no Nordeste, as carnes picantes são os elementos que predominam. O Sul, por sua vez, recebe muitas influências indianas (sendo os curries os ingredientes principais).

Principais ingredientes

  • arroz;
  • noodles (macarrões de arroz);
  • frutos do mar;
  • legumes;
  • frutas (papaia, manga, tamarindo, banana, jaca e goiaba são as mais comuns);
  • pimentas;
  • curry verde ou vermelho
  • galanga (raiz da família do gengibre);
  • coentro;
  • capim-limão;
  • folhas de limão;
  • leite de coco;
  •  kaffir.

Receitas típicas

  • Arroz frito (kao pat);
  • Kai yang;
  • Pad thai.

Outros pratos comuns

  • Laap pet;
  • Curry verde;
  • Tom yam;
  • Pad kra pao gai.

Conhecendo melhor a culinária chinesa

Você sabia que a cozinha milenar da China é toda baseada, dentre outras coisas, no equilíbrio? Já escutou falar no conceito do ying e yang? Pois ele também vale na hora das refeições.

Segundo Meu Bistrô, esta é a razão de frequentemente “encontrarmos jantares com diversas comidas diferentes. Isso ocorre porque uma ceia chinesa original deve trazer elementos que se complementem. Assim, deve-se servir um prato doce (yin) e outro salgado (yang), um macio (yin) e um crocante (yang), um frio (yin) e um quente (yang) e assim por diante.”

Principais ingredientes

  • arroz;
  • soja;
  • gengibre;
  • cogumelos;
  • trigo;
  • macarrão;
  • peixes;
  • frutos do mar;
  • carnes;
  • tofu.

A culinária da China é toda baseada no equilíbrio do ying e yang. O arroz é igualmente um dos ingredientes principais da gastronomia chinesa.

Um curso de gastronomia poderá  te inspirar!

Receitas típicas

  • Niúroùmiàn (norte do país);
  • Pato de Pequim (norte do país);
  • Tángcù Guluròu (sul da China);
  • Vegetais conservados em aguardente (oeste do país);
  • Carnes secas (oeste do país).

Confira uma seleção de pratos asiáticos de super fácil execução!

A comida na Indonésia

Na maioria dos países asiáticos, a culinária varia de acordo com a região e não pode ser unificada dentro de cada nação. O mesmo acontece com a Indonésia, que possui receitas e ingredientes típicos na preparação dos seus pratos tradicionais dependendo da localização em seu território.

Entretanto, isso não quer dizer que a culinária do local não tenha identidade. Por lá, é comum o consumo de frutos do mar e peixes — o que não podia ser diferente, já que a Indonésia é considerada o maior arquipélago do mundo, composto por 17.508 ilhas“, especifica o blog Meu Bistrô.

Principais ingredientes

  • arroz;
  • peixes e frutos do mar;
  • pimenta;
  • molho de soja;
  • massas;
  • carne de boi, frango e cabra;
  • ovo;
  • leite de coco;
  • amendoim;
  • tamarindo;
  • limão;
  • gengibre;
  • açafrão.

Receitas típicas

  • Satay;
  • Gado-gado;
  • Rendang;
  • Nasi goreng.

Outras receitas

  • Sambals;
  • Soto;
  • Ifu lie tjha;
  • Ikan bakar;
  • Frango satay.

A rica culinária da Indochina

O blog do Meu Bistrô explica que “localizados no sudoeste asiático, os principais países da Região da Indochina são o Vietnã, Tailândia e Malásia peninsular. O nome do território é uma referência aos países vizinhos: China e Índia. Por consequência dessa proximidade geográfica, toda a região indochina sofreu influências das duas nações. Entretanto, a Indochina tem a sua própria personalidade, marcada por pratos que exigem longos processos de preparação

Principais ingredientes

  • peixes e frutos do mar;
  • carnes de frango, boi e porco;
  • raiz de gengibre;
  • capim-limão;
  • arroz;
  • massa;
  • coco.

Receitas típicas

  • Sajoer kerrie;
  • Nem chua;
  • Laap.

Outras receitas

  • Luan prabang;
  • Samlar machu;
  • Trai me thit bo.

Para saber mais detalhes sobre cada prato, basta acessar o blog.

O arroz também é a "estrela" da cozinha da Indonésia. Um exemplo de apresentação típico de um prato indonésio.

Você já pensou em ter seu próprio wok?

A Cozinha Verde e o gengibre na culinária da Ásia

Você sabia que o gengibre é originário da Ilha de Java, da Índia e da China? Ou seja, ele é, sem sombra de dúvidas, um ingrediente típico da cozinha oriental!

Raiz picante com aroma forte e marcante, ele é utilizado não somente na culinária, mas também como remédio natural para para inúmeras doenças.

O blog d’A Cozinha Verde conta que, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, o gengibre “é utilizado para promover a circulação de energia no organismo. Atua também como estimulante em casos de debilidade. Tem propriedades anti-espasmódicas, expectorantes e estomáticas. Devido ao seu poder antioxidante e anti-inflamatório, ajuda a fortalecer o sistema imunitário.

Nas receitas asiáticas, ele é bastante versátil, sendo utilizado tanto em pratos doces quanto salgados.

No blog d’A Cozinha Verde você encontra várias receitas que fazem uso do gengibre. Destaque para o apetitoso cogumelos shiitake e vegetais salteados em gengibre, couve e arroz de jasmim tailandês.

Cozinha Japonesa: muito além do sushi e sashimi

Criado em 1997 por Fabrício Yutaka Fujikawa, o Cozinha Japonesa tem o objetivo de mostrar outras receitas vindas do Japão que não sejam o sushi e o sashimi.

A outra finalidade do site é a de auxiliar os leitores cozinhar os pratos apresentados de maneira autônoma e independente.

Segundo Yutaka Fujikawa, “para quem desconhece, os japoneses comem vários outros tipos de pratos. Grelhados e frituras, inclusive. Muitos deles são como a nossa comida caseira: dá para você fazer na sua rotina diária e também para receber pessoas com um toque original.” Isso porque, como ele mesmo aponta, não dá para fazer sushi e sashimi todos os dias, pois são comidas para ocasiões especiais (porque dão uma trabalheira para serem confeccionados, não é mesmo!?!).

Fabrício explica ainda sobre vários benefícios à saúde que ingredientes muito utilizados na culinária do Japão podem trazer àqueles que os consomem, tais como:

  • Tofu – equilíbrio hormonal;
  • Algas – ajudam a emagrecer;
  • Peixes – ricos em ômega 3;
  • Pepino – diurético natural;
  • Gergelim – regula o colesterol e beneficia o funcionamento do intestino;
  • Gengibre – desintoxicante, digestivo, antiinflamatório, antibacteriano e potencializador do metabolismo;
  • Cogumelos – fortalecimento do sistema imunológico e combate às altas taxas de colesterol;
  • Wasabi – digestão de comidas gordurosas e aumento do metabolismo.

O site do Comida Japonesa oferece o serviço de envio de receitas periodicamente via e-mail mediante cadastro e pagamento de uma pequena taxa de inscrição.

Culinária do Vietnã com Vietnamitas en Madrid

Além de várias dicas sobre como conseguir visto para ir ao Vietnã, lugares para se visitar, onde fazer compras no país, etc., o site Vietnamitas en Madrid também se dedica a falar sobre a culinária local.

Como em vários outros países asiáticos, a cozinha do Vietnã varia de acordo com a região do país. Ela conserva, no entanto, vários pontos comuns. O site dá alguns exemplos, como “o uso generalizado de pimentão picante ou chili quer (eu tenho que dizer que a culinária vietnamita não é tão picante como a tailandesa).

Alguns dos práticos comumente encontrados são:

  • Bun Bo Hue;
  • Hot Pot (ou refogado asiático);
  • Rolinhos vietnamitas;
  • Banh Mi (pão para preparar sanduíches);
  • Banh Cuon Nong;
  • Tra dá (chá gelado);
  • Fruta do dragão;
  • Pitaya;
  • Rau muong (ou espinafre de água);
  • Nuoc Mia;
  • Frutos do mar;
  • Cơm, o famoso arroz que é a base fundamental de comida vietnamita.

No site do Vietnamitas en Madrid podem ser encontradas algumas receitas dos pratos citados acima.

A pitaya é muito consumida pelo vietnamitas. Pitaya, uma das frutas típicas do Vietnã.

Ásia e ocidente: duas regiões, duas gastronomias.

Comida indiana no Tudo Índia

Tudo Índia define a gastronomia indiana como “uma coleção das distintas culinárias regionais dos vários povos que habitam a Índia.

Dentre várias dicas e explicações sobre pratos típicos (como o curry, o thali, o dal) e os temperos mais utilizados, também chamados de especiarias indianas (çafrão, assafétida, canela, cardamomo, coentro, cominho, cravo, cúrcuma, erva-doce, gergelim, hortelã, louro, macis, mostarda, noz-moscada, pimenta branca, pimenta preta, e tulsi), o site fala ainda sobre a fama da comida ser considerada altamente picante pelos estrangeiros.

Segundo eles, “isso varia muito entre as diferentes regiões do país – a comida típica da cidade de Hyderabad geralmente é muito picante, por exemplo, enquanto a comida típica do estado de Gujarat é mais doce, frequentemente utilizando um tipo de rapadura (jaggery) até nos pratos de legumes.  Na maioria do país, tem uma variedade de pratos picantes e não picantes, mas quase todos generosamente temperados – muito mais que a comida brasileira.  Mesmo os pratos indianos sem pimenta geralmente são muito fortes por causa da quantidade e intensidade dos outros temperos.

Tudo Índia disponibiliza ainda um glossário da gastronomia indiana, para aqueles que desejam ficar por dentro dos nomes dos principais pratos e temperos típicos.

Encontre um bom curso de confeitaria em SP, um curso de confeitaria rj ou em qualquer outra cidade do Brasil!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar