"Não há boa culinária se, à princípio, ela não é feita pela amizade a quem ela se destina". Paul Bocuse

Citação de amor, citação de felicidade ou citação de cozinha: hoje em dia elas invadem a sua tela. Essas citações inspiradoras vêm em todas as formas para acordar de bom humor, para ajudar a enfrentar os desafios, prontas para lidar com um dia duro de trabalho. As citações dos provérbios sopram um vento de otimismo e nós nos deliciamos com muitas delas!

Mas enquanto a cozinha emprega mais de um milhão de pessoas, por que não começar na cozinha tentando encontrar seu pensamento positivo e sua citação do dia que vai motivar você?

Encontre as citações de cozinha mais bonitas para personalizar a decoração de sua cozinha e motivar você a começar na cozinha do chef.

E, caso você more na capital paulista, é possível conferir aqui o melhor curso de confeitaria sp.

Maria alice
Maria alice
Profe de Culinária
5.00 5.00 (84) R$20/h
1a aula grátis!
Adriana
Adriana
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$70/h
1a aula grátis!
Patricia
Patricia
Profe de Culinária
5.00 5.00 (5) R$60/h
1a aula grátis!
Eliane
Eliane
Profe de Culinária
R$100/h
1a aula grátis!
Mara
Mara
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$80/h
1a aula grátis!
Edhi
Edhi
Profe de Culinária
5.00 5.00 (1) R$68/h
1a aula grátis!
Gabriel
Gabriel
Profe de Culinária
R$35/h
1a aula grátis!
Saulo
Saulo
Profe de Culinária
5.00 5.00 (2) R$25/h
1a aula grátis!

1- "Não podemos cozinhar se não gostamos de pessoas."

Joel Robuchon é sem dúvida o chef mais famoso do mundo. 28 estrelas Michelin, 17 ateliês e outros restaurantes, esse monumento da cozinha francesa não era destinado a uma carreira como chef.

Nunca mesquinho com a transmissão de seu conhecimento das artes da mesa, ele gosta de tornar a culinária acessível a todos. Seu amor por produtos de qualidade e receitas tradicionais explica essa citação que defende o amor aos outros e o partilha como um modo de vida. Não é só colocar Sazon... De forma alguma e, falando nisso não recomendamos o uso desse produto, rico em elevados índices de glutamato de sódio, o que não é nada saudável.

2- "Gastronomia é a arte de usar comida para criar felicidade."

Theodore Zeldin não era um cozinheiro, mas um historiador e filósofo inglês que achava que, para ser feliz e ter confiança em si mesmo, era preciso comer bem, saborear, provar e degustar pratos de prestígio e delicados. Premissa essa bem interessante, não?

Como se motivar para aprender a cozinhar? Simpatia e uma boa intenção no coração devem vir primeiro lugar quando nos propormos a criar bons pratos!

Cozinhe com ingredientes simples
Este óleo milagroso muda o sabor dos pratos!

Querer comer uma cozinha tradicional ou uma cozinha gourmet é querer ser feliz. Os cozinheiros devem sublimar os produtos locais para criar felicidade na boca.

Pois é, pois não falamos sobre orgasmos culinários quando desfrutamos de uma refeição bem preparada? E se a cozinha, de alguma forma, pudesse minar toda a solidão, tristeza e miséria com uma combinação perfeita de comida e vinho, um brunch com amigos ou uma oficina de cozinha revisitada?

Eu me deixo levar um pouco, mas se falamos muito sobre viagens para escaparmos e sairmos um pouco da realidade, por um momento, cozinhar pode vir a ser uma maneira eficaz de nos sentirmos bem e otimistas. Observe que podemos sempre participar de uma aula de culinária, nos momentos, por exemplo, nos quais você compra macarons na confeitaria ou prova produtos locais.

E aí, você tem interesse em aprontar na cozinha, aprender técnicas simples mas eficazes e saborear pratos deliciosos feitos por você mesmo? Confira aqui dicas no curso de confeitaria!

3- "Aprendemos a cozinhar com a memória dos outros..."

...E em algum momento, nós fazemos a nossa."

Já parou para pensar caso essas poucas palavras de Jean-François Piège se tornassem o seu ditado do dia? Observe que as melhores citações apelam para a memória e se encaixam na realidade.

Todos começaram a aprender a cozinhar, pelo menos o básico, com a mãe ou a avó. E quando eu digo isso, eu falo realmente sobre o básico: como cozinhar macarrão al dente, fazer um ovo frito sem ficar duro, colocar a quantidade certa de gordura para cozinhar legumes sem fazê-los queimar, saber fazer um bom omelete e coar um café descente e saboroso...

Desnecessário dizer mas nós só gostamos de cozinhar quando aprendemos o básico. É um pouco semelhante a aprender a dançar ou a tocar um instrumento. Você tem que memorizar seus passos e dominar suas escalas antes de se divertir revisitando um prato. Mas, quanto mais você praticar mais fácil e natural esses passos se tornam e mais familiaridade você desenvolve entre os sabores e as panelas!

4- "A cozinha é um pouco como cinema. É a emoção que conta."

Esta citação de Anne-Sophie Pic, chefe de cozinha e dona da Maison Pic, é um pouco como a de Joel Robuchon sobre compartilhar a emoção que um prato tem a oferecer.

Tanto na alta cozinha como na culinária caseira, não se deve ser egoísta. Ao preparar uma cozinha inventiva, vamos despertar o paladar das pessoas que vão provar a comida. Se a emoção estiver presente, a prova parecerá muito curta, mas a brevidade dessa consideração será ainda mais forte.

Todos nos lembramos de um prato, uma entrada ou uma massa que agradou nossos sentidos gustativos. Somos capazes de lembrar a textura, sabor e aparência daquele pão de queijo maravilhoso. Um simples cheiro é suficiente para reviver essa emoção.

Eu, por exemplo, é quando faço minhas torradas pela manhã. Além do gosto de manteiga quente e doce no pão crocante que entra na minha boca, também me lembro de momentos da vida.

Quando um cozinheiro consegue fazer isso, os estudiosos dizem que ele ganhou tudo!

Por acaso você gostaria de aprender a cozinhar facilmente?

Todos os sentidos estão à espreita em uma degustação. Isso deve acontecer também na preparação de um prato.

5- "A cozinha é multi-sensorial..."

A culinária se direciona ao olho, à boca, ao nariz, ao ouvido, a todos os sentidos e ao espírito. Nenhuma arte tem essa complexidade."

Vamos continuar nas citações francesas, afinal, o país tem uma excelente reputação para a cozinha!

Para ilustrar o apelo às emoções que vimos anteriormente, Pierre Gagnaire, grande chef francês, explica que cozinhar é atraente para todos os sentidos de um ser humano. E trata-se de uma experiência completamente sinestésica, envolvente de todos os nossos sentidos.

Seja você um cozinheiro ou um consumidor, é importante pensar em usar toda a gama que temos à nossa disposição para produzir ou consumir uma obra-prima. Porque, como sabemos, um prato é julgado pelo menos por sua aparência, seu cheiro e seu sabor.

Saiba o que as crianças gostam de comer
Algo simples de se fazer na cozinha pode trazer lembranças da infância.

Um cozinheiro, portanto, deve ter isso em mente para evitar falhas e existir através de seus pratos e dos elogios que ele receberá através deles.

Você já parou para pensar sobre quais acessórios de cozinha um bom cozinheiro deve ter?

6- "Nas memórias de infância de todo bom cozinheiro se encontra..."

Uma grande cozinha, um cozinheiro em movimento, um bolo assando e uma mãe.

Barbara Costikyan, crítica culinária norte-americana, também se lembra desses lindos provérbios que todos os grandes chefs extraem da cozinha de sua casa.

A herança culinária de cada pessoa está necessariamente ligada a sua infância e aos encontros que a vida coloca em seu caminho.

Conforme aprendemos, nossa cozinha pode ser cada vez mais embelezada: o que foi fraco ontem se torna uma força hoje! Somos todos gratos por ir das bandejas de refeição simples para uma festa de ravioli, peito de pato e torta de framboesa!

Espie aqui onde encontrar o melhor curso de confeitaria rj!

7- "Quem é cozinheiro pode sê-lo plenamente pela mobilização dos seus cinco sentidos."

É interessante observarmos que o crítico culinário condenado à morte por uma doença do livro de Muriel Barbery, A Gula, procura lembrar a todo custo a melhor comida que provou em sua vida.

Enquanto isso, suas belas frases espalhadas pelo romance nos lembram se devemos repetir que só podemos desejar que um cozinheiro use seus cinco sentidos para criar um prato digno desse nome. Por acaso você já pensou nisso, em criar ou transformar pratos usando todos os seus cinco sentidos?

Pensando nisso, amar, compartilhar e dar de si mesmo são as chaves para um trabalho bem feito, especialmente na gastronomia.

Quais são as melhores citações de grandes cozinheiros? Perguntamos sobre isso porque podemos sempre aprender mais com a sabedoria desses alquimistas da cozinha! E lembre que não é a riqueza ou o contexto social de uma pessoa que decide seu gosto por coisas boas. Isso vem de dentro, de um refinamento interno!

Maria alice
Maria alice
Profe de Culinária
5.00 5.00 (84) R$20/h
1a aula grátis!
Adriana
Adriana
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$70/h
1a aula grátis!
Patricia
Patricia
Profe de Culinária
5.00 5.00 (5) R$60/h
1a aula grátis!
Eliane
Eliane
Profe de Culinária
R$100/h
1a aula grátis!
Mara
Mara
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$80/h
1a aula grátis!
Edhi
Edhi
Profe de Culinária
5.00 5.00 (1) R$68/h
1a aula grátis!
Gabriel
Gabriel
Profe de Culinária
R$35/h
1a aula grátis!
Saulo
Saulo
Profe de Culinária
5.00 5.00 (2) R$25/h
1a aula grátis!

8- "É uma história de amor a cozinha...

...você tem que se apaixonar pelos produtos e depois pelas pessoas que os fazem."

Saiba ter amor pela cozinha
Cozinhar também significa amar e compartilhar esse amor com as pessoas que irão saborear a sua comida!

Alain Ducasse compreendeu isso muito bem e vai ainda mais longe: devemos "nos apaixonar pelos produtos" e os artesãos que os fazem! É melhor ter um coração de manteiga para poder dar todo esse amor.

Um chef que infelizmente não está mais presente, Alain Ducasse formou seu palácio na fazenda da família. Tudo estava disponível: legumes na horta, peixe no rio, carne no galinheiro ou na floresta. Ele declara que sua família só comprava a manteiga!

Nós entendemos melhor sua paixão por produtos originais e seu desejo de dar amor em torno dela.

9- "O mau cozinheiro é aquele que tenta esconder o sabor original do ingrediente em vez de revelá-lo."

Muriel Barbery não é o único a ter se inspirado por um cozinheiro para um romance. Guillaume Musso em A Chamada do Anjo nos oferece algumas citações sobre boa comida através de seu personagem Jonathan, um grande cozinheiro de alta gastronomia.

Lembre-se que na culinária, o objetivo é sempre sublimar o ingrediente que decidimos usar. Nada é deixado ou escolhido aleatoriamente. Você tem que ser capaz de justificar o uso de um ingrediente em particular (já parou para pensar o que não pode faltar em sua cozinha?)...

Desde que se tenta esconder um gosto por outro, o prato não pode ser bem sucedido.

10- "A grande cozinha, pode ser um peru cozido...

...uma lagosta cozida no último momento, uma salada colhida no jardim e temperada no último minuto."

Quem são os maiores chefs franceses?
Pronto para entrar no concurso para obter um prêmio de culinária?

Muitas vezes, a gente tem a impressão de que para fazer a grande cozinha, é necessário passar horas para servir um prato complicado com muitos sabores sofisticados... Mas Paul Bocuse diz o contrário!

E, no entanto, não é só alguém! Três estrelas Michelin, título de melhor trabalhador da França, papa da gastronomia, chef do século... As distinções de Paul Bocuse são extensas.

E ainda assim, ele tranquiliza todos os "pequenos" cozinheiros. O simples e minimalista também pode ser sofisticado e se assemelhar à "haute cuisine", à alta gastronomia.

Que tal fazer curso de gastronomia? Confira todas as ofertas de aulas na plataforma da comunidade Superprof! Através dela você consegue encontrar, de forma ágil e segura, quais os melhores profissionais da área que atuam em sua região e agendar com um deles uma aula experimental.

A culinária é uma das atividades que mais mexe com os sentidos humanos. É uma explosão de sabores, cheiros, texturas e aromas! E, acredite, também pode vir a ser algo terapêutico.

11- "Cozinhar é fazer poesia para ser degustada."

Embora essa frase seja de um autor desconhecido, todos nós bem sabemos de sua veracidade. A amplitude de ingredientes e sabores e aromas e técnicas é tamanha na culinária de hoje em dia, que também recebe influências de vários outros países, que cozinhar se torna algo, no mínimo, poético!

Portanto, quando cozinhamos com uma boa intenção no coração, podemos dizer que seria como se fizéssemos uma poesia a ser degustada. Você concorda?

12- "O prazer dos banquetes não está na abundância dos pratos e, sim, na reunião dos amigos e na conversação.

Essa famosa frase foi proferida por Marco Túlio Cícero, filósofo, orados, político, escritor e advogado da antiga República Romana. Perceba que o amor do ser humano pela comida é algo bastante antigo, podendo datar praticamente desde seu surgimento na Terra. Portanto desde tempos imemoriais o ser humano aprecia juntar os amigos e a família para saborearem juntos uma boa refeição.

Millôr Fernandes já dizia que gastronomia é comer olhando pro céu.

13- A gastronomia é uma aquisição. Uma vez assimilada, a pessoa não consegue se livrar dela, passa a ficar mais exigente e a buscar o prazer que a boa comida proporciona.

O crítico gastronômico da Folha de São Paulo, Josimar Melo, proferiu essa frase que denota toda a transformação pela qual o cozinheiro iniciante atravessa ao ir aprendendo cada vez mais técnicas e conhecimento. Geralmente, a exigência aumenta e com ela a qualidade dos ingredientes.

14- O principal sentido de uma gastronomia de qualidade é Ouvir, saber Ouvir, entender o que ouviu e depois é só praticar o que ouviu e renovar com seu talento.

Através dessa afirmação, chef Di Manno nos lembra de que existe presente uma tradição que passa de geração a geração. Saber ouvir o que o outro já conhece e tem para contribuir. Saber ouvir as tradições gastronômicas que vieram antes de você e saber ouvir o contexto de hoje.

Todos esses são pontos válidos quando o assunto é a culinária. As técnicas geralmente vão se refinando ao longo do tempo e esse conhecimento mais polido é transmitido de geração a geração.

15- "Tempero: Sem condimentos uma boa culinária não existe. Sem o sabor que vem da terra, as tradições de cada povo ficam incompletas."

A importância dos condimentos e temperos em qualquer gastronomia é fundamental. Sem eles muito provavelmente a explosão de sabores que sentimos ao comer algo verdadeiramente delicioso não aconteceria. Você consegue imaginar uma culinária sem os principais ingredientes que lhe oferecem sabor?

Nossa relação com a comida, definitivamente seria outra. Essa declaração de Anderson D'Moura nos lembra que a gastronomia, assim como uma orquestra, precisa de uma certa progressão de passos, uma afinação de processos e o uso de condimentos, especiarias, temperos e afins para que o resultado final seja interessante.

Food trucks e o conceito gourmet, como sanduíches e cafés gourmets têm se popularizado bastante hoje em dia e contribuído para a expansão da gastronomia.

Em outras palavras, um número enorme de pessoas ao redor do mundo recentemente vêm aprendendo sobre o maravilhoso mundo da gastronomia. Os programas de tv, vídeos no You Tube, a moda dos food trucks espalhados pelas praças das cidades também têm contribuído muito para esse crescimento.

Esse novo mundo de fácil acesso à informação ajuda e muitas vezes também inspira o interessado que é iniciante na cozinha. Na realidade, para quem hoje quiser aprender a cozinhar em várias vertentes, o que não falta é acesso a cursos, vídeos, palestras e até mesmo vários programas de tv. A gastronomia ao alcance de todos!

Expressões da cozinha bem brasileiras!

Alguém vai lembrar deste texto que já pode ter recebido no grupo de whatsapp da família ou algo assim. O autor é desconhecido, mas vale a pena ver como a nossa língua tem uma relação forte com a comida e vice e versa:

Amei saber “O que significa “No frigir dos ovos”? (desconheço a autoria)

Não é à toa que os estrangeiros acham nossa língua muito difícil.
Como a língua portuguesa é rica em expressões!
Veja o quanto o vocabulário “alimentar” está presente nas nossas metáforas do dia-a-dia. Aí vai.
Pergunta:

– Alguém sabe me explicar, num português claro e direto, sem figuras de linguagem, o que quer dizer a expressão “no frigir dos ovos”?

Resposta:

– Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar.
Só que depois de um certo tempo dá crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com uma batata quente nas mãos. Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem ideias e pra descascar esse abacaxi, só metendo a mão na massa. E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas. Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beiradas, cozinhando em banho-maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo.

Contudo é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou para vender o seu peixe. Afinal não se faz uma boa omelete sem antes quebrar os ovos. Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e vai com muita sede ao pote. Mas como o apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha, são escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos e confundem Carolina de Sá Leitão com caçarolinha de assar leitão.

Saiba como fazer um bom sanduiche
Até o fast-food pode ser gourmet, ainda mais nos dias de hoje e na moda dos foodtrucks!

Há também aqueles que são arroz de festa, com a faca e o queijo nas mãos, eles se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese… etc.). Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca, e no fim quem paga o pato é o leitor que sai com cara de quem comeu e não gostou. O importante é não cuspir no prato em que se come, pois quem lê não é tudo farinha do mesmo saco. Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto de se comer com os olhos, literalmente.

Por outro lado se você tiver os olhos maiores que a barriga o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. Aí, não adianta chorar sobre o leite derramado porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha, não. O pepino é só seu, e o máximo que você vai ganhar é uma banana, afinal pimenta nos olhos dos outros é refresco… A carne é fraca, eu sei. Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. Mas quem não arrisca não petisca, e depois quando se junta a fome com a vontade de comer as coisas mudam da água pro vinho.

Se embananar, de vez em quando, é normal, o importante é não desistir mesmo quando o caldo entornar. Puxe a brasa pra sua sardinha, que no frigir dos ovos a conversa chega na cozinha e fica de se comer rezando. Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata engorda.

Entendeu o que significa “no frigir dos ovos” ?" 

Precisando de um professor de Culinária ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 4 votes
Loading...

Carolina

Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.