Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares Artes e Lazer Esporte
Compartilhar

A preparação de um boxeador antes do confronto

De Fernando, publicado em 19/03/2018 Blog > Esporte > Boxe > Exercícios de boxe: preparando para o combate

“Você não se torna um campeão em uma academia. Nós nos tornamos campeões graças ao que sentimos; um desejo, um sonho, uma visão. Devemos ter talento e técnica. Mas o talento tem que ser mais forte do que a técnica. ” Muhammad Ali (1942-2016) já deixava claro com essa fala que precisamos ser mais do que bons repetidores de exercícios, precisamos estar preparados para a vitória com mais do que o corpo.

Antes de alcançar os mesmos níveis como um dos melhores boxeadores de todos os tempos, a estrada pode ser longa! Mas quem tenta ‘nada’ tem como resultado ‘nada’, e quem não alimenta nenhuma ambição certamente não será capaz de se tornar campeão de algo.

É isso, você começou a aprender boxe há algum tempo, provavelmente vários meses, e você acha que tem conhecimento técnico fundamental suficiente para utilizá-lo contra oponentes na mesma situação que você.

Seu treinador especialista em boxe validou esse desejo declarando-o pronto para entrar em ação, ou seja, para entrar no ringue onde nada é deixado ao acaso, onde todas as suas ações têm consequências.

Ao estar em um clube de boxe, você pode facilmente encontrar um boxeador do seu nível para enfrentar, de forma legal e segura. Devemos reforçar  que é importante evitar qualquer tipo de luta clandestina, isso é muito importante para a sua segurança.

Agora que sua luta está agendada, vejamos o que seu humor e programa de exercícios deveriam ser trabalhados para enfrentar de forma tranquila a luta, este exercício de boxe que lhe dará uma nova experiência e novas emoções!

Luva e bandagem não podem ser esquecidas Suas luvas serão grandes companheiras de treino. escolha bem

Que sessões de treinamento fazer nos dias que antecederam uma reunião?

Ao começar o boxe, a noção de combate real parece relativamente distante, mesmo que o aguardemos e isso nos fascine. Tudo começa com exercícios que às vezes podem parecer infantis e chatos, para não mencionar os elementos teóricos que são as regras do jogo e os diferentes golpes ou guardas do boxeador.

Naturalmente, na medida que você se aproxima de um confronto com outro boxeador, o programa de seus dias de luta será distinto para prepará-lo para sua entrada no grande desafio.

Seu primeiro inimigo deve ser superar algumas barreiras: a chave é entrar no ringue com energia disponível, isto é, muita vontade de disputar para ser gasta e aproveitada. Nesta perspectiva, nas duas semanas antes da luta (ou pelo menos uma), nunca exceda uma hora de treinamento de boxe por dia, deixando-lhe um descanso semanal no domingo, por exemplo.

Mantenha o uso de sua corda de saltar , pera em velocidade e bola de boxe enquanto toma aulas específicas de boxe.

Costuma-se dizer que o poder e a vitória militar vêm de uma melhor inteligência e, portanto, da coleta de informações. Se você sabe alguma coisa sobre o seu futuro oponente, aproveite-se disso: dependendo do tamanho dele, pratique acertar alto ou mais baixo no seu saco de pancadas ou manequim de boxe (seus equipamentos ajudarão muito nessa etapa!)…

Da mesma forma, especialmente se você não está em seus primeiros combates, veja se o seu desafiante não teria sido filmado e tem uma luta disponível no YouTube ou no Facebook: você pode analisar sua técnica e seus “segredos”, preparando sequências que o desestabilizarão e voarão no ringue.

A corrida ajuda no seu preparo Calce o tênis e prepare o seu coração para o boxe

Prepare seu corpo para o esforço no ringue

A preparação de seu corpo é, como em todos os esportes de combate ou outra arte marcial, o ponto mais importante para se administrar antes da chegada no ringue. Você entenderá rapidamente o porquê …

Como você sabe, os boxeadores são divididos em diferentes categorias de acordo com seu peso . Para ter uma vantagem sobre o oponente, eles têm todo interesse em flertar com o limite máximo … mas sem excedê-lo .

Se a sua luta for agendada com um mês de antecedência, por exemplo, para uma categoria, observe sua forma com cuidado ao longo do tempo.

Para não correr o risco, os médicos do esporte recomendam a programação de qualquer partida para a categoria correspondente a um peso de 3 kg abaixo do que realmente é o seu habitual.

Se for o contrário, na medida que a data se aproxima, podemos por musculação (fortalecimento muscular) ter certeza de alcançar a fronteira de sua categoria: 3 dias antes, poderíamos estar até 500 g abaixo do limite!

O importante é manter um reflexo para não jogar roleta russa no Dia D: pesar- se bem e manter a linha.

Em alguns casos, a curva de peso será exatamente o contrário: por exemplo, você está planejando a competição por uma categoria em que você excede 2 kg. É muito mais confortável e o cenário mais comum quando você é muito competitivo ou quando atingiu a idade adulta com o seu peso ideal.

A partir daí, irá diminuir gradualmente, sem comprometer sua musculatura. Claro, existem limites para tudo, então não tente o impossível …

Você nunca deve perder peso de forma que você se desidrate, que você acabe com crises de hipoglicemia ou que sofra problemas de flexibilidade/ densidade muscular.

Idealmente, seu corpo deve ser capaz de fazer boas reservas no dia anterior ao combate, apenas guardando bem as calorias para gastar entre as cordas.

Procurar um profissional de nutrição especialista no esporte é um ponto essencial para a sua vida de atleta. Ele poderá ajudá-lo na hora de criar um cardápio para esse período e controlar bem os seus nutrientes. Se você quer ser mais forte, mais potente ou mais ágil, tudo isso pode ser ajustado de acordo com a sua alimentação.

Antes do boxe, você precisa cuidar da sua mente

A motivação é muito importante: é uma parte decisiva do resultado de uma luta. Ela deve subir à medida que a batalha se aproxima, alimentando uma impaciência saudável e um desejo de triunfar sobre todos os obstáculos – especialmente em sua primeira experiência no ringue.

Portanto, é necessário evitar apontar para uma categoria de pesos difíceis de alcançar por si mesmo, porque se poderia criar estresse exaustivo para a mente. Especialmente porque é necessário um bom sono no seu preparo, o que ajuda o corpo e a moral!

Não seja excessivamente ganancioso também: não deve haver um planejamento de muitas lutas em uma única temporada. Não se esforce excessivamente para não perder a sua concentração!

Ao forçar demais, você arrisca ficar cansado e não quer mais pensar em boxe… E aqui está o KO esperando por você, você nem vai ouvir os chamados do árbitro…

Para enfrentar calmamente a luta, você precisa saber como se isolar para fazer um “retiro” no dia anterior ao combate. Meditação, relaxamento podem facilmente ser incluídos em sua rotina e conseguir muitos resultados positivos para você.

Evite maiores problemas cuidando dos seus equipamentos O pugilista amador pode utilizar capacete

Um imperativo para o boxeador antes da luta: o aquecimento

Isso não surpreenderá ninguém: nenhum desportista digno do nome será lançado na competição sem aquecer ou ao menos começar um alongamento dinâmico e com bastante movimentação.

Isto é ainda mais verdadeiro para um esporte violento, onde a explosão deve estar no choque entre os corpos. Já que você vai ganhar golpes que podem doer, você não correrá o risco de torcer o tornozelo, quebrar o pulso ou passar por algo ruim para a sua musculatura por falta de aquecimento!

O aquecimento deve visar preparar todos os músculos e articulações do corpo. Para não esquecer de nenhum, o melhor é prosseguir com a ordem, de cima para baixo, começando com a cabeça e terminando com os pés.

Todo o organismo deve ser operacional, mas sem se cansar ou perder energia, caso contrário, começaremos a luta com uma séria desvantagem: na verdade, devemos apenas suar antes de entrar no ringue, nada de ficar cansado antes da hora.

Acima de tudo, seja bem sincronizado: seu aquecimento deve terminar apenas alguns segundos ou minutos antes do início da disputa, caso contrário você terá tempo de “esfriar” e perder o que acabou de fazer.

Todo esse aquecimento pode ser feito sozinho antes do ataque de boxe, sem problemas.

Como estar bem fisicamente para o boxe? É preciso estar preparado para o esporte

O caso específico da primeira luta de boxe

Tudo o que acabamos de dizer pode se relacionar absolutamente com todas as partidas de boxe, independentemente do nível ou da idade da pessoa.

Se é um primeiro momento de disputada, existe a necessidade de supervisão aumentada. É um contexto em que é bom contar com o apoio e o conselho de um professor particular de boxe .

Não seja tímido: saiba confiar e domine completamente suas preocupações e apreensões. O impacto em sua moral será eminentemente positivo.

Do lado do equipamento, não se esqueça de ter com você suas luvas de boxe (e luvas sobressalentes), bandagens para colocar embaixo, protetores bucais (em alguns casos, saiba se é possível usar protetores de canela para se proteger em caso de chutes traiçoeiro e foras da regra) e seu capacete de boxe.

Lembre-se de que não será sua bola de boxe na sua frente, mas um oponente que fará os golpes, assim como você. Escolha também calções de boxe, meias, sapatilhas e uma roupa de baixo com a qual você se sente particularmente à vontade e seguro.

Talvez você tenha boas lembranças de vitórias esportivas e possa aproveitá-las também nesse momento! Concentre-se e tenha tranquilidade para conquistar mais uma.

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar