Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Distrito Federal: descubra os melhores locais para tocar piano

De Fernanda, publicado dia 27/09/2017 Blog > Música > Piano > Onde aprender piano em Brasília

Brasília não é apenas a capital política do país. Chegando a quase 3 milhões de habitantes, se situa no coração do Brasil e é ponto de cruzamento de culturas provenientes de diversas regiões e, por isso, muito ricas. Na década de 1970, era reduto de ritmos regionais, como forró e sertanejo.

Mas foi a partir dos anos 1980 que a cidade tornou-se palco de um cenário de rock forte emergente, com o nascimento de bandas como Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude, que ganharam reconhecimento nacional rapidamente. Também se tornou um dos locais onde mais se estuda música no Brasil!

Se você quer tocar piano em Brasília, seja para aperfeiçoar seu nível ou então para descobrir um novo estilo musical, a cidade comporta opções boas e diversificadas na área.

Entre escolas particulares de música e conservatórios, centros culturais e universidades – sem esquecer dos professores particulares, claro –, você vai com certeza encontrar a sua aula de teclado ou piano ideal.

Escolas particulares de música

Onde estudar teclado em Brasília. Acredite se quiser: o piano é instrumento versátil e pode reproduzir vários gêneros musicais.

Seja qual for o seu estilo musical, seu nível de estudos e seus objetivos com o piano, Brasília oferece uma grande opção de escolas particulares de música, para todos os gostos.

Lembre-se: não existe a melhor metodologia de ensino de todas, e sim diferentes metodologias adequadas para cada aluno.

Por isso, é importante pesquisar, conversar com professores, responsáveis das escolas, alunos; procure referências nos estilos que pretende tocar. É importante que a escola corresponda bem às suas expectativas pessoais para que a aula de teclado ou piano seja frutuosa!

Selecionamos abaixo algumas escolas de destaque em Brasília, mas as opções não se encerram aqui!

Instituto de Música GRT: com duas unidades, na Asa Sul e na Asa Norte, o GRT é a escola de referência para aprender guitarra em Brasília. Com 17 anos de tradição, possui um corpo docente de 47 professores, material didático próprio e cursos de teclado, violão, guitarra, canto e técnica vocal, baixo e bateria, além de musicalização. Ao longo dos cursos os alunos também aprendem harmonia, improvisação, leitura musical, percepção, apreciação e análise musical (Tel.: 61 4042-5003).

BSB Musical: no mercado desde 1986, a rede conta com dezesseis unidades no Brasil e oferece o ensino de variados estilos musicais. Referência em Brasília, com 9 endereços na cidade, a BSB Musical propõe aulas de piano clássico, piano popular, teclado, violão, bateria e guitarra até acordeão, viola caipira e flauta doce. É a única escola de música particular do DF a ter seus cursos reconhecidos e autorizados pela Secretaria de Educação do Distrito Federal (Rua São Clemente, 411. Botafogo. Tel.: 21 3176-3684).

Conservatório de Música e Artes de Brasília: fundado em 1972, o Conservatório oferece cursos em diversos instrumentos, com destaque para a música clássica e erudita, mas também contemplando o popular: órgão, teclado, violino, viola, violoncelo, flauta, clarineta, saxofone, guitarra, bateria, violão, piano, Linguagem e Estruturação Musical, Introdução à Harmonia, História da Música, Canto Coral, Contrabaixo elétrico, Canto Lírico, Canto Popular e Musicalização infantil (QNB 16 Lote 02. Taguatinga Norte. Tel.: 61 3561-0553).

Para os cariocas: já descobriram onde estudar piano em sua cidade?

Aulas particulares de piano em Brasília

Para aqueles que não estão no clima de passar anos a fio dentro da mesma estrutura de ensino, com um programa de estudos pré-estabelecido, para aqueles que querem um pouco mais de liberdade e uma metodologia um pouco mais personalizada, fazer aulas particulares com um professor é uma excelente alternativa.

Há muitas maneiras de encontrar um professor que se desloque até sua casa para ensinar um instrumento: você pode pesquisar nos milhares de anúncios na Internet, em sites especializados ou grupos de Facebook, em lojas de instrumentos musicais e até mesmo nos classificados.

Outra opção que tem feito cada vez mais sucesso são os portais que propõem aula de teclado online. Esses portais funcionam como intermediários entre professores e alunos: você consegue selecionar seu professor em função de sua motivação, formação, experiência, estilo musical, preço e disponibilidade.

O aluno, por outro lado, pode informar suas preferências musicais ao portal e o sistema faz automaticamente a triagem dos professores mais apropriados para ele. Esses portais têm um funcionamento bem simples, prático e eficaz.

Agora, se você mora em São Paulo, quer algumas dicas para saber onde estudar piano?

Escola de Música de Brasília

Certamente a mais conhecida na região, pela qualidade mas também pela oferta gratuita de aulas de piano erudito e popular. O Centro de Educação Profissional Escola de Música de Brasília (CEP-EMB) integra a Rede Pública de Ensino pela Secretaria de Educação do Distrito Federal. Em funcionamento desde 1963, é a escola técnica pública mais antiga no DF. Promove cerca de cem cursos de formação na área da música erudita e popular, para pessoas de todas idades e meios sociais. As modalidades são: Formação Inicial e Continuada, opção Iniciação ao Instrumento ou Básicos Instrumentais, Musicalização Infantil, e cursos Técnicos de Nível Médio, entre outros.

Com idade mínima de 8 anos para ingressar, o processo seletivo é semestral e ocorre via edital. Os que desejam uma aula de teclado para iniciantes, que não possuem nenhuma vivencia com instrumentos, devem se inscrever para os sorteios. Os demais participam de testes de nível. Em janeiro, durante o mês de férias, a EMB oferece o CIVEBRA – Curso Internacional de Verão de Brasília.

Durante o ano, a escola propõe um calendário repleto de atividades e eventos artísticos e pedagógicos abertos ao público, com palestras, workshops, masterclasses e apresentações (SGA/Sul (L2), Quadra 602. Tel.: 61 3901-7688)

Instituições de Ensino Superior: além das noções de base

Onde estudar em DF? Uma opção é fazer um bacharelado ou licenciatura em música na UnB.

A graduação em música forma profissionais aptos a compor, reger e/ou interpretar obras eruditas e populares, utilizando instrumentos acústicos ou eletrônicos.

O compositor elabora e registra peças em partituras, que são executadas por instrumentistas, orquestras ou cantores. Já o arranjador elabora versões dessas peças musicais. O maestro é o profissional que dirige orquestras, bandas, conjuntos instrumentais e vocais. O intérprete é aquele que executa uma versão ou uma peça, por meio de um instrumento ou canto.

A formação em bacharelado permite uma atuação em concertos, espetáculos e trilhas sonoras, além de poder trabalhar em mídias como rádio, TV e agências. Uma vez formado, pode também se tornar um profissional de estúdios de gravação ou na sonorização de espetáculos. Já o aluno formado em licenciatura está apto a dar aulas nos ensinos Fundamental e Médio.

Além dos cursos de graduação e pós-graduação, as Instituições de Ensino Superior oferecem cursos de extensão teóricos e práticos de instrumentos como o piano.

Sabia que Porto Alegre tem excelentes locais para se aprender música?

Duas universidades em Brasília oferecem cursos para aqueles que desejam aprofundar seus estudos musicais.

Universidade de Brasília (UnB): a Universidade é pública e federal. A graduação em Música oferece 18 habilitações possíveis, com duração de 4 anos. Há bacharelado (piano, canto, clarineta, composição, contrabaixo, fagote, flauta, oboé, regência, saxofone, trombone, trompa, trompete, viola, violão, violino e violoncelo) e licenciatura em Música e Licenciatura em Educação Artística. Há também oferta de mestrado e doutorado (Música em Contexto) e cursos de extensão. (Avenida L2 Norte, 602. Tel.: 61 3107-1088).

Centro Universitário Claretiano (Ceuclar): o centro universitário possui graduação em Música (licenciatura) com duração de 3 anos. Em pós, o Centro Universitário disponibiliza uma especialização em Educação Musical. (Setor C7 Parte B, Taguatinga. Tel.: 61 3451-9301)

Centros Culturais

Redes como Sesc-DF (Serviço Social do Comércio) e SESI-DF (Serviço Social da Indústria) localizadas no Distrito Federal promovem oficinas e cursos diversificados na área da música e artes em geral. Em ambas as redes os valores são acessíveis ou de graça. Há aulas de teclado, violão, guitarra, canto-coral, teatro, entre outros, além de cursos especiais para crianças e musicalização infantil. Os valores variam em função dos cursos: de gratuitos a 60 reais. Para acessar a programação é preciso entrar em contato com cada unidade nos sites.

Recife também dispõe de diversas instituições que oferecem aulas de piano.

Clube do Choro em Brasília

Onde tocar piano em Brasília. Nas origens do choro, o piano era muito comum, sendo instrumento tocado por pioneiros como Ernesto Nazareth. Os pianistas que tocavam choro também eram chamados de “pianeiros”.

Com quase quatro décadas de existência, o Clube do Choro de Brasília nasceu como lugar de encontros de músicos e amantes do choro aos finais de semana e se transformou em um verdadeiro polo cultural da música, reconhecido nacionalmente, onde pode-se ter aulas de piano. Depois de uma grande reforma liderada em 1977 pelo jornalista Henrique Lima Santos Filho, o Reco do Bandolim, o Clube não parou mais de crescer. Hoje, é instituição de referência na área de projetos de música popular brasileira, tendo realizado mais de 2.500 shows para um público de 500 mil espectadores. Com seus projetos temáticos anuais, já homenageou Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Chiquinha Gonzaga, Waldyr Azevedo, Ernesto Nazareth, Villa-Lobos, Ary Barroso, Tom Jobim, Garoto, Radamés Gnatalli e Dorival Caymmi. Administra o Espaço Cultural do Choro, estrutura de concerto projetada por Oscar Niemeyer, e o Instituto Cultural de Educação Musical (ICEM), onde funciona a Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello.

Escola de Choro Raphael Rabello

Primeira instituição voltada exclusivamente ao ensino do Choro no Brasil, a Escola de Choro Raphael Rabello foi criada em 1998, pelo músico e jornalista Reco do Bandolim. Apesar de não ofertar aulas específicas para piano ou teclado, é a escola ideal para aqueles que procuram se especializar nesse estilo musical, além de ofertar aulas de teoria musical. Por meio de uma metodologia que mescla uma aula teórica e uma aula prática por semana, oferece cursos de acordeom, bandolim, cavaco, clarinete, flauta transversal, gaita cromática, gaita diatônica, pandeiro, percussão, sax alto, sax tenor, viola caipira, violão 6 cordas, violão 7 cordas e violino, além de Musicalização Pré-instrumental para Crianças, Curso Instrumental para Crianças, História do Choro, Apreciação Musical e Prática de Conjunto. Além disso, os alunos assistem a workshops com músicos brasileiros de renome e participam de rodas de choro com regularidade. O investimento na mensalidade do curso básico é de 132,50 reais. (Setor de Divulgação Cultural, Lote 3. Eixo Monumental. Tel.: 61 3226-3969)

Descubra onde tocar piano em BH!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar