Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como decidir sobre seu futuro profissional?

De Fernanda, publicado dia 20/02/2018 Blog > Apoio Escolar > Orientação Vocacional > Tudo sobre orientação vocacional!

“O sentido da realidade não exclui uma orientação moral, mas, ao contrário, a acompanha.” – Vaclav Havel

Perdido e sem saber como vai ser o seu futuro? Não consegue se informar sobre as diferentes possibilidades disponíveis para você? Que tal encontrar agora um acompanhamento pessoal com um especialista em orientação?

Algumas sessões com um profissional de orientação vocacional permitem aos indecisos encontrar algumas respostas e ver mais claramente sobre seu futuro, graças às orientações precisas sobre os tantos caminhos existentes no ensino superior ou na vida profissional.

Neste artigo você encontra tudo sobre orientação escolar!

Definição de orientação vocacional

Para sua orientação, pergunte ao seu conselheiro para ajudá-lo! Você tem problemas para classificar sua pesquisa? Tire todas as suas dúvidas com a ajuda em um profissional de orientação vocacional!

A Orientação Profissional é um serviço prestado por profissionais especializados com o objetivo de auxiliar as pessoas que precisam escolher ou redefinir sua profissão. Apesar de ser voltada sobretudo para alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e Médio que precisam escolher um curso de graduação, ela é muito utilizada por adultos que não estão satisfeitos com a profissão e pretendem começar uma nova carreira. Sabia que existem reorientações até mesmo na aposentadoria? Pois bem!

Hoje em dia, podemos afirmar que a orientação vocacional nos moldes tradicionais já não faz mais tanto sentido na sociedade atual. Recentemente surgiram novos trabalhos na área, como o coaching escolar, apoio emocional especializado a estudantes e até mesmo terapia e aconselhamento de carreira.

É evidente: a comunidade escolar tem papel crucial na orientação dos jovens neste processo, sobretudo porque eles precisam se sentir seguros com a escolha e precisam ter em mente todos os motivos que os conduziram até ela. Essa preparação também é papel da escola ao longo da trajetória escolar: a transição da Educação Básica para Ensino Superior.

Nesse sentido, as instituições escolares podem oferecer o apoio e a orientação vocacional por meio de diversos serviços e atividades, já a partir das séries finais do Ensino Fundamental: apoio psicológico, palestras com profissionais, workshops de carreiras, projetos de orientação vocacional, visitação a empresas de diferentes áreas….

Essas atividades precisam ajudar os estudantes a encontrar respostas para suas principais dúvidas, como:

  • Quais são os maiores desafios e características de cada profissão?
  • Como é o mercado de trabalho para essa profissão hoje e a longo prazo?
  • Quais são as opções de carreira nessa área?
  • Quais são as melhores empresas para se trabalhar?

No entanto, essa processo não é de responsabilidade apenas da escola ou instituição de ensino. A família tem papel fundamental na hora da escolha da profissão: do ponto de vista informativo, mas também afetivo e emocional.

Os jovens são diretamente influenciados pelas expectativas e projeções que os pais depositam neles. Segundo uma pesquisa realizada pela Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática com alunos da 7ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, em média, 41,21% dos jovens levam em consideração a posição dos pais em relação a sua carreira. Foi constatado também que a área de Artes é a que menos recebe apoio dos pais, incluindo Música, Cinema, Dança, Artes Cênicas, entre outras.

Nesse sentido, a escola precisa oferecer mecanismos de auxílio para os pais. Como, por exemplo, demonstrar que uma profissão não tradicional não é sinônimo de fracasso. O apoio da família nesse momento é essencial.

Em todos os casos, ao contrário do que muitos acreditam, é importante ressaltar que os cursinhos não são resolvem esse dilema. Os especialistas afirmam que o objetivo do cursinho é sobretudo preparar o indivíduo para as provas do vestibular, reforçando o aprendizado dos conteúdos e os métodos para realizar provas. Portanto, se o aluno ainda indeciso acha que o fato de frequentar um cursinho pode ajudar na sua escolha, está totalmente enganado: o excesso de informações e a pressão podem dificultar ainda mais o processo.

Além do apoio escolar e familiar, os jovens estudantes podem recorrer aos serviços de profissionais especialistas na área: terapeutas ocupacionais, vocacionais, coachs, professores particulares, projetos e agências de orientação profissional… Há opções com metodologias e valores para todos os bolsos e gostos.

Quem é o profissional de orientação vocacional?

Atuando com públicos completamente diferentes e com o objetivo de resolver vários problemas, esses profissionais têm numerosas missões.

O papel de educador e de guia

O profissional tem em seu repertório um conjunto de informações atualizadas sobre tudo o que está relacionado à trajetória escolar, universitária e profissional. Então ele tem acesso ao conteúdo que você precisa, em função do seu perfil:

  • Tudo sobre o Ensino Superior (universidades, cursos técnicos, cursos profissionalizantes, bacharelado, licenciatura…)
  • Mercado de trabalho
  • As diferentes profissões …

Se você estiver com dificuldades de selecionar as informações relevantes pela sua pesquisa pessoal em sites especializados, como na Catho ou no Guia do Estudante, procure ajuda junto a esse profissional: sua experiência e sua formação serão de grande ajuda.

Eles também são responsáveis por organizar visitas a empresas, feiras ou fóruns de estudantes, para que os interessados possam descobrir o mundo universitário e profissional de forma concreta.

O papel de facilitador e de consultor

Esses profissionais também podem atuar junto a turmas ou grupos inteiros, a fim de animar as sessões de orientação, durante as quais apresentam os diferentes caminhos universitários e profissionais. Essas reuniões também podem abranger tópicos como a universidade e o ensino superior, a integração profissional ou o mercado de trabalho.

Eles também podem ser contratados como consultores para criar projetos de orientação vocacional dentro das instituições educacionais públicas e privadas. Muitas vezes esses profissionais trabalham para empresas ou associações especializadas, que prestam serviços sob medida para as escolas.

O papel de apoio emocional

A escolha profissional envolve múltiplos fatores. Ela é influenciada por fatores políticos, econômicos, psicológicos, sociais, familiares e educacionais. A sociedade cobra do jovem que sua escolha lhe dê estabilidade financeira e reconhecimento pessoal. Toda profissão vem acompanhada por um status social.

Família, amigos, trabalho…. Haja emoção para lidar com uma decisão tão importante! Por isso, o apoio psicológico e emocional nessa hora – sobretudo se estamos falando de adolescentes – é fundamental.

Os coachs ou profissionais de orientação vocacional são em sua grande maioria formados em psicologia. O papel desses profissionais deve ser complementar ao da família, por sua vez.

Como preparar sua carreira?

Definição de orientação vocacional. Descubra tudo sobre orientação e coaching escolar.

Se você é estudante dos anos finais do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio e está procurando por uma orientação vocacional, a melhor solução é procurar pelo psicólogo responsável em sua escola ou de um programa de orientação profissional dentro da própria instituição. Além de ser um serviço gratuito, o profissional já terá em mãos seu histórico escolar, o que facilitará a conversa. Mas, infelizmente nem sempre isso é possível, sobretudo nas instituições públicas de ensino, onde as iniciativas desse gênero ainda são pontuais.

No entanto, no Brasil, sabemos que cada vez mais aumenta o número de profissionais particulares, instituições especializadas, clínicas de psicologia e empresas privadas que se dedicam à essa atividade. Dessa maneira, vamos conhecer os tipos de opções que você encontra no mercado de orientação vocacional.

Aqui estão as diferentes estruturas onde fazer cursos de orientação e coaching e os valores aproximados de cada modalidade de sessão:

  • Junto aos psicólogos das instituições escolares públicas ou privadas – gratuito
  • Nos consultórios de psicologia – em média 180 reais a sessão
  • Em empresas de coaching – em média 220 reais a sessão
  • As Universidades e outras Instituições de Ensino Superior conduzem, em geral, projetos de orientação vocacional comunitários e gratuitos – informe-se em de sua cidade – os encontros são gratuitos.
  • Da mesma forma, existem associações ou ONGs que desenvolvem programas de orientação profissional gratuitamente em escolas públicas e para a comunidade em geral.
  • Você também pode complementar seu trabalho vocacional com a ajuda de sites especializados e testes vocacionais online. Nesses casos, há materiais pagos ou gratuitos e os valores variam em função da complexidade e precisão das ferramentas.

Além dessas opções, o aluno do ensino médio também pode optar por contratar um coach particular de orientação vocacional especializado na área!

No Superprof, centenas de professores qualificados e experientes desenvolvem trabalhos de orientação profissional e coach vocacional, por meio de sessões individuais, avaliações ou entrevistas individuais ou em grupo. O preço médio de uma hora de orientação vocacional no Superprof é 68 reais: você vai precisar de no mínimo duas a três sessões para realmente definir seu futuro projeto educacional.

Entre na universidade dos seus sonhos e construa um futuro profissional gratificante com a orientação de nossos coachs de orientação escolar!

Onde encontrar informações sobre orientação vocacional na web

Nós decidimos lhe dar uma ajuda e selecionamos os sites mais completos e eficazes para que você consiga realizar a sua orientação vocacional com segurança.

Conheça agora alguns sites e portais nos quais você vai encontrar conteúdo e orientações profissionais:

  • Guia do Estudante
  • Catho
  • Uol vestibular
  • Portal do MEC
  • Mundo vestibular
  • Guia da Carreira
  • Revista Exame
  • Centro Europeu
  • Sou Vestibulando
  • Principais jornais

Os melhores testes vocacionais online!

Onde encontrar informações sobre orientação vocacional na web. Existem muitos sites para você se informar sobre carreira e profissões.

Vamos ser claros: os testes vocacionais não são ferramentas milagrosas que revelam perfeitamente suas preferências, seu perfil, seu caráter ou sua personalidade, e assim oferecer uma solução mágica.

Por outro lado, eles podem lhe dar algumas pistas, colocando perguntas que você nunca tinha parado para pensar antes. Essas perguntas podem então permitir que você se descubra, se conheça melhor, e saiba como determinar melhor seus desejos e expectativas.

Testes vocacionais podem inspirá-lo a encontrar novas ideias, caminhos que possam trazer novos interesses, objetivos e ambições.

Portanto, saiba que não podemos esperar de um teste de 30 minutos resultados que lhe digam exatamente o que você queira ouvir, ou seja: qual é a profissão que eu devo escolher? Ele não lhe dará essa resposta. Em nenhum caso o teste de orientação pode substituir um trabalho realizado por profissionais especializados na área.

Mas ele pode ajudá-lo a esclarecer ou ampliar sua linha de raciocínio, para que você consiga fazer a sua escolha de maneira consciente e prazeirosa.

Conheça alguns questionários online que podem contribuir nessa sua caminhada profissional:

  • Vestibuol
  • Veja
  • Vestibular seriado
  • Giro de Profissões
  • Mundo vestibular
  • Guia da Carreira
  • Carlos Martins
  • Sou Vestibulando
  • A Real Me
  • Guia do Estudante
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de1,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar