Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

São Paulo: descubra os melhores locais para tocar piano

De Fernanda, publicado dia 27/09/2017 Blog > Música > Piano > Onde aprender piano na capital paulista

São Paulo é a capital cultural do país. Maior centro urbano brasileiro, também é a capital do agito musical. A cidade acolhe um universo cultural extremamente diversificado, com manifestações artísticas e musicais para todos os gostos – do erudito ao popular.

Se você se pergunta onde pode aprender a tocar piano, certamente está no lugar certo. Não importa qual modelo do instrumento quiser tocar.

Na verdade, você tem milhares de opções à sua disposição: sejam elas gratuitas, pagas, com nível de graduação, cursos livres, oficinas… Você pode procurar um conservatório ou escola de música, centros culturais, instituições, faculdades e ainda pode optar por fazer aulas de teclado ou piano em casa, com um professor particular. As possibilidades são infinitas.

De acordo com o quanto você quiser e puder pagar e sua disponibilidade, saiba como escolher o local mais adequado para você praticar piano ou teclado – não importa qual o seu estilo.

Saiba também como encontrar uma boa aula de teclado online!

Aprofunde os estudos de piano: Instituições de Ensino Superior

Onde tocar teclado na capital paulista. Pânico em SP? Perdido na selva de pedra? Nós temos as melhores dicas para você encontrar sua aula de piano ideal!

Se você deseja seguir uma formação musical mais aprofundada, as Instituições de Ensino Superior em São Paulo são uma boa opção. As aula de teclado ou piano oferecem diversas possibilidades nos níveis de graduação, licenciatura ou bacharelado, pós-graduação, especialização e extensão, em áreas diversificadas da música: do erudito ao popular, do canto à composição, da interpretação à produção musical.

Algumas instituições ofertam, paralelamente, cursos livres e oficinas. Conheça as principais Instituições de Ensino Superior e seus cursos:

  • Faculdade Santa Marcelina: a FASM é uma instituição particular conhecida por possuir uma boa infraestrutura, com estúdio de gravação, salas individuais com tratamento termo acústico, e bons espaços de convivência entre professor e aluno. Há o curso de graduação de 4 anos em Música, com o objetivo de formar músicos – intérpretes (cantores, instrumentistas e regentes) e compositores, e a pós-graduação em Canção Popular: Criação, Produção Musical e Performance. Ambos os cursos abrangem as áreas erudita e popular (Rua Dr. Emílio Ribas, 89. Perdizes. Tel.: 11 3824-5800)
  • Faculdade de Artes Alcântara Machado: a FAAM, também instituição privada, possui dois cursos para quem quer aperfeiçoar os estudos de piano: graduação em música (bacharela e licenciatura) e especialização/MBA em Trilhas Sonoras. O bacharelado oferece a possibilidades de aprofundar os estudos em cada uma de suas especificidades: composição, regência, canto ou instrumento. Já a licenciatura forma professores de música que poderão atuar na Educação Básica, em escolas de música e conservatórios. A especialização forma profissionais capazes de criar trilhas sonoras para o setor audiovisual (Unidades no Centro, Ana Rosa, Morumbi e Vila Mariana. Tel.: 11 3132-3000).
  • ECA-USP: a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, apesar de ser nacionalmente reconhecida e pública, é exclusiva para aqueles que desejam seguir os estudos na área de música erudita ou clássica. A universidade oferece os seguintes cursos de graduação em música, todos bacharelados: canto e arte lírica, composição, instrumento e regência (Tel.: 11 3091-4026).

Para os cariocas: já descobriram onde estudar piano em sua cidade?

Conservatórios e escolas particulares para aprender piano

Aprenda o piano elétrico! Quais as melhores metodologias para tocar bem um teclado elétrico ou digital?

Tudo depende do quanto você quer gastar e qual a sua disponibilidade para fazer suas aulas de piano. As escolas de música particulares e os conservatórios são uma boa opção em função do seu tempo, do seu dinheiro e do estilo musical que deseja seguir.

Apesar de não serem reconhecidas pelo MEC, as escolas e os conservatórios reúnem ótimos profissionais de música, com formação e experiência de qualidade. Muitas têm reconhecimento nacional e são pontos de encontro de músicos, pianistas e futuros tecladistas. Elas também são palco de eventos e festivais musicais esporádicos.

  • Faculdade e Conservatório Souza Lima: fundado em 1981, o conservatório é um dos mais conhecidos e conceituados em São Paulo e região. Seu diferencial está na quantidade e variedade não só de aulas de violão, mas também para todos os instrumentos: musicalização infantil, curso livres, curso técnico (único reconhecido MEC), faculdade, pós-graduação, cursos de extensão, curso específicos. Além disso, possui uma boa infraestrutura com laboratórios, estúdios e biblioteca. Você vai encontrar opções para todos os estilos: rock, jazz, mpb, chorinho ou samba. Além disso, há prática de bandas para todos os gostos: bossa, choro, baião, frevo… Claro, por ser uma instituição privada, os preços não serão acessíveis como outros estabelecimentos citados acima (Av. 9 de Julho, 3279. Jardim Paulista. Tel.: 11 2384-2904).
  • EM&T – Escola de Música e Tecnologia: se você gosta de rock e estilos derivados, a EM&T vai fazer sua cabeça. Entre os cursos regulares, há aulas pelo IT&T – Instituto de Teclado & Tecnologia. Além disso, há cursos complementares como musicalização, hammond, curso prático de Home Studio, teoria, linguagem e estruturação musical e muito mais. Do mesmo modo, os preços devem ser consultados em função do tipo de curso (Av. Eng. George Corbisier, 100. Centro. Tel.: 11 5012-2777).
  • CLAM – Centro Livre de Aprendizagem Musical: fundado pelo pianista Amilton Godoy, ex-músico integrante do grupo Zimbo Trio, a escola é referência para músicos que querem seguir os estilos brasileiros e jazz. Aulas de piano, musicalização infantil, vivência musical, violão clássico, canto e outros instrumentos são ofertadas (Avenida Agami, 333. Indianópolis. Tel.: 11 5051-5158).
  • Conservatório Musical Beethoven: existe há 56 anos e oferece uma gama variada de cursos, para todas as idades, estilos musicais e funções: cursos técnicos popular e erudito, preparatório para técnico, regência orquestral, musicoterapia, educação musical inclusiva, curso de produção musical e qualificação técnica profissional para professores de ensino fundamental e médio e musicalização infantil. Cursos livres de todos os instrumentos também são ofertados (Rua Bento Frias, 135. Pinheiros. Tel.: 11 3031-9057).
  • Conservatório Musical Mozart: oferece uma formação teórica bastante consistente. Entre as aulas disponíveis, destaque para formação de professores (musicalização infantil, música e inclusão e história, estética e crítica musical), teoria musical, música erudita e música popular e musicalização infantil. Além dos cursos, o conservatório organiza audições, eventos, concertos seminários, além de ofertar um curso preparatório para concursos e vestibulares. (Rua Curumau, 22. Interlagos. Tel.:11 5668-8222)

Agora, se você mora em Brasília, quer algumas dicas para saber onde estudar piano?

Centros culturais para descobrir o piano em São Paulo

Como capital cultural, São Paulo oferece um leque rico de centros culturais, associações e instituições que propõem cursos, aulas livres e oficinas a baixo ou zero custo. Isso, no entanto, não significa que a qualidade do conteúdo teórico e dos profissionais seja pior do que em escolas de música particulares, pelo contrário: algumas delas têm reputação nacional e internacional pela competência e na formação de excelentes músicos.

Por serem mais acessíveis em questão de preço, esses locais também têm a vantagem de serem locais multiculturais, pois os alunos que os frequentam têm origens sociais e econômicas diversas. Nada mais rico para a sua formação musical, não?

Nesses locais, aulas teóricas e práticas de violão são ofertadas para todas as idades.

Descubra onde tocar piano em BH!

Onde estudar piano em SP? A Escola Municipal de São Paulo integra a Fundação Theatro Municipal de São Paulo, e oferece diversos cursos gratuitos na área erudita e clássica.

Os principais centros culturais de São Paulo são:

  • Escola Municipal de Música de São Paulo: uma das principais referências em música na América Latina. Há aulas de piano, piano complementar, piano correpetidor, violão, canto, teoria e percepção musical, harmonia, entre outros, com tendência ao erudito e clássico. Os estudantes têm acesso livre ao Theatro Municipal de São Paulo e também são incentivados à experiência da prática em grupo por meio das aulas de Música de Câmara e pela participação nos grupos estáveis da Escola Municipal de Música: Orquestra Infantojuvenil, Orquestra Sinfônica Jovem Municipal, Banda Sinfônica, Camerata de Violões, Conjunto de Violoncelos, Grupo de Sax, Consorte de Flauta doce, Grupo de Percussão, Coro Infantojuvenil e Coro Adulto da Escola Municipal de Música. O processo de seleção é realizado duas vezes ao ano, para candidatos a partir de 9 anos de idade. As aulas são gratuitas (Praça das Artes. Av. São João, 281 – 2º Andar. Sé. Tel.: 11 4571-0466).
  • EMESP Tom Jobim: antiga Universidade Livre de Música, a Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim pertence à Secretaria da Cultura. É considerada a melhor escola de música do país. Formou um dos maiores violinistas brasileiros conhecidos, Everton Gloeden. Há formação continuada (duração de 3 anos), formação avançada (de 2 a 4 anos de duração) e cursos livres nas áreas erudita e popular – todos os cursos são gratuitos. Apenas na formação continuada há limite máximo de idade ( 21 anos). A escola conduz e incentiva a participação dos alunos nos grupos estáveis: Orquestra Jovem do Estado, Orquestra Jovem Tom Jobim, Banda Sinfônica Jovem do Estado, Coral Jovem do Estado, Núcleo de Música Antiga e Ópera Estúdio. Há ainda aulas especiais de leitura de partitura em braile para pessoas com deficiência visual (Largo General Osório, 147. Luz. Tel.: 11 3585-9888).
  • SESC São Paulo: as unidades Sesc (Serviço Social do Comércio) localizadas em São Paulo e região metropolitana oferecem uma programação diversificada de atividades, cursos e eventos na área da música. A vantagem desse sistema é a grande variedade na opção de cursos, que abordam sobretudo a teoria musical em temáticas especiais (apreciação musical, percepção e teoria musical, improvisação, tocando grave) e na ampla localização das unidades. Há aulas especiais para crianças e musicalização infantil. Os valores variam de gratuitos a 60 reais. Programação por unidade em www.sescsp.org.br.
  • SESI São Paulo: a rede SESI-SP (Serviço Social da Indústria), por meio de seus Núcleos de Música, presentes em dez unidades na capital e região metropolitana, oferecem cursos e concertos voltados para todas as idades. As aulas estão divididas em quatro módulos: Iniciação Musical (a partir de 7 anos), Iniciação Instrumental (a partir de 8 anos), Cordas para Todos (a partir de 18 anos) e Camerata de Cordas (a partir de 8 anos). Valores a confirmar com a unidade: www.sesisp.org.br.
  • Projeto Guri: mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto é um grande programa sociocultural do país. Voltado para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos, oferece cursos no período de contraturno escolar: piano, teclado, iniciação musical, canto coral, tecnologia em música, entre outros. Há diversos polos espalhados pela capital e interior de São Paulo. As aulas são gratuitas e as matrículas são abertas duas vezes ao ano.

Recife também dispõe de diversas instituições que oferecem aulas de piano.

Cursos particulares de piano e teclado em São Paulo

Enfim, há ainda uma outra alternativa para você que quer aprender a tocar piano em São Paulo (ainda mais se a sua disponibilidade for reduzida): contratar um professor de música para aulas particulares em casa.

Os professores particulares são profissionais apaixonados pelo que fazem, seguem métodos reconhecidos e oferecem aulas de alta qualidade, que vai desde aula de teclado para iniciantes até aulas mais avançadas.

Mais do que simplesmente praticar, com um professor você vai pode realizar trocas de conhecimento sobre a música, descobrir segredos do seu instrumento e conseguir finalmente tocar aqueles acordes de sua música preferida à perfeição.

Sabia que Porto Alegre tem excelentes locais para se aprender música?

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar