Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aula de culinária: a receita do croque monsieur e suas variantes

De Marcia, publicado dia 10/10/2019 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Aprenda a fazer uma especialidade da culinária francesa

A gastronomia é algo capaz de ultrapassar fronteiras… por isso é natural que um brasileiro queira experimentar pratos alemães, italianos, árabes… e que estrangeiros queiram conhecer a nossa culinária.

É claro que a culinária de alguns países tende a ser mais apreciada entre os brasileiros, mas existem alguns pratos como os franceses que estão caindo nos gostos das pessoas. Você já pensou em ir a um restaurante que aborde a gastronomia da França? Ou mesmo em preparar um prato do país em casa?

Você já ouviu falar em croque-monsieur? Trata-se de uma receita francesa prática e rápida de fazer. Ficou interessado? Então acompanhe nosso post e tome nota da receita.

Aula de culinária: de onde vem o croque-monsieur?

Um prato favorito dos bistrôs parisienses, o croque-monsieur faz sucesso com turistas do mundo todo, e pode ser que brasileiros que já tenham visitado o país pensem em procurá-lo por aqui. Rápido, fácil de comer e, especialmente, muito bom, geralmente ele é servido acompanhado por batatas fritas e saladas.

O croque-monsieur é servido com batatas fritas ou saladas.

Mas o croque-monsieur é realmente francês? Não tenha tanta certeza!

Alguns historiadores traçam as origens do croque-monsieur até os aborígines da Austrália. E sim, o croque-monsieur pode ter vindo de mais longe que pensamos. Mas ele sofreu algumas mudanças desde sua versão australiana.

De fato, os nômades da Austrália usavam duas fatias de massa recheadas de carne e, assim, fazer uma espécie de sanduíche quente sobre um fogo a lenha. Uma verdadeira torrada caseira! Esta receita ganhou o mundo mais tarde, pois encontramos vestígios dela, principalmente na Indonésia.

Mas, falando a verdade, não tinha nada a ver com o atual croque-monsieur…

De fato, não foi no início do século XX que o primeiro croque-monsieur apareceu na França. Foi em 1910 que um café parisiense na avenida des Capucines propôs pela primeira vez a maravilhosa receita de fatias de pão ensanduichadas com queijo derretido e presunto.

O croque-monsieur se torna um sucesso e se espalha muito rapidamente na capital francesa. Cada vez mais cafés e pequenos bistrôs oferecem esse prato a parisienses e pessoas que passam.

No entanto, a receita ainda não era chamada de “croque monsieur”.

Para saber de onde vem essa palavra, você precisa sair da capital e entender que, na província, você chama de “croque” um pão previamente mergulhado no ovo. A palavra croque teria chegado a Paris através desse povo da província.

Mas a origem da palavra não é certa e o historiador René Girard dá uma explicação completamente diferente.

Em seu livro “História das palavras da culinária francesa”, de 1947 , o historiador conta uma história que teria ocorrido no bistrô “Le Bel Age”. O chef Michel Lunarca deveria substituir o pão por falta de suprimento na capital. Ele então escolheu usar pão de forma. Um cliente teria perguntado o que havia de carne naquele sanduíche. Para rir, o chef teria respondido “du monsieur! (do cavalheiro)”.

Esta lenda continua a circular até hoje. Quanto ao croque-monsieur, ele continua seu caminho alegre e seduz o mundo inteiro.

Uma definição foi proposta em 1966 pelo acadêmico Louis Leprince-Ringue, que é:

“Sanduíche que consiste em duas fatias de pão entre as quais colocamos presunto coberto com queijo e que é passado no forno. “

Hoje, o croque-monsieur conhece diversas variantes. É particularmente famoso em Paris servido a bechamel. Mas a receita também pode ser feita com todos os tipos de ingredientes, como vegetais, frutas, etc.

A partir de agora, vários países reivindicam sua versão. Do queijo grelhado nos Estados Unidos ao coelho galês na Inglaterra até virar uma versão da cadeia de fast food Quick, que já oferece há alguns anos o famoso “Quick’N Toast”.

Outra variante muito famosa também se desenvolveu: o “croque-madame”. Um croque-monsieur com um ovo frito.

Um futuro brilhante para o croque em geral!

A verdadeira receita do croque monsieur

Conhecer a história do croque-monsieur é bom, saber cozinhar é ainda melhor! Aqui está a receita do croque-monsieur para você fazer aqui mesmo, em sua casa no Brasil.

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 8 fatias de pão de forma;
  • 50g de manteiga derretida;
  • 4 fatias de presunto;
  • 8 fatias de queijo;
  • 100g de queijo gruyère ralado;
  • 4 colheres de sopa de leite;
  • Uma pitada de noz-moscada;
  • Pimenta e sal.

Preparo:

Em primeiro lugar, unte com manteiga todas as fatias de pão de um lado. Adicione uma fatia de queijo. Dica: antes de untar as fatias, você pode passá-las pela torradeira para torná-las mais crocantes. Disponha as fatias de presunto em quatro partes de pão. Se as fatias forem muito grandes, dobre-as ao meio.

Coloque as demais fatias de pão sobre as quatro primeiras fatias. Manteiga e queijo devem vir primeiro. Em uma tigela, misture o leite com queijo ralado, sal, pimenta e noz-moscada. Sobre das fatias de pão sem manteiga, coloque a mistura.

Tudo o que você precisa fazer é colocar o croque-monsieur em um prato e levar ao forno por 10 minutos. Se preferir a versão do croque-monsieur com molho bechamel, basta colocar o molho nas 4 fatias do fundo e depois colocar uma camada no topo do croque-monsieur antes de espalhar o gruyère ralado .

As variantes do croque monsieur

Quem disse que o croque-monsieur deve manter sua forma original? De ano para ano, várias versões da receita básica surgiram. Aqui estão algumas das variantes para você reproduzir em casa.

Croque-madame

O croque-madame está muito próximo da receita orginal do croque-monsieur. Basta adicionar um ovo no prato por cima do seu croque-monsieur. Você pode aquecer o croque no forno ou na panela ao mesmo tempo em que prepara os ovos.

Uma variante do prato consiste em acrescentar um ovo.

A torrada havaiana

A torrada havaiana é uma excelente receita, que pode ser doce ou salgada. O conceito é bastante simples e ainda mais rápido de perceber do que o croque-monsieur. Pegue quatro fatias de pão nas quais você pode colocar uma fatia de abacaxi e uma fatia de queijo. É isso aí! Quanto ao queijo, recomendo o Gouda, que combina bem com o abacaxi. Você também pode adicionar mel e nozes para um sabor mais acentuado. Em termos de doces e salgados, você também pode experimentar a versão queijo de cabra de mirtilo, uma delícia!

O guarda florestal

Assim como as panquecas bretãs, o croque-monsieur pode ser servido em todas as estações. Em vez de presunto (ou mesmo junto com o ele), você pode adicionar cogumelos e cebolas grelhadas. Uma receita perfeita para o outono.

O vegetariano

Impossível esquecer os vegetarianos para fazer um bom croque-monsieur. Nesse caso, por que não combinar ingredientes como abacate, cebola, tomate, queijo e manjericão? Em relação ao abacate, você pode organizá-lo em fatias ou prepará-lo em forma de guacamole antes de colocá-lo no croque.

Outra variante que existe para os vegetarianos: espinafre, alcachofra e queijo.

A versão de sobremesa

Quanto às pizzas, o croque-monsieur pode ser transformado em uma versão de sobremesa. Para isso, nada mais simples do que deslizar todos os tipos de sobremesas no seu croque. Marshmallows, chocolate derretido, frutas… a escolha é com você!

A versão da pizza

Por que não colocar os ingredientes de uma pizza em um croque? Para fazer isso, espalhe o molho de tomate, mussarela e presunto. Aqui você pode até usar uma sanduicheira para deixá-lo com gosto de pizza!

O ratatouille

Combine duas especialidades francesas, que boa ideia! Comece colocando um pouco de molho de tomate, depois pedaços de berinjela e abobrinha. Você também pode adicionar alho e ervas de Provence. Aproveite!

Existem croques em todas as versões e para todos os gostos.

Algumas dicas para preparar seu croque monsieur

Para ter sucesso em uma receita, é importante escolher os ingredientes certos.

Para começar, o pão deve ser escolhido com bom gosto. Ele pode ser branco ou mais assado. Claro que depende do seu gosto. Deve-se saber que o pão torrado terá um pouco mais de sabor do que o pão branco. No entanto, se seus ingredientes não forem muito saborosos, escolha pão branco para que ele não se sobressaia demais ao recheio.

No que diz respeito ao queijo, o mais comum é usar gouda ou fatias de condado. Alguns queijos podem ser salpicados e ficam mais saborosos que outros, se você preferir. No lado de queijos fortes, você pode testar o queijo Roquefort.

E para acompanhar tudo, recomendamos uma vinagrete ou salada de folhas. Isso ajuda a equilibrar o prato, pois o croque-monsieur em si representa uma opção de carboidrato mais pesada.

Por outro lado, para quem está realmente com fome, a batata frita pode ser uma boa solução. Esse acompanhamento é frequentemente oferecido por bares parisienses. Se levarmos em conta que nós, brasileiros, adoramos fritas, podemos copiar a ideia sem estranhamentos.

Percebeu quantas opções você tem para fazer um croque-monsieur em casa e receber seus amigos? E você ainda pode incrementar a sua receita com outros ingredientes: basta deixar a sua imaginação falar mais alto e se preparar para o sucesso.

O croque-monsieur pode ser sucesso na reunião de amigos.

Afinal de contas, uma receita francesa é sempre algo diferente e as pessoas certamente não se esquecerão dessa incrível experiência gastronômica. E não estamos falando de pratos caros ou super elaborados. Um tempinho disponíveis e uma comprinha de pães e frios podem ser o suficiente.

Se você preferir, entretanto, pode fazer aulas de culinária para aflorar ainda mais seus dotes na cozinha.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar