Os cantores sabem muito bem quando estão passando por algum problema na voz. Sintomas como dor de garganta, rouquidão, tosse, laringite, fadiga ou voz desgastada não passam despercebidos. Na verdade, esses sintomas são muito temidos pelos cantores, eles fazem parte das piores coisas que podem acontecer com quem trabalha com a voz profissionalmente.

Segundo estudo sobre o estado de saúde da voz, as mulheres são mais propensas a ter problemas vocais !

Contudo, homens também são muito afetados por distúrbios da voz. Felizmente, você não precisa estar doente para solicitar uma consulta com um médico da voz. Alunos, palestrantes, professores, cantores e compositores também podem agendar uma avaliação com um otorrinolaringologista.

Cuidar da sua voz nunca foi tão importante. Aproveite para acompanhar nossos conselhos!

Reeducação do seu tom de voz: nossas técnicas e dicas para você começar a cantar

Um distúrbio na voz que persiste por mais de uma semana pode comprometer a sua rotina de shows. Sendo assim, é essencial consultar um foniatra para uma avaliação médica.

Qual a diferença entre fonoaudiólogo e foniatra?

O fonoaudiólogo é o profissional da área de saúde responsável pelo trabalho em diferentes aspectos da comunicação humana, por exemplo, linguagem oral e escrita, voz, fala audição, etc. Esse profissional desenvolve, principalmente, atividades voltadas à promoção da saúde da voz, avaliação e diagnóstico dos aspectos da comunicação.

Enquanto a foniatria é uma especialidade médica, reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina como área de atuação da otorrinolaringologia. O profissional foniatra é o médico capacitado a tratar os Distúrbios e Comunicação e Aprendizagem, ou seja, distúrbios dos sons, de fonação, da emissão de sons, mais precisamente, da fala.

Ao contrário dos fonoaudiólogos, o foniatra é o profissional que pode solicitar exames, emitir prescrições médicas e fazer atestados. Uma vez que o título de médico habilita os foniatras a fazerem avaliação, diagnósticos e propor tratamentos adaptados a cada tipo de distúrbio da comunicação, seja ela da audição, fala, linguagem, voz, leitura ou escrita.

A técnica do canudo é uma ginástica vocal bem fácil.
Você também pode fazer o exercício do canudo para recuperar a voz !

E quais são as técnicas e dicas mais usadas para começar a cantar ?

  • Técnica do canudo para esticar suas cordas vocais ;
  • Exercícios para reforçar suas cordas vocais ;
  • Exercícios de ginástica de voz;
  • Reabilitação da sua voz com um médico foniatra :

Quer saber mais ? Confira nosso artigo: Como reeducar suas cordas vocais?

Ser atendido por um médico da voz para cantar melhor: quais as razões?

É muito comum professores, cantores e professores de canto apresentarem ao longo da profissão desgaste das pregas vocais devido ao esforço excessivo. Normalmente, é preciso fazer exercícios de reabilitação da voz com um otorrinolaringologista.

Esse médico pode recomendar de imediato o descanso da voz, e quando não é suficiente para restabelecer a voz, vários exercícios podem ser tentados para reeducar a voz.

Nossas dicas para manter a voz saudável.
Perdeu a voz? Cuidado com a automedicação, usar remédio sem receita médica pode ser perigoso a sua saúde !

Nesse caso, além da consulta com o seu médico, você pode usar alguns remédios naturais como chás de ervas, suco de limão, pastilhas de menta ou adicionar uma colher de mel na sua rotina de cuidados com a alimentação.

Saiba por que e quando consultar com um  foniatra

Muitas vezes, mesmo tomando os cuidados necessários com a saúde da sua voz, o cantor pode apresentar alteração das cordas vocais e disfonia, seja devido ao excesso de trabalho, falta de técnica ao cantar, etc. Nesse sentido, é preciso avaliar a saúde da voz do paciente como forma de prevenção. Esse diagnóstico só pode ser feito por um médico otorrinolaringologista.

Esse profissional pode orientá-lo a fazer uma Terapia da Fala ou receitar alguns medicamentos para melhorar a qualidade da sua voz. Caso sua voz não apresente nenhuma patologia grave, ele pode orientá-lo a seguir com sessões de reabilitação vocal com um fonoaudiólogo mais perto de sua residência.

Entre os inúmeras situações clínicas que transitam no dia a dia de um médico foniatra, estão:

  • Atrasos no desenvolvimento da fala / linguagem;
  • Alteração das cordas vocais;
  • Afasias e sequelas neurológicas;
  • Distúrbios da fala, por exemplo, gagueira, dislalias, disfonias, distúrbios articulatórios, rouquidão;
  • Distúrbios respiratórios;
  • Transtornos de aprendizagens como sintomas de dislexia, discalculia, disgrafia, entre outros:

Mas quais são os principais sintomas reportados por cantores ?

O foniatra intervém em muitos casos, sendo assim, fique atento aos seguintes sintomas:

  • Dor ou incomodo na garganta;
  • Perda da voz;
  • Dificuldade para falar
  • Tosse crônica;
  • Alergias;
  • Fadiga vocal;
  • Afonia e disfonia;
  • Rouquidão por mais de uma semana;
  • Irritação e inflamação na garganta;
  • Alteração do seu tom de voz;
  • Sensação de inchaço na garganta;
  • Dificuldade para falar;
  • Dificuldade para subir os agudos, entre outros sintomas :

Siga algumas das recomendações médicas para manter um boa voz:

  • Beba pelo menos 3 litros de água pode dia;
  • Evite ficar no ar condicionado, pois ele ressecam as cordas vocais;
  • Umedeça o ar com um umidificados, em caso de lugares secos;
  • Fale ou cante em um tom que seja confortável para a sua voz;
  • Em hipótese alguma grite;
  • Faça bastante exercícios para melhorar a respiração, ele podem controlar o estresse e a ansiedade:

Nem sempre o distúrbios da voz são graves, em muitos casos podem ser resolvidos com um tratamento mais conservador como repouso da voz, terapia da fala ou medicamento prescrito pelo médico.

Outros distúrbios podem necessitar de microcirurgias para que sua cordas vocais voltem ao normal. Fique atento a qualquer tipo de alteração vocal.

Sonha em aprender a cantar ? Que tal fazer aulas de canto online?

Nossas melhores dicas para continuar cantando

O mel tem propriedade mucolítica, o que significa que ele dissolve o muco das vias respiratórias, ajudando na processo da expectoração. Em pessoas com distúrbios vocais o mel é um excelente remédio natural para a inflamação das cordas vocais.

Dicas de cuidados com a voz.
Quando se é cantor e deseja cuidar bem da sua voz, é necessário seguir alguns cuidados !

Sempre aquecer as cordas vocais com pequenas vocalizações antes de qualquer apresentação, isso visa preparar a voz para um esforço intenso. Outra dica fundamental, tenha uma boa noite de sono, pois ao cantar cansado corre-se o risco de forçar a voz. Do contrário, uma noite de sono ruim pode resultar em sensação desconforto na garganta, rouquidão ou perda de voz. Por isso, você deve dormir bem para permitir que as pregas vocais descansem antes de qualquer novo esforço.

Terceira dica, cantar exige um boa postura corporal para liberar a respiração. Sendo assim, você deve reduzir as tensões musculares, adotando, tanto quanto possível, um postura ereta para manter o corpo mais relaxado. Comece ficando em pé, com os pés afastados na largura da pelve e a pelve no eixo da coluna. Não se esqueça de manter as mãos e ombros relaxados.

Quarta dica, não é nenhuma novidade os inúmeros benefícios da prática de esportes. Para o cantor, praticar exercícios regularmente ajudam a desenvolver a resistência vocal, isto é, durante a atividade física, o corpo consome mais oxigênio para fornecer aos músculos energia necessária para continuar em movimento. Isso também desenvolve a capacidade respiratória do cantor, pois é possível perceber maior fôlego ao cantar.

Nossa pequena lista de outros conselhos de cuidados com a sua voz:

  • Proteja-se do frio do inverno e do ar condicionado;
  • Faça um descanso vocal entre uma apresentação e outra: o silêncio é um dos melhores remédios para reduzir a tensão muscular do sistema respiratório;
  • Pare de fumar: os fumantes tem mais chances de desenvolver doenças graves como câncer de pulmão, laringe, garganta, língua e boca.
  • Em caso de doença inflamatória por mais de uma semana, descanse a sua voz e agende uma consulta com um médico otorrinolaringologista para um diagnóstico.

O especialista em foniatria é o profissional habilitado a realizar um diagnostico mais detalhado da voz. Pode acontecer de uma intervenção cirúrgica nos casos onde a dor de garganta, alergia, irritação do trato respiratório agravam para distúrbios mais delicados como pólipos ou nódulos.

Descubra todos os truques para cuidar da sua voz !

Os cuidados com suas cordas vocais enquanto canta

Quando a voz é o seu instrumento de trabalho, ela merece os devidos cuidados, até porque cantar sem nenhuma técnica vocal pode implicar em sérios riscos as pregas vocais. Por exemplo, um cantor que não aquece a voz antes de um show, corre o risco de forçar excessivamente suas cordas vocais.

Dicas para reeducar a sua voz.
Duradouras ou não, o uso excessivo das pregas vocais pode levar a graves infecções da região da laringe !

O mau comportamento fonatório implica em riscos de modificação da voz do cantor, principalmente, para o cantor iniciante. O excesso de trabalho vocal causa gradativamente o desgaste nas cordas vocais, e sem que o cantor perceba, as vibrações das cordas vão se modificando.

Sintomas como rouquidão, irritação, dores de garganta podem ser o primeiro sintomas da laringite, doença resultante da inflamação das cordas vocais. Sendo assim, em vez de continuar cantando, é melhorar dar um repouso as cordas vocais e agendar um consulta com um otorrinolaringologista ou especialista em foniatria.

O médico pode prescrever medicamentos, exames de imagem e Terapia da Fala para tratar irritações das mucosas inicialmente benignas que levam a problemas mais graves, ou recomendar aula de canto para prevenir futuras lesões.

Entre os vários fatores que geram o comprometimento da voz, estão:

  • Tabagismo;
  • Alcoolismo;
  • Refluxo;
  • Alergias ligadas à poluição ou pólen;
  • Ataques de asma;
  • Estresse;
  • Alimentação inadequada;
  • Falta de hidratação das cordas vocais;
  • Má postura postural;
  • Privação do sono;
  • Consumo excessivo de antibióticos;
  • Mudança brusca de temperatura;
  • Problemas respiratórios como bronquite, laringite, gripe, resfriado, etc:

Para os cantores um ritmo agitado de shows pode piorar a saúde dos músculos vocais devido a um círculo vicioso de históricos excesso de desgaste. Entenda quais são os riscos para sua voz.

Descubra todos os benefícios da aula de canto !

Precisando de um professor de Canto ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Ana

Graduada em Português-Literaturas pela UFRJ. Redatora apaixonada e curiosa por natureza. Moça de sorriso aberto. Adora ler, refletir e escrever sobre diferentes assuntos. Professora que acredita que a educação é e sempre será o bem mais precioso de um indivíduo.